Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Seminário traz nomes como Isay Weinfeld e Índio da Costa para discutir arquitetura e urbanismo no Instituto Ling

05 de November de 2015 0

Isay Weinfeld e Anthony Ling

Na quarta-feira (4/11), o Instituto Ling sediou um dos eventos mais promissores que Porto Alegre já teve na área de Arquitetura e Urbanismo. Promovido numa parceria entre o Instituto e a Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura do Rio Grande do Sul (Asbea-RS), o seminário Imaginário da Metrópole – Arquitetura da Vida da Cidade trouxe à Capital gaúcha painéis, debates e mesas-redondas comandados por Índio da Costa, Isay Weinfeld, Anthony Ling, Luis Antonio Lindau, Rafael Birmann, Aline Bueno e Marcia Braga. O coquetel de encerramento do evento teve cardápio assinado por Aluísio Sabino.

Denison Fagundes e Flavia Mu

Devido a um problema de saúde, Héctor Vigliecca, um dos palestrantes programados, não pôde comparecer ao evento, cedendo lugar a Clarice Castro Debiagi, vice-presidente da ASBEA nacional (e uma das organizadoras do projeto).

– A gente trouxe várias dimensões e várias escalas da cidade. Desde uma macro interferência, com um arquiteto como o Índio, de licitação pública, até chegar no Isay, que é a construção do espaço aqui de dentro, um espaço bem limitado – explica Clarice.

Clarice Castro Debiagi

Entre as soluções apresentadas para a melhoria da cidade que temos – em contraponto com aquela que imaginamos –, Rafael Birmann apresentou o conceito de placemaking, que tem por objetivo transformar espaços públicos em locais agradáveis.

– O exemplo mais interessante é o Bryant Park, em Nova York, uma área em que se tinha medo de entrar e que hoje é um dos lugares mais agradáveis da cidade. Não é só mudar o espaço físico, é fazer as coisas acontecerem. O que mais atrai as pessoas nos espaços públicos são as outras pessoas

Rafael Birmann

Leia mais
>>Héctor Vigliecca, Indio da Costa e Isay Weinfeld participam de seminário no Instituto Ling

Isay Weinfeld, responsável pelo projeto do Instituto Ling, emocionou-se ao pisar no local pela primeira vez depois de pronto:

– Eu fico envaidecido. É uma honra, fico muito tocado sempre. Ver ele pronto, sendo usado, com gente, é incrível para um arquiteto. Você imagina sempre como vai ser, mas ver realmente ele funcionando dá uma alegria muito grande – vibra.

Confira quem passou por lá:

Fotos: Andréa Graiz/Agência RBS

Envie seu Comentário