Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Iggy Azalea e um guilty pleasure

17 de abril de 2012 0

Um dos maiores guilty pleasures que tenho são mulheres rappers. Mas dessas que se esforçam pacas para serem exatamente iguais aos caras do meio. Cantam as mesmas coisas, mesmas gírias, mesmos gestos, mesmo repertório de impropérios, mesma verve machista e sexista, mesmos excessos travestidos de atitude, enfim. Deve ser pela total inadequação ao meio que o lance todo significa que eu não consigo passar batido por uma delas quando vejo um vídeo. Assisto mais de uma vez, até.

É um guilty pleasure tipo acidente de trânsito na rodovia: você sabe que a coisa é feia, sabe que não deve perder seu tempo com aquilo, mas mesmo assim diminui a velocidade para dar uma espiada. Incontrolável, por assim dizer.

E o exemplar dessa semana é novinho. Iggy Azalea. Uma louraça australiana que, de boca fechada, poderia fazer picadinho em qualquer passarela de fashion week, mas decidiu ser rapper. E rapper mesmo, do tipo gangsta, com toda marra, badulaques e boca suja que o gênero exige _ embora tenha mantido a pinta e pompa de modelete.


No final do ano passado ela lançou dois singles com seus respectivos vídeos. Um deles é esse aí abaixo, My World:

O outro é Pu$$y, que você pode ter o deleite de assistir a seguir. Pussy, aliás, é uma obsessão de Iggy Azelea, como dá para perceber neste outro vídeo aqui que não postarei porque este é um blog que minha mãe costuma visitar e não quero problemas no meu testamento.

O disco inteiro ela promete para ainda este semestre e deverá se chamar The New Classic. Mas até lá, a fila já deverá ter andado.

Envie seu Comentário