Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Cartão-postal"

Cartões-postais do RS no Carrousel do Louvre

29 de outubro de 2014 0
Fotos Gisele Spessatto, divulgação

Fotos Gisele Spessatto, divulgação

Bem bacana. A fotógrafa gaúcha Gisele Spessatto expôs, no final de semana, fotos de paisagens do Rio Grande do Sul no Carrousel do Museu do Louvre, em PARIS.

O Carrousel é a galeria comercial que fica no subsolo do Louvre, com entrada pela Rua Rivoli (no segundo piso está a pirâmide, entrada para o museu).

As imagens de Gisele mostram belezas naturais, cultura e tradições gaúchas.

Uma das fotos escolhidas é esta acima, captada em GRAMADO, que também já participou da mostra Photographes Du Monde, em Marrocos (veja outras duas abaixo).

Na exposição no “Le Carrousel du Louvre”, entre os dias 24 e 26 de outubro, Gisele apresentou fotos de regiões como Campos de Cima da Serra, Planalto Médio, Litoral e Região Serrana de Gramado e Canela.

A fotógrafa pretende mostrar as fotos em breve também no Rio Grande do Sul.

Se quiser saber mais sobre o trabalho de Gisele, confira no facebook ou no site.

gisele3 gisele4

Detalhes da arquitetura da imigração italiana

18 de abril de 2014 0
Fotos Rosane Tremea, arquivo pessoal

Fotos Rosane Tremea, arquivo pessoal

Gosto muito das construções da região de colonização italiana no Rio Grande do Sul, especialmente de um detalhe delas: os lambrequins.

Os imigrantes europeus nos Estados do sul do país adaptaram para a madeira os beirais recortados originalmente em zinco ou chapas de outros metais.

Ando por aí, fotografando onde encontro, feliz quando são recuperados ou mesmo reproduzidos com material novo.

capitel13062010 028

valedosvinhedos11042010 063

DSC02265

DSC05978

Da alegria de receber (ainda!) um cartão-postal

27 de fevereiro de 2014 2

IMG_2119

Repare no envelope acima. Eu o recebi na redação, dias atrás. Quando o entregaram na minha mesa, parei tudo.

O envelope pardo, os selos coloridos, a letra desenhada… Parei tudo.

Abri meio desajeitada. Já não temos mais sobre as mesas (não nas nossas, pelo menos) aquelas espátulas para rompê-los com alguma elegância.

Dentro dele, havia dois cartões-postais, um folheto e seis páginas recortadas de uma revista.

 

IMG_2122

 

Não conheço a Inge, a remetente, mas ela costuma ler o que eu escrevo.

O que a motivou ao capricho (já perdemos o hábito de enviar e receber cartas) foi um comentário sobre um material promocional a respeito de Porto Alegre.

Ela fazia algumas ressalvas e aproveitou para dizer que deveríamos ter, como há em qualquer lugar do mundo, cartões-postais para colecionadores ou para quem, como ela, cultiva o saudável hábito de comprá-los para enviar à família ou a amigos.

“Quem sabe postais por regiões: dos vinhedos, rota romântica, das pedras preciosas, campanha, missões…?”, sugere ela.

Por que não?!

IMG_2121

 

Mais! Uma coisa que eu achei um amor e nunca pensei em fazer: ela contou que costuma, em viagens, mandar postais para si mesma para ter uma “surpresa” ao retornar. Querido, né?

Na sua letra desenhada, no texto bem escrito, Inge também me sugere conhecer/visitar o Westonbirt Arboretum, na Inglaterra, e descreveu o lugar que diz ser um dos mais bonitos que já viu.

Anotado, Inge.

Ela encerra um dos cartões com um P.S.: “Poderia ter usado e-mail, mas sou meio antiga…”

Inge, que bom que não usaste e-mail, não sabes a alegria que me proporcionaste.

Ando às voltas com esse cartão que agora está na minha escrivaninha de casa desde o dia de sua chegada e dou uma olhadinha para ele todos os dias. Resolvi respondê-lo por aqui.

Assim que a greve dos Correios acabar, vou tentar achar um postal bacana de Porto Alegre para te retribuir a gentileza. Assim como tu, também gostaria de encontrá-lo.

 

IMG_2120

Cartão-postal e vindima na serra gaúcha

17 de fevereiro de 2014 0

Na semana em que começa a Festa Nacional da Uva de 2014, em Caxias do Sul, um convite para visitar a serra gaúcha nesta época de vindima, o tempo da colheita da uva.

É lindo de ver os parreirais verdinhos, carregados de uvas. O perfume delas fica no ar…

Essas fotos foram tiradas em BENTO GONÇALVES, no Vale dos Vinhedos, que eu adoro visitar.

Fotos Rosane Tremea

Fotos Rosane Tremea

DSC09411

DSC09412

Recortes de pequenos detalhes

16 de janeiro de 2014 0

O olho e uma (boa) câmera sempre revelam detalhes que aparecem em qualquer passeio.

Seja aonde for. É só ficar atento.

Meus últimos detalhes (com a colaboração da sobrinhada) para a seção CARTÃO-POSTAL.

Você presta atenção aos detalhes?

Fotos arquivo pessoal

Fotos arquivo pessoal

DSC09006

 

DSC09003

 

DSC_0135

 

DSC_0208

 

 

E a contribuição de um leitor:

O ALEXANDRE CHINI, meu conterrâneo, enviou a foto abaixo, tirada em BOSTON, numa viagem aos Estados Unidos em novembro.

Alexandre Chini, arquivo pessoal

Alexandre Chini, arquivo pessoal

Sempre é tempo de visitar as Cataratas do Iguaçu

06 de janeiro de 2014 0
Fotos Daniele Cabreira, arquivo pessoal

Fotos Daniele Cabreira, arquivo pessoal

Em 2013, segundo as estatísticas do Parque Nacional do Iguaçu, mais de 1,5 milhão de pessoas visitaram as Cataratas do Iguaçu.

A perspectiva para 2014 é que um número maior ainda de visitantes conheça um dos principais pontos turísticos do Brasil.

Eu já vi as Cataratas com muita água, com pouca água… Mas nos últimos dias a visão que se tem é aquela com que as quedas d`água são mais reconhecidas, com um volume grande e aquela imagem de cartão-postal, como essas abaixo.

DSCN9732

 

DSCN9716

 

Nesse vídeo institucional, um passeio pelo parque

Cartões postais produzidos por leitor

25 de dezembro de 2013 3
Fotos Fernando Rozano, arquivo pessoal

Fotos Fernando Rozano, arquivo pessoal

Na época da Feira do Livro de Porto Alegre, publiquei na versão impressa deste blog, no caderno Viagem, um cartão-postal produzido na Praça da Alfândega pelo leitor Fernando Rozano.

Na época, ele havia me mandado outros, feitos em viagens por aí, que não tinham nada a ver com a feira, mas que são muito bacanas.

Resgato agora, pra mostrar que interessante fica essa colagem de imagens.

page 5

Um cartão-postal na Serra

13 de março de 2013 0

Na minha “amadorice” de fotógrafa, erro muito.

Nem por isso deixo de fazer meus registros e alguns deles eu classifico no blog como CARTÕES-POSTAIS.

Gostei desse, com o reflexo dos coqueiros na água.

Um cartão-postal no Uruguai

01 de agosto de 2012 0

Essa beira do RIO DA PRATA, em Colônia do Sacramento, rende imagens lindas.

Quem mandou essa abaixo, para a seção CARTÃO-POSTAL, foi a Elaine Giovanaz, de Lajeado.

Com a foto, veio um recadinho:

Rosane!

“Sou fã do Recortes de Viagem. Por isso te envio, para compartilhar, a bela imagem flagrada em Colônia do Sacramento, no Uruguai, em junho de 2012.

Um forte abraço. Elaine”


Cartão-postal pelo interior do Estado

18 de agosto de 2011 2

Na serra gaúcha, encontrei e registrei esses cartões-postais.

Ficam numa propriedade privada. Então, não tenho como dar a localização, mas não poderia deixar de dividir essas paisagens idílicas. Elas não merecem ficar confinadas no meu arquivo de fotos.


Pra arrematar, a imagem de uma cerejeira em flor.

Cartões-postais numa cidade do Alto Taquari

08 de agosto de 2011 2

CARTÃO-POSTAL

Reencontrei, em férias recentes, paisagens da minha infância.

Era tudo tão perto e tudo tão longe.

Bastava percorrer 14 quilômetros para ir de Anta Gorda, a minha cidade, até Ilópolis, a vizinha  mais próxima.

Mas era uma viagem! Foi muitas vezes nosso piquenique de Dia da Criança. O parque do IBDF (o Ibama daquele tempo, então chamado de Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal) era o destino.

Eu tenho medo de voltar a alguns lugares especiais, que parecem perder o encanto passado um tempo.

Não foi o caso…

Retornei para ver uma atração recente, o Museu do Pão.

Mas acabei revendo os lugares daquele tempo em que percorrer 14 quilômetros fazia parecer que se estava conquistando o mundo.

E não me decepcionei. Estava tudo lá, como eu lembrava. No parque e na cidade, revisitei a infância.

Um cartão-postal em São Marcos

21 de junho de 2011 14

CARTÃO-POSTAL

A leitora e fotógrafa Miriam Cardoso de Souza enviou essas belas fotos tiradas na Linha Rosita, no interior de São Marcos, na serra gaúcha.

A primeira está publicada na edição impressa do Recortes de Viagem.

As outras duas são um brinde aos leitores, neste dia em que começa o inverno, a minha estação favorita.

Obrigada, Miriam.


Um cartão-postal rural

17 de junho de 2011 1

CARTÃO-POSTAL

Minhas últimas férias foram de reencontros. Com pessoas, com lugares, com memórias. Voltei à minha terra natal, depois de um bom tempo distante. Nem era tanto assim, na verdade. Lendo do jeito que escrevi parece que foram anos. Passaram-se meses apenas, mas nunca havia tido um intervalo tão longo.

Achei tudo mais bonito. Meu colégio de uma vida inteira, por exemplo, está colorido, bem cuidado. E, o mais legal, é que muitas pessoas com quem convivi não só nos 11 anos de escola, mas nos seis em que trabalhei ali, continuam à frente dele. O que só dá mais motivos para me alegrar – parece um caso de uma saudável mistura de preservação com renovação.

Bom, mas este cartão-postal (ou cartões-postais) não tem nada a ver com o colégio, mas com a propriedade da família de uma amiga querida, os Pitol. Encontrei paisagens tão lindas na visita que fiz ao lugar onde eles produzem e beneficiam noz-pecã, fruta típica da minha terra (pra quem não conhece, a da última foto abaixo), criam ovelhas texel… Essas últimas, aliás, responsáveis por esse clima tranquilo…

Então, sem mais, as fotos desse lugar de cartão-postal…


Brumas sobre o Guaíba

01 de junho de 2011 4

CARTÃO-POSTAL

A indefectível neblina dessa época do ano prejudica os voos e outras atividades, mas fornece paisagens de cartão-postal.

Ali onde se vê apenas uma bruma, uma névoa, era para estar o GUAÍBA, o lago/estuário/rio que banha PORTO ALEGRE.

É lindo, não é?


Remexendo nos baús de viagem

21 de abril de 2011 3

CARTÃO-POSTAL

Remexendo em seus baús de viagem, a LETÍCIA BARBIERI, repórter de Zero Hora no Vale do Sinos, encontrou essas duas fotos abaixo.

A primeira, ela descreve assim:

“Era pertinho de onde eu morava, na AUSTRÁLIA. Em uma das curvas da Great Ocean Road, onde está o que eles chamam de 12 Apóstolos, por que eram 12 pedras como aquelas ali… Quando eu estive lá, em 2006, só restavam mais seis… A água foi levando as outras.”

A segunda veio com o seguinte recado:

“Foi o momento que eu encontrei um aborígine. Quase fui lá abraçá-lo, mas achei mais prudente só tirar a foto.


 

Quando eu fui ao Grand Canyon foi engraçado, por que havia uns índios bem sérios recepcionando a galera. E eu pensava “mas por que ninguém tira fotos com eles, peloamordedeus?”. Aí eu pensei: mais do que um “não” eu não vou levar. E perguntei se eles se importavam de tirar uma foto comigo. Quando olhei pra trás, uma fila de turistas que tomaram coragem depois de mim. Histórias de viagens…”