Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

No aeroporto de Porto Alegre

11 de abril de 2016 2

Apesar de ter ido várias vezes ao Aeroporto Salgado Filho em março, só fui me dar conta na última delas, no final do mês: a livraria (maior) que havia no saguão fechou e virou dois quiosques (ou pouco mais do que isso) – um junto ao embarque internacional e outro próximo ao embarque da TAM.

Publiquei essa nota na edição impressa e repito aqui porque realmente não me conformo. Sei que os aluguéis nos aeroportos andam insuportáveis e etc, mas eu sempre choro o fechamento de uma livraria, porque acho que sem elas estamos ficando mais pobres em todos os sentidos.

Mas o que eu mais lamentei, na ocasião, foi não haver mais guias e livros de viagem, antes com farta oferta ali. A falta de espaço não permite.

E não venha me dizer que aplicativos no celular substituem os guias… Substituem (só) em parte.

Comentários (2)

  • Constantin diz: 11 de abril de 2016

    Realmente é triste verificar o fechamento de mais uma livraria.
    Mesmo com todo o avanço da tecnologia, nada supera a pesquisa e leitura em livros e guias impressos.

  • Paula Vicentini diz: 13 de abril de 2016

    Vc mesmo disse ter ido várias vezes, em março, no Salgado Filho e só no final do mês se deu conta de que a livraria que havia no setor de embarque fechou. Ora bolas! E vc queria o que? Se nem vc, uma pessoa que se diz sofrer com o fechamento de uma livraria ( o que depois desta fica parecendo pura hipocrisia de gente que quer ostentar uma cultura de fachada) demorou para perceber a falta da livraria( que vivia ‘as moscas ) outro não seria o destino da loja do que fechar as portas, falir! Que mancada, heim?

Envie seu Comentário