Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Imersão no Piemonte, na Itália

29 de abril de 2016 3
IMG_0668

Fotos divulgação

E lá vão os queridos Marcelus e Suzie e seus sócios para mais uma de suas incursões turístico-gastronômicas.

Depois da Sicília, da Toscana, da Costa Brava, de Mendoza, de Bordeaux, da Provence, o pessoal do Al Mondo neste ano vai explorar o Piemonte, uma região linda do norte da Itália.

Variam as regiões, mas a fórmula segue a mesma: eles escolhem uma cidade pequena e querida, selecionam uma casa linda e, durante uma semana, proporcionam aos hóspedes jantares especiais dos quais eles podem participar desde a escolha dos ingredientes passando pelo preparo das iguarias selecionadas pelo Marcelus.

A cidade da vez é San Marzano Oliveto, na região de Monferrato, declarada pela Unesco como Patrimônio da Humanidade.

A sede do Al Mondo por ali será um casarão do início do século 20, uma construção de 1 mil metros quadrados, cercada de jardins e árvores frutíferas, incluindo parreirais com uvas moscato. A Villa San Marzano também conta com biblioteca, academia, piscina e quadra de tênis.

As viagens dos dois grupos serão entre 12 e 25 de outubro, no outono do Hemisfério Norte, mesma época em que acontece por lá a Feira Internacional das trufas brancas de Alba, que atrai visitantes do mundo inteiro.

IMG_0664

Para os passeios, livres, na região, o que o Al Mondo recomenda:

Barolo – A cidade com o mesmo nome do “vinho dos reis” é um tour perfeito para os amantes da bebida, com a possibilidade de fazer degustações dos vinhos locais, visitar o Museo del Vino no Castello Comunale Falletti di Barolo, o Museo dei Cavatappi, os abridores de garrafas, e terminar o passeio experimentando comidas típicas feitas com o próprio barolo.

Alba - Para os chocólatras, Alba é a terra natal da Ferrero. Também é terra de restaurantes recomendados pelo guia Michelin – um deles com 3 estrelas, a nota máxima – e a terra das trufas brancas do Piemonte.

Barbaresco - O vinho de mesmo nome é o maior chamariz de visitantes e a maior atração desta vila de mais ou menos mil moradores. De enoteca em enoteca, os forasteiros abastecem suas adegas com rótulos locais e conhecem o estilo de vida sossegado dos moradores. Muitos também aproveitam para visitar a Enoteca Regionale del Barbaresco, onde produtores expõem na Igreja de São Donato, do século 19.

Bra – A cidade de 30 mil habitantes é o berço do movimento slow food.

IMG_0666

Comentários (3)

  • Marcelus Vieira diz: 6 de maio de 2016

    O Piemonte tem uma gastronomia muito rica e vinhos que são considerados uns dos melhores do mundo. E a trufa branca uma das iguarias mais desejadas por caçadores de emoções gastronômicas!!!

  • Rosângela Lionardi diz: 17 de outubro de 2016

    Achei interessante esse turismo gastronômico. Como posso saber noticias sem ser por aqui?

Envie seu Comentário