Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Hotéis/pousadas/hostels/albergues"

A importância do detalhe

18 de julho de 2016 0

IMG_8306

O evento já passou, foi na última semana, e eu não pude ir.

Mas não dá para deixar de mencionar a delicadeza e criatividade do convite para a comemoração dos dois anos do Porto Retrô, hotel boutique que fica na Rua Dr. Timóteo, em Porto Alegre.

O envelope pardo chegou e meus vizinhos de mesa ficaram espichando o pescoço para aquela produção que trazia o convite para o coquetel, amarrado com barbante e tendo no seu interior, além do cartão, um desses romances de bolso em papel jornal.

É a cara do hotel, cheio de móveis antigos e referências a outras épocas. Adorei!

IMG_8308

 

"Festa do Pijama" para crianças no Plaza

07 de julho de 2016 0
Plaza São Rafael, divulgação

Plaza São Rafael, divulgação

O Plaza São Rafael Hotel programou para as férias, para crianças de seis a a 12 anos, a “Festa do Pijama”, com barraquinhas, brincadeiras e mimos.

Há atividades lúdicas (com monitora e recreacionista), jantar kids especial, cineminha, lanchinho e, para dormir, barraquinhas com colchonetes decoradas (Le Petit Château) com cordões iluminados, bandeirinhas, almofadas etc

No café da manhã há uma mesa especial para os pequenos. Os pais devem se hospedar no hotel com tarifas especiais.

Mais informações em www.plazahoteis.com.br, (51) 3220-7300 ou e-mail minhafestanoplaza@plazahoteis.com.br

Os colegas do 2 Caderno também prepararam dicas para divertir as crianças no período de férias de inverno. Confira aqui no link.

Os hotéis eleitos pelo TripAdvisor e o que torna um lugar especial

21 de janeiro de 2016 0

Identifico em mim e em pessoas que saem de férias, em geral, sentimentos contraditórios: fugindo da nossa rotina, buscamos ao mesmo tempo o conforto do lar (quem nunca ouviu alguém dizer que só vai para um hotel que oferece pelo menos o que tem em casa ou opta por aluguéis do tipo Airbnb para estar numa casa de verdade?!) ou então experiências totalmente diferentes do dia a dia (aí vale acampar numa barraca no deserto ou hospedar-se num hotel megaluxuoso).

Mas, muito além do conforto, no caso de um hotel, vale o conjunto da obra: recepção entre correta e calorosa, ambiente agradável para dormir e descansar com alguma mordomia (frutas frescas e uma taça de espumante na chegada, por que não?!), lugares de convivência/lazer para quem está com a família/crianças/amigos e, na nossa tradição local, um bom café da manhã. Luxo nas instalações? Não precisa, basta o luxo da soma dos itens acima.

Fotos Rosane Tremea

Fotos Rosane Tremea

Talvez tenha sido essa a percepção dos hóspedes que avaliaram tão bem dois hotéis da serra gaúcha, a Estalagem St.Hubertus (os funcionários e “íntimos” chamam só de Estalagem) e o Ritta Höppner Hotel (que fica junto a uma das atrações mais queridas de Gramado, o Mini Mundo), classificados entre os melhores do mundo pelos usuários do TripAdvisor.

Não conheço o Ritta Höppner (e a lista só vai aumentando…), mas estive há pouco na Estalagem St.Hubertus para fugir do burburinho da cidade (em frente ao Lago Negro, o máximo que se pode ter de movimento é cruzar com grupos de turistas numa caminhada pelo calçadão logo cedo) e encontrei tudo isso.

Além das gentilezas habituais e de fazerem de forma atenciosa reservas para restaurantes (que podem até buscar e levar caso você não esteja de carro), por exemplo, há um momento no hotel em que todos os hóspedes celebram juntos: diariamente, no salão do café e na sacada com vista para o lago, é servido um chá da tarde (entre 17h e 19h), com os doces mais maravilhosos que se pode experimentar, feitos ali mesmo na cozinha do casarão em estilo alemão.

IMG_6401

IMG_6369
Também com vista para o lago, uma sala de leitura convida não só à atividade em si, mas também à contemplação que a natureza à volta ainda preserva.
Não, não são hotéis baratos, uma sempre crítica a nossa Serra, mas de vez em quando é possível dar-se ao luxo.

IMG_6397

Novidades na (sempre charmosa) Pousada do Engenho, em São Francisco de Paula

14 de janeiro de 2016 0

Recebo notícias da Pousada do Engenho, para onde sempre tenho vontade de voltar, em São Francisco de Paula.

A primeira é que há mais uma cabana naquela área linda e cheia de verde: a cabana 15 foi inaugurada há pouco e é um luxo só, mantendo o aspecto rústico que caracteriza a pousada (além de ser maior, ela tem sauna e jardim privativos, solarium, jacuzzi climatizada, TV de led de 50 polegadas com SKYHD, home theater 7.1, sonorização em todos os ambientes e automatização dos ambientes, controlados por iPads).

cabana

cabana1

A segunda é que o Lareirau, as sessões de músicas que acontecem ao pé da lareira de uma das salas de convivência da pousada, terá uma audição especial em Porto Alegre, no dia 21, às 21h30min, no Sargent Peppers (ingressos a R$ 30).

A roda de som que já teve mais de 100 edições nesta da Capital contará com as vozes e violões de Alex Alano, Marisa Rotenberg e Gelson Oliveira, com percussão de Giovanni Berti. Outros convidados são o compositor paulista Adolar Marin e a cantora do grupo Delicatessen Ana Krüger.

 

Fotos Pousada do Engenho, divulgação

Fotos Pousada do Engenho, divulgação

Perto do Templo Budista de Três Coroas, uma pousada

20 de novembro de 2015 0

A Luiza Piffero foi pela segunda vez a esta pousada que eu ainda não conheço.

Fica próximo do Templo Budista de Três Coroas.

Vamos deixar que ela conte:

Fotos Luiza Piffero, arquivo pessoal

Fotos Luiza Piffero, arquivo pessoal

 

“Se a visita ao templo Khadro Ling costuma ser o principal motivo para dar um pulo em Três Coroas, a pousada Refúgio do Pomar, instalada em um sítio a 10 minutos de distância, é um bom motivo para passar a noite lá.

O nome não podia ser mais honesto:

  • É “Refúgio” porque está escondido lá onde só se ouvem pássaros e grilos. Para chegar nessa pousada, o motorista sai da ERS-020 e toma a esburacada Estrada do Laticínio. Ao fim de 1,4 quilômetro, muitas árvores e algumas vacas descansando, você chega à propriedade, na localidade de Rodeio Bonito, área rural de Três Coroas.
  • É “do Pomar” porque a pousada está construída em um sítio repleto de árvores frutíferas. Além disso, é possível se aventurar por uma trilha que leva a duas cachoeiras. À noite, dá para juntar os amigos ao redor de uma fogueira no jardim.
A vista do chalé

A vista do chalé

Por outro lado, poderia ser chamada de Pousada do Renato, porque Renato Schebela, o proprietário, é quem recebe os hóspedes no portão. É ele quem cozinha uma comida caseira no jantar e organiza o café da manhã com ingredientes orgânicos e produtos coloniais. A comida é servida em uma mesa com vista para o Vale de Furnas, ao som de cânticos budistas.

Renato deixou a profissão de jornalista em Porto Alegre para viver perto do templo e praticar o udismo. A pousada reflete essa escolha: é um lugar simples e aconchegante para quem quer paz. Tem uma pequena biblioteca budista, uma sala de meditação, e é decorada com bandeiras tibetanas de oração.

Há quartos coletivos (apertados, no estilo de albergues da juventude), duplos e um chalé de pedra com uma vista deslumbrante para o vale.”

Mais informações: pousada-refugiodopomar.blogspot.com.br

jardim

Em Montevidéu, sempre conectados

25 de setembro de 2015 0

Talvez eu seja a última espécie do gênero, mas férias para mim são sinônimo de desconectar!

Não posto nas redes sociais, não respondo mensagens instantâneas, uma vez na vida e outra na morte ponho uma foto no instagram, só telefono em casos de urgência…

Mas entendo quem gosta e quem precisa. E quem entende quem gosta e quem precisa.

Reprodução

Reprodução

E aí o Intercity Montevideo, no bairro Punta Carretas, na capital uruguaia, entendeu que, para os superconectados, já não basta oferecer wi-fi no saguão nem em todos os apartamentos do hotel.

Também de pouco adiantam aplicativos úteis aos viajantes nos smartphones se eles não estiverem sempre conectados à rede – no Exterior, o serviço custa caríssimo (não sei quanto a você, mas eu raramente uso o serviço de dados oferecidos pelas companhias).

O hotel passou então a oferecer aos hóspedes um modem 4G portátil que funciona como roteador wi-fi.

Basta retirar o modem com carregador na recepção – os dois conectados criam um roteador wi-fi portátil para levar na bolsa.

A rede de hotéis nascida no Rio Grande do Sul tem 32 unidades, uma delas em Montevidéu.

 

Um hotel a 400m de altura no Vale Sagrado

25 de agosto de 2015 0
Fotos Natura Vive, divulgação

Fotos Natura Vive, divulgação

Eu esperava pelo trem que me levaria a Machu Picchu, no Peru, na estação de Pachar, próximo de Urubamba (na época em que fui, em abril último, o trem não saía de Cusco).

Fazia frio e eu andava de um lado para outro na estação para me aquecer quando olhei para o paredão de pedra à minha frente, do outro lado do rio, e vi pessoas penduradas por cabos.

Achei que eram trabalhadores fazendo algum tipo de instalação, sei lá do quê. Perguntei a um, a outro, e ninguém soube me dizer o que era. Esqueci.

Semana passada, deparei num site com a resposta para a minha pergunta daquele dia.

O que eu via e fotografei com meu telefone (daí a foto ser pior do que o normal) eram três cápsulas do Skylodge Adventure Suites, onde turistas podem ficar hospedados a 400m de altura.

Rosane Tremea

Rosane Tremea

As fotos da Natura Vive mostram o resto. As cápsulas são transparentes, o que garante essa vista espetacular. Cada módulo tem quatro camas, mesa de jantar e banheiro.

simPMYMFGUbJpnkO0cKQ8CftOrKGn2w6-mr3C1U7gNQ,xQ1mKy8JY6VsJh6Zi7AnmjPLAvWJWiEO6RCLLZIT7KU,gSAyUi2F8ZyoeNV-ZGJvi94HNbzvb8n4eS4uCVd2_Hs

Foram construídas, segundo o site da Natura Viva, em alumínio aeroespacial e policarbonato de alta resistência. O espaço é exíguo: 7,5m de comprimento por 2,50m de largura e de altura.

Para os claustrofóbicos, um alento: há seis janelas e quatro dutos de ventilação em cada um dos módulos. Com uso de energia solar, há luminárias, inclusive de leitura.

A capacidade máxima é de oito pessoas por noite, já que um dos módulos é de serviço, o que garante jantar e café da manhã.

WGWoHFbBgnL4KWMRR2Pu62bT7NjdRj-8Cmd64yBD1Vg,-R_bMzZ-x6-Gh5JR9F781qHvPHaGtarz2w24hykujas,6HVFm9rqLFzlH5ydP96ZMjLsfcALlLJcBWc6xq6mcfg

yjPOCAyl1vW6CdDm6rxrvmpGZYejDiFpdlxpdWZF3nE

 

Para chegar até lá, tirolesa, escalada, degraus. Que tal?!
AYrcyAweQxkkzPsGkwEc5tWX0MMh7mRf2AUAo71AgH0

 

Lugares exóticos para se hospedar no Reino Unido

27 de julho de 2015 0

Aqui vai mais uma lista de sugestões do Visit Britain, com opções de acomodação no interior britânico.

As dicas vão de hospedagem em contêineres de carga a fortalezas e cabanas em formato de esfera.

Reproduzo tal e qual alguns dos lugares mais inusitados para pernoitar na Inglaterra, na Escócia, no País de Gales e na Irlanda do Norte.

thewillows

Fotos Visit Britain, divulgação

 

The Eye Pod
Apesar do nome, esta excêntrica unidade esférica – que dizem ser a primeira do mundo deste gênero – não é de propriedade da Apple e sim da Willows, uma área para camping e trailers no extremo norte do País de Gales, a três horas de carro de Liverpool. Embora o acesso a rede sem fio, iluminação com regulagem de intensidade de luz e tocador de DVD proporcionem comodidade tecnológica, a cúpula de vidro que virou notícia oferece um entretenimento mais natural: observação de estrelas sem igual.
www.the-willows-abersoch.co.uk

ahouseforessex

A House For Essex
A Living Architecture se encarrega de reformar propriedades exclusivas no sul da Inglaterra e depois as disponibiliza para aluguel de temporada. Esta típica concepção colorida do artista britânico de obras abstratas Grayson Perry pretende evocar as tradições de capelas de romaria. Estendendo-se ao longo do Rio Stour, é perto do litoral norte de Essex, a 75 minutos de trem de Londres, no sentido nordeste.
www.living-architecture.co.uk

theoldchurch

 

The Old Church of Urquhart
Você sempre quis pernoitar em uma igreja? Então suas preces foram atendidas. A imponente e perpendicular ‘Parrandier’ de 1843 agora é uma pousada rústica, que conta com duas salas de estar, restaurante, janelas originais com vista para o jardim e “um mar de terra cultivada”. Famosa por seu uísque de malte e pelo castelo Elgin, pode-se chegar a esta região da Escócia pelo aeroporto internacional de Inverness, que fica a 64 quilômetros de distância.
www.oldchurch.eu

The House in the Sea
Antigo lar de Oliver Joseph Lodge, inventor da vela de ignição, e acessível por uma ponte pênsil, esta maravilha de telhas vermelhas em Cornwall foi transformada em uma luxuosa pousada, que inclui dois terraços, uma saleta para observar a paisagem, mesa de bilhar e uma televisão de 40 polegadas. Basicamente uma ilha particular, fica perto da capital do surfe do sudoeste da Inglaterra, Newquay, que tem voos para Londres.
www.uniquehomestays.com

Cove Park
É necessário ser artista para ser convidado a se hospedar nestes contêineres de carga feitos de aço, que integram uma área com vista para o Lago Long, no oeste da Escócia, a duas horas de carro de Glasgow. Cove Park oferece residência e programas para artistas visuais, designers, escritores, artistas performáticos, músicos, etc. Recebendo artistas de lugares longínquos como Nigéria e Taiwan, dentre os hóspedes do passado está a romancista Margaret Atwood.
www.covepark.org

Radio Tower - Exterior 2

La Corbière Radio Tower
Construída originalmente como parte das defesas de Hitler durante a II Guerra Mundial, esta edificação de observação no topo da montanha foi restaurada e transformada seguindo o estilo modernista Bauhaus. Seus seis andares são escalados por meio de uma escada em espiral, que culmina em um salão espetacular com vista panorâmica da orla marítima. Uma das Ilhas do Canal e atualmente território britânico, o acesso a Jersey é por via aérea, em um voo de uma hora partindo de Londres.
www.jerseyheritage.org

Chocolate-Boutique-Hotel-reception-1300x1000

The Chocolate Boutique Hotel
Com Martinis de chocolate, fontes de chocolate, aulas de harmonização de chocolate e vinho, sessões de pintura de retrato com chocolate e uma seleção de DVDs, incluindo Chocolat e A Fantástica Fábrica de Chocolate, nenhum chocólatra jamais poderia acusar este hotel-boutique de fugir do tema. Ele está situado na cidade de Bournemouth, no litoral sul, a duas horas de trem de Londres. Todas as 13 elegantes suítes contam com barras de chocolate gratuitas, obviamente.
www.thechocolateboutiquehotel.co.uk

Nink’s Wagon
Este colorido e bem conservado vagão cigano de 1920 já abrigou um artista circense no passado. Atualmente, o encantador espaço interno com painéis de madeira abrange sala com lareira, quarto e cozinha, mas não tem banheiro, que fica a poucos metros de distância em um prédio separado. Há um pequeno jardim com vista para The Mere, um lago em que se pode alugar barcos a remo. A fronteira galesa fica próxima e tanto Birmingham quanto Liverpool estão a menos de 80 quilômetros de distância dali. www.qualityunearthed.co.uk

busgreen

Big Green Bus
Com uma denominação bem literal, este ônibus de dois andares, grande e de cor verde, acomoda até seis pessoas. Os hóspedes podem usar os jogos de tabuleiro, deque externo e lareira (a lenha é fornecida). São recebidos com vinho local, basta solicitar no momento da reserva. As instalações incluem banheiros, chuveiros, beliches e uma cozinha. A localização é em uma região florestal de West Sussex, ao passo que a vizinha cidade de Lewes fica a 70 minutos de trem de Londres.
http://biggreenbus.co.uk

helenstower

Helen’s Tower
Este primor de três andares, com vista para as montanhas cobertas de mata de County Down, Irlanda do Norte, fica a uma hora de Belfast no sentido leste, e está disponível para aluguel de temporada. Tem um quarto para duas pessoas, banheiro (o chuveiro fica em cômodo separado), sala de estar, sala de leitura e cozinha. Em dias de céu claro, a vista do terraço panorâmico alcança até a Escócia.
www.irishlandmark.com

The Pineapple
A vida não oferece muitas oportunidades de se hospedar em uma fruta tropical gigante – exatamente o que está disponível no Dunmore Park da Escócia, uma extravagante construção de pedra, a cerca de 45 minutos de Edimburgo no sentido norte, com a torre central em formato de abacaxi! Com seu próprio jardim, essa propriedade exótica foi recuperada e disponibilizada para aluguel de temporada pelo Landmark Trust. Há ainda outras opções de hospedagem, entre elas prisões, currais e estações de trem abandonadas. www.landmarktrust.org.uk

Campbell’s Cottage
Trata-se de uma propriedade tombada, com cinco séculos de existência. Tem uma localização ímpar, em meio ao Parque Nacional de Snowdonia, noroeste de Gales, e um jardim em cascata. Mas o maior atrativo do aconchegante Campbell’s Cottage é uma parada na qual os moradores podem dar sinal para os trens a vapor da Ffestiniog Mountain Railway que passam por ali. Imagine só: sua própria estação, a apenas um minuto de distância da porta de casa!
www.campbellscottage.co.uk

Cley Windmill
Moinho de vento com pás treliçadas? Tem. Cenário de sonhos? Tem. Interior original e charmoso, com vigas no teto? Tem. Preenchendo todos os principais requisitos de um moinho de vento, esta torre do século 18, transformada em restaurante e hotel de nove quartos, também conta com uma localização perfeita no leste da Inglaterra, com vista para Blakeney Point, onde milhares de focas passam o inverno. King’s Lynn, cidade que dá acesso a North Norfolk com seus trens diretos de Londres, fica a 64 quilômetros de distância.
www.cleywindmill.co.uk

Spitbank-Fort-From-the-Air-300x266

Spitbank Fort
Obrigado, lorde Palmerston. Foi o então primeiro-ministro britânico, por receio dos ataques franceses, em 1859, quem encomendou três plataformas para canhões para o Estreito de Solent, a meia hora de barco de Southampton, no sul da Inglaterra. Hoje em dia, o Forte de Spitbank está aberto para qualquer invasor que reservar com antecedência, com acesso exclusivo a um bar de champanhe, restaurante, piscina aquecida no terraço panorâmico, sauna e nove suítes luxuosas.
www.amazingvenues.co.uk

Diária única (de R$ 25) nos hostels de Porto Alegre

22 de junho de 2015 0

Os hostels de Porto Alegre, que recentemente criaram uma associação, programaram um final de semana especial com diárias com tarifa única.

A ideia é promover o Capital Gaúcha como destino turístico de jovens e mochileiros. Nos 10 hostels de Porto Alegre que integram a Associação Gaúcha de Hostels, no próximo domingo, dia 28 de junho, e na segunda-feira, dia 29, a diária será de R$ 25 para hospedagem em quartos coletivos (com roupa de cama e café da manhã incluídos).

A promoção conta com o apoio da Secretaria Municipal de Turismo e na recepção dos hostels haverá material turístico com sugestões para aproveitar a cidade. Para completar, no domingo, dia 28, das 14h às 20h, haverá uma  Festa Junina dos Hostels de Porto Alegre, em parceria com o Arraial do Vila Flores (na Rua Hoffmann, 459, no bairro Floresta), com apresentações musicais, exposições de arte, espetáculos de teatro e gastronomia típica.

Para os hóspedes de hostels e seus convidados, o ingresso do Arraial terá desconto de 50%.

Os hostels que fazem parte da Associação de Hostels:

Porto Alegre Eco Hostel, divulgação

Porto Alegre Eco Hostel, divulgação

Fotos divulgação

Fotos divulgação

 

  • Bonfim Hostel – (fechado momentaneamente – em troca de endereço)

Um bistrô/hospedaria em Nova Petrópolis

09 de junho de 2015 0

Os queridos Leandro e Letícia pediram dicas de Nova Petrópolis, para onde não costumam ir muito.

Eu recomendei o Bistrô Chalet Gourmand, do qual já falei mais de uma vez aqui, para almoçarem/jantarem.

Eles seguiram a dica e aproveitaram para se hospedar ali mesmo, na Hospedaria Villa Costaneira, que surgiu junto ao bistrô há uns quatro anos.

Leandro e Letícia mandaram um relato e uma montagem com as fotos que fizeram lá. Confira:

Fotos Leandro Becker, arquivo pessoal

Fotos Leandro Becker, arquivo pessoal

“No alto de um dos morros do bairro Linha Imperial, de Nova Petrópolis, existe uma ótima opção para quem quer aproveitar o frio da Serra com paisagens bucólicas (leia-se muito verde e ovelhinhas pastando) e muito conforto (quarto quentinho + lareira com chás à disposição).

Administrada pelos porto-alegrenses Daisy e Luiz Arthur, a Hospedaria Villa Costaneira, nos deixou muitas saudade após apenas duas diárias na virada no mês de maio para junho. O local, que era a residência do filho do casal, foi totalmente reformado e virou hospedaria em 2011. Não há recepção 24h, nem a formalidade dos hotéis.

São somente cinco apartamentos em um sobrado de madeira, do qual os hóspedes recebem a chave da porta. Na sala de entrada, quem se hospeda na Villa Costaneira é convidado a utilizar uma cozinha compartilhada com o melhor da decoração pensada e executada por Daisy.

Para se ter uma ideia, as bebidas do frigobar que forem consumidas devem ser anotadas em uma espécie de comanda ou apenas comunicadas no check out para acerto da conta. São detalhes como este, de extrema confiança dos administradores, que nos fazem querer voltar. Mas tem um outro fator importantíssimo!

Como já comentamos, a hospedaria não tem recepção 24h, pois Daisy e Luiz Arthur moram a 150 metros do local (morro abaixo). É lá que é servido o delicioso café da manhã e, no sábado à noite, jantares no Bistrô Chalet Gourmand.

attachment
Como a data era especial, reservamos uma mesa no bistrô. Nos demos o direito de aproveitar ao máximo o serviço, com entrada – prato principal – sobremesa – vinho, e não nos arrependemos nem um pouco. Apesar do preço ser salgado, tudo deu cerca de R$ 270 para o casal, faríamos tudo de novo (e faremos!).

Os pratos são preparados pela chef Daisy e degustados ao som de uma agradável seleção de músicas tocadas no piano. Para quem quer comemorar uma data especial, ou apenas se dar ao luxo de ser feliz, fica a nossa dica: reservem uma mesa no bistrô e desfrutem da delícia que é o ambiente e a comida.

Por fim, vale ressaltar o mais importante do combo hospedaria-bistrô: o carinho com que Daisy e Luiz Arthur tratam todos os hóspedes. Ficamos pensando quantas vezes eles repetem as orientações do trajeto até a Linha Imperial aos novos visitantes por telefone, quantas vezes explicam detalhadamente as orientações de como aproveitar bem o quarto sem incomodar o vizinho (afinal a estrutura é de madeira) e de quantas vezes eles já contaram que certo dia visitaram Nova Petrópolis e resolveram nunca mais voltar para a Capital…

Não tivemos muito tempo de conversar sobre as viagens onde este casal, segundo Luiz Arthur, “torra todo dinheiro” que deixamos lá. Por onde se olha, há um souvenir de um país ou Estado brasileiro diferente. Por isso, teremos de voltar, o quanto antes, pra poder pegar umas dicas de lugares tão legais quanto o que eles criaram na Serra Gaúcha!”

Informações e contatos da Hospedaria Villa Costaneira e do Bistrô Chalet Gourmand em www.villacostaneira.com.br

*Mandamos e-mail com dúvidas pelo contato do site e fomos logo atendidos pelo Luiz Arthur. A reserva fizemos pelo booking.

Um hotel em Ushuaia

10 de abril de 2015 2

_AAP2757

Ele abriu no final de 2014 e eu não conheço, mas achei as fotos tão lindas quando recebi um material da The Leading Hotels of the World, que promoveu um workshop em Porto Alegre em fevereiro, que resolvi postar aqui informações sobre o Arakur Ushuaia Resort & Spa.

Fui a Ushuaia há uns 8 anos (nossa, como passa o tempo mesmo!) e é daqueles lugares pra se voltar. Não só a cidade, mas a toda a Patagônia argentina.

Costumo brincar dizendo que se não houvesse tanto vento, e eu tivesse de cortar os cabelos tão curtos, poderia morar lá.

Se é frio? Sim, é muito frio, estamos quase no “fim do mundo”, não esqueça, mas é tão bonito, tão agradável.

Sem contar que, nos últimos tempos, essas imagens ficaram cada vez mais familiares, como cenário de Sete Vidas, novela das 18h da Globo

Rosane Tremea

Leões marinhos e cormoranes. Abaixo, uns pouquinhos pinguins. Foto Rosane Tremea

ushuaia2 162

Bueno, sobre o hotel: ele está localizado no interior do 180 hectares da Reserva Natural Cerro Alarkén, num mirante (de 250m) com vista panorâmica de Ushuaia e do Canal de Beagle.

Fica a 12 minutos do centro da cidade e a 20 minutos do porto e do aeroporto internacional, e muito próximo das principais atrações que há por ali: o Parque Nacional Tierra del Fuego, a estação de esqui Cerro Castor, a Estancia Harberton, com acesso a sua ilha habitada por pinguins, além de Lagos e Glaciares.

ushuaia2 185

Estância Harberton. Foto Rosane Tremea

ushuaia2 215

E voltando ao hotel de novo, agora com as fotos abaixo…

Senior-Suite-vista-al-mar

Construído em cobre, tem arquitetura contemporânea e, prometem, sustentável.

Em seu interior há 6 salas de estar aquecidas com lareiras e vistas para as águas e montanhas nevadas.

São 131 quartos e suítes, com enormes janelas com panoramas da baía, da cidade e dos bosques.

lobby-8

escalera

Hot-Tubs

O próprio hotel oferece trilhas guiadas pela reserva (de 30 min a 2 horas), excursões fotográficas para observar a fauna e flora nativa, passeios ao longo do Arroyo Grande (1 km) e navegação pelo Canal de Beagle, entre muitas outras.

ovejitas 2

Que tal dormir numa pipa de vinho?

10 de fevereiro de 2015 0
Fotos divulgação

Fotos divulgação

A sensação deve ser bem estranha, mas é essa a proposta do Hotel Fazenda Pampas, na divisa entre Gramado e Canela: dormir em barricas de vinho.

Quatorze pipas de 100 mil litros de vinho foram transformadas em apartamentos de três andares.

Compradas em vinícolas gaúchas como Garibaldi e Aurora e reformadas, as construções ficaram com 90 metros quadrados, incluíndo o banheiro de alvenaria anexo.

Têm sala de estar e cozinha no primeiro piso e quarto com cama de casal no segundo, além de uma cobertura que serve como um mirante para observar a região.

DSC_0020

cobertura

quarto

cozinha

Segundo o material de divulgação enviado pelo hotel, há outros dois hotéis semelhantes na Europa que usam barricas menores: o Hotel De Vrouwe van Stavoren, em Stavoren, na Holanda, e o Château Vieux Lartigue, em Saint-Emilion, na França (não encontrei a referência deste!). Vasculhando a internet, encontrei mais um na Alemanha.

DSC_0184

Os melhores hotéis do Brasil, segundo os usuários

26 de janeiro de 2015 5
Fotos Saint Hubertus, divulgação

Fotos Saint Hubertus, divulgação

O anúncio foi feito ainda no último dia 21, mas como fiquei alguns dias sem poder atualizar o blog, não poderia deixar de registrar aqui a lista dos vencedores do Travelers’ Choice Hotéis 2015 do TripAdvisor.

Já na 13ª edição, o prêmio destaca 8.151 hotéis vencedores em oito categorias, em nove regiões (Mundo, Ásia, Europa, África, Pacífico Sul, América do Sul, Oriente Médio, Caribe e América Central) e 98 países.

O Brasil aparece na lista com 133 vencedores, entre eles o Hotel Estalagem St. Hubertus, de Gramado (RS), eleito pelo segundo ano consecutivo como a melhor hospedagem do país. O hotel também aparece como o 9º melhor hotel do mundo e ganhou os títulos nas categorias Romance e Melhor Serviço, tanto no Brasil como na América do Sul.

 

Abaixo, a lista dos 10 melhores do Brasil

1. Hotel Estalagem St. Hubertus, Gramado (RS)

2. Belmond Hotel das Cataratas, Foz do Iguaçu (PR)

3. Hotel Le Renard, Campos do Jordão (SP)

4. Radisson Hotel Maceió, Maceió (AL)

5. Miramar Hotel by Windsor, Rio de Janeiro (RJ)

6. Hotel Toko Village, Porto Seguro (BA)

7. Hotel Casa da Montanha, Gramado (RS)

8. Hotel Unique, São Paulo (SP)

9. Grand Hyatt São Paulo, São Paulo (SP)

10.Belmond Copacabana Palace, Rio de Janeiro (RJ)

Uma instalação de Natal interativa em Londres

16 de dezembro de 2014 0
Fotos ME London, divulgação

Fotos ME London, divulgação

Já não basta ser árvore de Natal.

Ainda que a data seja sinônimo de tradição e a árvore natalina, um costume desde o século 18 (pelo menos que se tem notícia), nesses tempos em que imperam verbos como inovar e interagir os arranjos natalinos também entram na onda.

Se não, o que dizer da instalação do hotel ME London?!

Até o anoitecer de 31 de dezembro, o prédio do hotel exibe um show de luzes controlado por redes sociais que dança nas paredes da recepção em forma de pirâmide.

A instalação #LightMEup projeta luzes de inverno nas paredes de mármore de nove andares de altura da recepção (usuários que fazem postagens no Twitter ou Instagram com a hashtag #LightMEup fazem parte do display em forma de flocos de neve).

No Atrium, o espaço em forma de pirâmide do coração do prédio, apresenta instalações de projeção mapeada o ano todo (clique aqui para ver outras instalações).

ME London

Albergues "hipsters" mundo afora

05 de dezembro de 2014 2

Com móveis retrô, objetos vintage e design inovador, aliando ainda tecnologia e preços razoáveis, hostels (ou albergues!) adaptados ao estilo hipsters (não consegui usar hostel e hipster num só título) estão nessa lista montada pela
Hostelworld, site especializado em hostels. Os textos são de divulgação.

1. The Dictionary Shoreditch | Londres, Inglaterra
A cultura hipster está “em casa” na capital inglesa, e o bairro de Shoreditch, no leste londrino, é um de seus exemplos mais expressivos. São incontáveis os pop-up restaurantes, as galerias, os cafés e lojas alternativas. E bem no centro de tudo está o hostel The Dictionary, com seu misto de paredes de madeira aparente e objetos de cor forte, os grafites e quadros com figuras/mensagens excêntricas, e seu bar/cafeteria com todo tipo de bolos e coquetéis.

2. WE Hostel Design | São Paulo, Brasil
Um dos hostels mais bem conceituados de São Paulo e do Brasil (91% de nota no Hostelworld), o WE abusa de ambientes amplos e com decoração vintage, de cores fortes e muitos objetos de design (vitrola, abajur, pufe, até uma lousa no teto!). A mansão do início do século passado fica numa rua tranquila da Vila Mariana (praticamente ao lado do MAC e do Parque do Ibirapuera), mas perto de vários bares da moda. Adicione ao menu várias festinhas cool (karaokê, noite do burger, DJs) e o ambiente está completo.

Felipe Hess, Hostelworld Brasil, divulgação

Felipe Hess, Hostelworld Brasil, divulgação

3. The Independente Hostel & Suites | Lisboa, Portugal
O terraço com vista para o Mirador de São Pedro e o Castelo de São Jorge é um dos destaques do The Independente, hostel de luxo em Lisboa, situado em uma uma avenida cheia de restaurantes e pertinho do badalado Bairro Alto. O prédio que um dia foi residência do embaixador suiço na capital lusa, é ornado por pôsteres antigos, louça e mobiliário vintage e um misto de objetos modernos e retrô. Para completar, um lounge e beer garden para botar o papo em dia, e um restaurante (aberto ao público).

4. Lavender Circus Hostel | Budapeste, Hungria
Todo o Lavender Circus Hostel parece ter saído direto do Instagram, com direito a todos os filtros vintage disponíveis. O prédio histórico no coração de Budapeste é coberto de mobiliário retrô, objetos de antiquário e detalhes artísticos por toda parte, com direito a uma taça de vinho húngaro de boas-vindas e jantares típicos toda semana.

Hostelworld Brasil, divulgação

Hostelworld Brasil, divulgação

5. Nui Hostel & Bar Lounge | Tóquio, Japão
É ponto de encontro dos hipsters locais, graças ao seu bar/lounge super badalado, especialmente à noite. Com ótima localização (perto dos templos de Asakusa e da torre Sky Tree), o Nui Hostel abusa da mistura do rústico e do moderno em seu design (madeira, tubulação aparente, cores fortes) e prima pela limpeza em seus dormitórios (compartilhados ou privativos).

6. KEX Hostel | Reykjavík, Islândia
O rol de “atrações”: um bar movimentado com preços decentes (e cervejas de torneira!), móveis rústicos, mapas gigantes nas paredes, cozinhas (uma por andar) repletas de temperos e ingredientes diferentes, e uma infinidade de livros na biblioteca comunitária. O combo tem ainda localização megacentral (com vista para o oceano) e interiores com decoração criativa.

7. Generator Venice | Veneza, Itália
A conhecida rede de hostels Generator caprichou na sua filial em Veneza. A decoração é elegante, beirando o chique, mas com um ambiente descontraído e multicultural. Não faltam uns toques modernosos também, como elevadores touchscreen e luzes autocontroladas. Fica na ilha de Giudecca (do outro lado da Piazza San Marco), com ponto do vaporetto bem do lado do hostel. Destaque para o badalado pub instalado no andar térreo.

Hostelworld Brasil, divulgação

Hostelworld Brasil, divulgação

8. The Cat´s Pajamas Hostel | Berlim, Alemanha
No espaçoso lounge, toras de madeira são usadas como banquinhos, constrastando com as luminárias futuristas e as cadeiras de balanço de outrora. Nos corredores, desenhos e grafites estampam as paredes dos corredores entre os quartos e banheiros (estes com chão aquecido para encarar o frio do inverno alemão).

9. City Circus Athens | Atenas, Grécia
O prédio neo-clássico do City Circus de Atenas foi todo reformado e esbanja personalidade. O mobiliário retrô, as peças de artistas locais nas paredes e os móveis em madeira (incluindo as camas) criam um clima aconchegante e descolado. Completam o pacote um terraço com vista para a famosa Acrópole, ar condicionado nos 11 quartos e um café da manhã com cara de hotel. No bairro boêmio de Psirri, que concentra a mais badalada vida noturna de Atenas.

10. Soul Kitchen | São Petersburgo, Rússia
Frequentemente presente em listas dos melhores do mundo (não à toa que tem quase nota máxima na avaliação dos clientes Hostelworld), o Soul Kitchen é um achado. A riqueza está nos detalhes: dos enfeites da mesa do lounge, aos pufes coloridos, ao violão no canto para uso dos hóspedes, aos espelhinhos, à bancada de azulejos na cozinha comunitária, às cortinas quadriculadas que dão privacidade aos beliches nos dormitórios, aos computadores Mac para uso coletivo…