Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A Casa da Erva-Mate, nos Caminhos de Pedra

21 de janeiro de 2015 0
Fotos Rosane Tremea

Fotos Rosane Tremea

Mesmo tendo percorrido incontáveis vezes os Caminhos de Pedra, em BENTO GONÇALVES, só há pouco conheci a Casa da Erva- Mate ( uma das atrações do final do roteiro).

Imediatamente vieram à baila palavras muito ouvidas na infância, como carijos e barbaquás (quando eu tinha uns oito ou nove anos, meus colegas de escola e eu fomos, armados de pedras e paus, tentar matar o diabo que se escondia num barbaquá! Talvez porque certamente era o lugar mais quente da cidade, vá saber! Não encontramos o diabo, mas descobri o que era um barbaquá.)

Voltado à casa dos Caminhos de pedra: na visita acompanhada pelo proprietário, paga-se R$ 2 para conhecer todo o processo: das árvores plantadas no pátio da construção de 1884, passando pelo sapeco e pelo momento em que a erva é triturada em moendas antigas ( o maquinário mais recente é de 1940), quase tudo movido pela roda d’água do antigo Moinho Ceconello e recém recuperada pela família Ferrari.

IMG_3592

Fiquei feliz em ver como uma atração simples pode ter tanto cuidado, ser tão limpa, organizada e de ver a atenção e a dedicação que lhe dispensam.

No final, é claro, se é levado à loja onde é vendida a erva- mate artesanal, uma linha de cosméticos à base do produto, acessórios para preparar chimarrão etc.

Experimentei o sorvete feito de erva-mate. Interessante.

Mas, se não quiser levar nada, ainda assim você poderá ter uma aula gratuita de como preparar o mate e degustá- lo com a erva fresquinha produzida ali.

Gostei e recomendo.

IMG_3591

IMG_3589

IMG_3594

 

E fiz uns videozinhos para tentar mostrar como funcionam a roda e os socadores.

 

Envie seu Comentário