Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Teutônia"

Para o final de semana, Rota Germânica

28 de outubro de 2011 11

Quem dá a dica de lugar para ir no final de semana é o colega jornalista de Lajeado Thiago Stürmer.

A dica do Thiago é a ROTA GERMÂNICA, que completou 10 anos de existência nesta semana.

Ela é composta por 15 propriedades rurais e de recantos e paisagens do VALE DO TAQUARI, que fica a cerca de 100 quilômetros de Porto Alegre.

Um dos lugares mais visitados é a Lagoa da Harmonia, em Teutônia, o da foto.


Eu estive ali, há um bom tempo. Há restaurante no local onde é servido almoço com culinária alemã no final da semana (não posso recomendar a comida, por que já faz muito tempo mesmo), mas o lugar é muito bonito e dá para fazer um piquenique, se não quiser arriscar o cardápio alemão. O colega Marcos Hoffman, do Viajando de Carro, também escreveu sobre a rota.


Suco de alface: surpresa no Alto Taquari

15 de julho de 2008 3

Meu colaborar emérito André Mags não tem noção do perigo. Ele “ousou” escrever sobre a MINHA região. É quase uma declaração de guerra. Mais: atreveu-se a falar de minha terra natal, ANTA GORDA. Ainda bem que desta vez centrou suas baterias em nossa vizinha, ILÓPOLIS. Confira as impressões do André abaixo:


Comecei a me interessar pelo lugar onde estava quando vi no cardápio `suco de abacaxi com limão e alface`. E o gosto sobrepujante era o da folha verde. Não ruim, mas estranho. Deu vontade de tomar outro copo para ter certeza do que havia provado. Nordeste gaúcho, Vale do Alto Taquari: isso pode ser uma região tão surpreendente quanto um suco de alface?



Se Ilópolis estiver no caminho, pode, sim
. Ali fica o Museu do Pão. É só ver o logotipo do museu e passar a acreditar no que as pessoas falam sobre a cidade, que “está investindo no turismo”. Faz lembrar as jogadas de marketing dos estrangeiros, que criam logos modernosos no intuito de transformar seus museus em marcas.


Procure por Ilópolis no Google. Lá está o Bread Museum marcando presença.

O pequeno município, de 4.255 habitantes (censo de 2000), tem ainda a simplicidade da Festa das Etnias (os italianos tomam conta), a Cascata da Baleia, de grande vazão em época de chuva, e o pacífico Lago Verde, pontilhado por cogumelos coloridos em suas margens.


No caminho tem o interessante hotel na Lagoa da Harmonia e montanhas cobertas por neblina em Teutônia. Já na “categoria suco de alface”, há uma colossal estátua de anta na praça central de Anta Gorda (poderia ser outro lugar?). Não ruim, mas estranho.”


Postado por Rosane Tremea