Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Buenos Aires (8): Notorious, um lugar para ouvir boa música

15 de abril de 2015 0

Por pouco meu título não copia o slogan do Notorious.

Não sou conhecedora de jazz, mas gosto muito e, sempre que tenho oportunidade, gosto de ouvir ao vivo.

Parece que não combina com Buenos Aires, onde o usual é ouvir tango.

Mas eu já tinha ido a shows de tango, já tinha ido a uma peña…

E havia lido num guia sobre o Notorious. E era segunda-feira e, como em todos os lugares, não muitas coisas acontecem às segundas.

Não precisava de mais justificativas. O lugar (na Av. Callao, 966) é meio, assim, escondido.

Na frente, funciona uma loja de CDs e DVDs (o que já é raro!), e onde há umas 3 mesinhas com poltronas para se ficar esperando o horário.

Lá pelas tantas, abre para o bar/restaurante, e a mesma pessoa que atende na lojinha fica ali recolhendo os ingressos.

As mesas são escolhidas por ordem de chegada.

Fiquei numa bem no fundo e bem de frente para o palquinho, onde há uma tela e um piano.

Naquela dia, estava em cartaz “Chaplin, Cine Mudo y Musica en Vivo”, com Juan Nevani.

Fotos divulgação

Fotos divulgação

Antes do show, dá para pedir o jantar/lanche.

Eu escolhi uma massa recheada (os ravioles de calabaza). Boa, bem boa. Com vinho.

Não é muito grande o lugar, não saberia dizer o quanto, e não encontrei uma referência sobre isso. Mas não devem ser mais de 20 mesas.

O clima é muito bacana, com pessoas de todas as idades, alegre, mas respeitoso com a música.

Uma vez iniciado o show, o serviço se reduz, mas segue, sem perturbar.

Gastei, entre o jantar e o ingresso, uns 350 pesos, que valeram muito.

Teria valido só rever Chaplin e os tempos do cinema mudo. Ri muito.

Mas é claro que a música fez toda a diferença.

E, durante a semana, tem almoço. O jardim dos fundos parece bem agradável.

notorious

Ah, o slogan impresso no ingresso era “Para ouvir e ter a melhor música”.

Envie seu Comentário