Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Zagreb"

Um cemitério para visitar em Zagreb

24 de setembro de 2012 0

Eu sempre visito cemitérios. Já escrevi sobre isso aqui e criei a tag CEMITÉRIOS (a classificação ficou capenga, mas escrevi sobre outros deles).

Pra alguns é apenas um lugar para tristeza. Eu sempre acho que é um lugar que tem muita história pra contar.

Fiquei curiosa pra conhecer esse de ZAGREB, que o Escritório de Turismo da Croácia no Brasil divulga.

Ele fica no alto de uma colina, com belas cúpulas, arcadas e fachadas cobertas por vegetação. Virou atração turística na cidade. A área, que pertencia a Miroslav Mirogojski e tinha uma pequena floresta e vinhedos, foi comprada pela prefeitura da cidade em 1872.

Nele há alamedas com frondosas árvores, arcadas, pavilhões com cúpulas renascentistas. Muitos escultores decoraram túmulos, especialmente de figuras públicas, como o do primeiro presidente da Croácia independente, Franjo Trudman.

Sugestões para chegar ao cemitério, considerado um dos mais bonitos da Europa:

  • caminhada de meia hora do centro, considerando que há ladeiras
  • táxi, em 10 minutos a partir do centro
  • ônibus ou Segaway


Museu para o desamor?!!

16 de agosto de 2012 0

Taí um museu que eu não sei se gostaria de conhecer. Mas, considerando que já fui a um de múmias, não posso dizer deste museu não beberei.

Só o nome já dá uma ideia do acervo: Museum of Broken Relationships, com objetos que contam histórias de amores perdidos.

Criado a partir de uma instalação montada em ZAGREB, na Croácia, já é a terceira atração mais visitada na cidade e foi premiado em 2011 como o museu mais inovador da Europa (European Museum Awards).

A reunião de objetos vindos do mundo inteiro conta histórias de casais que, por diferentes motivos, se separaram.


P.S.: depois de publicar uma nota sobre o museu no caderno Viagem, de ZH, a Sandra Pacheco enviou email com o seguinte recado:

“Vi na edição do Caderno de Turismo de hoje, dia 21/8/2012, a notinha que colocaste sobre o Museu das Relações Partidas em Zagreb. Estou te escrevendo para dizer que estive lá em maio deste ano e o Museu é genial. Tem de tudo quanto é objeto: vestidos, bicicleta, bichos de pelúcia, lingerie, etc… e todos com o depoimento de quem os deixou lá…muitíssimo interessante. Se tiveres oportunidade, vai conhecer, sim, não tem nada de deprê.”

E a Sandra revirou nos arquivos e encontrou as fotos que fez lá no museu e mandou pro blog. Veja abaixo:


Mais sobre a Croácia

04 de abril de 2012 0

A CROÁCIA já apareceu outras vezes por aqui (clique para ver os outros posts).

Na última delas, divulgava a Papo Viajante, do STB, no qual da Marília Peixoto Coelho de Souza falaria sobre o país, considerado um dos destinos de 2012.

Pois agora quem escreve para falar de lá é a própria Marília, gaúcha que mora em Zagreb.

Ela é guia turística na Croácia, onde recebe grupos de brasileiros, além de dar aulas de História do Brasil na Universidade de Zagreb, no Curso de Português, além de aulas particulares de português, espanhol e croata para brasileiros.

A história de Marília é daquelas sobre as quais a gente ouve falar de vez em quando. Nas palavras dela mesma:

“Vim para a Europa, no fim de 2007, viajar e visitar meu irmão em Dublin e acabei conhecendo um croata num ônibus de turismo. Foi amor à primeira vista, nos apaixonamos e nem voltei ao Brasil! Me casei em 4 meses e minha vida mudou totalmente! Já estava falando fluente croata em 6 meses! “


Empenhada no seu trabalho e na divulgação do país, Marília criou um blog para isso: Uma Brasileira na Croácia.”

E mandou algumas dicas:

“É um país que reúne história, praias, montanhas e muita cultura. Fico feliz em ver que aos poucos os brasileiros estão vindo e descobrindo!

A dica que tenho é que os turistas brasileiros que vêm até aqui não deixem de visitar a capital Zagreb, pois muitos conhecem Dubrovnik ou só a costa.

Zagreb é uma cidade de 800 mil habitantes, a capital do país que abriga os centros político, econômico, cultural e educacional. Além disso, possui mais de 30 teatros, museus, galerias e parques. O interessante é que tudo é perto, muito fácil de se localizar, é muito aconchegante e as pessoas são bem receptivas. O centro histórico nos remonta aos tempos medievais, cheios de ruelas e nos dá a sensação de estar nos livros de história.

O que acho imperdível é ir ao cemitério Mirogoj, um museu à céu aberto que abriga num mesmo lugar cristãos, muçulmanos e judeus. É um espetáculo! Além disso, acho muito legal o Jarun, um lago artificial, onde as pessoas tomam banho no verão, praticam esportes e à noite há vários bares bem divertidos!

Pra conhecer bem os costumes locais sugiro ir ao Mercado Dolac, uma feira diária que ocorre de manhã atè às 14h, onde os produtores vendem legumes, frutas, mel, queijos fresquinhos e flores. Nele se pode comprar também artesanatos típicos da região. E, logo em seguida, o legal é ir tomar um café na Tkalca, uma rua de pedestres cheia de cafés e bares. Ali os croatas passam o dia tomando café com leite e curtindo a vida. Essa é a melhor maneira de conhecer os croatas!

Pra terminar, sugiro que se caminhe pela cidade, observando os belos prédios e a bela arquitetura de influência austríaca. Se precisarem de qualquer dica, estou à disposição.”