Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Irlanda"

Para a agenda da semana em Porto Alegre

13 de julho de 2015 0
Dublin, na Irlanda. Foto Divulgação

Dublin, na Irlanda. Foto Divulgação

Dia 16, quinta-feira, às 19h 

Bate-papo gratuito, na CI Moinhos de Vento, vai abordar destinos no Exterior para intercâmbio, especialmente a Irlanda, um dos poucos lugares que possibilita que o estrangeiro trabalhe durante o período em que estuda (em geral em comércio, hotelaria, bares e restaurantes). Mas o governo irlandês anunciou mudanças que limitam o tempo de visto e de trabalho no país.

As novas regras de estudo e trabalho serão válidas para estudantes que se registrarem junto à imigração do país europeu a partir do dia 1º de outubro de 2015.

Dessa data em diante, os estudantes passam a receber um visto para oito meses (não mais um ano), para 25 semanas de curso mais oito semanas de férias.

A conversa também tratará de outros países como Austrália, Nova Zelândia e Canadá.

Serviço

  • Bate-papo Estudo & Trabalho no Exterior, na CI Moinhos de Vento (Rua Padre Chagas, 80, Porto Alegre)
  • 16 de julho, às 19h
  • Entrada Franca
  • Fone (51) 3566-4429
  • www.ci.com.br

 

Festa de Saint Patrick em Porto Alegre

17 de março de 2015 2

Nesta terça-feira é celebrado o Saint Patrick’s Day, ou Dia de São Patrício.

Na Irlanda, a festa do santo padroeiro, que levou o a religião católica àquele país, tem ares de Carnaval, e as cidades se pintam de verde, a cor que simboliza a data.

Há desfiles e uma tradição meio, digamos, incômoda: quem não veste verde é beliscado.

Fora da Irlanda, pubs e outros lugares aderiram à comemoração da data.

Um deles é o Porto Alegre Hostel Boutique, que a partir das 19h30min promove seu Evento Cervejeiro, lembrando a data (veja outros locais abaixo selecionados pelo 2º Caderno).

Primeiro haverá um bate-papo com o sommelier e mestre cervejeiro Vinicius Santiago sobre a tradição das cervejas artesanais na Irlanda.

Está previsto também degustação de cervejas e harmonização gastronômica.

 

Reprodução

Reprodução

Dublin Irish Pub (Padre Chagas, 342). Fone (51) 3268-8835

Festa no Bom Fim – Em frente ao restaurante Sim Sala Bim (Rua João Telles, 535). Fone (51) 3222-2577.

Mercado Brasco (Florêncio Ygartua, 151). Fone (51) 3573-8333

Primus Gastro Bar (Vasco da Gama, 735). Fone (51) 3737-7350.

The Soccer Point (Wenceslau Escobar, 1.973). Fone (51) 8422-1834.

Applebee’s (Padre Chagas, fone (51) 3557-7632, e loja do BarraShoppingSul, fone (51) 3249-7335).​

Celebração do Bloomsday em Porto Alegre

16 de junho de 2014 0

Para os fãs de James Joyce e das comemorações do Bloomsday, o StudioClio preparou um evento para esta segunda que reúne literatura, música, história e gastronomia.

O dia 16 de junho celebra a obra de James Joyce na Irlanda, terra natal do escritor, e onde houver amantes da literatura.

Performances, leituras públicas e saraus são organizados para lembrar a odisseia de Leopold Bloom, célebre personagem de Ulisses (1922) e inspiração para a festa.

Na oitava edição do Bloomsday no StudioClio, Francisco Marshall e o grupo de música tradicional irlandesa Irish Fellas serão os anfitriões do “wake” irlandês, um funeral festivo em homenagem a Leopold Bloom. Os convidados e a plateia compartilharão passagens da obra de James Joyce e da cultura irlandesa, acompanhados de música e Cerveja Coruja. Leituras selecionadas de Ulisses serão feitas por Donaldo Schüler, tradutor da obra Finnegans Wake, de James Joyce.

StudioClio, divulgação

StudioClio, divulgação

Serviço

  • Dia 16 de junho, às 19h30min
  • StudioClio – Instituto de Arte e Humanismo
  • Os ingressos podem ser adquiridos pela página do StudioClio ou no local pelos valores de R$ 40 (lugar em mesa) e R$ 30 (plateia)
  • Rua José do Patrocínio, 698 – Cidade Baixa – (51) 3254-7200
  • www.studioclio.com.br

Que tal hospedar-se num castelo na Grã-Bretanha?

16 de maio de 2014 0

Aldourie Castle at night. Inverness, Scotland

Propriedade e exclusividade de nobres, muitos castelos acabaram virando hotéis e pousadas nas últimas décadas, recebendo plebeus que podem pagar para viver essa experiência .

Se você observar os valores, aliás, verá que a diária em muitos deles não é superior à de hotéis de centros urbanos da Europa. Outros, claro, são só para bolsos abastados.

O VisitBritain, que divulga o turismo na Grã-Bretanha, fez uma lista de castelos históricos espalhados por Grã-Bretanha e Irlanda do Norte que incluem desde pequenos fortes na região montanhosa da Escócia até castelos frequentados pelo rei Henrique VIII na Inglaterra.

Reproduzo tal e qual foi enviado, abaixo.

 

Chateau Rhianfa, Anglesey, norte do País de Gales

Plas Rhianfa, Chateau Rhianfa. Anglesey, Wales

Construído em 1849 pelo baronete de Bodelwyddan e sua esposa, o Chateau Rhianfa foi inspirado nos chateaux do Vale do Loire francês e conserva o mesmo estilo até hoje. A propriedade de 21 quartos é tombada e tem torres, adegas de vinho e um grande salão para banquetes, além de vistas incríveis do Estreito de Menai. Uma estadia com uso exclusivo do chateau (acomoda 32 pessoas) custa a partir de 7 mil libras (26.400 reais). O castelo fica a 3 horas e meia de Londres, viajando de trem. Quem preferir chegar em grande estilo pode utilizar um helicóptero e pousar no terreno do castelo.

www.amazingvenues.co.uk/venues/chateau-rhianfa/discover-chateau-rhianfa

 

Castelo Ruthin, Denbighshire, norte do País de Gales

Originalmente conhecido como o Castelo Vermelho no Grande Pântano, Ruthin foi construído no final do século 13 por Dafydd, irmão do príncipe Llywelyn. Sua história sangrenta inclui “atrações” como uma masmorra, uma arena de açoitamento e um tanque para afogamento. Felizmente esses dias ficaram no passado e o castelo agora é um hotel romântico que promove banquetes medievais para os hóspedes se regalarem como Henrique VIII, um dos antigos proprietários do local. Fica em uma área de parque natural, perto da cidade medieval de Ruthin, a cerca de uma hora de trem de Manchester, nordeste da Inglaterra. As diárias custam a partir de 65 libras (245 reais).

www.ruthincastle.co.uk

 

Hotel-Castelo Langley, Northumberland, nordeste da Inglaterra

Desde sua construção em 1350, durante o reinado de Edward III, o castelo de Langley é associado à tumultuada história da monarquia. Durante o século 17, a propriedade pertenceu aos condes de Derwentwater, que participaram dos levantes jacobitas de 1715 e foram executados na Torre de Londres. Atualmente um luxuoso hotel abrigado em uma área de 40 mil metros quadrados de região florestal, o castelo preserva sua integridade arquitetônica e permite que os hóspedes desfrutem de camas de quatro colunas e sofás junto às janelas, tudo cercado pelas paredes de 2 metros de espessura do castelo. Langley fica a três horas e meia de trem de Londres e as diárias custam a partir de 78 libras (295 reais).

www.langleycastle.com

 Castelo de Thornbury, Cotswolds, Inglaterra

Desfrute de sonhos dignos da realeza na cama mais larga de quatro colunas da Inglaterra ou passe a noite no dormitório do duque, onde o rei Henrique VIII e Ana Bolena dormiam 500 anos atrás. Arquitetura Tudor adornada, quartos suntuosos com tapeçarias de parede e jardins históricos murados completam a grandiosidade do castelo de Thornbury. As diárias custam a partir de 175 libras (660 reais). O castelo está localizado no limite da bela região campestre de Cotswolds, em Gloucestershire, centro-oeste da Inglaterra, a cerca de uma hora e meia de carro do aeroporto de Heathrow, em Londres.

www.thornburycastle.co.uk

The Fortalice, Blairgowrie, Escócia

The Fortalice, Blairgowrie, Scotland

The Fortalice, Blairgowrie, Scotland

Originalmente construído em 1560 como uma residência fortificada para proteger os Ogilvys de Airlie dos saqueadores que travavam batalhas religiosas, hoje The Fortalice oferece quartos luxuosos decorados com camas de quatro colunas e um grande salão, dominado por uma lareira e teto com refinada pintura à mão. Com seis quartos, o castelo acomoda 12 pessoas e os preços começam em 3.950 libras por semana (14.890 reais). Tendo como pano de fundo a belíssima paisagem rural escarpada de Perthshire, The Fortalice está situado a 2 horas e meia do aeroporto de Edimburgo, partindo de carro.

www.statelyescapes.co.uk/scotland/the-fortalice

Castelo Aldourie, Inverness, Escócia

Aldourie Castle - Tower Bedroom. Inverness, Scotland

Aldourie Castle - Red Drawing Room at night. Inverness, Scotland

O histórico castelo Aldourie tem estilo baronial escocês e é o único castelo habitável na margem sul do famoso Lago Ness. Com torres e fortalezas, portas ocultas, antigos retratos de família e imensas lareiras, Aldourie é um castelo medieval em sua essência. A propriedade pertenceu à mesma família por 250 anos e agora está disponível para locação. Os hóspedes podem fazer uso exclusivo do castelo de 15 quartos. Situado em um terreno particular de 2 mil metros quadrados, o Aldourie fica a 8 quilômetros de Inverness e a 30 minutos de carro do aeroporto da cidade.

www.aldouriecastle.co.uk

Hotel-Castelo Tulloch, Ross-shire, Escócia

Datado do século 12, quando apenas o senhor ou chefe do clã podia desfrutar de uma estadia em um castelo nas montanhas escocesas, o Tulloch preserva várias das características daquele período. Isso inclui um grande salão revestido de painéis de 250 anos, lareiras, tetos originais restaurados e até um fantasma amistoso! Um belíssimo hotel com 20 suítes, o Tulloch é uma opção de preço acessível para aqueles que não contam com um orçamento de rei. As diárias custam a partir de 65 libras (245 reais). Fica a 45 minutos de carro do aeroporto de Inverness nas Highlands escocesas.

www.bespokehotels.com/tullochcastlehotel

Castelo Crom, condado de Fermanagh, Irlanda do Norte

Crom Castle, County Fermanagh, Northern Ireland (2)

Situado em um acidentado parque natural, onde já eclodiram batalhas jacobinas, a propriedade Crom no condado de Fermanagh beneficia-se de uma localização sem igual na região dos lagos da Irlanda do Norte. Sede histórica dos condes de Erne por mais de 350 anos, o castelo foi projetado pelo mesmo arquiteto inglês responsável por partes do Palácio de Buckingham. Atualmente, há acomodação para até 12 pessoas nos seis quartos da ala oeste do castelo e sala de jantar com esplendor supremo abrigado sob o teto de abóbada cilíndrica no antigo salão Billiard. Uma locação exclusiva custa a partir de 4 mil libras por semana (15.080 reais) e o castelo fica a cerca de duas horas de carro dos aeroportos de Dublin e Belfast.

www.cromcastle.com

Castelo de Dungiven, Londonderry, Irlanda do Norte

Outrora lar ancestral do clã O’Cahan, que governou a região entre os séculos 12 e 17, o castelo de Dungiven está impregnado de história. A canção mundialmente famosa ‘Danny Boy’ foi inspirada em uma melodia que lamenta a morte do último integrante de uma longa linha de sucessão de chefes do clã O’Cahan, que foi enterrado no antigo priorado, a pouco minutos de caminhada do castelo. Hoje em dia é uma pousada quatro-estrelas administrada por uma família, e a propriedade é considerada um tesouro escondido da Irlanda do Norte. Viajando de carro, Dungiven fica a uma hora de Belfast e a 20 minutos de Londonderry.

www.dungivencastle.info

Castelo de Amberley, West Sussex, sul da Inglaterra

Um segredo muito bem guardado por 900 anos em South Downs, o castelo de Amberley era, originalmente, um alojamento de caça para os bispos de Chichester. Hoje em dia os hóspedes podem seguir o rasto da realeza adentrando a porta levadiça e os muros de 18 metros, pelos quais passou aquela que foi proprietária de 1588 a 1603: a rainha Elizabeth I. Com incrível arquitetura medieval, o castelo está imerso em história, mas não há nada de ultrapassado em seus 19 quartos luxuosos, muitos com camas de quatro colunas e banheiras de hidromassagem. Seja mimado como um membro da realeza em quartos a partir de 230 libras a diária (868 reais). Fica a uma hora e meia de trem de Londres.

www.amberleycastle.co.uk

A Irlanda é o tema do Papo Viajante

11 de março de 2014 0

Nesta terça-feira, dia 11, às 19h30min, tem conversa marcada com a Irlanda no Papo Viajante do STB BRASAS.

A convidada do dia é Liane Sassen, gaúcha que vive em Dublin.

Para participar, é só confirmar presença no fone (51) 4001-3010.

Reprodução

Reprodução


Conversa sobre a Irlanda, a Ilha Esmeralda

14 de janeiro de 2013 0

Das muitas coisas que eu não sei na vida, não sabia que a IRLANDA é conhecida como “ilha Esmeralda”, uma referência ao verde que a emoldura.

Nunca estive lá, embora vontade não me falte.

É sobre ela, a ilha Esmeralda, que vai tratar o PAPO VIAJANTE do STB desta terça-feira.

Quem vai falar sobre  a Irlanda é Liane Sassen, que vive por lá há sete anos.

Liane se graduou como guia nacional de turismo por lá e vai mostrar, nessa conversa, como é viver na terra que tem encostas deslumbrantes, vilarejos pitorescos, de muitos escritores e incontáveis outras atrações.

Serviço

  • STB Brasas, na Rua Anita Garibaldi, 1.515, em Porto Alegre
  • 19h30min
  • Gratuito, mas requer confirmação pelo telefone 4001-3010

Os gatos que acompanham uma viagem

30 de dezembro de 2011 0

ALINE BETIM, leitora do blog, mandou um email supersimpático, dividindo uma paixão comum, os GATOS DE VIAGEM. Confira:


“Olá, querida Rosane!

Eu me chamo Aline, tenho 32 anos e sou advogada. Atualmente, moro em Novo Hamburgo, mas sou natural de São Leopoldo, cidade onde morei até a época do meu casamento, que foi em março de 2010.

Não sou propriamente uma viajante contumaz, mas estive visitando o teu blog, num momento de curiosidade, e porque um certo anúncio dele no site do clicRBS chamou-me a atenção…

Os gatos de viagem.

Ah, os gatos…

Tenho verdadeiro fascínio por eles. E lembro de sentir isto desde que me entendo por gente – quando era criança, eu sonhava em SER um gato. Queria deitar-me preguiçosamente como eles durante largas horas. Admirava seus banhos de língua e os seus ronronares. Tive vários gatos durante a minha vida…

Pois bem, eu também tive os meus gatos de viagem… Sabe, acho que ainda tenho mais alguns guardados por aí. Assim que te encontrar, eu te mando.

Identifiquei-me imediatamente com o teu costume de fotografar gatos! Entre os meus amigos, sempre que mostro algumas fotos tiradas em passeios por aí, todos comentam: “os gatos sempre te encontram!”

O fato é que eu tenho tanto carinho por esses peludos que, ao fotografá-los, consola-me a idéia de que sempre terei um pedacinho de cada um deles para sempre comigo. É como se eles também fossem um pouquinho meus!

As fotos com o título “Espanha” são do gatinho que encontrei num lindo hotel fazenda em Gaucín, Málaga. É o meu “gatito español”. Ele estava junto com outros dois irmãozinhos que eram mais tímidos, e não se deixaram fotografar. Este não parecia tão tímido, mas era igualmente desconfiado. Mas, bem sabemos, esta é uma das muitas virtudes felinas…


Já o gato da Irlanda é um dos mais “redondos” que já vi. À época (2009), minha cunhada, que mora em Dublin, residia nas proximidades de onde tirei esta foto, e chamava esta gata de “vizinha”.


Mando-te, juntamente com os gatos de viagem, uma foto minha, num momento de estudos no meu computador. Não, não é impressão tua: meu gato Félix subiu nas minhas costas no estilo “conquistando territórios” e ali permaneceu por longos minutos. Meu esposo registrou esse momento, assim como tantos outros, como a sua brincadeira favorita com uma sacolinha plástica… podes conferir neste link do youtube: http://www.youtube.com/watch?v=QrqwcwmMElA.


Félix tem aproximadamente 1 ano e 9 meses, e nós o encontramos na casa paroquial da igreja onde casamos.

Pra finalizar, envio-te uma frase que encontrei na internet, acho que vais gostar:

‘Devo aos gatos o poder da honrosa dissimulação, um grande autocontrole, e a instintiva aversão por ruídos e a necessidade de me calar por longos períodos.’ (Collete)

Um grande abraço, e parabéns pelo teu lindo blog!”

Dublin para todos os gostos

31 de agosto de 2010 3

CAMILA BETTIM, leitora que a essas altura já deve estar de volta ao Brasil depois de uma temporada de estudos em Portugal, mandou tempos atrás essa contribuição após uma visita a Dublin, a capital irlandesa.

Enviou algumas informações e muitas fotos. Confira abaixo o que ela diz:

“Bom, sobre Dublin…ahhhhh…suspiros de amor! Dublin é encantadora! Repleta de flores por todos cantos…

É uma cidade de maravilhar os olhos pelos detalhes arquitetônicos que a compõem e pelo orgulho que os irlandeses tem dos seus escritores… James Joyce, Beckett e Oscar Wilde estão presentes em parques e ruas da cidade.

A noite de Dublin ferve com os famosos ‘pubs irlandeses’…e não é à toa a fama! Eles são realmente muito bons! Animados, bem decorados e com a famosa cerveja Guinness sempre dando-te boas vindas!

Enfim, é uma cidade que vale muito a pena conhecer e desbravar. Para quem gosta de literatura é uma boa pedida fazer o caminho de Ulysses (James Joyce) ou conhecer a casa de Oscar Wilde; bem como passear pelos espaços da Trinity College ou visitar o Writer’s Museum (museu dedicado aos ilustres escritores de Dublin que conta com alguns manuscritos).”