Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Tentativas para solucionar o nó do trânsito, em Paris

06 de junho de 2013 2

O Dia Mundial do Meio Ambiente se foi (ontem) e eu queria ter falado sobre bicicletas, carros elétricos, caminhadas etc X viagens e turismo…

Quando a gente viaja, sempre fica mais atento à necessidade e às soluções que os outros encontram para o cada vez mais preocupante problema da mobilidade nas grandes cidades, especialmente.

Ando léguas e léguas quando estou em férias (nessas últimas, de três semanas, tive de mandar para o lixo na volta um par de tênis e um de sapatos!), mas volto para a rotina e as caminhadas se restringem aos finais de semana ou ao pouco tempo livre.

Bicicleta eu dou o maiorrrrrr apoio (já publiquei aqui mais de uma vez sobre as de Porto Alegre), mas não uso. Carro elétrico, por aqui, ainda não vi…

E aí chamou a atenção, numa estada curta em PARIS, como duas dessas alternativas estavam muito próximas do hotel onde me hospedei. Havia as duas, aliás, na minha rua.

O Autolib, os carros elétricos para alugar, e a Vélib, as bicicletas que turistas e moradores usam e abusam (no bom sentido).

Que se espraiem e cheguem por aqui com a qualidade e a extensão que ganharam em cidades como NOVA YORK, onde foram instaladas há pouco, de cara, 300 estações com SEIS MIL bicicletas. Para moradores e turistas.

Comentários (2)

  • Sérgio Theodósio Gonçalves diz: 8 de junho de 2013

    Cara Rosane:
    Sobre bicicletas tudo ok, agora, caro elétrico só na França com energia nuclear. Aqui no Brasil, para usarmos carros elétricos em quantidade, teríamos q construir outra Itaipu. A energia q temos é o petróleo do pré sal e a dos rios que em período de estiagem não dão conta da demanda, vide os apagões.

Envie seu Comentário