Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O metrô de Londres vai fazer 150 anos!

02 de janeiro de 2013 0

Enquanto o metrô de Porto Alegre não chega (anunciado há mais de ano, sem sombra de nada…), o de LONDRES vai completar, em 9 de janeiro, 150 anos!

O chamado “Tube” é ícone da cidade e vai merecer um ano de comemoração.

Mais antigo metrô do mundo, ele teve sua primeira viagem entre Paddington e Farringdon, na linha Metropolitana.

Em parceria com o Museu do Transporte de Londres, a festa do aniversário será marcada por muitos eventos, como a recriação de seu primeiro trajeto, atividades especiais em estações desativadas e a publicação de livros.

Nos dias 13 e 20 de janeiro de 2013, a primeira viagem de passageiros será recriada com trens especialmente restaurados, incluindo a locomotiva metropolitana a vapor nº 1 e o vagão ferroviário metropolitano comemorativo nº 353 – o vagão subterrâneo em funcionamento mais antigo do mundo.

No Museu do Transporte serão exibidos os cartazes mais emblemáticos usados para divulgar o Tube na exposição Poster Art 150: London Underground’s Greatest Designs (de fevereiro a outubro).

Serão mostrados os 150 dos melhores projetos desde a primeira série de cartazes gráficos, em 1908.

Quem visitar o museu poderá votar em seus favoritos – o cartaz mais popular será revelado no final da exposição.

CURIOSIDADES SOBRE O METRÔ DESTACADAS PELO VISIT BRITAIN

1. O metrô londrino transporta atualmente 1.107.000 de passageiros por ano em 270 estações.

2. De modo informal, ele é conhecido como “Tube”, que originalmente se referia à profundidade das linhas de trem usadas por composições de corte transversal menor e mais circular, ao invés das linhas menos profundas que eram construídas para locomotivas a vapor. O termo agora abrange todo o sistema.

3. A velocidade média de um trem do metrô é de 33 quilômetros por hora.

4. Cada trem do metrô percorre anualmente 184.269 quilômetros.

5. A extensão da rede metroviária é de 402 quilômetros.

6. A cada dia, mais de mil pessoas esquecem algo no metrô. Todos os objetos são enviados para um escritório no subsolo da Baker Street, que emprega 40 funcionários em período integral. O local armazena em média 200 mil objetos perdidos. Dentre os itens mais estranhos que já estiveram ali incluem-se espadas de samurai, dentaduras, três morcegos mortos e uma lancha de 14 pés. Após três meses, os itens não reclamados são vendidos em leilão ou doados.

7. A estação desativada de Aldwych é exibida com frequência nas telas de cinema. Já serviu de locação para cenas de Superman IV: em Busca da Paz, Desejo e Reparação e V de Vingança.

8. A profundidade subterrânea máxima do metrô fica em Holly Bush Hill, Hampstead, onde as linhas da galeria estão 68,8 metros abaixo do solo.

9. A escada rolante mais longa fica na estação Angel, com 60 metros e inclinação vertical de 27,5 metros.

10. Baker Street é a estação com mais plataformas – um total de 10.

11. A estação de metrô mais movimentada de Londres é Waterloo, onde embarcam 57 mil pessoas durante as três horas de pico do período da manhã. Em termos de passageiros por ano, a estação mais movimentada também é Waterloo, com 82 milhões.

12. Durante 2011 e 2012, o metrô de Londres transportou uma quantidade recorde de passageiros em 1.17 bilhão de viagens realizadas.

13. Albus Dumbledore, personagem da série Harry Potter, tem uma cicatriz com o formato do mapa do metrô logo acima do joelho esquerdo.






Envie seu Comentário