Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

#Náuseas

12 de agosto de 2014 0

Ensaio assinado pelo fotojornalista Diorgenes Pandiniatravés da sobreposição das imagens e da sensação nauseante de um excesso de informações e a atualidade.

diorgenespandini-5 diorgenespandini-1 diorgenespandini-2 diorgenespandini-8

Detalhes e a Feira da Sapatilha

31 de julho de 2014 0

Um pequeno passeio pela Feira da Sapatilha do Festival de Dança e alguns cliques de pequenos detalhes que me chamaram atenção e que eu gostaria de compartilhar com vocês!

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Foto: Diorgenes Pandini/Agência RBS

Um pouco mais de calma

23 de julho de 2014 0

Como em todas as profissões, o comum em trabalhar como repórter e repórter fotográfico é que estamos sempre apressados, correndo atrás do relógio. Mas no meio de toda essa correria conseguimos parar por alguns minutos, prestar atenção no que está a nossa volta e perceber algumas coisas que valem o registro.  Foi o que aconteceu na cidade de Rio Negrinho, em Santa Catarina. Confira a galeria fotográfica.

Fotos: Germano Rorato/Agência RBS

Terça-feira no Zoobotânico

22 de julho de 2014 0

A mistura de céu azul, sol e natureza é a condição perfeita para aproveitar o dia no Zoobotânico de Joinville. Bom para quem pode aproveitar esse lindo dia e desfrutar das belezas que o local oferece, confira as fotos.

Fotos: Germano Rorato/Agência RBS

Clics de música

18 de junho de 2014 0

A equipe de manutenção de câmeras Nikons, a Nikon Professional Services, resolveram brincar um pouco com os sons que a as máquinas fazem e com a ajuda do músico Andrew Kesler criaram essa música. É ou não é uma ostentação de câmeras?!

 

 

 

Fotógrafo brasileiro ganha destaque na Bienal de Arte de Asolo na Itália

06 de junho de 2014 0

 

Por  Ricardo de Vicq

Por Ricardo de Vicq

O fotógrafo Ricardo de Vicq está com uma de suas fotografias exposta na 3a Bienal de Arte de Asolo, em Treviso (Itália). É o único brasileiro, entre 198 trabalhos do mundo todo, selecionado para compor o evento cultural que vai até 15 de junho e reúne peças de profissionais em pintura, escultura, fotografia e gravura.

A fotografia de Ricardo de Vicq integra uma série de 22 peças intitulada “Meridiano 180″. São 22 colagens representando o processo de escolhas que fazemos ao longo de nossas vidas. “Essas escolhas se refletem em fatos e eventos que podem ocorrer décadas depois, resultado dos caminhos escolhidos e percorridos. A intenção foi explorar a sobreposição de camadas em que nos transformamos, como consequência das escolhas que fizemos ontem”, declara o fotógrafo que ainda revela seu objetivo em desenvolver uma exposição e um livro com esse material. 

Com experiências profissionais e artísticas diversificadas, de Vicq é um dos mais requisitados fotógrafos brasileiros para publicidade e design, principalmente no segmento gastronômico. Seu trabalho já foi reconhecido no Cannes Lions e New York Festival, com fotos para campanhas de Danone, Médicos Sem Fronteiras e jornal O Estado de S. Paulo. O fotógrafo também foi o único brasileiro a ter uma foto estampada na capa do anuário Graphis Photo, ao lado de profissionais internacionais como Herb Ritts e Annie Leibovitz. 

“Fico muito feliz em fazer parte da Bienal de Arte italiana, que avalia trabalhos de profissionais do mundo todo”, afirma Ricardo de Vicq, que iniciou a carreira de fotógrafo no Rio de Janeiro, em 1968. Na década de 80, já em São Paulo, clicou para as principais agências brasileiras e atuou em renomadas revistas como Super Interessante, Marie Claire, Vogue e Galileu.

Texto de Alexandre Spínola

O melhor #selfie de todos e a experiência do fotógrafo Cory Richards

04 de junho de 2014 1

Nunca se sinta confortavel: a experiência do fotógrafo da National Geographic Cory Richards.

Vídeo inspirador para qualquer aspirante ou fotógrafo profissional. Nesse relato, você conhece o que motiva Cory e todas as dificuldades pelo o que ele já passou. Quase choro de emoção e de vontade de ter um pouquinho só dessa vasta cultura. Esse deveser o sonho de qualquer fotógrafo documental: ter a chance de se relacionar e conectar com pessoas do mundo inteiro (pelo menos deveria ser). Ah, o vídeo é inteiramente em inglês, mas é facinho de entender. Mesmo que não consiga, vale assistir para ver suas belíssimas fotografias

#selfie de Cory Richards depois da avalanche

#selfie de Cory Richards depois da avalanche

Ps1: pra quem acha que #selfie não tem valor.

Cory Richards subiu a montanha do Himalaia e na descida sofreram uma avalanche. Quando se deu conta de que estava vivo, resolveu fazer o selfie do momento. Foi a forma como ele conseguiu lidar com a experiência de quase morte. Resultado? Seu selfie foi a capa da National Geographic. #omelhorselfiedetodosostempos.

 

Conheça o novo Instagram

03 de junho de 2014 0

A partir de hoje o aplicativo de fotografia e de redes sociais mais usado no mundo, o Instagram, terá uma grande atualização. Ele trouxe algumas das edições que usavamos em outros aplicativos para melhorar nossa fotografia. Ações como saturação, contrastes, vinheta, altas luzes, temperatura de cor, sombras e nitidez estão disponíveis a qualquer usuário. A nova ferramenta foi noemada como Creative Tools. Além disso, novos filtros serão incorporados no app. Os vídeos também foram melhorados para que não haja mais tantos erros na hora de postar.

tumblr_inline_n6erma1DHl1qm4rc3

A mudança, segundo o próprio blog do instagram, surgiu depois de milhares de pedidos para que os usuários pudessem trabalhar mais criativamente o tratamento das imagens. Assim, criaram a versão 6.0 do aplicativo. O aplicativo será disponibilizado em breve nas lojas de aplicativos.

 

 

tumblr_inline_n6ermuACUF1qm4rc3

Por Diorgenes Pandini @dpndn

As fotografias de ruas de uma babá misteriosa: Vivian Maier

02 de junho de 2014 1

vivian-maier-spotlight-18 A misteriosa fotógrafa-e-babá Vivian Maier é uma das maiores questões da fotografia atualmente. A pergunta que sempre me faço é o quê ela quis dizer com isso? Maier era indiscutivelmente uma artista. Sendo assim, por qual motivo essa mulher optou por nunca mostrar seu trabalho.Era só um passatempo solitário dela para ela mesma? Ela não acreditava na sua própria fotografia?  Ela premeditou ser descoberta depois de falecida? Ela não queria ser descoberta? E a pergunta mais difícil e filosófica que me faço: suas imagens sempre existiram ou passaram a existir a partir da hora que ela foi descoberta?

 

São essas questões que norteiam o documentário Finding Vivian Mayer, em que o cineasta faz uma série de investigações sobre a vida dessa pessoa e tenta nos dar as respostas mais próximas possíveis. Quem era a Maier?  Ela era uma babá na década de 50. Uma Babá fechada ao mundo e que viveu toda sua vida anônima. E que apesar de estar sempre com sua câmera no pescoço, na maioria das vezes uma rollerflex lindíssima, não há relatos de alguém que tenha visto suas fotografias enquanto ela vivia. Vivian sempre foi muito reservada em todos os aspectos de sua vida.   Nesse vídeo, em um texto ficcional, há um pequeno relato de como seria seu pensamento, baseado nas milhares de imagens que ela produziu. Em 2007, em um leilão, um historiador de Chicago comprou por 400 dólares uma caixa com mais de 30 mil negativos. A descoberta de suas fotografias mexeram o mundo das artes e de uma total e desconhecida anônima, ela se tornou uma das fotógrafas de rua mais conhecidas do mundo. O enigma Vivian Maier é mais do que o conhecimento de sua vida pessoal e misteriosa. Ao fazer uma analise superficial no material, percebeu que nada que continha naqueles filmes servia para a pesquisa que estava fazendo no momento. Só seis meses depois que ele resolveu parar para olhar mais atentamente ao material e descobrir belíssimas fotografias.  Não vejo a hora desse documentário aparecer por ferrar tupiniquins.

Post por Diorgenes Pandini

 

DICAS: Como melhorar o seu Instagram

29 de maio de 2014 0

4

Muito provavelmente vocês já conheçam esse aplicativo de edição de imagens no celular. Mas não vale reforçar para os desatualizado: o melhor aplicativo de edição de fotos para utilizar em apps sociais, como o Instagram, é sem dúvida alguma o Vsco Cam. Os filtros aplicados nas fotografias tem qualidade profissional e simulam diferentes tipos de filmes fotográficos. Não, não significa que ele irá salvar as suas fotografias perdidas, mas com certeza trará novas possibilidades expressão, seja você um entusiasta um um profissonal que trabalha com fotografia. O aplicativo é aberto e possui alguns filtros padrões. É possível de ampliar a quantidade de possibilidades de efeitos dentro do próprio Vsco. Alguns desses upgrades são pagos e outros gratuitos. O próprio aplicativo tem um tipo de Feed, batizado como Grid e alguns usuários do insta tem migrado para essa nova rede social de fotografia.

.1

Minhas fotografias compartilhadas no @instagram são todas tratadas com esse programa. Para deixar elas no formato original, utilizo o aplicativo Instasize que adiciona bordas na imagem.

 

Outras pequenas dicas

3

1 – Evite postar várias fotografias seguidas da mesma coisa, no mesmo local. É muito chato assinar um feed de alguém que está em um evento e compartilha milhares de imagens praticamente iguais, ao mesmo tempo, do mesmo evento.

2 – Evite clichês temáticos. Já foi a época de ficar fotografando prato de comida, na frente do espelho com roupa de academia, selfies exagerados e o tempo todo. Não que não possa fotografar esses temas, mas tenha consciência de que isso, de forma geral, interessa mais a você que aos seus seguidores.

3 – Entenda para quem você fotografa. Eu, como fotógrafo, uso o instangram como uma expansão do meu olhar peculiar sobre o cotidiano e sobre o meu dia-a-dia. Minha irmã, por outro lado, gosta de usar o instangram dela como album de família com fotos de suas pequenas. O público dela é muito mais familiar e ligado aos amigos proximos. O meu é todo e qualquer pessoa que goste de fotografia e de fotojornalismo. Fotografe o que quiser, mas entenda para quem você fotografa.

4 – Utilize o #Explorar do aplicativo. Houve algum tipo de reviravolta na programação do Instangram e agora o explorer está funcionando muito melhor e disponibiliza fotos do mundo inteiro ou de perto de você. Mas sempre levando em consideração o que você costuma consumir de imagem.

5 – Curta, comente. Mas curta o que você curte mesmo e comente o que faz sentido para você comentar. Nada forçado, para que seus novos seguidores não te vejam como alguém que só quer ser pop.

2

E fotografe muito. Veja fotografias, imagine fotografias. Pense em detalhes, em ângulos diferenciados, nas luzes que você vê. Certeza que com essas pequenas dicas você dará um belo boost no seu #instagram

 

Ah, e não deixe de seguir o jornal @anoticia no instagram.

 

Até a proxima

Diorgenes Pandini

Ps: todas as fotos desse post são da minha conta: @dpndn