Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ir a Roma e ver o Papa...

04 de junho de 2013 6

Todo mundo conhece o significado da expressão “ir a Roma e não ver o Papa“… Equivale a ir até algum lugar e não ver a atração principal ou deixar de fazer o que é realmente importante.

Fui pela terceira vez a ROMA e, nas outras duas, tinha visto JOÃO PAULO II, nas audiências públicas da quarta-feira, uma vez na Praça de São Pedro e outra no auditório onde ocorrem os encontros com os fiéis em dias de chuva.

Já teria cumprido minha parte do ditado, mas como o Papa é novo, o Papa é argentino, o Papa é pop, e eu estava com uma pessoa que ia pela primeira vez a Roma, lá fui eu ver o papa FRANCISCO.

Rezei pela cartilha: reservei com antecedência nosso lugar na praça no site do Vaticano.

Deveria, na sequência e como dizem as orientações no site, ter buscado os bilhetes no dia anterior à audiência (fui à do dia 22 de maio) ou no mesmo dia, entre 8h e 10h (a audiência das quartas-feiras começa pontualmente às 10h30min).

Pra não perder tempo no dia anterior, deixei para retirar os ingressos (que são gratuitos) na manhã da quarta mesmo.

Acordamos cedo e fomos bem cedo para o Vaticano. Mas, ao chegar lá, a multidão já lotava toda a praça. Entrar na fila e tentar pegar os bilhetes para o acesso mais restrito? Ou ficar por ali mesmo, onde já havia gente pra caramba?

Desistimos da fila e nos acomodamos onde dava. Isso mais de duas horas antes da audiência. E não invente de mudar de lugar. Ele nunca mais será recuperado.

O Papa pop, dizem as estatísticas, tem atraído mais do que o dobro de público que seu antecessor. É muita gente. E as pessoas deliram quando Francisco aparece, circulando nos corredores abertos entre a multidão, 15 minutos antes da audiência.

Ele esbanja simpatia e enlouquece os seguranças. Minhas fotos feitas de celular mostram um pontinho branco na multidão! É ele!

A audiência dura cerca de 1 hora e meia, mas gasta-se a manhã inteira nela. Durante a pregação, o Evangelho e a mensagem do Papa são lidos em vários idiomas, incluído o português.


Vez que outra, durante o sermão, o Papa foge do roteiro e é bem enfático, mostrando carisma e empatia com o público. Meus vídeos talvez não mostrem isso, mas dá pra ter uma ideia.


Ah, com um papa argentino, não dava para deixar por menos. O Vaticano apresenta, até 16 de junho, uma exposição sobre o gaucho argentino.

“Argentina – o Gaúcho, tradições, arte e fé” fica aberta ao público até 16 de junho, no Braço Carlos Magno.

Com mais de 200 obras, é uma homenagem às tradições argentinas.

Comentários (6)

  • Windson Mateus diz: 3 de agosto de 2013

    Pretendo ir pra Europa, passar em Roma, e claro passar no Vaticano, em março do ano que vem numa viagem com minha futura esposa. Estive lá em maio de 2009, mas não vi o Papa… :(
    Dessa vez quero ver o Papa Francisco e suas dicas foram excelentes! Muito obrigado! ;)

  • Michelle diz: 11 de abril de 2014

    Rosane, consigo assitir a audiência mesmo sem o ingresso do vaticano? É que resolvemos de ultima hora passar por Roma, viajaremos na próxima sexta e não sei se dará tempo de enviar e receber o faz, como havia lido seu post a algum tempão atras vim lhe perguntar!
    Chegando cedo posso me posicionar na praça msm estando sem o ingresso???

    Grata, Michelle

  • Michelle diz: 11 de abril de 2014

    O corretor ortográfico é horrível ….FAX.

Envie seu Comentário