Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Aeroportos"

Preste atenção: a inspeção está mais rigorosa nos aeroportos brasileiros para voos domésticos

18 de julho de 2016 0

Quem viaja para o Exterior está mais habituado, mas nestas últimas semanas de julho, que são de férias escolares no país, a inspeção mais rigorosa dos passageiros na hora do embarque pode causar algum estranhamento (e atrasos) no embarque para voos domésticos.

Os procedimentos na revista para as áreas restritas (embarque, aeronaves e pistas) foram adotados nesta segunda-feira, dia 18, por determinação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), para melhorar a segurança.

Em resumo, as medidas, que a Anac diz não ter relação com a Olimpíada e nem com outros fatores externos (ataques terroristas, por exemplo?!):

  • passagem pelo pórtico
  • revista física (ou passagem pelo escaner corporal)
  • retirada de notebook da bagagem de mão
  • revista de bagagem de mão pelo equipamento de Raios X
  • abertura de bagagem de mão para inspeção

A Anac fez um perguntas e respostas sobre as medidas que eu reproduzo tal e qual abaixo:

1. Onde será realizada a revista física nos passageiros?
Em local público, no momento da inspeção. Caso o passageiro solicite, poderá ser realizada em local reservado, com o acompanhamento de uma testemunha.
2. Crianças também serão submetidas à revista física?
Sim. Entretanto, a idade mínima é uma informação reservada por questões de segurança.
3. Posso me negar a ser submetido à revista física?
A recusa do passageiro ensejará na proibição de acesso à área de embarque.
4. Qualquer pessoa pode ser submetida à revista física, incluindo autoridades?
Sim. A revista física é uma medida de segurança e não há distinção entre passageiros.
5. Qual será o procedimento caso seja localizado objeto suspeito?
O Agente de Proteção da Aviação Civil (APAC – funcionário do canal de inspeção) irá solicitar a verificação detalhada do objeto suspeito. Caso necessário, o passageiro será encaminhado a prestar esclarecimentos junto à Polícia Federal.
6. Esses procedimentos de segurança valerão para todos os aeroportos brasileiros?
Sim, os procedimentos de segurança valerão para todos os aeroportos brasileiros.
7. Os passageiros de voos nacionais e internacionais serão submetidos aos procedimentos de inspeção?
Sim, todos os passageiros.
8. Serão realizadas revistas íntimas?
Não, em nenhum momento serão realizadas revistas íntimas.
9. Quando as regras entram em vigor?
A partir do dia 18 de julho de 2016.
10. As revistas físicas serão feitas por agente de proteção do mesmo sexo do passageiro?
Sim, todas as revistas físicas serão feitas por agentes do mesmo sexo do passageiro.
11. Como os agentes de proteção foram preparados para realizar os procedimentos de segurança?
Os Agentes de Proteção são capacitados e certificados para realizar os procedimentos de segurança conforme a regulamentação vigente.
12. Como será feita a seleção das pessoas que serão submetidas à revista física?
Todos os passageiros estão sujeitos à revista física. O método para seleção é definido em normativo de cunho sigiloso.
13. Os Passageiros com Necessidade de Assistência Especial (PNAE) também serão inspecionados?
Sim, todos os passageiros estão sujeitos à revista física.
14. Serão tomadas medidas para mitigar possíveis filas?
Sim. Os operadores aeroportuários estão cientes dos novos procedimentos de segurança e adotarão as medidas necessárias para agilizar o processamento dos passageiros.
15. No Exterior são adotadas medidas similares de segurança para os passageiros?
Sim. Essas medidas são adotadas e padronizadas internacionalmente. No Brasil, estão determinadas no Regulamento Brasileiro de Aviação Civil nº107.
16. O procedimento de revista física será similar ao da Polícia Federal?
Sim. O procedimento de revista física será realizado de modo a garantir que os passageiros não portem itens proibidos.
17. No momento da retirada do notebook também será solicitada a retirada de outros equipamentos eletrônicos?
Não. A princípio, será exigida somente a retirada de notebooks (computadores portáteis). No entanto, caso o agente de proteção tenha dúvida quanto ao conteúdo da bagagem, poderá solicitar a retirada de qualquer outro item transportado para inspeção.
18. Houve alguma mudança nos itens permitidos ou proibidos na bagagem de mão?
Não. Veja aqui os itens proibidos.
19. Existe alguma alternativa além da revista física?
O equipamento do tipo escâner corporal (body scanner) poderá ser utilizado em substituição à revista física. Nessa situação, caso persista a dúvida do agente de proteção quanto ao porte de itens proibidos pelo passageiro, poderá ser solicitada a realização de revista física.
20. Por que terei que retirar meu notebook (computador portátil) da bagagem de mão para a inspeção?
Porque a presença do notebook dificulta a visualização dos demais itens no interior da bagagem durante a inspeção pelo equipamento de raios X.
21. Posso recusar a abertura da minha bagagem de mão para a inspeção manual?
A recusa do passageiro quanto à abertura da bagagem de mão ensejará na proibição de acesso à área de embarque.
22. Por que essas medidas de segurança estão sendo implementadas agora?
As medidas estão sendo adotadas em função da atualização normativa sobre a segurança da aviação civil contra atos de interferência ilícita, necessária para a melhoria contínua da segurança do transporte aéreo a todos os passageiros.
23. A implementação da norma está ligada aos Jogos Olímpicos ou a outros fatores externos?
Não há ligação com os Jogos Olímpicos ou com qualquer outro fator externo.

No aeroporto de Guarulhos...

30 de maio de 2016 0

IMG_7411
Passei nos últimos dias pela primeira vez pelo terminal internacional de Guarulhos, o maior aeroporto do país, depois das mudanças que alteraram a numeração dos terminais, a partir do final do ano passado.

Achei muito mais fácil ter o acesso por um único portão de embarque (uma vez lá dentro, basta procurar o respectivo portão), gostei do espaço mais amplo e mais confortável.

IMG_7416

IMG_7417

Prático também fazer a leitura do passaporte nos e-gates, uma facilidade mais antiga, de 2014, mas que eu ainda não havia testado.

Resgatar a bagagem ficou igualmente mais tranquilo.

A confusão mesmo se dá no free shop, no desembarque, onde a área para armazenar as bagagens não dá conta da quantidade de malas e pessoas, e a circulação de carrinhos nos corredores faz o local parecer o centro de uma cidade na hora do rush.

Nem o dólar nas alturas parece intimidar os viajantes na hora das compras na volta para casa.

Há mudanças prometidas para breve. Vamos ver.

No aeroporto de Porto Alegre

11 de abril de 2016 2

Apesar de ter ido várias vezes ao Aeroporto Salgado Filho em março, só fui me dar conta na última delas, no final do mês: a livraria (maior) que havia no saguão fechou e virou dois quiosques (ou pouco mais do que isso) – um junto ao embarque internacional e outro próximo ao embarque da TAM.

Publiquei essa nota na edição impressa e repito aqui porque realmente não me conformo. Sei que os aluguéis nos aeroportos andam insuportáveis e etc, mas eu sempre choro o fechamento de uma livraria, porque acho que sem elas estamos ficando mais pobres em todos os sentidos.

Mas o que eu mais lamentei, na ocasião, foi não haver mais guias e livros de viagem, antes com farta oferta ali. A falta de espaço não permite.

E não venha me dizer que aplicativos no celular substituem os guias… Substituem (só) em parte.

Preços de aeroportos

15 de março de 2016 1

Dias atrás, após fazer uma viagem de final de semana, comentei na coluna sobre os preços (altos) cobrados por refeições em aeroportos (mencionei o Salgado Filho, na Capital, e o Santos Dumont, no Rio).

Na ocasião, na área de embarque do Terminal 2 do Salgado Filho, fui tomar um suco de caixinha de 200ml e me pediram R$ 8 por isso. Não comprei!

No retorno, no Santos Dumont, fui tomar café da manhã e pedi um café com leite e um croissant (no qual só dei uma mordida e acabei deixando de lado, de tão ruim que era!), pelos quais paguei R$ 22.

Um abuso, não?

E aí, na semana passada, após publicar a nota, recebi um e-mail de Paulo Azzi, encarregado da fiscalização na Gerência de Negócios Comerciais do Salgado Filho, que dá a dica:

- Visando a prática de preços justos, a Infraero criou as Lanchonetes com Preço Popular, onde um rol de produtos tem seus preços estipulados no próprio edital. No Salgado Filho, o concessionário desta modalidade é o Trop Café, localizado no 3º pavimento (Aeroshopping). Lá o usuário encontrará o suco de caixinha de 200 ml por R$ 3,50, e o café com leite (R$ 3,50) com salgado (R$ 4,50) no total de R$ 8,00.

Expliquei a ele que, no meu caso, como já estava na área de embarque, não tive essa opção. Mas fica a dica, ainda que os preços devessem ser justos em qualquer lugar, não?

Air France faz voos em Paris para a despedida de seus aviões "Jumbo" nesta quinta-feira

13 de janeiro de 2016 0
Air France, divulgação

Air France, divulgação

Amanhã, quinta-feira, a Air France faz dois voos, com bilhetes já esgotados, para a despedida do Jumbo (o apelido do Boeing 747), que literalmente sai do ar, na companhia, após 45 anos.

Os aviões sobrevoarão pontos turísticos da França, decolando do aeroporto de Paris-Charles de Gaulle pela manhã com o seguinte roteiro: almoço do menu Business Class e champagne, com surpresas incluindo sobrevoos por pontos turísticos e históricos da França, como o Mont Blanc, o Mont Saint-Michel, as costas do Mediterrâneo e do Atlântico, as cidades de Toulouse e Bordeaux; ao voltar para o aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, os passageiros conhecerão as oficinas de manutenção da Air France com um brinde aos pés da aeronave.

No caso da Air France, os Jumbos foram usados para voos de longa duração ligando Paris a Rio de Janeiro, Nova York, Montreal e à Ásia.

No avião, que comporta até 500 pessoas, a empresa já serviu menus criados por estrelados chefs franceses como Paul Bocuse, Gaston Lenôtre e Pierre Troisgros. Eles são reconhecidos pela espécie de corcunda que têm na fuselagem (o segundo andar, que em muitos casos abriga a primeira classe).

Para celebrar o evento, foi criado um website histórico: Air France La Saga.

E neste vídeo há imagens históricas bem bacanas mostrando essa trajetória.

 

Mudanças no aeroporto de Guarulhos, fase 2

02 de dezembro de 2015 0

Desde o dia 18 de  novembro, o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos (GRU Airport) mudou a numeração dos portões de embarque e a nomenclatura das áreas de check-in.

No Terminal 4, por exemplo, os portões ganharam numeração a partir de 101, enquanto os Terminais 1 e 2, a partir de 201, e o Terminal 3, de 301.

A mesma numeração vale para as esteiras de bagagens dos respectivos terminais.

A identificação das áreas de check-in por terminal ficou assim:

  • check-in “A” no Terminal 4
  • check-in “B”, “C”, “D” e “E” nos Terminais 1 e 2
  • check-in “F”, “G” e “H” no Terminal 3

Nesta quarta-feira, dia 2, muda a numeração dos terminais:

  • o Terminal 4 passa a ser 1
  • 0s Terminais 1 e 2 serão unificados e passam a ser Terminal 2
  • o Terminal 3 mantém sua numeração atual
Reprodução

Reprodução

A ideia é facilitar e alinhar a numeração de terminais, portões e esteiras.

Veja mais informações neste link.

Tomara que facilite mesmo a vida dos usuários.

No aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre...

24 de setembro de 2015 1

Coisas que a gente só vê quando fica mais de cinco minutos esperando alguém no aeroporto…

Fotos Ney Nunes, divulgação

Fotos Ney Nunes, divulgação

  • Não é exatamente uma novidade, porque inaugurou em maio, mas gostei de ver que o aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, tem um café com mesinhas na área do desembarque.

    Quantas vezes fiquei ali à espera de alguém naquele saguão sem graça e sem disposição para subir um andar e tomar um café, com medo de que o voo chegasse nesse meio tempo…

    Só me dei conta de que agora há um café ali, o Capital Coffee, ao ter de fazer hora quando esperava um familiar.Até então, havia apenas quiosques, máquinas de refrigerantes e salgadinhos e poltronas que dão aquele ar de… sala de espera.

    Mas será que precisa cobrar R$ 7 por um mísero pingado? Na minha cafeteria habitual pago R$ 5, o que já não é barato.

capital coffee

 

Rosane Tremea

Rosane Tremea

Todos os aeroportos são iguais, mas alguns podem ser bem diferentes...

30 de junho de 2015 0

Quem viaja por aí já se acostumou à impessoalidade dos aeroportos, pra não falar de outros adjetivos que poderiam ser atribuídos aos terminais aéreos.

Parecem todos iguais, alguns mais práticos, outros confusos, alguns grandes demais…

Por isso eu paro quando vejo detalhes como esses que encontrei no Aeroporto Louis Armstrong, em New Orleans, nos EUA.

A começar pelo nome, que homenageia o nome do músico que personifica o jazz, nascido na cidade no início do século 20, Louis Armstrong.

Ok, você dirá que temos o nosso Antonio Carlos Jobim, no Rio, o antigo Galeão (que todos continuam chamando de Galeão).

Mas no aeroporto de New Orleans, além do nome, você encontrará referências à música no site (que é bonitinho e amigável) e no saguão uma exposição não só sobre Armstrong, mas sobre os principais nomes da música e do jazz.

Fotos Rosane Tremea

Fotos Rosane Tremea

IMG_5442 (1)

Ok, você dirá, é uma cidade pequena, com menos de 400 mil habitantes. Mas sua região metropolitana tem mais de 1,2 milhão de habitantes e o aeroporto recebe uma média de 500 mil passageiros/mês, sendo um dos principais destinos turísticos dos EUA.

E aí me rendi mesmo quando fui ao banheiro (que tem essas mosaicos coloridos na entrada, o que já dá um charminho a mais) e deparei com flores frescas (as minhas preferidas, astromélias!), num sábado qualquer, às 5h da madrugada.

Aeroportos são todos iguais, mas alguns são diferentes.

IMG_5448

IMG_5450

Pequeno recorte de uma viagem: o que nos aproxima e o que nos afasta?!

11 de maio de 2015 0

Já devo ter dito aqui inúmeras vezes que adoro aeroportos e até atraso de voo (quando não me faz perder a conexão!) às vezes me deixa feliz.

Costumo ler muito quando estou sozinha em aeroportos, mas gasto a maior parte do tempo observando as pessoas.

Nos últimos anos, as cenas não são lá muito diferentes, mas essa da foto abaixo, particularmente, sempre me faz pensar muito.

IMG_4562

As pessoas estão ali, todas juntas, batalhando um espaço para… carregar seus celulares e outros equipamentos.

Os totens colocados por empresas e aeroportos (no caso da foto, o de Washington) para carregar smartphones, tablets, computadores e assemelhados parecem potes de mel atraindo abelhas e formigas.

Em lugar de equipamentos mobile ou carros elétricos, enxergo pessoas conectadas a tomadas.

E aí não há limites de lugares onde se possa dispor de energia para carregar as baterias (não as nossas), como aqui nessa abaixo, ao ar livre, em frente ao Museu Nacional dos Direitos Civis, em Memphis, nos EUA.

Eu não chego a nenhuma conclusão. Só observo.

IMG_5052

Aplicativo da Gol alerta sobre possibilidade de antecipar, adiar ou de perder voo

17 de fevereiro de 2015 0

Uma nova funcionalidade foi adicionada ao aplicativo mobile da companhia aérea Gol.

A geolocalização alerta sobre a possibilidade de o passageiro perder ou antecipar o voo.

Ele pode receber alertas e orientações sobre o tempo estimado para o deslocamento até o aeroporto, notificações sobre tempo para o embarque ou ainda se poderá antecipar ou adiar a viagem.

Confira mais no site da Gol.

Horta no aeroporto de Carrasco, em Montevidéu

12 de maio de 2014 0

Fazia bastante tempo que não publicava nada na categoria BOA IDEIA.

E a leitora do Viagem Rosangela Linck Berto mandou algo que se encaixa perfeitamente nela.

Nas palavras da Rosangela, explicando a foto:

“Achei muito legal esta horta no aeroporto Carrasco, no Uruguai. Grande ideia.”

 

Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

Não reparei da última vez que estive por lá, Rosangela, mas vou prestar atenção na próxima.

A propósito: dos aeroportos do Mercosul, o de Montevidéu é um dos mais simpáticos e funcionais na minha visão do lado de cá do balcão.

O comandante e o sistema de som dos aviões

26 de fevereiro de 2014 3

Uma amiga me mandou o link de um dos vídeos do Porta dos Fundos cujo título é COMANDANTE.

E aí lembrei de um outro amigo que costuma interpretar todos os textos-padrão nos voos, acrescentando humor aos sistemas de som que não funcionam direito, daqueles que não dá pra saber se vão servir barras de cereal ou sanduíches quentes ou se, apertem os cintos, o avião está a perigo.

Lembro de um texto do Luis Fernando Verissimo, de priscas eras, que dizia que se percebia quando a pessoa andava de avião pela primeira vez quando ela não conseguia fechar/abrir o cinto de segurança e prestava atenção a todos os avisos, lia o cartão “nos bolsões à frente da poltrona”, etc…

Pois para mim é sempre a primeira vez: sempre tenho dificuldade em colocar o cinto, sempre presto atenção ao que diz o chefe dos comissários e o comandante, ainda que o sistema de som seja ruim ou que sejam aqueles filminhos nos monitores individuais, presto atenção aos sinais luminosos e fico sempre de cinto de segurança quando estou sentada… (não, não tenho o mais remoto medo de andar de avião… Tenho mais medo de estradas esburacadas e motoristas imprudentes…).

E já ouvi pérolas, simpáticas e/ou engraçadas, vindas de comissários e pilotos. Gosto de saber que quem está ali, zelando pela minha viagem, além de bom piloto, ainda é simpático e bem-humorado. Só quem presta atenção ouve.

Nada comparado, claro, ao humor do comandante do Porta dos Fundos, no vídeo abaixo:

Surpresa natalina no aeroporto

14 de dezembro de 2013 1

Espero sinceramente (até porque eu mesma terei de enfrentar alguns deles!) que só tenhamos boas surpresas nos aeroportos nas festas de final de ano.

No Brasil, não temos tido motivos para boas expectativas, com obras atrasadas, deficiências nos terminais e no atendimento das companhias aéreas…

Mas também não custa deixar-se levar pelo encantamento criado pela companhia aérea canadense WestJet em sua campanha publicitária de Natal.

No aeroporto de Toronto, cada passageiro que embarcava num determinado voo era convidado a fazer sua lista de pedidos a um Papai Noel. Com a ajuda da tecnologia, os pedidos foram anotados e, na cidade de destino, equipes da companhia se encarregaram de realizá-los, buscando os presentes em patrocinadores.

Ao chegarem para buscar suas bagagens, os passageiros foram surpreendidos com luzes, música, neve artificial e os presentes pedidos chegando na esteira no lugar das malas.

O vídeo não tem legendas em português, mas mesmo quem não fala inglês não terá dificuldades para entender a mensagem.

 

Conversa sobre Porto Alegre no Mapa Mundi hoje

07 de outubro de 2013 0

No projeto Mapa Mundi Talk Show desta segunda-feira, o bate-papo é sobre PORTO ALEGRE como um eixo de turismo internacional.

O projeto, na definição de seus organizadores, debate assuntos relacionados ao prazer de viajar, busca promover um canal de debates sobre o turismo e a economia nas principais cidades brasileiras.

É desenvolvido pelo comunicador, empresário e fotógrafo Henrique Raizler.

Nesta edição, os convidados são três representantes de companhias aéreas internacionais que têm operação em Porto Alegre: American Airlines, Avianca e TAP.

Serviço

  • Na Saraiva Praia de Belas Shopping
  • Hoje, às 19h30min
  • Entrada Franca
  • Informações (51) 9951 5513

O que esquecemos (!) a bordo dos aviões

23 de agosto de 2013 0

Sinceramente, não lembro de ter esquecido nada a bordo de um avião… Ou é possível que tenha esquecido e nunca tenha me dado conta…

Enfim, aquele aviso de, ao pousar, conferir os pertences de mão não funciona pra muita gente.

E, aí, o buscador de passagens Skyscanner fez uma pesquisa para descobrir quais os objetos mais bizarros deixados a bordo pelos passageiros.

A pesquisa não parece ser muito “científica”, mas vá lá: foram ouvidos 700 comissários de bordo de 83 países través do site Cabincrew.com.

Os mais comuns: quase um quarto (24%) dos comissários encontrou um passaporte perdido a bordo, bem mais que o número de telefones (23%) e livros (21%) deixados para trás.

Aos bizarros:

Shutterstock.com, Skyscanner/divulgação

Shutterstock.com, Skyscanner/divulgação

  • Papagaio vivo
  • Prótese de perna
  • Saco de areia
  • Caixa de peixe seco
  • Vestido de casamento
  • Saco de diamantes
  • Peruca
  • Saco de cebolas
  • Algemas
  • Um ovo (sem embalagem)
  • Sapo
  • Pedido de casamento por escrito