Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Os datilógrafos das ruas de Guadalajara e a holografia no aeroporto de Varsóvia

25 de abril de 2014 0

Não lembro direito o contexto, mas a conversa era sobre Garcia Márquez, morto na semana passada no México, e os escrevinhadores de Guadalajara.

Lembrei deles, sentados com suas mesinhas e máquinas de escrever, à sombra de marquises, à espera de gente na porta de cartórios, prontos para redigirem uma procuração, um requerimento, uma carta…

Fotos Rosane Tremea

Fotos Rosane Tremea

Fiquei me perguntando se eles estarão ainda lá, quase 10 anos depois. Tentei encontrá-los na rede, não achei.

Será que ainda existem datilógrafos como aqueles agora, tempo das redes sociais?!

Fiquei me perguntando sobre isso também por que, viajando por aí, fiquei frente a frente com uma holografia que me lembrou os datilógrafos e também Blade Runner, o filme.

No aeroporto de Varsóvia, a capital da Polônia, uma moça virtualmente bem vestida tentava ensinar, em vários idiomas, como fazer meu check-in…

IMG_2596

O desafio era me trazer de volta a Porto Alegre, evitar que eu acabasse em algum país do Oriente Médio, da América Central ou em qualquer outro ponto remoto do planeta.

Prefiro os datilógrafos, que não poderiam me ajudar a marcar meu assento no voo de volta, mas com quem poderia trocar uma palavra qualquer. Que mostrassem que, por trás da máquina, o bom mesmo é saber que há alguém de carne e osso.

Envie seu Comentário