Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Refúgio natalino

24 de dezembro de 2013 0
Fotos Rosane Tremea

Fotos Rosane Tremea

Para quem, como eu, gosta de viajar, sempre, nada melhor do que ir também no Natal.

Uma viagem não muito longa, ao encontro das coisas que, de verdade, fazem diferença na vida.

Por isso eu espero o Natal, para o reencontro.

Sei que estaremos juntos, que vamos conviver, fazer palhaçadas, brincar, rir, chorar, rezar…

Sei que a pescaria frustrada vai render mais do que o peixe.

Que as corujinhas empoleiradas na árvore vão ter mais comentários do que todos os post somados e que nós causaremos a elas mais estranhamento do que o vice-versa.

Que não haverá trânsito engarrafado, só a preocupação com o jipinho que encrenca a cada passeio.

Que todo mundo vai cantar desafinado (tá, uns mais do que os outros), mas que todo mundo canta ainda assim.

Que bingo e gincana viram balada e que ninguém com menos de 20 anos vai achar ruim.

Que vamos correr atrás de gato e cachorro. E colher abobrinha, pimentão e cenoura direto da horta. E comer uva debaixo do parreiral.

Que vamos jogar bola, lutar capoeira, jogar canastra, tomar banho de chuva.

Que vamos montar a ceia ao ar livre, com milhares de estrelas no lugar de pisca-piscas.

E dormir debaixo delas, depois de revelarmos nossos amigos secretos que pedem chinelos e pijamas, bebidas e perfumes, games e brinquedos para o único bebê da família.

E vamos acordar, e tomar café com polenta, e almoçar sob as árvores, e tirar a foto oficial de todos os anos.

E esperar mais 365 dias para repetir tudo de novo, de novo e de novo.

 

IMG_7629

Envie seu Comentário