Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Geral"

Na cidade da Olimpíada (5): de novo, o imperdível Museu do Amanhã do Rio

25 de julho de 2016 0
Fotos arquivo pessoal

Fotos arquivo pessoal

Você já leu aqui mais de uma vez sobre o Museu do Amanhã, que tem pouco mais de seis meses de vida e foi instalado numa área renovada no Rio para a Olimpíada.

Mas volto ao tema para as fotos e um brevíssimo relato da leitora Patricia Maciel, farmacêutica gaúcha que deu esse retorno após ter seguido a dica e comprado seu ingresso online, evitando filas.

Bacana é que ela mandou imagens também da exposição sobre Santos Dumont, que fica em cartaz por lá até o final de agosto.

Obrigada, Patricia.

“Adorei ir no museu e na exposição do Santos Dumont. Comprei pelo site e fui num domingo, às 11h, sem filas.

IMG_20160605_111819892

 

IMG_20160605_113236536

IMG_20160605_113253742

IMG_20160605_120812850

IMG_20160605_120554770_HDR

Passando a semana a limpo, duas boas notícias: um museu em Gramado e voos diários para Montevidéu

22 de julho de 2016 0

Na correria da semana, deixei passar duas notícias boas e bem próximas:

Miron Neto, divulgação

Miron Neto, divulgação

Um novo museu em Gramado

Na 44ª edição do Festival de Cinema de Gramado, de 26 de agosto a 3 de setembro, a grande novidade (e permanente!) será a inauguração do Museu do Festival de Cinema de Gramado, que vai registrar a história e trajetória do evento.

Ele fica junto ao Palácio dos Festivais e da Igreja São Pedro, com uma área de 584m² e vista panorâmica para o centro da cidade.

A coordenação e montagem do acervo está a cargo da museóloga Daniela Schmitt e, segundo ela, o museu deverá ser muito interativo, incluindo histórias e bastidores do Tapete Vermelho. A gestão será do Grupo Gramado Parks, responsável pelo Snowland, o Gramado Termas (parque termal) e o Gramado Termas Resort.

***

Rosane Tremea

Rosane Tremea

Voos diários Porto Alegre-Montevidéu

A partir de 4 de outubro, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras passará a ter voos diários de Porto Alegre para Montevidéu, depois de ter começado a operar, no início de julho, voos quatro vezes por semana. Os horários serão os mesmos das linhas atuais.

Os aviões utilizados são turboélices ATR 72-600, com capacidade para 70 pessoas.

Saem de Porto Alegre as 12h1min (com chegada às 14h10min) e, no sentido inverso, partem de Montevidéu às 14h40min, com chegada em Porto Alegre às 16h43min. 

Caminhada de um dia, no Vale do taquari

19 de julho de 2016 0
No caminho, o Moinho Dallé. Foto Passeios da Colônia, Divulgação

No caminho, o Moinho Dallé. Foto Passeios da Colônia, Divulgação

O pessoal dos Passeios na Colônia não para, nem com o frio, com suas caminhadas curtas e longas pelos vales do Taquari e Rio Pardo.

No próximo domingo, dia 24, a caminhada de um dia será pela minha terra, Anta Gorda.

A saída será de Lajeado, em ônibus, em frente ao Shopping Lajeado, às 6h30min.

Serão 18 quilômetros entre o Borghetto (no pórtico) e a Barra do Zeferino, em Doutor Ricardo.

A caminhada propriamente dita começa às 8h, seguida de café da colônia às 9h, na Casa Comercial do Zeca Teló, em Linha Quinta.

O almoço será na Barra do Zeferino, no final da caminhada.

Informações e inscrições: (51) 9583-2672 ou pelo valenews@certelnet.com.br

Confira também no site www.passeiosnacolônia.com.br

Preste atenção: a inspeção está mais rigorosa nos aeroportos brasileiros para voos domésticos

18 de julho de 2016 0

Quem viaja para o Exterior está mais habituado, mas nestas últimas semanas de julho, que são de férias escolares no país, a inspeção mais rigorosa dos passageiros na hora do embarque pode causar algum estranhamento (e atrasos) no embarque para voos domésticos.

Os procedimentos na revista para as áreas restritas (embarque, aeronaves e pistas) foram adotados nesta segunda-feira, dia 18, por determinação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), para melhorar a segurança.

Em resumo, as medidas, que a Anac diz não ter relação com a Olimpíada e nem com outros fatores externos (ataques terroristas, por exemplo?!):

  • passagem pelo pórtico
  • revista física (ou passagem pelo escaner corporal)
  • retirada de notebook da bagagem de mão
  • revista de bagagem de mão pelo equipamento de Raios X
  • abertura de bagagem de mão para inspeção

A Anac fez um perguntas e respostas sobre as medidas que eu reproduzo tal e qual abaixo:

1. Onde será realizada a revista física nos passageiros?
Em local público, no momento da inspeção. Caso o passageiro solicite, poderá ser realizada em local reservado, com o acompanhamento de uma testemunha.
2. Crianças também serão submetidas à revista física?
Sim. Entretanto, a idade mínima é uma informação reservada por questões de segurança.
3. Posso me negar a ser submetido à revista física?
A recusa do passageiro ensejará na proibição de acesso à área de embarque.
4. Qualquer pessoa pode ser submetida à revista física, incluindo autoridades?
Sim. A revista física é uma medida de segurança e não há distinção entre passageiros.
5. Qual será o procedimento caso seja localizado objeto suspeito?
O Agente de Proteção da Aviação Civil (APAC – funcionário do canal de inspeção) irá solicitar a verificação detalhada do objeto suspeito. Caso necessário, o passageiro será encaminhado a prestar esclarecimentos junto à Polícia Federal.
6. Esses procedimentos de segurança valerão para todos os aeroportos brasileiros?
Sim, os procedimentos de segurança valerão para todos os aeroportos brasileiros.
7. Os passageiros de voos nacionais e internacionais serão submetidos aos procedimentos de inspeção?
Sim, todos os passageiros.
8. Serão realizadas revistas íntimas?
Não, em nenhum momento serão realizadas revistas íntimas.
9. Quando as regras entram em vigor?
A partir do dia 18 de julho de 2016.
10. As revistas físicas serão feitas por agente de proteção do mesmo sexo do passageiro?
Sim, todas as revistas físicas serão feitas por agentes do mesmo sexo do passageiro.
11. Como os agentes de proteção foram preparados para realizar os procedimentos de segurança?
Os Agentes de Proteção são capacitados e certificados para realizar os procedimentos de segurança conforme a regulamentação vigente.
12. Como será feita a seleção das pessoas que serão submetidas à revista física?
Todos os passageiros estão sujeitos à revista física. O método para seleção é definido em normativo de cunho sigiloso.
13. Os Passageiros com Necessidade de Assistência Especial (PNAE) também serão inspecionados?
Sim, todos os passageiros estão sujeitos à revista física.
14. Serão tomadas medidas para mitigar possíveis filas?
Sim. Os operadores aeroportuários estão cientes dos novos procedimentos de segurança e adotarão as medidas necessárias para agilizar o processamento dos passageiros.
15. No Exterior são adotadas medidas similares de segurança para os passageiros?
Sim. Essas medidas são adotadas e padronizadas internacionalmente. No Brasil, estão determinadas no Regulamento Brasileiro de Aviação Civil nº107.
16. O procedimento de revista física será similar ao da Polícia Federal?
Sim. O procedimento de revista física será realizado de modo a garantir que os passageiros não portem itens proibidos.
17. No momento da retirada do notebook também será solicitada a retirada de outros equipamentos eletrônicos?
Não. A princípio, será exigida somente a retirada de notebooks (computadores portáteis). No entanto, caso o agente de proteção tenha dúvida quanto ao conteúdo da bagagem, poderá solicitar a retirada de qualquer outro item transportado para inspeção.
18. Houve alguma mudança nos itens permitidos ou proibidos na bagagem de mão?
Não. Veja aqui os itens proibidos.
19. Existe alguma alternativa além da revista física?
O equipamento do tipo escâner corporal (body scanner) poderá ser utilizado em substituição à revista física. Nessa situação, caso persista a dúvida do agente de proteção quanto ao porte de itens proibidos pelo passageiro, poderá ser solicitada a realização de revista física.
20. Por que terei que retirar meu notebook (computador portátil) da bagagem de mão para a inspeção?
Porque a presença do notebook dificulta a visualização dos demais itens no interior da bagagem durante a inspeção pelo equipamento de raios X.
21. Posso recusar a abertura da minha bagagem de mão para a inspeção manual?
A recusa do passageiro quanto à abertura da bagagem de mão ensejará na proibição de acesso à área de embarque.
22. Por que essas medidas de segurança estão sendo implementadas agora?
As medidas estão sendo adotadas em função da atualização normativa sobre a segurança da aviação civil contra atos de interferência ilícita, necessária para a melhoria contínua da segurança do transporte aéreo a todos os passageiros.
23. A implementação da norma está ligada aos Jogos Olímpicos ou a outros fatores externos?
Não há ligação com os Jogos Olímpicos ou com qualquer outro fator externo.

Sobre Nice: Do que não gostaríamos de recordar

17 de julho de 2016 0

Esse texto foi publicado na edição de final de semana, sobre os tristes acontecimentos da última quinta-feira, quando mais de 80 pessoas foram mortas e dezenas ficaram feridas num ataque terrorista.

Fui a Nice pela primeira vez há exatos 20 anos, num longo roteiro rodoviário iniciado em Roma e que passava pelo sul da França, incluindo a famosa cidade da Costa Azul, além de Grasse, Mônaco e Monte Carlo.

Das fotos analógicas da época, apenas uma meia dúzia. Na memória, mais do que as belas paisagens da capital da Riviera Francesa que as fotos retratam, ficou uma visita ao Museu Marc Chagall (há um outro famoso também para o pintor Matisse). Lembro de serpentear a pé por uma estradinha para chegar até ele e da emoção de ver as obras que eu conhecia só dos livros.

Era dezembro, e a cidade de 350 mil habitantes, o segundo destino turístico da França (recebe mais de 4 milhões de visitantes por ano, ficando atrás apenas de Paris), não vivia seu burburinho habitual de verão. Além da hotelaria, da gastronomia, dos museus e das paisagens que misturam montanha e mar, a cidade é conhecida por seu Carnaval, que costuma atrair cerca de 1 milhão de pessoas.

Aeroporto de Nice, porta de entrada para a Riviera Francesa. Foto Rosane Tremea.

Aeroporto de Nice, porta de entrada para a Riviera Francesa. Foto Rosane Tremea.

Voltei a Nice dois meses atrás por acaso, desta vez numa passagem via aérea que me levaria de Roma a Grasse e Cannes, com passagem obrigatória pelo moderno aeroporto de Nice (no Nice-Côte d’Azur, há ligações para 30 países e mais de cem voos diretos). Na chegada, vista do alto, talvez tenha achado a cidade ainda mais bonita do que eu lembrava. A Promenade des Anglais, que vai do teatro de Verdure até o aeroporto, por vários quilômetros, emoldura o mar azul do Mediterrâneo.

No retorno de meu roteiro, também para tomar um voo, desta vez com destino a Paris, o ônibus urbano que me levaria ao aeroporto fez um trajeto de uma meia hora pelo centro da cidade, tomado por praças tranquilas e floridas, com cenas típicas daquela região da França.
Imaginar tudo isso maculado por terrorismo e medo, assim a distância, parece impossível. Não é nada do que gostaríamos de recordar.

Na cidade da Olimpíada (4): roteiros guiados a pé (e de graça) no Rio

12 de julho de 2016 0
Fotos RioTur, divulgação

Fotos RioTur, divulgação

Desde o dia 2 de julho, a Rio Tur oferece opções de roteiros a pé, com guias bilíngues pela cidade, repetindo o que já fez na Copa de 2014.

Durante os Jogos Olímpicos, de 5 a 21 de agosto, as saídas serão diárias, com quatro horas de duração.

As alternativas de passeio:

  • De cunho histórico/cultural (Relembrando o Passado, Orla Conde, Subida à Boemia e Rio Histórico e Sacro), com saídas às 10h e às 14h.
  • De aventura/ecoturismo (Ur-Carioca, Tijuca Verde e Águas do Horto), sempre às 9h.

orla-do-conde-museu-do-amanha

Inscrições podem ser feitas pelo formulário do site riowalkintour.com ou com uma hora de antecedência no ponto de encontro do passeio desejado.

A lotação para cada passeio é de 32pessoas.

catedral

Para fãs de artesanato, uma feira em Porto Alegre

08 de julho de 2016 0

Até 31 de julho, no shopping Praia de Belas, em Porto Alegre, a Feira Volta ao Mundo apresenta o artesanato de sete países.

Um dos destaques são as peças vindas da Turquia, com os tradicionais lustres de vidro colorido e os olhos turcos para espantar o mau olhado, toalhas bordadas à mão com pedrarias e fitas típicas das regiões de Bursa e da Capadócia, cerâmicas em relevo pintadas à mão produzidas em Iznik e Kutahya e pratos e copos trabalhados e produzidos em Istambul.

Praia de Belas, divulgação

Praia de Belas, divulgação

Com entrada gratuita, a feira funciona de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h.

Para o caso de você ir a Cracóvia, na Polônia, durante a Jornada Mundial da Juventude, em julho

06 de julho de 2016 0
Fotos Rosane Tremea

Fotos Rosane Tremea

Se por acaso você estiver programando (ou conhecer alguém que esteja) participar da Jornada Mundial da Juventude, entre 25 e 31 de julho, prepare-se!

Se for sua primeira vez em Cracóvia, na Polônia, você se surpreenderá com a cidade, interessantíssima.

Haverá milhares de peregrinos/turistas, mas você precisa se organizar para, entre um evento e outro, visitar:

  • O Museu Nacional de Cracóvia, para ver uma das pinturas mais conhecidas de Leonardo da Vinci, A dama com arminho.

IMG_1708

IMG_1713

  • A mina de sal de Wieliczka, que fica a 15 quilômetros da cidade e oferece tours de duas horas por seu interior.

IMG_1565

IMG_1623

  • A memória do que de pior (e melhor) a II Guerra Mundial produziu: a fábrica do benfeitor Oskar Schindler, que salvou centenas da morte nas câmaras de gás, e os campos de Auschwitz, a uma hora dali.

IMG_1672

IMG_1771

Bate-papo sobre a Via-Láctea

05 de julho de 2016 0
Fotos arquivo pessoal

Fotos arquivo pessoal

Para a agenda (da próxima semana)!

Se você quiser ver estrelas, literalmente, aqui vai a oportunidade de conversar com quem sabe fotografá-las: na segunda-feira, dia 11 de julho, às 19h30min, Egon Filter, especializado em astrofotografia, apresenta a palestra “A Beleza da Via-Láctea”.

Será no programa BELEZAS do MUNDO, sempre promovido pelo STB na Bazkaria.

Ainda que já tenha registrado várias vezes espetáculos como a aurora boreal na Noruega, por exemplo, Egon vai mostrar que é possível ver e fotografar milhões de estrelas no céu do Rio Grande do Sul.

Ele apresentará seu projeto fotográfico “Caminho das Estrelas” .

Fotos divulgação

Fotos divulgação

Serviço

  • A Beleza da Via-Láctea, por Egon Filter
  • Dia 11 de julho, segunda-feira,  às 19h30min
  • Bazkaria (Rua Comendador Caminha, 324, em Porto Alegre
  • Evento gratuito. Confirmar presença pelo (51) 9155-2926 ou rp@bazkaria.com.br

 

Concurso fotográfico em Nova Petrópolis

04 de julho de 2016 0
1º lugar júri técnico e 1º lugar do voto popular em 2015. Foto Luz, de Fábio Grison, Prefeitura Municipal de Nova Petrópolis, divulgação

1º lugar júri técnico e 1º lugar do voto popular em 2015. Foto Luz, de Fábio Grison. Prefeitura Municipal de Nova Petrópolis, divulgação

Estão abertas as inscrições para a 6ª edição do Concurso Fotográfico que é realizado durante o Festival da Primavera, o Frühlingsfest, em Nova Petrópolis.

O tema deste ano será “Nova Petrópolis – Jardim da Serra Gaúcha”.

O regulamento, a ficha de inscrição e o termo de autorização estão disponíveis neste link.

A data limite para postagem no correio e inscrições é o próximo 2 de setembro.

É aberto a fotógrafos amadores e profissionais, brasileiros ou estrangeiros, de todas as idades.

2º lugar júri técnico. O tempo. Gisa FedrizziPrefeitura Municipal de Nova Petrópolis, divulgação

2º lugar júri técnico. O tempo, de Gisa Fedrizzi. Prefeitura Municipal de Nova Petrópolis, divulgação

De acordo com o regulamento informado pela prefeitura de Nova Petrópolis, poderão ser inscritas apenas fotos feitas em Nova Petrópolis, com imagens sobre a cidade, atrativos turísticos, belezas naturais turísticas, patrimônio histórico material e imaterial da cidade, jardins e praças, arquitetura.

Entre os prêmios, o destaque é uma câmera fotográfica digital Canon Rebel (com lente 18-55 mm) + um case básico (bolsa fotográfica) para o 1º lugar do Júri Técnico e um passeio turístico para um casal no Vale dos Vinhedos com o Trem Maria Fumaça para o 1º lugar do Voto Popular.

O concurso é promovido pela Associação Tchon Ji e pela prefeitura Municipal de Nova Petrópolis, em parceria com a Universidade Feevale.

O Festival da Primavera – Frühlingsfest 2016 será de 16 a 25 de setembro, das 9h às 19h, na Rua Coberta de Nova Petrópolis.

3º lugar júri técnico. Um olhar para o céu. Foto de Virgínia Winter. Prefeitura Municipal de Nova Petrópolis, divulgação

3º lugar júri técnico. Um olhar para o céu, de Virgínia Winter. Prefeitura Municipal de Nova Petrópolis, divulgação

 

Ia abrir e abriu: agora tem Disney também na China

01 de julho de 2016 0
Disney Shanghai, divulgação

Disney Shanghai, divulgação

Temos atrás eu já tinha falado aqui sobre a abertura deste que é o sexto resort da  The Walt Disney Company.

Pois em meados do mês abriu o primeiro resort Disney na China Continental, o Shanghai Disney Resort, o sexto no mundo.

Ele ocupa uma área de 390 hectares e ainda tem espaço para uma futura expansão.

Para a festa de abertura, que durou três dias, houve a estreia mundial da primeira produção em mandarim de O Rei Leão, no Grande Teatro Walt Disney, com capacidade para 1,2 mil pessoas, e um concerto de gala de inauguração no Castelo da Cinderela.

Além dos parques, tem dois hotéis temáticos, um distrito internacional de compras, restaurantes e entretenimento e uma área de recreação com jardins e lago cintilante.

Informações em www.shanghaidisneyresort.com

 

FestiQueijo, em julho, em Carlos Barbosa

30 de junho de 2016 0

Aqui vai uma dica para todos os finais de semana de julho.

Começa nesta sexta-feira, dia 1º de julho, um evento gastronômico já bem tradicional no inverno da serra gaúcha: o FestiQueijo, que está chegando à sua 27ª edição em Carlos Barbosa.

Na agenda do festival, que terá 21 expositores e mais de 70 shows,  a grande atração mesmo é a gastronomia típica.

A abertura, na sexta, será às 18h, no Salão Paroquial. E a festa se repetirá sempre de sexta a domingo, até o dia 31.

Ao comprar o ingresso, o visitante tem direito a provar mais de 40 tipos de queijo, pratos típicos italianos e vinhos e espumantes da região.

Confirma a programação completa aqui: www.festiqueijo.com.br/programacao

Silvia Dalcin Dalmas, FestiQueijo, divulgação

Silvia Dalcin Dalmas, FestiQueijo, divulgação

 

Ingressos e horários 

  • Sextas-feiras (18h às 22h) e domingos (10h às 17h): R$ 100
  • Sábados (10h às 22h): R$ 110
  • Crianças de oito a a 12 anos: R$ 50 (crianças até sete anos estão isentas)

 

Como não parecer um turista (!?) em Nova York

29 de junho de 2016 0

Como o próprio Seth Kugel, do Amigo Gringo, adverte desde o início, não há nada de errado em parecer/ser um visitante em Nova York.

Mas, no  jeito divertido de seus vídeos, ele dá dicas de como “desaparecer” na multidão da cidade.

Confira abaixo:

Vida no Ártico

28 de junho de 2016 0

Aurora Boreal

Francisco Mattos, ou Chicco Mattos, fincou seu trenó no Ártico quase por acaso. Foi porque o dinheiro na então vida de mochileiro ao lado da mulher tinha acabado e uma amiga os convidou para tentarem a vida por lá. E a vida do gaúcho de Passo Fundo começou a acontecer na Noruega nos últimos cinco anos.

A vida de Chicco num lugar onde as temperaturas mínimas descem com frequência abaixo de -40ºC virou uma série que estreou no canal Off no início de junho – Minha vida no Ártico – e está sendo contada em 13 episódios, às sextas, às 21h30min, com assinatura da Schutterbird Production. Ela também já figurou na capa do site do New York Times. E será palestra em Passo Fundo e Porto Alegre nos dias 13 e 14. Na apresentação Aurora boreal e autoconfiança, o bate-papo desse gaúcho de 35 anos será sobre como ele se transformou de barman em aventureiro apaixonado por natureza e por fotografia.

Fiz perguntas ao Chicco por e-mail e ele as respondeu e selecionou as fotos que ilustram esta página. Achei que mereciam a coluna inteira. Confira a seguir.

Por que viver na Noruega

Eu morei dois anos e meio na Austrália. Lá conheci minha noiva. Ela é de Estocolmo (Suécia). Tínhamos o sonho de viajar o mundo juntos e o fizemos. Passamos oito meses no Brasil. Depois disso, literalmente, nosso dinheiro acabou, estávamos sem um tostão. Uma amiga sueca trabalhava em uma ilha ao norte da Noruega e, em conversas por Skype, ela insistia para que fôssemos trabalhar lá, pelo ótimo salário e pela qualidade de vida. Três meses depois, fomos à ilha de Spitsbergen, no arquipélago de Svalbard, morar na única cidade, que se chama Longyearbyen (a cidade mais ao norte do mundo).

Fomos somente para passar uma temporada de três meses. Seria o suficiente para conhecer e juntar um dinheiro para continuar mochilando. Me apaixonei pelo lugar: 42 nacionalidades e 25 línguas faladas fazem da pequena Longyearbyen um dos lugares mais cosmopolitas do mundo. Hoje, vivo aqui há cinco anos, tenho casa própria e trabalho com o que amo. Não penso em me mudar. Aqui é minha casa agora. Estou enraizado no Norte.

Caçador de aurora boreal

É muito difícil e diria impossível contar as auroras que já vi. Foram mais de cem, com certeza. O termo caçador de aurora vem da dificuldade de avistar o fenômeno. Já dirigi mil quilômetros em um dia atrás da aurora. Para avistá-la, é preciso fugir das nuvens e das luzes da cidade. Por isso o termo caçar, porque, se você ficar parado esperando, provavelmente não vai avistar as famosas luzes do Norte.

A aurora é, na minha opinião, o maior fenômeno natural do planeta, ocorre a cem quilômetros de distância do chão, ou seja, no limite do espaço sideral. Não basta ver uma vez. Toda vez que você vê a aurora, ela é única e toca os olhos e o coração. É emocionante. Já chorei, gritei, meditei sob essas luzes.

Depois de dois anos morando em Svalbard e vendo a aurora, presenciei uma explosão solar gigante multicolor no céu. Parecia réveillon em Sydney ou Copacabana. Depois disso, entendi por que pessoas se deslocam de todo o mundo para tentar a sorte com os céus aqui de Svalbard. A combinação das montanhas brancas com estas cores no céu é sem explicação.

Ursos polares
Fotografia de ursos-polares

Sou formado em Comunicação Social e, na faculdade, tive o prazer de estudar e aprender fotografia. Sempre comprava câmeras e fazia alguns trabalhos de foto e vídeo. Mas nada que me inspirasse de verdade. O dia em que eu vi o primeiro urso-polar, percebi que eu estava no lugar certo e tinha descoberto minha paixão. Amo esses animais, eles têm uma cara tão inocente.

Um dia, tirei uma foto de uma mamãe ursa com os filhotes. Eu vendi a foto para uma empresa de turismo daqui e eles tiveram 61 mil curtidas na foto em 24 horas. Aí percebi que eu fazia diferença e que milhares de pessoas admiravam aquela natureza tanto quanto eu. Quero ser intermediário entre a natureza ártica e o público em geral.

Sobrevivência na selva de gelo

Uma vez, quase atropelei dois ursos. Estava andando distraído com minha moto de neve, e um amigo que estava na garupa me alertou no último segundo. O branco no branco me confundiu. Eles estavam brigando (os ursos). Era uma mãe tentando salvar seus filhotes de serem devorados por um urso macho.

Acredite se quiser: ursos-polares são canibais. Cientistas acreditam que, devido ao aquecimento global, os ursos estão comendo praticamente qualquer coisa, até mesmo outro urso. A ursa amedrontou um macho duas vezes o tamanho dela para salvar os filhotes. Aquilo foi lindo e emocionante. Nunca mais vou esquecer a cena da família urso celebrando mais um dia e a sobrevivência na selva de gelo.

A última fronteira

Acho que a última fronteira para mim seria atravessar a Antártica de uma ponta a outra, uma expedição de moto de neve. Já fui à Antártica duas vezes e estou me informando sobre a possibilidade. O céu é o limite, e a vida é curta. O que gostaria de registrar ainda seria uma baleia Orca comendo uma foca. Isso é um registro raríssimo.

chicco

PARA ASSISTIR ÀS PALESTRAS

Aurora boreal e autoconfiança
- 13 de julho, em Passo Fundo, às 20h, no Teatro do Sesc, com renda revertida para a Ong Bem A Bá.
- 14 de julho, em Porto Alegre, às 20h, no auditório do IPA (Rua Coronel Joaquim Pedro Salgado, 80)
- Ingressos a R$ 20 (R$ 10, meia)

Para assistir aos programas, acesse zhora.co/vidanoartico

Para ver mais fotos de Chicco, acesse bit.ly/vida-no-artico

Trem de luxo de Cusco ao Lago Titicaca/Arequipa

28 de junho de 2016 0
Fotos Belmond, divulgação

Fotos Belmond, divulgação

São paisagens como as deste post que estarão no caminho de um roteiro ferroviário que deve ser lançado em abril de 2017.

É quando a Belmond – proprietária de hotéis de luxo como o Copacabana Palace e roteiros de trens de luxo ao redor do mundo – lançará o primeiro trem de luxo com suítes na América do Sul, o Belmond Andean Explorer.

Ele vai percorrer uma das maiores rotas ferroviárias do planeta, saindo de Cusco rumo ao Lago Titicaca e Arequipa, no Peru, em pacotes de uma ou duas noites.

AEP-DEST-02

Se do lado externo estão essas maravilhosas paisagens naturais, do lado de dentro as instalações são inspiradas em texturas e tecidos peruanos feitos à mão.

AEP-OBS-01

À disposição estarão quatro roteiros, incluindo o “Peruvian Highlands”: viagem de duas noites e três dias partindo de Cusco e tendo por destino Puno, onde os hóspedes podem visitar aldeias remotas e ilhas flutuantes no lago Titicaca, e, em seguida rumando para o centro da cidade de Arequipa, Patrimônio Mundial da Unesco.

O trem acomoda 68 pessoas: há duas suítes, 20 cabines duplas e 12 cabines com suítes para duas pessoas.

O menu do restaurante foi criado pelos chefs do Hotel Monastério, em Cusco, também pertencente à Belmond.

AEP-REST-01

AEP-CAB-01

Há ainda um “vagão de observação”, com um deck ao ar livre, e um Lounge Car.

Os valores começam em US$ 462 por pessoa para o roteiro “Spirit of the Andes”, com todas as refeições inclusas.

O trem é propriedade da Peru Rail, joint venture entre a Belmond e investidores peruanos.

Informações: www.belmond.com/belmond-andean-explorer

Lembrando que, para visitar Machu Picchu a partir de Cusco, há três outras opções de trem: o Hiram Bingham, o Vista Dome e o Expedition.

AEP-DEST-03