Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Museu"

Portugal descobre o Brasil

22 de abril de 2010 0

Como estamos completando 510 anos da Descoberta do Brasil, a dica me parece mais do que apropriada: o Museu dos Descobrimentos, no Centro Interpretativo “À Descoberta do Novo Mundo”, em Belmonte, na Serra da Estrela (região belíssima, aliás), em Portugal.

O museu recria a saga de Pedro Álvares Cabral, com um espaço reservado para o Brasil e Porto Seguro (BA). No próximo dia 26, o museu completa um ano. Nesse período passaram por lá mais de 19 mil visitantes, 2,3 mil deles brasileiros.

No lugar dá para conhecer toda a história dos descobrimentos portugueses em 16 salas interativas. Na sala do Brasil, até o clima foi alterado para lembrar a temperatura dos trópicos.

O espaço funciona nas antigas casas da família de Pedro Álvares Cabral, no Solar dos Cabrais, construído no século 18 depois da destruição por um incêndio da outra residência da família, o Paço do Castelo de Belmonte.

É o primeiro museu dedicado à interpretação e divulgação dos descobrimentos portugueses. Ele permite que se viaje até o século 15, e o visitante pode sentir a viagem e todo o processo dos descobrimentos, desde a caracterização da população de Portugal e do Brasil, até a sua cultura.

Também são retratados aspectos como o clima tropical, a paisagem, a biodiversidade brasileira, as referências musicais e a cultura e a miscigenação entre os diferentes povos.

O museu conta com obras de artistas e fotógrafos portugueses e brasileiros, entre os quais se destacam Sebastião Salgado, Luciano Candisani, Alex Uchoa, Gilvan Barreto, Ana Mokarzel, AF Rodrigues, Gleice Bueno, Eneida Serrano, entre outros.

P.S.: este post foi programado com bastante antecedência. Estou em férias até 3 de maio e, como de costume, deixo para contar as “aventuras” desses dias de descanso depois. Mas o blog segue com material que preparei previamente. Um abraço!

Redescobrindo o centro de Porto Alegre

02 de abril de 2010 0

De volta a Porto Alegre depois de 16 anos fora, Cláudio Thomas, querido colega do Diário Gaúcho e colaborador deste blog, está redescobrindo o centro da cidade. Mandou texto e foto descrevendo um passeio do último sábado:

“O Centro de Porto Alegre sempre reserva boas surpresas. Duas delas eu conheci dia desses. Uma Viagem ao Centro da Luz pode ser conhecida na Rua dos Andradas, 1.223, realização do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo e do Museu de Eletricidade do Rio Grande do Sul.

Na exposição, o visitante conhece uma parte da história de Porto Alegre, com um passeio pelos costumes, estética, cultura, literatura e a importância da iluminação e da eletricidade.

Na foto ao lado, um anúncio
veiculado nos jornais da época
ressaltava a importância da
energia elétrica na vida das pessoas.

Serviço:

A visita é guiada e dura cerca de 30 minutos.

O acesso é gratuito.

Informações pelo e-mail cultural@cccev.com.br

Mais adianta, na própria Rua dos Andradas, está a imponente Igreja de Nossa Senhora das Dores. O prédio começou a ser construído em 1833 e levou mais de 90 anos para ser concluído. Está em processo de restauração, mas a beleza é impressionante com as linhas arquitetônicas do barroco português e um pouco do estilo alemão.”

Museu do Oratório em Ouro Preto

30 de março de 2010 0

OURO PRETO tem tradição nas comemorações religiosas da Semana Santa, com confecção de tapetes, encenações, missas e procissões.

A religiosidade é também atrativo turístico, e as celebrações atraem milhares de pessoas todos os anos.

Uma dica para quem vai passar o feriadão por lá é visitar o Museu do Oratório (a fachada na foto abaixo e exemplares da coleção mais abaixo). A coleção soma 162 oratórios e mais de 300 imagens dos séculos 17 a 20.

Serviço:

Museu do Oratório na Semana Santa

Visitas das 9h30min às 17h30min

Local: Adro da Igreja do Carmo, 28, no centro de Ouro Preto

Ingressos: R$ 2

Informações: www.museudooratorio.org.br ou pelo telefone (31) 3551-5369

Foi em Ouro Preto que, depois de muito procurar, comprei o oratório da foto abaixo, que tem valor artístico e religioso para mim.