Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Barcelona"

Um roteiro por estádios de futebol na Europa

19 de fevereiro de 2014 2

Para apaixonados por futebol, a empresa de intercâmbio CI criou um roteiro pela Europa com visitas a estádios de futebol.

Na Espanha

  • O Camp Nou, do Barcelona
  • Santiago Bernabéu, do Real Madrid

Na Itália

  • San Siro, em Milão, do Milan e da Internazionale

Na Alemanha

  • Allianz Arena, em Munique, do Bayern de Munique

De Paris a Barcelona, de trem

14 de janeiro de 2014 7

Desde dezembro é possível fazer o trajeto entre PARIS e BARCELONA, em 6h25min, em um trem de alta velocidade.

Li a novidade no caderno Boa Viagem, do jornal O Globo.

São trens de dois andares, e o bilhete custa 59 euros (mais ou menos 200 reais).

Trata-se uma parceira entre as empresas Renfe, espanhola, e SNCF, francesa.

A linha também permite conexão com outras capitais europeias, como Londres, por exemplo… De Londres a Paris são pouco mais de duas horas de trem numa viagem rápida e interessante, cruzando o Canal da Mancha.

Voltando à linha que liga Paris e Barcelona, você pode buscar informações em:

voyages-sncf.com

renfe.com

raileurope.co.uk

E nesse link, em português: raileurope.com.br

 

Imagens da Espanha 2 (música e dança flamencas)

07 de outubro de 2013 0

O Sérgio Theodósio Gonçalves, leitor de Porto Alegre, andou pela ESPANHA no verão europeu e mandou uma série de fotos, de três momentos diferentes da viagem.

Assim como ele mandou separado para o blog, divido em três posts, com as observações que ele encaminhou. O segundo deles fala de um espetáculo no Palau de la Música Catalana.

Fotos Sérgio Theodósio Gonçalves, arquivo pessoal

Fotos Sérgio Theodósio Gonçalves, arquivo pessoal

 

“Rosane

O prédio é maravilhoso, e o espetáculo, imperdível. Canto e dança flamencas com os melhores artistas.

Um bom lugar por apenas 38 euros. Vale a pena.

Sérgio”

Imagens da Espanha 1 (Barcelona e as ramblas)

06 de outubro de 2013 1
Fotos Sérgio Theodósio Gonçalves, arquivo pessoal

Fotos Sérgio Theodósio Gonçalves, arquivo pessoal

O Sérgio Theodósio Gonçalves, leitor de Porto Alegre, andou pela ESPANHA no verão europeu e mandou uma série de fotos, de três momentos diferentes da viagem.

Assim como ele mandou separado para o blog, divido em três posts, com as observações que ele encaminhou. O primeira deles fala de BARCELONA.

“Cara Rosane:

em julho estive em Barcelona, curtindo o verão.

Estou, só agora, separando umas fotos para botar no face.

Lembrei de ti e vou de mandar algumas.

Estas são das ramblas, onde as pessoas passam o dia passeando.

Achei interessante os quiosques que, junto com objetos turísticos, vendem muitos saquinhos de sementes de plantas e flores.

A avenida prioriza os pedestres. Carros só nas laterais.

Um abraço.

Sérgio Theodósio”

Mercado em Barcelona

27 de setembro de 2011 13

Mercados públicos volta e meia aparecem por aqui. Esse que é tema do post de hoje eu não conheço ou não lembro. Minha passagem por Barcelona, uma só até agora, não foi rápida, mas eu tenho um lapso em relação à cidade. Costumo dizer que sou das poucas pessoas que gosta mais de Madri que de Barcelona… Me sinto em dívida com a cidade, preciso voltar lá pra reconferir…

Mas voltemos ao mercado de BARCELONA. Quem mandou a sugestão para que a visita seja incluída no roteiro é da Gabriela Lorenzet.


Veja o que a Gabriela conta sobre o mercado:

“Estou eu aqui outra vez te escrevendo sobre Barcelona, cidade que eu tanto amei.

Depois que li o post sobre flores e frutas europeias eu lembrei destas fotos do popular mercado St Josep La Boqueria, em Barcelona.

O mercado é um dos lugares mais visitados de Barcelona. Isso devido a sua história (fundado em 1217), pela sua localização central (La Rambla) e pela sua beleza.

Fiquei encantada com a forma que eles colocam as frutas, o colorido dos sucos naturais, a variedade de frutas, os ovos que parecem ter recém saído da galinha, a variedade enorme de vinhos, comidas, etc… Definitivamente, tudo o que você procura relacionado à comida você encontra lá. Até preparo para pão de queijo brasileiro dá para encontrar.


É com certeza um lugar imperdível pra quem vai a Barcelona. Se for como eu, iria todo dia.

Vale tomar café lá ou almoçar. Uma delícia para os olhos e para o estômago.”



Para andar pela cidade bem acompanhado

28 de junho de 2011 9

Com um pequeno intervalo de tempo, recebi três dicas de passeios personalizados, a pé, por três cidades: BARCELONA, BUENOS AIRES e PARIS.

Já tinha publicado aqui o de Paris (clique para conferir o post). Agora seguem os outros dois:

BARCELONA

Quem enviou a dica do passei pela cidade espanhola foi a leitora GABRIELA LORENZET. Veja abaixo:

“Como sua leitora e que acompanha o blog e as dicas de viagens (já comentei aqui e já mandei uma vez umas fotos), hoje estou a te escrever para indicar um serviço pra ti ou para os leitores do blog: um tour guiado por Barcelona.Eu não costumo fazer tours guiados porque sempre viajo com meu namorado e ele gosta não gosta muito. Ele prefere descobrir os lugares e ler mapas. Porém, desta vez viajei a Barcelona sozinha, e no primeiro dia não curti passear sozinha, perdi muito tempo lendo mapas e lendo sobre os locais onde estava. Por isso eu entrei em contato com as meninas da agência Barcelona da Gema (http://www.barcelonadagema.com/), já que achei que seria mais divertido do que passear sozinha, etc…

Eu tinha achado no Google mesmo, sem indicação. Como podes ver no site, elas possuem 2 tours prontos e a opção de você montar o teu próprio (que dependendo varia de preço). Eu optei por um tour sugerido por elas, e gostei tanto que fiz o outro no dia seguinte. A especialidade delas é justamente Walking tours.

Barcelona, na minha opinião, é uma cidade para caminhar, descobrir aos poucos e não curti a ideia dos ônibus de turismo, já que ele nem pode entrar em algumas ruas, na parte mais antiga.
Eu super recomendo o serviço delas e não tenho palavras para explicar o quão queridas e amadas elas são.
O que mais me surpreendeu foi que elas são super abertas a montar tours e da maneira que você quiser. Elas fazem até de moto, alugam ônibus se o grupo for grande etc…. flexibilidade mil.
As meninas são brasileiras mas já moram em Barcelona faz um tempo, falam super bem espanhol e estudaram muito sobre a cultura e história. Ela já fazem até tour com alunos da própria Espanha, sinal que entendem mesmo.

Eu não estou ganhando nada pra fazer propaganda delas, mas é porque gostei muito e sei que muitos brasileiros viajam a Barcelona. Se você quiser praticar o teu espanhol elas podem explicar tudinho na língua local.”

E AS FOTOS DO PASSEIO

As pessoas na foto no Parc de la Ciutadella somos eu (de chapéu) e a Tamy, a guia.

O show das águas fica em frente ao Palau Nacional e acontece alguns dias da semana (acho que de quinta a domingo), começando às 21h. O local fica lotado de turistas e é sempre bom chegar cedo pra escolher um lugar privilegiado nas escadarias. Gostei muito.

A estátua de Nossa Senhora grávida foi uma das coisas que gostei de ter visto em Barcelona. São poucas pelo mundo e ela foi encontrada enterrada em Barcelona. Ela está na igreja de Nossa Senhora de Montserrat. Fiquei encantada porque que nunca tinha visto uma.

Anexei uma foto da praça de Espanha vista de cima. Esta foto foi feita do terraço da antiga Arena de Barcelona, que depois que foram proibidas as touradas virou um shopping.


BUENOS AIRES

A dica de Buenos Aires quem enviou foi a colega jornalista Liège Alves, que sugere o serviço de uma amiga jornalista gaúcha chamada GISELE TEIXEIRA, que mora há três anos na Argentina.

Aqui vai o que a Liège escreveu sobre o serviço:

“Conhecer uma cidade não tem que ser sinônimo de excursão chata. Ao contrário. A moda agora são os roteiros feitos sob medida, cheios de dicas e lugares “escondidos” que não estão nos guias. Esta é a proposta do Rent a Local Friend, um projeto presente em 28 cidades do mundo, de Oslo a Nova Déli. A idéia é simples e boa: conhecer uma cidade pelas mãos de quem vive nela, e não como simples turista.

Depois de uma rápida troca de emails, o “amigo local” cria um roteiro personalizado para o visitante, baseado em lugares charmosos e descolados para visitar. Na data da chegada, é só marcar um encontro e sair para passear.

- Somos uma alternativa aos guias profissionais –  diz a jornalista gaúcha Gisele Teixeira, responsável por receber os visitantes na capital argentina.

Os detalhes e custos do serviço estão em www.rentalocalfriend.com.

A Gisele (na foto abaixo) tem também um blog muito bacana chamado “Aquí me Quedo”. Normalmente ela posta notinhas bem curiosas sobre a cidade, a cultura, fotos, fatos inusitados.


Gatos espanhóis - Um gato em quatro quadros e outro em cima do muro

06 de outubro de 2010 4

E continuam chegando gatos de todas as partes do mundo. Esses vêm de Madri, enviados pela querida MELISSA BECKER. Confira:

“Para mim, gato preto não é má sorte. A minha permanência não planejada por oito dias na Espanha, sem conseguir decolar para Londres, já havia sido determinada pelo vulcão islandês, em abril deste ano, antes de eu encontrar esse gatinho. E não posso dizer que ter sido impedida de seguir viagem foi má sorte. Adoro a Espanha.

Encontrei o gato em um final de tarde no Jardín Botánico Real, no Paseo Del Prado, em Madrid. Era início de primavera, nem todas as flores estavam exuberantes, e estava quase na hora de fechar os portões quando vi o bichano em um dos canteiros. Saquei minha Lomo – uma câmera que ainda usa filme, e o modelo que uso tem quatro lentes, ao invés de uma, disparadas com diferença de frações de segundo – e mirei. Mas aquele olhar me dizia que, se eu chegasse mais perto, ele sairia em disparada. Preferi deixá-lo em paz.


Pensando em mandar a imagem para o Recortes de Viagem, me lembrei de mais um gato espanhol nos meus arquivos: este é de 2008, no Parc Güell, Barcelona. Bem mais relaxado, em cima do muro, ainda me ajudou a capturar, no fundo, a igreja no topo de um morro…


Não conheço o lugar, acho que é o morro Tibidabo (alguém confirma?). Já estive três vezes em Barcelona, mas tenho ideias para o roteiro de uma quarta visita… Sempre cumpri o ritual de beber água da fonte na rambla, ali perto da Plaça Catalunya – para que o visitante retorne à cidade um dia. Das outras vezes, funcionou. Até mesmo quando não planejei e um vulcão me deixou “ilhada” na Espanha.”

Uma curiosidade: minha única colaboração anterior com gatos de viagem para esse blog também era sobre a Espanha. Clique para ver.

Artistas de Barcelona e os cinemas

05 de março de 2010 2

Minha amiga Clarinha está estudando em BARCELONA, na Espanha. Nos seus relatos periódicos, tem enviado fotos de artistas de rua (veja as fotos abaixo), que são muitos pelas ramblas, e tem falado com curiosidade e estranheza sobre os cinemas locais, nos quais os filmes são dublados sempre para o espanhol, sem a opção da legenda. Só cinemas ou sessões especiais oferecem a possibilidade de ver o filme no idioma original.


Não sei como é em outros países da Europa, mas na Itália me chamou mesmo à atenção isso, o fato de os filmes todos serem dublados para o italiano. E mais: de fazerem intervalo, em geral de 10 a 15 minutos, para o público tomar um café, ir ao banheiro… É interessante, e às vezes dá margem para se conhecer gente no cinema, trocar impressões sobre a história etc e tal… Mas é chato também interromper o filme em momentos às vezes dramáticos…

Uma vez, para tentar ver uma produção não dublada, acabei no ODEON, em FLORENÇA, e fiquei encantada. O cinema fica num prédio construído em 1462, o Palazzo Strozzino, um dos mais interessantes exemplares da arquitetura renascentista. Virou cinema em 1922, conservando esculturas, tapeçarias e a cúpula com vitrais.

Por ali passaram músicos – Louis Armstrong e Ella Fitzgerald, por exemplo - e atrizes como Isabelle Adjani e Anjelica Huston, além dos diretores Bertolucci, Branagh, Salvatores e Benigni, entre muitos outros, por ocasião do Festival Internacional de Cinema de Florença. No caso do ODEON, adorei o intervalo. É que a sessão, no meio da tarde, era lotada de homens e mulheres ingleses que pareciam saídos do elenco de CHÁ COM MUSSOLINI (veja o trailer do filme abaixo).

Em Barcelona, por todo lado

26 de maio de 2008 1

GATOS DE VIAGEM

Vêm de Barcelona os gatos (de verdade e de mentira) sobre os quais minha colega aqui de ZH, Melissa Becker, escreve abaixo, com uma dica de um lugar bacana para ir na cidade. Confira:

Foto: Melissa Becker

“Estava caminhando por uma rua da cidade e deparei com aquela fachada linda, em um lugar um pouco escondido. Mesmo prédios que não são de Gaudí tem personalidade em Barcelona.”

“Já o gato gordo da foto acima caminhava preguiçosamente em um dia de primavera por ruas da Andaluzia… Na verdade, o cenário reproduz as vilas do sul da Espanha, mas se situa na Catalunha, no norte do país. O Poble Espanyol é um museu arquitetônico a céu aberto na montanha de Montjuïc, em Barcelona.


Criado em 1929, foi concebido como um típico pueblo espanhol em uma área de 49 mil metros quadrados com mais de uma centena de prédios, mas cada construção remete a uma região do país. E tudo se compõe de forma harmônica em ruas e praças típicas.

Após atravessar a Porta de Ávila, o visitante está na Plaza Mayor, onde palcos são montados para shows. É como viajar pela Espanha em uma tarde. Ou uma noite, pois o espaço abriga restaurantes, bares e discotecas.
Outras informações do Poble Espanyol em
www.poble-espanyol.com

Postado por Rosane Tremea

Sabe quem ganhou o guia de Barcelona?

06 de maio de 2008 0

Quem ganhou o guia de BARCELONA foi a Ana Paula Meister, de Porto Alegre. Outros nove guias ainda serão sorteados. Participe!

As equipes do caderno Viagem e do blog Recorte e Guarde escolheram a frase abaixo entre os participantes:

“A Sagrada Família é o local que mais me encanta. Conhecê-la por dentro nos remete ao passado, tempos de Gaudí, e nos traz até o presente, quando, ainda não concluída, novos artistas assumem esta maravilha a fim de terminá-la para que nossos filhos possam ver pronto o que nossos bisavós viram nascer.”

Postado por Rosane Tremea

Uma mala na mão e um guia na mochila!

29 de abril de 2008 0

Deparar com surpresas é ótimo, fazer coisas inusitadas é bárbaro, encontrar sozinho aquele restaurante simpático é a glória, mas viajar sem um guia, para mim, é inconcebível.

Por isso o caderno Viagem e o Recorte e Guarde (este blog que vos fala) inauguram hoje uma promoção que vai durar 10 semanas. Ao longo delas, 10 guias de viagem serão distribuídos — um a cada semana.

Como participar? É fácil, siga os seguintes passos:


1 – Hoje o blog está dando a dica, mas ao longo desta semana, até a próxima terça, você entra no site zerohora.com e procura, no menu à esquerda, o link %22promoções%22. Ali explica tudo direitinho.
2 – O guia desta semana é o de BARCELONA.
3 – Para participar, você manda uma foto sua na cidade, com uma frase dizendo o que a cidade, ou aquele lugar específico, tem de especial (se você já foi, vai querer voltar, não? Ou então vai querer dar para a mãe, irmão, pai, amigo…)
4 – A equipe do Viagem e do Recorte e Guarde vai escolher a melhor frase da semana.
5 – O resultado é divulgado na semana seguinte.


Quer saber quais serão os outros? Lá vai, na seqüência:

Lisboa, Londres, Madri, Munique, Nova York, Orlando, Paris, Roma e São Francisco.

Eles são muito práticos. Para quem está acostumado a usar guias de viagem, são da mesma editora dos guias visuais da Folha de S.Paulo, dos quais eu gosto muito, mas acho pesados demais (esse que a gente vai dar de presente, cabe na bolsa e não pesa): a Dorling Kindersley.

Se você por acaso não estiver a fim de participar da promoção, for assinante de Zero Hora, e quiser comprar todos os guias de uma vez só, pode ligar para o seguinte telefone: 0800.0513323

Pra dar uma palhinha de Barcelona, fica aqui a foto da Sagrada Família, a obra inacabada do eterno arquiteto Gaudí, morto em 1926. De lá para cá, arquitetos e escultores vão deixando sua marca no templo que, estima-se, deve ficar pronto em 2030!


A obra monumental de Gaudí. Foto: Divulgação

Postado por Rosane Tremea

Bossa Nova no Parque Güell

27 de fevereiro de 2008 1

Que BARCELONA é muito legal até mesmo quem nunca passou por lá tem certeza – e todo mundo sonha em um dia conhecer a cidade pontilhada por obras-primas do arquiteto catalão Gaudí (1852-1926).

Mais bacana ainda é reunir dois tipos de obras-primas: os traços de Gaudí com o som da Bossa Nova. Mesmo que a pronúncia não seja corretíssima, vejam que bacana o vídeo que minha amiga Jussara Porto gravou ao passar pelo Parque Güell, em janeiro. Ela, que é apaixonada por Bossa Nova, e se apaixonou por Gaudí, adorou (a voz que aparece no início, é dela). Obrigada, Ju, que ainda escreveu o texto abaixo:

“Concebido pelo mestre Gaudí para combinar urbanismo, arquitetura e natureza em um só lugar, o Parque Güell, em Barcelona, a cada dia é freqüentado por milhares de turistas. Mas especialmente aos amantes da Bossa Nova e da MPB ele oferece uma grata surpresa.

Próximo à Casa-Museu Gaudí, o som de um violão e uma voz com sotaque espanhol tomam conta do ambiente circundado pelas colunas inclinadas feitas de pedra. ‘Agora, eu djá sei, da onda que se ergueu do mar…’

Quem for até lá, fique sabendo: o repertório do músico, de origem chilena, além de Wave, do mestre Jobim, também inclui outras maravilhas da MPB.”