Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O olhar de um leitor sobre a Costa Rica (2)

14 de março de 2014 0

Como você pode ver no título, esta é a segunda parte sobre um relato de viagem à Costa Rica enviado pelo leitor do blog Constantin Sokolski (a primeira parte você pode ler clicando aqui).

Vamos ao que mais ele conta sobre esse país da América Central.

 

“Olá Rosane,

Nesta segunda parte, verifica-se o quanto a conservação da natureza alavancou a indústria do turismo na Costa Rica.

Este pequeno país recebe milhões de turistas anualmente, oferecendo praias, vulcões e áreas florestais com a flora e fauna preservada em parques nacionais.

Saudações,

Constantin”

 

Região de Tortuguero

A palavra Tortuguero originou-se do espanhol, referindo-se a tartarugas, que durante o período entre julho e outubro retornam a esta praia de areia escura para desovar e assim perpetuar a espécie.

Fotos Constantin Sokolski, arquivo pessoal

Fotos Constantin Sokolski, arquivo pessoal

O único vilarejo existente localiza-se entre o Mar do Caribe e um rio, onde casas ficam em ambos os lados de uma trilha numa extensão de menos de 150 metros.

Pousadas espalham-se nas margens dos rios e canais. Acima vemos grupo de turistas se dirigindo para o vilarejo.

É nesta  deserta praia  que as tartarugas desovam, geralmente à noite. Mediante pagamento de razoável soma, os interessados podem acompanhar o espetáculo.

costarica2

Tanto nos parques nacionais da Costa Rica, como em outras regiões dedicadas ao ecoturismo, as atrações dividem-se entre os esportes mais radicais, como canoagem, bungee jump, mountain bike, trekking, canopy tours e outros, bem como a tranquila observação da flora e fauna existentes.

Está última invariavelmente é feita percorrendo as diversas trilhas existentes ou a bordo dos barcos  navegando o emaranhado de canais e rios.

Várias espécies de macacos, bicho-preguiça, lagartos, iguanas, jacarés, e inúmeras aves podem ser observadas.

costarica3

Muitos visitantes deixam a região de La Fortuna sem terem visto  sua maior atração, o Vulcão Arenal. Trata-se de um dos mais ativos vulcões do mundo.

Geralmente não é visível por estar envolvo em névoa.

É proibida sua escalada, devido a sua constante atividade.

Seguidamente, o mesmo entra em erupção, expelindo lava, que escorre encosta abaixo.

Ocorrendo à noite este espetáculo pode tornar-se  fantástico.

A tomada acima, aparentando tranquilidade, foi tirada a partir dos jardins de um hotel, num dos raros momentos em que a visibilidade do cone era perfeita.

costarica4

La Fortuna, pequena cidade orientada para os visitantes, oferece dezenas de alojamentos, desde resorts de alto luxo e finas pousadas até acomodações mais rústicas.

O local é ponto de partida para os que fazem parte do circuito do turismo de aventura.

Os resorts e spas de luxo, como o da foto acima, são em sua maioria construídos perto da base do vulcão e emoldurados por exuberante vegetação tropical.

Ah! Iminente tempestade tropical à vista .

costarica5

No Parque Nacional de Arenal encontram-se as pontes suspensas de Arenal que, num conjunto de seis pontes distribuídas em diferentes alturas, permitem uma visão completa da cobertura da mata primária existente. As mesmas unem-se a trilhas oferecendo vistas que antes só eram usufruídas por aves e certos animais.

costarica6

Guanacaste, conhecida como a Costa de Ouro da Costa Rica.

Suas praias são as mais visitadas .

Anualmente, milhares de veranistas, em busca do sol às margens do Oceano Pacífico, desembarcam diretamente em Liberia, que para atender a demanda tem um aeroporto internacional.

Dezenas de hotéis espalham-se por suas praias, como por exemplo o luxuoso JW Marriott Guanacaste que, entre outras coisas, se orgulha de possuir a maior piscina da América Central, mostrada acima.

Trata-se de um dos tantos hotéis divinos mundo afora, mas que consegue irritar tremendamente o hóspede quando este verifica que uma garrafinha de água mineral custa US $ 5 e que a internet, mesmo com lap top próprio, sai por “módicos” 15 dólares por dia. Acrescido de 10% mais as taxas locais, claro !

costarica7

Em certo ponto do Rio Tartoles abundam crocodilos, que podem ser vistos tanto da margem do rio, bem como de safaris em barco. É outro local para os observadores de aves, pois inclusive coloridos tucanos vivem na área.

Costa Rica, ao contrário de seus vizinhos que enfrentaram calamidades, sofreram com revoluções, governos corruptos, assolados por terremotos, envolvidos em toda sorte de caos social até poucos anos atrás, conseguiu evoluir, dando valor à natureza.

Os “ticos”, como são carinhosamente chamados os costa-riquenses, estão de parabéns ao optar por manter seu país um Paraíso Natural.

PURA VIDA !!!

Envie seu Comentário