Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Fátima"

Fátima e seus segredos

21 de maio de 2010 2

Com bastante atraso, já que a data é 13 de maio, escrevo sobre FÁTIMA. Quando era criança, sempre me impressionava a história dos “pastorinhos” que eu via na Sessão da Tarde (será que as crianças e adolescentes ainda assistem?!) e sua visão de Nossa Senhora naquelas paragens de Portugal.

O tal do terceiro segredo que ficou no imaginário das pessoas durante quase um século para mim até hoje não está lá muito explicado…

Por acaso fui a Fátima duas vezes e há anos telefono nesse dia para minha amiga portuguesa Fernanda, que desde muito peregrina, a pé, de Lisboa à terra dos pastorinhos, com chegada no dia 13 de maio, a data tida como a da primeira aparição aos meninos.

As fotos abaixo, de 1998, mostram o Santuário de Fátima e o azinheiro, a árvore plantada no local da suposta aparição, e as casas de Lúcia, Francisco e Jacinta. É um lugar de fé, um dos principais pontos de turismo religioso na Europa.

P.S.: havia feito uma confusão com os nomes dos pastorinhos que a leitora Fernanda observou em um comentário. Já consertei no texto acima, mas fica o registro. Obrigada, Fernanda.

Domingo passado assisti uma nova versão daquele filme. Se chama Fátima, e é uma produção de Portugal e Itália, com a direção de Fabrizio Costa, que o GNT exibiu. Veja o trailer abaixo:


Por coincidência, neste ano, no dia 13, também era o “Dia da Espiga”
, uma tradição de algumas regiões daquele país que celebra o Dia da Ascensão. A “espiga” é um ramo formado por espigas de trigo, margaridas, papoulas, ramos de oliveira e alecrim.

Antigamente as pessoas iam cedo ao campo para colher as flores e plantas, mas agora os ramos são vendidos nas ruas para serem guardados atrás da porta ao longo de um ano, para que não falte comida, paz, saúde e alegria na casa. O exemplo abaixo é do blog português A Ervilha Cor de Rosa, mas quem me deu a explicação foi a Fernanda, que tem todas essas tradições da ponta da língua.