Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "EUA"

O colorido natural de Washington

03 de maio de 2010 5

Voltei!
Embora o blog tenha sido programado durante minhas férias, que acabam de acabar, hoje retomo as atividades todas, inclusive esta, que me dá imenso prazer.
Nas últimas semanas, andei por Washington e Nova York (antes de um carro-bomba assombrar a frenética Times Square!) e, rapidamente, pelo Vale dos Vinhedos.

Como sempre, vou contando aos poucos o que vejo nessas andanças, tentando compartilhar o que encontrei de legal.

Pra começar, mostro o colorido de Washington D.C., a poderosa capital dos EUA que, confesso, nunca me atraiu como destino turístico, mas me surpreendeu. Ainda mais por ser primavera, e a cidade, naturalmente limpa e organizada, estar pintada de flores por todos os lados (pena eu ter chegado poucos dias depois de as cerejeiras terem já perdido suas flores!).

Quer ver uns exemplos?!

Estas duas fotos, abaixo, são de canteiros em ruas quaisquer de D.C., como a capital é chamada por seus moradores.

A combinação de cores fortes da foto abaixo é do Cemitério Nacional de Arlington. O local visitado anualmente por mais de 4 milhões de pessoas e onde estão enterrados mais de 300 mil militares e heróis americanos fica, na verdade, em Virginia, do outro lado do Rio Potomac, mas pode ser alcançado a pé, de metrô ou em ônibus de turismo circulares desde Washington D.C.

O bairro mais charmoso da cidade e talvez um dos mais floridos é, sem dúvida, Georgetown, pontilhado por restaurantes, casas e lojas lindas, galerias de arte e, naturalmente, por flores.

Nos arredores da Casa Branca, os jardins parecem ainda melhor cuidados, embora o capricho esteja por todo lado. Foi ali perto que fotografei o canteiro abaixo. Tulipas estão entre as minhas preferidas. Ah, e um aviso aos navegantes: se você um dia pretender visitar a morada de Obama e Michele, trate de fazer o agendamento, via internet, com seis meses de antecedência!

Mais arrumadinho é este último vaso flagrado em frente a um dos 19 sensacionais museus da Smithsonian Institution, sempre abarrotados de pessoas que podem desfrutar de todo o acervo gratuitamente todos os dias. Dá gosto de circular por ali.

Acho que um longo e rigoroso inverno valoriza a primavera. E o meu olhar descompromissado de férias também ajudou a enxergar melhor toda essa beleza. Vou procurar mais canteiros floridos em Porto Alegre!

Também é bom estar de volta!

Refresco no nosso calorão

08 de fevereiro de 2010 2

Já que eu não posso fugir do calor que faz em Porto Alegre (alguém aí consegue pensar ou falar em outra coisa na cidade?!), jogo um “balde de água gelada” no blog com imagens vinda de fora.

A primeira é bem recente. Minha amiga ALESSANDRA, que é correspondente da BBC desde o início de janeiro em Washington, tirou a foto abaixo da janela da casa dela durante o domingo. Tudo bem que na capital dos EUA e em boa parte da costa leste do país a neve tem causado problemas – e a orientação era para que as pessoas mantivessem em casa provisões para cinco dias, escolas e órgãos públicos devem fechar nesta segunda por conta da pior nevasca dos últimos 90 anos -, mas que dá inveja de um frio dá, não? Eu pelo menos fico com inveja…

As outras fotos foram enviadas pela leitora MARCELA PETRY no final de janeiro. Elas vieram acompanhadas do seguinte texto no e-mail:

“Eu sou uma leitora assídua do teu blog! Sempre que posso dou uma lida e adoro as fotos, os comentários e a tua maneira de falar sobre cada lugarzinho lindo que esse mundo tem…

No final de 2009 eu fui mais uma vez para a Itália, passeei bastante e conheci neve! Eu já tinha ido pra lá mas curti um calorão europeu, então dessa vez tudo foi mais charmoso, mais aconchegante… Os italianos são chiques, bonitos, bem arrumados e assim tudo se torna encantador! Dessa vez como fui com amigos, fiquei em Torino e demos uma passada em uma estação de esqui em Bardonecchia. Foi simplesmente maravilhoso!


Te mando em anexo algumas fotos da minha ótima viagem e espero que tu goste bastante!”