Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de agosto 2010

Eu já volto

27 de agosto de 2010 10

Sei que ando afastado aqui do blog. Ando louco de vontade de voltar mas ainda estou com um monte de compromissos e problemas.

Só para matar a saudade coloco uma foto que fiz no Café Aquários hoje. Espero que gostem?

Imagens de Santa Vitória do Palmar e Chuy

17 de agosto de 2010 4

Estive em Santa Vitória do Palmar com o repórter Guilherme Mazuí para afzer uma matéria, que deverá sair no primeiro dia da Expointer, com o Seu Flor Amaral. Pretendo escrever um post sobre ele, que está com 89 anos, e ontem nos deu vários exemplos de como ser jovem.

Bom, mas aproveitando a viagem, fiz algumas fotos da cultua e da paisagem da fronteira. Fotografei o por-do-sol no Porto de Santa Vitória do Palmar, o Pórtico, Forte de San Miguel, no Chuy, e também as ovelhas da raça Ideal, criada pelo seu Flor na Cabanha Água fria.

Espero que gostem das fotos.

Beto Almeida deixa o Pelotas

17 de agosto de 2010 7

Foi confirmado agora a pouco a saída de Beto Almeida do E.C. Pelotas. Beto que participou de um projeto ambicioso do áureo cerúleo que iniciou em 2009, tirando o clube da segunda divisão do Campeonato Gaúcho e levando a final do segundo turno do Gaúchão 2010, vencendo o Grêmio no Olímpico e perdendo para o Inter na final.

Enquanto todos os jornalistas participavam de uma entrevista coletiva com  o presidente Luiz Antônio Melo Aleixo, que emocionado se dizia decepcionado com Beto, eu encontrei o treinador em frente ao estádio se despedindo do Ceará, uma torcedor fanático do Pelotas. Eu consegui que Beto me desse uma entrevista rápida antes de entrar no carro em direção a Caxias do Sul, onde vai treinar o Juventude.

Assista o Vídeo.

Findi de folga e Vitor Ramil

13 de agosto de 2010 0

Estarei de folga neste final de semana. Não sei se vou conseguir atualizar o Retratos da Vida, mas sei que será um final de semana típico de inverno em Pelotas. Frio, ventoso e cinza ideal para escutar uma boa música. Deixo aqui um vídeo que gravei do Vitor Ramil na casa dele estes dias.

Só para constar, o Dálmata que apareceu estes dias aqui no blog é o Mango e o seu dono é o Vitor Ramil.

Viajando com a equipe da ZH Pelotas

13 de agosto de 2010 1

Nos últimos 14 anos tenho andado pelas estradas da região sul do Estado fazendo reportagem. Não tem canto destes pagos que eu já não me meti com um repórter e um motorista. Já foram 13 repórteres e dois motoristas neste tempo todo. A gente sempre vai para a estrada sem ter idéia de quando vai voltar.

Esta semana o atual repórter, o Sancler, o Antunes que já é motorista da equipe há 8 anos e eu fomos até o fundão de Herval fazer uma matéria sobre um grupo de assentados que montaram uma queijaria. É um fundão que fica quase na divisa com o Uruguai, entre as cidades de Herval e Pedras Altas.

O lugar fica tão distante que não tem nem um lugar para a gente almoçar. Tivemos que comprar umas bolachas e um refrigerante guaraná em um armazém de campanha e degustar este banquete em cima da ponte do Rio Jaguarão-Chico.

Nauro, Sancler e Antunes

O dia foi longo, as refeições do dia foram bolacha, guaraná, queijo e claro e um iougurte artesanal.

Só para resumir, a viagem foi na quarta-feira e só hoje me recupero de uma indisposição estomacal que me causou vários transtornos nos últimos dois dias.

Nauro, Sancler e Antunes

Clique abaixo e viaje um pouco com a equipe da Zero Hora da Sucursal Pelotas.

Fim da tarde na Praia do Laranjal

10 de agosto de 2010 9

Gangorra Brapel em imagens

08 de agosto de 2010 3

Neste final de semana a dupla Brapel jogou em casa. As histórias das partidas tiveram um roteiro muito distinto. Se de um lado o Brasil precisava vencer o Juventude para continuar vivo na série C, do outro o Pelotas enfrentava o invicto Metropolitano de Santa Catarina. Se na partida de sábado à tarde o Xavante empatou com o time da Serra, na de domingo o Lobão acabou com a invencibilidade do time catarinense.

Siga parte das partidas em fotos.

No Bento Freitas, a xavantada compareceu em massa e apoiou o time durante todo o jogo.

Na Boca do Lobo os áureo cerúleos também compareceram para apoiar o time.

Antes da bola rolar os jogadores do Brasil esperançosos pousaram para os fotógrafos.

Os jogadores do Pelotas também tiraram fotos.

Com a bola rolando, os jogadores do Brasil tiveram dificuldade de manter a bola no pé.

Os jogadores do Pelotas dominaram a bola e a partida.

Se do lado xavante a bola não ia para o lado do gol adversário..

Do lado áureo cerúleo tinha Sandro Sotilli, que é matador, e marcou o gol da vitória…

Se do lado xavante o técnico Fahel Júnior se desesperava, e logo depois da partida seria demitido do cargo…

Do lado do Lobão Sotilli e Tiago Duarte comemoravam o gol que daria tranquilidade para Beto Almeida…

Se do lado xavante a torcida entrava em desespero e colocava fogo nas arquibancadas…

Do lado do Pelotas os jogadores comemoravam o dia dos pais tranquilamente com seus filhos…

Se na Baixada a torcida do Juventude comemorava o resultado da partida…

Na avenida, a torcida do Metropolitano se decepcionava com a primeira derrota do seu time na competição.

Quatro pais de Sofias

07 de agosto de 2010 6

São quatro pais de Sofia, ou melhor, três pais de Sofia e um de Sophia. Quatro fotógrafos que vivem da luz. Quatro anjos de luz, que vieram para iluminar a vida de cada um. Conheci Júlio, Ricardo e Elias em momentos muito distintos de minha vida. Quando iniciei no Grupo Sinos, em Novo Hamburgo, Júlio Cordeiro fazia parte de uma equipe de fotógrafos no jornal VS, que era referência para todos. Quando me despedi de Novo Hamburgo para fazer parte da primeira equipe do Diário de Canoas, Ricardo Wolffenbüttel estava chegando por lá. No Diário de Canoas encontrei o Elias Eberhardt, que sonhava ser fotógrafo e dava os primeiros passos com uma câmera na mão. Isso era no início da década de 90.
Cada um seguiu o seu destino. Através de nossas fotos, mandávamos notícias um para o outro, por onde andávamos. Lendo os créditos, eu sabia o que cada um dos três estavam fazendo. Mas um nome de menina fez nossos destinos se cruzarem novamente. Os quatro tivemos filhas, quatro Sofias. Tão perecidas em suas escências, tão diferentes em suas particularidades. Três nasceram em junho, uma em abril. Em um ano e dez meses nasceram as quatro. Quatro filhas de quatro amigos. Um quarteto que veio para iluminar as nossas vidas.
No Dia dos Pais, quero através destes quatro anjos de luz chamados Sofia, homenagear todos os meus amigos que são pais, fotógrafos ou não. Quero homenagear meu pai. Quero dizer para o Júlio, Ricardo e Elias, que somos privilegiados por sermos pais destas primcesas que vieram para nos unir, não mais pela fotografia, mas por sermos “quatro pais de Sofia”.
Pedi para cada um escrever algumas coisas sobre suas filhas. Data de nascimento, características. Enfim, leiam e vejam o que nossas Sofias tem em comum.

A minha Sofia é do signo de gêmeos. Chegou mais cedo, quase dois meses antes da hora. Nasceu em uma tarde fria de sábado. Era 18 de junho de 2005. Ela tem uma personalidade muito forte, cheia de autonomia, acha às vezes que manda na casa. Muitas vezes tenho que ser duro com ela. O nome Sofia foi escolhido por mim. Quando passei no vestibular para cursar filosofia, a Gabi (mãe da Sofia), me deu de presente o livro “O Mundo de Sofia”. Quando a Gabi ficou grávida, pensava que seria um, menino. Eu disse: “Vai ser menina, e vai se chamar Sofia”. Não deu outra. Sofia veio ao mundo para mudar toda a minha vida. Tudo se divide em antes e depois dela. Ele é uma criança especial, sensível, educada e que cativa as pessoas pelo seu jeito doce. Adoramos plantar árvores juntos e tenho certeza de que cada uma delas é uma semente para essa pequena defensora da natureza. Ela adora “cuidar do planeta”, além de ler seus livrinhos e fazer perguntas que nos deixam muitas vezes sem saber o que dizer. Sua cor preferida sempre foi o roxo, mas no momento o mundo para ela é rosa. Para mim essa pequena grande guerreira é como seu nome, pura sabedoria. Quero continuar aprendendo muito com esse ser especial que tenho o privilégio ter recebido de presente de Deus!


Sosô , ou Sofia Wolffenbüttel nasceu no dia 14 /08 /2006 em Caxias do Sul, praticamente no quintal de casa ,o hospital fica ao lado do nosso prédio.No dia que ela veio ao mundo era um dia relativamente quente de agosto aqui na Serra. Para aqueles que conhecem um pouco astrologia a Sofia é um típica Leonina, adora a luz de um palco e extrovertida quando representa e tímida quando não esta na frente dos holofotes. É uma menina geniosa e tem uma personalidade muito forte é carinhosa e amorosa na mesma intensidade que fica brava e briga até com a sombra. É muito desenvolvida pra idade no tamanho e inteligência. Quem sugeriu o nome foi a Juliana mãe da Sofia num daqueles papos de casal, “se tivéssemos uma filha ia se chamar Sofia ,era curto ,forte e com um significado lindo já que o sobrenome é complicado. Sem querer ou talvez por essas coisas inexplicáveis do mundo ao olhar para os olhos cor de mar da minha filha vejo uma alma antiga e muito sábia que veio pra esse mundo me ensinar à ser um ser melhor. -Ah! a cor não é a preferida e sim a única que existe no planeta e o rosa.

Beijos meu irmão e mais uma vez obrigado pela oportunidade de falar da minha melhor metade

Até

Ricardo Wolffenbuttel


Eu sou suspeito para falar da Sofia, como todo pai, claro. Vamos lá: Sofia Nasceu no dia 19 de abril de 2007. Um ano antes Fabiana tinha lido o Código Da Vinci e depois eu vi o filme, uma grande seleção foi feita ” Sabedoria” foi escolhida. Sua cor oficial é o Lilás, quarto , roupas….. Sofi é muito esperta, um exemplo: ” Pai hoje é dia da filhinha (segunda-feira ), ontem foi dia das mães” tive que comprar um presente, claro!
Grande abraço

Em tempo: Que o anjo da guarda proteja todas Sofias, ou melhor todas crianças.
Júlio Cordeiro


Minha Sofia nasceu no dia 08/06/2006. Escolhemos o nome, por achamos lind, pois foi sugerido pela Débora, mãe da Sofia. Ela é um pouco tímida se entrega aos poucos, diferente não digo, mas acho ela muito apegada a nós. Não sei , mas acho por que é filha única. Muito inteligente, pois absorve facilmente qualquer tipo de informação, já escreve o nome dela do pai da mãe e dos avós.
Sua cor predileta é rosa.

ESTA É MINHA PRINCESINHA.

GRANDE ABRAÇO

Elias Eberhardt

 

Abaixo deixo uma homenagem que Nando Reis(um pai se Sofia famoso) fez para a filha.

Siga o Retratos da Vida no Twitter: @nauropelotas

Bandeiras do Inter em Pelotas

06 de agosto de 2010 3

Hoje eu caminhava com meu amigo Fabrício Cardoso pelo centro de Pelotas, quando cruzávamos pela praça Cel. Pedro Osório o Fabrício me chamou a atenção para uma cena. Das bandeiras que estavam estendidas em um varal para serem vendidas apenas uma era do Grêmio, uma do Pelotas, duas do Xavante, todas as outras era do Inter.

Nada com um time que está ganhando. Há poucos dias fotografei um varal cheio de bandeiras áureo-cerúleas, foi quando o Lobão estava nas semifinais do Gauchão.

Esperamos que a dupla Bra-Pel vença neste final de semana para que na semana que vem as bandeiras dos clubes da cidade voltem a ser maioria.

Siga o Retratos da Vida no Twitter: @nauropelotas

Momento Amy Winehouse - Pelotas RS

06 de agosto de 2010 2

Uma gurizada fez este vídeo pelas ruas de Pelotas. Eu achei hilário e divido aqui com todos. 

Siga o Retratos da Vida no Twitter: @nauropelotas