Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Victoria"

Um passeio por Victoria, na Austrália

11 de julho de 2011 7

O querido RAFAEL AIOLFI manda notícias da AUSTRÁLIA, onde vive agora. Rafa enviou fotos e textos sobre um passeio que fez ainda durante os feriados de Páscoa.

Obrigada pelas dicas sobre esse destino que atrai cada vez mais brasileiros, especialmente gente em busca de intercâmbio.


“Oi, Rosane.

Fiz uma viagem bem legal durante a Páscoa e gostaria de compartilhar algumas fotos com o seu blog.

O cenário da aventura foi o estado de Victoria, aquele que virou manchete no mundo por causa dos incêndios florestais em 2009. Victoria também sedia o GP de Melbourne e o Aberto de Tênis.

A costa sul de Victoria é conhecida como Shipwreck Coast, ou a “costa dos naufrágios.” Como o nome já sugere, vários barcos não resistiram à força do mar e do vento nesta região. Uma viagem de carro pela costa dos naufrágios é feita através da Great Ocean Road (A Bela Estrada do Oceano, em tradução livre). Trata-se de uma viagem de cerca de 250 quilômetros.

Falésias, praias selvagens e florestas são algumas das atrações. Claro que dá para fazer em um dia, mas a minha dica é fazer aos poucos e dormir em um dos milhares de campings. Aliás, australiano é apaixonado por camping.


O ponto principal da viagem são os 12 Apóstolos. Trata-se de um conjunto de rochas gigantescas formandas a partir da erosão constante das falésias. Eram 12 rochas, mas algumas já desmoronaram. Ver os 12 Apóstolos ao amanhecer e ao por do sol é a dica, porque as rochas vão mudando de cor aos poucos.


Também é legal o passeio de helicóptero, apesar do preço salgado.


A viagem pela Costa dos Naufrágios tem outras atrações. Uma parada obrigatória é o Museu do Surfe. Mesmo para quem não surfa (meu caso, trauma de infância após cair da prancha e quase me afogar em Arroio do Sal), a visita é interessante. A evolução no design das pranchas e as fotos antigas contam um pouco dessa relação de paixão do australiano com o surfe e o mar.


Por fim, a vida selvagem. Todo mundo sabe que na Austrália tem canguru e coala. Qualquer zoológico da Austrália vai estes bichos. Mas a sensação de ver os animais no seu hábitat natural é completamente diferente. Passamos por uma floresta cheia de coalas e também encontramos cangurus cruzando a estrada! Essa foto eu perdi, mas depois saí do carro e tentei atrair os cangurus com uma uva na mão (foto anexada). Te juro que ele/ela ficou me olhando, mas depois sumiu na floresta.


Um beijo”

Informações sobre a viagem: www.greatoceanrd.org.au