Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Guias de viagem"

Guias online da Hoteis.com

01 de maio de 2015 0

Um recurso novo na Hoteis.com, site de reservas de hospedagem, oferece guias de viagem sobre destinos que estão entre os mais procurados, no país e no Exterior.

Por enquanto, estão disponíveis guias de oito cidades (clique na foto para acessar cada um dos guias):

  • Curitiba

 

Fotos hoteis.com, divulgação

Fotos hoteis.com, divulgação

  • Gramado

guiagramado

  • Fortaleza

Aerial view of coastline, Fortaleza, Ceara, Brazil - Canoa - Meireles beach

  • Salvador

salvador

  • Miami

miami

  • Nova York

novayork

  • Paris

paris

  • Buenos Aires

buenosaires

Eles oferecem opções de compras, alimentação, hospedagem e outras atividades.

Para viajar nos livros no meu bairro, a Tristeza

06 de janeiro de 2015 0

letras&cia

Tinha ficado muito triste ao saber do fechamento de uma das poucas livrarias que havia no meu bairro.

Ela ficava numa loja pequena do Paseo Zona Sul, na Tristeza, zona sul de Porto Alegre.

Durante alguns anos, comprei ali quase todos os livros que pensei em dar de presente ou exemplares para mim mesma.

Fechou e eu estava me sentindo órfã, por vários motivos: não gosto de livrarias grandes, com atendimento impessoal; até compro pela internet, mas prefiro tocar/cheirar/folhear o livro antes de me decidir por ele; me dá a impressão, nesse mundo digital, que se lê cada vez menos, com menos profundidade…

Por isso minha alegria ao, só ontem, dar conta que no lugar onde ela ficava há agora uma livraria um pouco maior, bem bacana.

A Letras & Cia abriu há uns 20 dias e tem alguns gêneros de livros de que eu gosto muito (além de ficção/romance): prateleiras bem recheadas com livros sobre viagens e gastronomia.

Guia em português sobre o Uruguai

23 de abril de 2014 0
Reprodução

Reprodução

Como convidada do Ministério do Turismo do Uruguai, a editora do “viajante” Zizo Asnis produziu um guia destinado a brasileiros sobre o nosso vizinho.

O resultado pode ser conferido a partir desta quarta, dia 23, quando o Guia O Viajante Uruguai será lançado em Porto Alegre.

Bem bom, já que cada vez mais brasileiros, especialmente gaúchos, se dedicam a explorar o país vizinho que chama a atenção do mundo inteiro, nos últimos tempos, por conta das posições/projetos de seu presidente, Mujica.

Para conferir

  • O lançamento será dia 23 de abril, a partir das 19h30min
  • Na Fnac do BarraShoppingSul
  • www.oviajante.com

 

50 Endereços no Brooklyn

30 de agosto de 2013 0
Reprodução

Reprodução

Da colecão 50 Endereços, que mostra destinos que fogem dos pontos turísticos consagrados, mas com igual apelo, com passeios, restaurantes, baladas e lojas, a Editora Alpendre lançou 50 Endereços no Brooklyn, guia escrito pela jornalista brasileira Manuela Nogueira.

Com 2,5 milhões de habitantes, o Brooklyn atrai cada vez mais visitantes para caminhar pelas ruas charmosas, fazer compras, comer, beber e petiscar nos lugares da moda, rivalizando com Manhattan.

As dicas de Manuela reúnem todas as informações para que os visitantes aproveitem desde os pontos mais famosos, como a Brooklyn Bridge e o Prospect Park, até lugares que só os entendidos conheciam até agora: fábrica de chocolates artesanais, brechó que vende roupas de grife a bons preços, um clube aristocrático à moda antiga, uma cafeteria que coa a bebida em filtros japoneses.

Criado especialmente como livro digital, o guia 50 Endereços no Brooklyn inclui links para o site oficial de cada lugar citado e para seus mapas de localização.

 E tem um videozinho em que a Manuela conta como foi parar lá e porque acabou ficando.

Quem é a autora

Manuela Nogueira, 29 anos, é jornalista formada pela PUC-SP. Trabalhou nas redações do Guia Quatro Rodas e de Veja São Paulo, ganhou o Prêmio Abril de Jornalismo com uma reportagem sobre Buenos Aires e colaborou com revistas como Elle, Mundo Estranho, Viagem &Turismo, Alfa e nmagazine. Em 2012, mudou-se para Crown Heights, noBrooklyn, para estudar roteiro na New York Film Academy.

A coleção

Idealizada e publicada pela editora Alpendre, a série “50 ENDEREÇOS” inclui 50 lugares de interesse para visitantes de todas as idades, entre passeios, restaurantes, bares, baladas e lojas. O próximo volume da coleção, a ser lançado ainda em 2013, trará endereços na cidade de San Diego (EUA).

 

Ficha técnica

50 Endereços no Brooklyn

Manuela Nogueira

Editora Alpendre

R$ 9,90

www.editoraalpendre.com.br

O cinema que leva a viajar

29 de novembro de 2012 0

Todos nós que viajamos e gostamos de cinema fazemos a mesma coisa: andamos pelas esquinas dos lugares visitados buscando o cantinho, o café, o restaurante, a loja, o hotel da locação daquele filme inesquecível.

Pois nesta semana dois guias para ajudar a encontrar esses lugares vieram até mim sem que eu pedisse.

Primeiro, ganhei de um colega querido o PARIS fait son Cinéma (na tradução livre, Paris faz seu Cinema), trazido de Paris. Procurei, encontrei nos sites de livrarias o título em francês, mas não consegui descobrir, ainda, se foi lançado por aqui em português.

Eu simplesmente amei o livro. Tem bistrôs, cafés, hotéis, lugares em que foram filmadas coisas de que eu gosto muuuuito. Como os relativamente recentes Hugo Cabret, Julie & Julia, Coco antes de Chanel, Amelie Poulain... Mas há clássicos também, e filmes que eu não vi e lugares que eu não conheci… E eu viajei no livro, que é deliciosamente fácil (ainda que eu só saiba meia dúzia de palavras em francês): a divisão é feita com base nos bairros da cidade (é um guia, pois não!?), com mapas enormes e claros, com a indicação dos locais, com uma ficha técnica de cada filme, fotos lindas ilustrando cada ponto e, pra completar, QR Code para assistir, no celular, os trailers dos filmes.


E aí, também recebi um material de divulgação com uma promoção de uma agência chamada Casa de Turismo (facebook.com/casadeturismo), que vai sortear NESTA SEXTA-FEIRA dois exemplares do Europa de Cinema, do Vicente Frare, que já foi comissário de bordo, guia de turismo, etc, e hoje se dedica a uma editora, a PULP, que produz livros e guias de viagem.

No Europa de Cinema – Roteiros e Dicas de Viagem Inspirados em Grandes Filmes, ele aponta mais de 250 pontos em cidades europeias que têm ligação com o cinema, como a Londres de Um Lugar Chamado Notting Hill ou outros lugares igualmente charmosos em Berlim, Londres, Madri, Paris e Roma.

Se não ser pra embarcar de verdade, dá pra viajar nos livros e nos filmes. O que já não é pouco.

Novidade no mundo dos guias de viagem

12 de outubro de 2011 0

Do alto de meu inglês imperfeito, sempre lamentei o fato de os guias da Lonely Planet não terem versões em português.

Não tinham. Passarão a ter. No dia 17 de outubro, a  Globo Livros, em parceria com a Lonely Planet, publicará pela primeira vez oito de seus guias em português, a saber:

  • Argentina






  • Nova York
  • Portugal






  • Praga
  • Berlim
  • Barcelona
  • Istambul
  • Paris







Cada guia custa entre R$ 49,90 (o de cidade) e R$ 64,90 (o de país).

Referências entre os viajantes, os guias da Lonely Planet trazem dicas de sites e blogs, entrevistas com especialistas locais e tours indicados por moradores da cidade, destacando não apenas os pontos turísticos já tradicionais. São cerca de 500 guias de 195 países!


O vencedor do guia de São Francisco

08 de julho de 2008 1

RONOE DALL IGNA, de Porto Alegre, levou o guia de São Francisco, com a seguinte frase, respondendo à pergunta “Por que eu gostaria de conhecer São Francisco?”:

“Porque minha adolescência teve como tema a música `If you`re going to San Francisco` e até hoje guardo na memória os acordes de um sonho que desejo realizar…”


E assim, queridos leitores, encerramos nossa promoção dos guias. Mas a Beth Bertinatto, editora do caderno Viagem, e eu já estamos pensado em outras. Aguarde!

Confira abaixo todos os vencedores:

SÃO FRANCISCO: Ronoe Dall Igna, de Porto Alegre
ROMA: Guilherme Carnette, de Viamão

PARIS: Hilton Boklis, Porto Alegre

ORLANDO: Julia Thetinski, de Lajeado

NOVA YORK: Viviane Zanatta, de Osório

MUNIQUE: Franz Roedel, de Três de Maio

MADRI: Sara Keller, de Porto Alegre

LONDRES: Nicole Mogendorff, de Porto Alegre

LISBOA: Ana Natália Petruk, de Porto Alegre

BARCELONA: Ana Paula Meister, de Porto Alegre

Postado por Rosane Tremea

O vencedor do guia de Roma

01 de julho de 2008 0
  • Guilherme Carnette, de Viamão, ganhou o guia de Roma.
  • Ele respondeu à pergunta “Por que eu gostaria de conhecer Roma?” com a seguinte frase:
  • Porque é um lugar que carrega a história do mundo nas suas ruas e a palavra amor na sua grafia.”

E agora falta só o guia de São Francisco para completar a coleção de 10 guias distribuídos pelo caderno Viagem e pelo blog Recorte e Guarde. Clique aqui para participar.

Postado por Rosane Tremea

O último guia da promoção: São Francisco

01 de julho de 2008 0

Tudo que é bom dura pouco mesmo… Foram 10 semanas, 10 guias (nove até agora) distribuídos aos leitores do Viagem e do Recorte e Guarde e centenas de participações.

Pra encerrar, o último guia é o de SÃO FRANCISCO (clique aqui para saber como participar). Basta responder à pergunta: Por que eu gostaria de conhecer São Francisco? A mais legal ganha o guia.

Sabe quais são as 10 atrações destacadas? Vou contar:

1 — Golden Gate Bridge
2 — Bondes
3 — Fisherman`s Wharf
4 — Alcatraz (é o que eu mais gostaria de conhecer, já que vi não sei quantas vezes o filme que embalou muito dos meus pesadelos)


5 — Chinatown
6 — Golden Gate Park
7 — Grace Cathedral
8 — San Francisco Museum of Modern Art
9 — Mission Dolores
10 — A Terra do Vinho

Postado por Rosane Tremea

O vencedor do guia de Paris

24 de junho de 2008 0

 

Quem ganhou o guia de PARIS foi HILTON BOKLIS, de Porto Alegre.

A frase que Hilton escreveu — respondendo à pergunta “Por que você gostaria de conhecer Paris?” — é a seguinte:

“Faz tempo que eu sonho conhecer o que inspirou Napoleão a achar que o mundo estava a seus pés.”

Postado por Rosane Tremea

O guia da semana é Roma

24 de junho de 2008 0

Escrever sobre ROMA… Taí uma coisa muito fácil e muito difícil… Dá para falar milhares de coisas sobre Roma. É da cidade o guia que o caderno Viagem e o Recorte e Guarde vão oferecer aos seus leitores nesta semana (clique aqui para saber como participar).

Para solucionar este dilema, resolvi reproduzir aqui um texto que escrevi para o caderno Viagem em julho do ano passado, quando o COLISEU ganhou o título de uma das Sete Maravilhas do mundo moderno. Confira abaixo:



De Roma, a primeira imagem gravada na minha memória é a de um pôster. Explico: cheguei à cidade num final de tarde de dezembro, mais de uma década atrás. Escurecia. Depois de fazer o check in, instalei-me no
apartamento 308 de um simpático hotel da Via Labicana. Confortável,
apesar de pequeno.


Para vencer uma certa claustrofobia, antes de desfazer a mala ou qualquer reconhecimento de outro tipo, dirigi-me à janela. Era, na verdade, uma espécie de sacada. Afastei as cortinas e estaqueei. O que estava ali, diante de meus olhos, era um pôster. Que coisa, pensei, esses europeus: tentam ampliar os ambientes com fotografias.

Apesar do frio, abri também a janela. E o pôster permaneceu. Era nada menos do que o Coliseu iluminado. Ali, bem diante de meus olhos, à vista de minha sacada, imóvel, como há quase 2 mil anos. A obra do imperador Vespasiano à minha janela.

Foto: Andrew Medichini

A fachada, pilhada ao longo dos séculos, nunca me pareceu tão imponente, apesar das referências acumuladas durante os meus anos de vida. O espaço
para 55 mil pessoas onde mais de 9 mil animais seriam trucidados só nos combates iniciais, em 80 d.C, nunca me pareceu tão irreal. No entanto, estava ali.


O hotel de minha primeira visita a Roma passou por reformas profundas, é o que consigo ver em seu site na Internet. E acrescentou Colosseo ao seu nome fantasia. Subtraia o fato de animais e homens terem morrido em seu interior em lutas sangrentas. Melhor não pensar nisso.

O monge e historiador inglês Beda disse, em sua obra De temporibus

liber (século VII), que “enquanto o Coliseu se mantiver de pé, Roma permanecerá; quando o Coliseu ruir, Roma cairá e acabará o mundo”.


Que fique bem ali onde está. Um dia pretendo voltar ao apartamento 308 do hotel da Via Labicana. E espero rever meu pôster, uma maravilha do

mundo novo.”


O hotel que me permitiu essa visão na época se chamava Delta. Hoje é o Mercure Roma Delta Colosseo.

Postado por Rosane Tremea

A vencedora do guia de Orlando

17 de junho de 2008 1

Quem ganhou o guia de ORLANDO foi a JULIA THETINSKI, de Lajeado.

Olha que engraçadinha a frase da Julia em resposta à pergunta “Por que você gostaria de conhecer Orlando?:

“Para roubar o príncipe da Cinderela… E viver feliz para sempre!”

Julia, desejo que tu conheças Orlando e encontre teu príncipe. Não precisa roubá-lo da Cinderela!

Postado por Rosane Tremea

O guia da semana é Paris

17 de junho de 2008 0


Você até pode dizer que conhece PARIS: das fotos, dos filmes, da literatura, de comerciais… Já se viu Paris de todos os jeitos… Mas a cidade surpreende mesmo com o que tem de mais óbvio.

Dia desses, uma amiga de passagem marcada para a capital francesa me perguntou se eu subiria ao topo da Torre Eiffel se fosse lá pela primeira vez, como ela. Mesmo tendo de enfrentar a fila de turistas (quando eu fui, é verdade, não havia filas), eu iria sim.

Do alto desse monumento questionado por muitos vi um anoitecer daqueles de prender a respiração, de desejar que o tempo congele. As luzes se acendendo aos poucos pareciam estrelas surgindo no céu claro de uma noite de inverno.

Para minha amiga, e para outros viajantes com destino a Paris, recomendo o guia que o caderno Viagem e o blog Recorte e Guarde estão dando para a melhor resposta à pergunta “Por que você quer conhecer Paris?”. Clique aqui para participar.

Pedi à minha “correspondente” na Europa, minha sobrinha Camila, que esteve por lá em abril, que contasse para mim e para os leitores alguma coisa que achou legal em sua primeira visita à cidade. Veja o que ela diz:

“O verão que se aproxima pode ser cruel para quem mora ou está de passagem pela Europa. Nesta época, o governo inviste em campanhas que alertam a população sobre o consumo de líquidos, principalmente dentro dos metrôs e ônibus,  adequados para o rigoroso inverno mas inapropriados para a estação do calor.

Por isso, quando fui a Paris, achei muito interessante a alternativa de transporte que encontrei. Conhecido pelo nome de Vélib e inaugurado em 2007, o serviço de aluguel de bicicletas tem, atualmente, mais de 20 mil espalhadas em 1450 pontos.


Em Paris há pelo menos 1450 pontos para aluguel de bicicletas. Foto: Camila M. Tremea

Para utilizar o serviço é preciso ser portador de um cartão de crédito com chip, além de se inscrever para comprar o passe que pode ser semanal, mensal ou anual.

Os inscritos podem alugar as bicicletas gratuitamente por um período de meia hora. Depois, é cobrada uma taxa que aumenta conforme o tempo de permanência.

Todas essas medidas garantem que as bicicletas fiquem sempre em circulação. Caso a bicicleta não seja devolvida ou fique mantida em aluguel por muito tempo, multas são cobradas. O sistema não é prioridade da França. Outras cidades européias utilizam serviços similares. Mas que é uma boa idéia, é!”

Postado por Rosane Tremea

A vencedora do guia de Nova York

10 de junho de 2008 0


Em tempos de Sex and the City, o filme que faz uma ode a NOVA YORK e que está atiçando a mulherada toda (e alguns homens também), eis a vencedora do guia da semana: VIVIANE ZANATTA, de Osório.

E lá vai a explicação de Viviane à pergunta “Por que você gostaria de conhecer Nova York?”:

“Para poder visitar Carrie e as gurias, minhas `amigonas` que moram lá.”

Você não conhece Carrie e as gurias, as amigonas da Viviane? Veja abaixo a foto delas…

Charlotte, Carrie, Samantha e Miranda, as heroínas do seriado Sex and the City
Foto:
Craig Blankenhorn/newline.wireimage.com/Divulgação

Postado por Rosane Tremea

Orlando é o guia da semana

10 de junho de 2008 1
Quando éramos crianças, meu irmão mais novo Aldo e eu vivíamos sonhando. Nossos sonhos sempre incluíam viagens. E uma viagem em particular: nós queríamos conhecer a Disneylândia. Naquele tempo, era só a Disneylândia. Não era o Disney World, em ORLANDO.


Bom, nós recortávamos todos os cupons que apareciam nos gibis da Disney e que davam viagens. Nunca chegamos nem perto do parque com nossos cupons amarelados das revistinhas antigas (em geral, o prazo da promoção já tinha até passado, mas quem se importava?).


O tempo foi passando, e eu virei adolescente. Naquele meu tempo de adolescência, só “riquinhos babacas” iam à Disney. Nós não, eu não. Dizia eu, então, que não visitaria aquele mundo encantado nem que me pagassem. Pois um dia, mais de 10 anos atrás, recebi um convite para conhecer o Disney World. Já era bem crescidinha. E fui.


E me encantei com aquele mundo encantado. Todos os dias pensava em como teria sido bom se meu irmão Aldo estivesse lá. Teríamos voltado à infância juntos.

No Disney-MGM Studios, vi esse making of de Indiana Jones, que tá em nova versão nos cinemas.
Foto: Rosane Tremea

Pois então, para quem está de malas prontas, ou pensa em conhecer ORLANDO e suas milhares de atrações (minha preferida, entre os parques, é o Disney-MGM Studios), nada melhor do que ir com um guia debaixo do braço.



Para concorrer, basta escrever uma frase explicando “Por que eu gostaria de conhecer Orlando” (clique aqui para participar). A melhor, leva.

Se quiser conhecer as atrações e novidades do Walt Disney World, clique aqui e veja um infográfico muito bacana produzido pelo nosso departamento de Arte.

Postado por Rosane Tremea