Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Chegadas e partidas, vale a pena ver

25 de julho de 2011 8

Um programa de TV tem tirado meu sono nos domingos nos últimos meses.

Exagerei. Ele tem atrasado meu sono.

CHEGADAS E PARTIDAS está no ar desde março, e eu assisto todos os domingos, à meia-noite, no GNT.

A fórmula é muito fácil e, ao mesmo tempo, tão especial.

Trata-se de uma versão da série holandesaHello Goodbye”, sucesso há 10 temporadas.

No Brasil, é comandado por Astrid Fontenelle.

A apresentadora flagra situações em aeroportos, mostrando histórias de pessoas que estão no saguão, esperando ou se despedindo de alguém.

Eu, manteiga derretida que sou, sempre choro. Sempre.

Não é a primeira vez que falo de o quanto gosto de observar as pessoas em aeroportos. Mas eu fico só olhando e imaginando. No programa, porém, Astrid ouve as pessoas, que revelam suas histórias.

Vale a pena perder o sono. Mas, se você quiser, pode assisti-lo no horário original (quartas-feiras, 21h30min) ou em outros quatro horários alternativos.

Se quiser ver um só exemplo, veja esse abaixo. Esse menino me conquistou. A mãe só tinha partido em férias, mas parecia uma vida. É assim a saudade.


Comentários (8)

  • Sandra diz: 25 de julho de 2011

    Olá.. eu também adoro este programa e cliquei no vídeo para assistir, mas o que aparece é somente uma propaganda do Senac. Óh, que pena…

  • Felipe Longhi Malheiro diz: 25 de julho de 2011

    Bah, vou seguir a dica, eu sempre vou ao aeroporto daqui pra meio que fazer nada, meio tomar café, meio ter acesso a uma boa revistaria que nunca fecha, e também pra sentir o clima desses lugares tão estranhos que são os aeroportos…

    Obrigado!! =)

  • Chegadas e partidas, vale a pena ver | Viagem diz: 25 de julho de 2011

    [...] o post completo no blog Recortes de Viagem: Chegadas e partidas, vale a pena ver [...]

  • Adriana Schnell diz: 25 de julho de 2011

    O programa é mesmo bem emocionante, até porque a Astrid é uma mulher emocionada e saca bem os momentos e tals. Vi ela no Jô contando que a edição brasileira deixou o pessoal do programa original boquiaberto com tanta sensibilidade: simples, somos, graças a Deus, um povo que sabe o que é saudade. E uma cena de aeroporto que sempre me emocionada é a do filme Simplesmente Amor… adoooro aqueles olhares… aqueles abraços…

  • Gabriela Lorenzet diz: 28 de julho de 2011

    Nossa, Rosane, adorei a dica do programa. Eu fui assitir no site do programa, depois que li aqui, porque aqui em Londres nao tenho como ver, achei algumas historias lindas. Eu sempre que estou em aeroportos, e vejo cenas bonitas de despedidas ou chegdas, lembro do filme, e muitas vezes choro escondida. Eu ja cheguei a comentar com meu noivo que em aeroportos só existe amor (risos). Eu fico imaginando quantas historias lindas se passam por esses aeroportos, rodoviarias, etc…. Abraços

Envie seu Comentário