Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de dezembro 2006

Baita iniciativa da prefeitura de Gravataí

28 de dezembro de 2006 0

Projeto /Prefeitura de Gravataí
O projeto Gurizada de Galpão, que a Prefeitura de Gravataí promove através da Fundação Municipal de Arte e Cultura (Fundarc) desde julho deste ano, oferece aulas de tradicionalismo para cerca de 500 crianças em seis CTGs e dois DTGs em situação regular com o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG). No horário inverso ao da escola, os pequenos aprendem a cantar, declamar, dançar, laçar, jogar truco, andar a cavalo e muitas outras atividades artísticas e campeiras. Para isso, o governo municipal disponibiliza R$ 3 mil por mês a cada entidade.

Crianças de seis a 17 anos recebem aulas nos centros de tradição em três enfoques: artístico (danças, música, declamação, etc), cultural (história e geografia gaúcha, mitos e lendas do Rio Grande do Sul) e campeiro (lida do campo, laço, montaria, churrasco e chimarrão, entre outros). Os jovens ainda recebem lanches e, no DTG Querência da Coxilha, ganham transporte de ida e volta para assistir as aulas, fornecido pela empresa Dana. Duas invernadas de dança, uma mirim e uma juvenil, estão sendo formadas para representar o projeto Gurizada de Galpão em eventos. Fonte: PM/ Gravataí

Postado por Giovani Grizotti

E viva a música gauchesca, tchê!

26 de dezembro de 2006 1


 O final do ano está chegando e os artistas que se dedicam à música gaudéria não tem o que se queixar. Agendas lotadas e bailes entupidos de gente não foram novidade para a turma do vanerão nos últimos doze meses. Alguns grupos chegaram a animar três festas por noite! Isso sem falar dos discos de ouro e da conquista de mercado fora das porteiras do Rio Grande. Para marcar esse sucesso, selecionamos para o Diário Gaúcho, na edição desta quarta-feira, alguns destaques nesse segmento em 2006.

Conjunto Campeiro
Os Monarcas A turma de Erechim comemora o melhor ano de sua carreira. Para Gildinho e companhia, 2005 começou bombando com o disco de ouro pelo CD “Só Sucessos”, entregue no mês de janeiro na cidade natal do conjunto. Em maio, a música chucra dos Monarcas cruzou a fronteira, invadindo os Estados Unidos, onde dois bailes foram animados pelo grupo. Outubro chegou e com ele a gravação do DVD ao vivo, o primeiro em 35 anos de estrada. Mais uma vez, sucesso absoluto: o centro de eventos Sítio Novo, em Joinville (SC), que serviu de palco para o show, recebeu cerca de 9 mil pessoas, um recorde absoluto de público.

Grupo de Tchê Music
Tchê Garotos A mistura de ritmos do Tchê Garotos fez o sucesso do grupo subir às alturas neste ano. Em baile animado pelos guris, quase não dá para dançar de tanta gente que aparece para maxixar. O jeito é rebolar, como eles próprios gravaram em uma de suas canções. Outra surpresa que marcou 2006 para a tribo de Marquinhos Ulian, Sandro Coelho & Cia: o troféu “Topo f Mind” como o grupo musical mais lembrado pelos gaúchos este ano, deixando para trás nomes consagrados como Nenhum de Nós e Papas da Língua. Isso ser falar de algumas músicas, como “Menininha”, que atingiram a parada nacional de sucessos.

Disco
Luiz Marenco Parada difícil, mas Luiz Marenco merece o título pelo CD Querência, Tempo e Ausência. Uma parceria que deu super certo com a mão amiga de compositores como Gujo Teixeira. Quem ouve algumas faixas do disco (mas tem que ser numa noite calma, sem barulho por perto) parece ter a sensação de estar no campo, ao som das estrelas e à luz da Lua. Campeiro uma barbaridade, o disco apresenta arranjos que misturam a pureza das letras que falam da estância com a sofisticação do violino, muito bem mesclado com o violão e a gaita. Não foi à toa que o trabalho chegou a ser pré-classificado para o Prêmio Grammy, o mais importante da música mundial.

Show
Cezar Oliveira & Rogério Mello Pátria Pampa, de Cezar Oliveira & Rogério Mello só arrancou elogios por onde passou. A começar pela gravação, no teatro da UCS, em Caxias do Sul. Ficou gente de fora porque não tinha lugar pra todo mundo entrar. O cenário é bala, com destaque para o logo que aparece na capa do CD (o desenho de um ginete no corcove de um cavalo) e ainda um telão apresentando imagens da lida campeira em São Borja, bem ao estilo da dupla. O público canta junto. Basta o Cezar gritar: “Pra bailar de…” para logo a platéia emendar, a uma só voz: “de cola atada!”. E dê-lhe gaita. Parecia difícil organizar um show campeiro dentro de um ambiente tão requintando como um teatro. Mas o resultado ficou um negócio. Depois da apresentação ao lado dos excelentes Nielsen, Diogo Caminha e Marcelo Caminha, fica uma pergunta: o que será melhor, o CD ou o show¿ Na dúvida, fique com os dois!!

Músicas
Candieiro e Cezar Oliveira & Rogério Mello “Coração, para que se apaixonou, por alguém que nunca te amou, alguém que nunca vai te amar”. Quem não dançou ao som de “Coração” em 2006? Pois quem a adaptou para o ritmo vaneirado foi a gurizada do Candieiro. Depois, repetiram a dose as bandas Tchê Guri e Tchê Garotos. Destaque ainda para “Pra Bailar de Cola Atada”, de Cezar Oliveira & Rogério Mello, que mereceu destaque neste ano por invadir os bailes pelo Rio Grande afora, saindo do universo dos shows da dupla. Isso porque muitos grupos apresentaram nos fandangos versões vaneiradas da canção, que está na boca da gauchada.

e aqui

Confira mais fotos aqui…

Postado por Giovani Grizotti

Os destaques de 2006

26 de dezembro de 2006 3

Dulce Helfer/Agência RBS
Os principais artístas do gauchismo se destacaram neste ano que está chegando ao final. Espetáculos, CD%27s, DVD%27s, Programas e muito público valorizando a música regional do Rio Grande do Sul.

 

Renato Borghetti

Consolida a sua carreira internacional. Várias andanças com sucesso pela Europa e também pelos Estados Unidos. %22 A gaita ponto que conquistou o campo  e a cidade%22.

Joca,Marenco,César e Rogério

A música mais de linguagem campeira também teve destaque. Os CD%27s de Joca Martins e Luiz Marenco mais o DVD de César Oliveira e Rogério Melo conquistaram grandes vendas no mercado discográfico do sul.

Os Fagundes

A família Fagundes viajou para várias querências neste ano (São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso  e todo o Rio Grande do Sul). Consolidando um projeto que teve início nos anos 50 na voz de Darcy Fagundes. Prá 2007 preparam uma parceria com a Galpão Crioulo Discos e a gravadora ACIT.

Tchê Music

A polêmica Tchê Music também se firmou nesse ano. Liderada pelo Tchê Garotos,Tchê Barbaridade e Tchê Guri, a galera da vaneira conquistou  o povo gaúcho e rodou em todas as festas. Entra o ano novo com espaço no Planeta Atlântida – a maior festa popular do sul do Brasil.

Os Festivais

Com toda a dificuldade financeira, o movimento dos festivais nativistas sobrevive do talento da nossa gente. Destacam-se Pirisca Grecco, Érlon Péricles, Ricardo Martins, Rodrigo Bauer, Marcelo Oliveira, Ângelo Franco e tantos outros nomes .

Galpão Crioulo e Rádio Rural

O programa Galpão Crioulo (RBS TV) chega fortalecido no final no ano. Rumo a 25 anos na televisão é o principal espaço do Regionalismo gaúcho na TV brasileira (Canal Rural). Com a chegada de Neto Fagundes para apresentar ao lado de Nico Fagundes o Galpão, o programa ganhou força na juventude de Neto. Mostrando que a tradição não tem medo do tempo. Outro destaque na divulgação da nossa música vem pelas ondas do Rádio (AM 1120). A rádio rural completou 7 anos tocando todas as tendências da música regional do Rio Grande.

Um abraço gauchesco, brasileiro e latino americano.

Que venha 2007!!!!!!!!!

Postado por ErnestoFagundes

Novidades na Cavalgada do Mar

22 de dezembro de 2006 3

Grupo organiza a cavalgada 2007
Marcada a data da 23a Cavalgada do Mar. A festança gaudéria começa dia 10 de fevereiro em Torres e termina dia 17 em Granja Vargas, Palmares do Sul. Serão 240 quilômetros pela praia, com oito paradas para acampamento. A espectativa é de 3 mil cavalarianos. Várias novidades estão sendo estudadas para 2007, como a criação de um seguro de acidentes pessoais para os participantes, além de inscriões pela Internet. Na noite desta quinta-feira, o grupo responsável pela organização esteve reunido no sítio do comandante Vilmar Romera, na Zona Sul de Porto Alegre.

Postado por Giovani Grizotti

Os Fagundes em Santa Catarina

20 de dezembro de 2006 0

Divulgação/clicRBS
Os Fagundes estão chegando

como a noite vão e vem

já que saíram cantando

chegam cantando também.

Nico,Bagre,Neto e Ernesto estão de volta à Santa Catarina.

Dia 23/12  Os Fagundes  fazem um grande espetáculo de Natal em Joaçaba à convite da RBS Centro Oeste. O show será na Praça da Catedral às 21 horas.

O repertório é o mesmo do DVD dos Fagundes gravado ao vivo no Theatro São Pedro em Poa, incluindo alguns clássicos natalinos.

No palco: Nico,Bagre,Neto,Ernesto,Paulinho Fagundes,Lucas Esvael,Ricardo Arenhalt e Leandro Rodrigues.

Uma festa em família que transborda do palco para a platéia.

Um espetáculo para gaúchos e gaúchas de todas as querências.

 

 

Postado por ErnestoFagundes

Rock de Galpão

20 de dezembro de 2006 0


O cantor Neto Fagundes e a banda Estado das Coisas fazem a festa de encerramento da programação cultural do Dado Tambor em Porto Alegre.

Dia 21/12  às 22 horas o palco do Dado recebe a mistura de nativismo com rock. Batizado por Bagre Fagundes ( pai de Neto Fagundes ) como %22Rock de Galpão%22.

No repertório: Semeadura (Fogaça e Vitor Ramil), Colorada (Rillo e Barbará), Haragana (Quico C. Neves), Canto Alegretense (Nico e Bagre Fagundes) entre outros clássicos com uma sonoridade mais pesada.

Logo,logo o público poderá adquirir o CD do projeto.

Vale à pena conferir. É a música gaúcha abrindo fronteiras!

Postado por Ernesto Fagundes Poa

A festa da poesia em Caxias do Sul

18 de dezembro de 2006 4

Melhor intérprete: Romeu Webber, de Osório /Daniela Xu/Pioneiro
Teve dobradinha familiar entre os vencedores da 2ª Querência da Poesia Gaúcha, realizada sábado à noite, em Caxias do Sul. Romeu Webber, de Osório, venceu como melhor intérprete, e o sobrinho, Carlos Aurélio Webber, de Lajeado, arrematou o segundo lugar na mesma categoria. “Quando o Sol Caiu” de Carlos Omar Vilella Gomes, de Santa Maria, foi escolhido o melhor poema. O concurso ocorreu na Casa do Gaúcho, localizada no bairro Sagrada Família, e reuniu aproximadamente 200 pessoas. Por lá, o público mostrou que a poesia está na alma e na voz dos tradicionalistas.
A platéia agüentou o calor intenso e permaneceu das 20h30min até a 1h para saber quem seriam os melhores intérpretes, amadrinhadores e autores entre 131 poesias participantes.
Para quem não está familiarizado com o vocabulário, vale a explicação: amadrinhadores são os músicos que acompanham o intérprete do poema, geralmente ao violão. Fonte: Janaina Silva/jornal Pioneiro.

Leia a reportagem completa publicada no jornal Pioneiro

Leia o poema vencedor, de Carlos Omar Vilella Gomes

Postado por Giovani Grizotti

Prefeitos bons de laço

15 de dezembro de 2006 0

A Festa Campeira do Rio Grande do Sul contará com a participação de prefeitos e vice-prefeitos na modalidade prova de laço, em sua 19ª edição. A novidade foi anunciada hoje na primeira reunião da Comissão Organizadora do evento, realizada na sede da prefeitura de Gravataí. A inclusão da categoria tem como objetivo aproximar os representantes municipais da tradição e como um incentivo para a realização de atividades tradicionalistas em suas localidades.

A FECARS acontece de 15 a 18 de março de 2007, no Parque de Eventos Ireno Michel, em Gravataí. Segundo o presidente do MTG, Manoelito Savaris, “Gravataí é um dos municípios que mais apóiam o tradicionalismo no Estado”.

Em 2006, a festa reuniu mais de 50 mil pessoas entre público e participantes. Foram 1,8 mil inscritos nas provas campeiras e 750 competidores nas provas esportivas.

Postado por Giovani Grizotti

Gaitaço em São Leopoldo

15 de dezembro de 2006 0


Na segunda-feira passada, o empresário Oneide Ferreira reuniu em seu galpão 30 aprendizes de gaiteiro, colegas do filho Lucas, de 10 anos. São todos alunos do professor Rodrigo Lucena, (ex-integrante do conjunto Os Mirins). “Nunca ví nada igual, é uma noite que nunca será esquecida”, lembra o empresário. Ele tem razão: se um gaiteiro já é bom, imagina 30!! Localizado no pátio da indústria de Oneide, o galpão é uma espécie de CTG particular, por onde já passaram grandes nomes de nossa música, como Os Serranos, Os Monarcas, Chiquito & Bordoneio e João Luiz Correa.

Postado por Giovani Grizotti

CTG Campeiros do Sul comemora 46 anos

14 de dezembro de 2006 0

O CTG Campeiros do Sul, pioneiro em Alvorada, está comemorando 46 anos de existência. Para isso, programou uma série de atividades para esta semana, informa a mais recente edição da Rede de Informações da 1ª RT, organizada por Valdemar Engroff. Destaque para a tertúlia livre nesta sexta-feira e jantar-baile com o grupo Oh de Casa, no sábado. Em Gravataí, o CTG Aldeia dos Anjos promove, também no sábado, jantar-baile de posse da nova patronagem. A animação será por conta de Porca Véia e Grupo Cordeona. E não te esqueçe que na terça-feira Os Serranos vão estar na Sociedade Gaúcha de Lomba Grande, em Novo Hamburgo. Dê-lhe baile gauchada!

Confira a rede de informações da 1ª RT

Postado por Giovani Grizotti

União tradicionalista tem nova diretoria em Viamão

14 de dezembro de 2006 0

A União Tradicionalista Viamonense (UTV) convida para a posse da nova diretoria da entidade e a colocação das faixas e crachás nos peões e prendas escolhidos no concurso que aconteceu no mês passado no galpão do CTG Alegria dos Pampas. A cerimônia acontecerá nesta sexta-feira, dia 15 de dezembrro de 2006, no CTG Pealo da Estância, na Rua Dario Gonçalves Molho, Vila Augusta. Confira a programação: 20h30min – jantar festivo a R$ 5,00; 20h45min – colocação de faixas e crachás nos peões e prendas; 21h30min – cerimônia de posse da nova diretoria; 22:00 – apresentação das invernadas artísticas; 22:30 – tertúlialivre com artistas locais. Mais informações com Ricardo Baldez – 0xx51.3045.3866 – 91198433; Celso Broda – 0xx51.3492.2553 – 98436201; Comasseto e Jéssica –0xx51.3442-5902

Postado por Giovani Grizotti

Poesia em Caxias do Sul

13 de dezembro de 2006 0


A Casa do Gaúcho, em Caxias do Sul, sedia no próximo sábado a 2a Querência da Poesia Gaúcha. O festival começa a partir das 20h30min, com doze concorrentes. A noite terá show com João de Almeida Neto e Assis Carvalho e Os Pajadores. Na ocasião, também serão lançados o livro e o CD alusivos ao evento.

Confira os concorrentes

Postado por Giovani Grizotti

Há mais sul em meu rosto

12 de dezembro de 2006 1

Há mais sul em meu rosto

Quando chego em tua casa

irmão de cavalos mansos

irmão de terra lavrada

irmão de rastro e pegada

Com os versos de Sérgio Metz (Jacaré), Carlos Cachoeira lança em Porto Alegre dia 14 de dezembro no Teatro Túlio Piva, às 20horas o seu 1ºCD solo – %22Há mais sul em meu rosto%22.

Carlos Cachoeira reúne parcerias do primeiro time da música criada no sul. Como: Sérgio Jacaré, Luiz Carlos Borges, Vinícius Brum e Sérgio Napp.

No palco ao lado de Carlos Cachoeira, Leandro Rodrigues -Acordeon, Giovani Bérti-percussão, Texo Cabral-Flauta, Marcelo Lehmann-teclado, Beto Bollo-violão e Dudu yugueiros-baixo.

Carlos Cachoeira iniciou sua carreira com o Grupo Horizonte nos anos 80. E depois ajudou a fundar o Tambo do Bando, premiadíssimo nos festivais nativistas.

O Cd conta com participações especias de Nei Lisboa e Zé Caradípia.

O CD %22Há mais sul em meu rosto%22, de Carlos Cachoeira, está à venda nas principais lojas do Rio Grande do Sul.

 

Postado por Ernesto Fagundes

Martin Fierro

11 de dezembro de 2006 0

Divulgação
A obra literária mais importante da América Latina %22El Gaucho Martin Fierro%22 (1872) escrita pelo argentino José Hernández em Santana do Livramento (primeira parte) inspirou um dos principais festivais de música nativista do nosso Estado. Um Canto para Martin Fierro, que acontece de 15 a 17 de dezembro no Ginásio Guanabara em Livramento.

Além das 16 músicas concorrentes, no palco do Festival destacam-se os shows de Elton Saldanha, Joca Martins e da maior Chamamecera da América Latina – Teresa Parodi, no dia 17 de dezembro.

Aquí me pongo a cantar

al compás de la vigüela,

que el hombre que lo desvela

una pena estraordinária,

como la ave solitaria

con el cantar se consuela.

O festival %22Um Canto Martin Fierro%22 terá transmissão ao vivo pela Rádio Rural AM 1120.

Postado por Ernesto Fagundes

Serranos, sim senhor!

10 de dezembro de 2006 0


Um dos principais destaques de nossa música, o grupo Os Serranos, recebe nesta quarta-feira o prêmio Vitor Mateus Teixeira (Teixeirinha) na Assembléia Legislativa, em Porto Alegre. Reconhecimento merecido a essa gauchada que nunca esqueceu das nossas raízes, levando a música do Rio Grande para os quatro cantos do pago. E não importa se o palco é bailão ou CTG. O importante é difundir nossas tradições através da gaita, guitarra, baixo e bateria. E isso eles sabem fazer melhor do que ninguém. O grupo já possui 23 discos gravados e foi fundado em 1968, em Bom Jesus. Parabéns!

Postado por Giovani Grizotti

Confira a programação do fim-de-semana nos CTGs

08 de dezembro de 2006 2

Já está disponível a edição número 107 da Rede de Informações da 1a Região Tradicionalista. Confira a programação dos CTGs da Grande Porto Alegre, textos sobre a origem da bombacha e até um puxão de orelhas em um centro de tradições gaúchas de Santa Catarina que andou promovendo uma festa “rave”. Aliás, eventos alienígenas à nossa cultura tem sido rotina em alguns desses locais. É a forma encontrada por algumas entidades para sobreviver. Está na hora de o MTG refletir um pouco sobre isso.

Rede de Informações da 1a RT

Postado por Giovani Grizotti

Negrinho do Pastoreio ganha santuário

07 de dezembro de 2006 0

Solange e sua obra/Andréa Graiz
Essa eu adorei !!!! Ao homenagear um dos personagens mais conhecidos das lendas e mitos gaúchos, a artista plástica Solange Rodrigues, 55 anos, de Porto Alegre, não imaginava que estaria criando um altar dentro do próprio pátio de casa. Numa parede de 13m de largura e de 4m de altura, que faz divisa com outro pátio, Solange pintou a imagem do Negrinho do Pastoreio vigiando o pasto de uma estância, sob os olhares de Nossa Senhora. A obra, iniciada em 2003, ainda está incompleta, mas isso não impediu que devotos do Negrinho iniciassem uma romaria ao local para agradecer a graças atendidas.

No Estado, o personagem é conhecido por ser capaz de localizar algo perdido. Se a graça for alcançada, deve-se acender uma vela e rezar um Pai-Nosso ao Negrinho. Depois que uma amiga da artista plástica viu a obra e teve um pedido alcançado, a pintura tem se tornado ponto de encontro de devotos.

– Não imaginava que a obra virasse ponto de devoção. Agora, quero terminar os outros 4m que faltam para ela ficar completa – disse Solange ao jornal Diário Gaúcho.

A reportagem completa está na edição de hoje do jornal.

A história

 A lenda do Negrinho do Pastoreio é muito popular no sul do Brasil. Nos tempos da escravidão, havia um estancieiro malvado. Num dia de inverno, fazia muito frio e o fazendeiro mandou que um menino negro fosse pastorear cavalos e potros recém-comprados.

No final do tarde, quando o menino voltou, o estancieiro disse que faltava um cavalo baio. Pegou o chicote e deu uma surra tão grande no menino que ele ficou sangrando. Aflito, ele foi à procura do animal. Em pouco tempo, achou ele pastando. Laçou-o, mas a corda se partiu e o cavalo fugiu de novo.

Na volta à estância, o patrão, ainda mais irritado, espancou o garoto e o amarrou, nu, sobre um formigueiro. Dias depois, quando ele foi ver o estado de sua vítima, tomou um susto. O menino estava lá, mas de pé, com a pele lisa, sem nenhuma marca das chicotadas. Ao lado dele, a Virgem Nossa Senhora, e mais adiante o baio e os outros cavalos. O estancieiro se jogou no chão pedindo perdão, mas o negrinho nada respondeu. Apenas beijou a mão da Santa, montou no baio e partiu conduzindo a tropilha.

A história correu a região e muitos acenderam velas e rezaram o Pai-Nosso pela alma do judiado. Quando qualquer cristão perdia uma coisa, pedia para o Negrinho campear para achá-la. Mas ele só entregava a quem acendesse uma vela, cuja luz era levada para o altar da sua madrinha, a Nossa Senhora, que o salvou e deu-lhe uma tropilha, conduzida por ele sem ninguém ver.

Postado por Ju Lessa

Prenda Minha não é gaúcha!

06 de dezembro de 2006 5

Miles Davis/reprodução/clicRBS
Quem me passou essa curiosidade foi o colega de clicRBS, Bruno Neumann. Ele estava escutando música e ai me mostrou um som instrumental em trompete do músico Miles Davis (um dos, ou o maior jazzista norte-americano). Tchê, fiquei surpreso, não é que a música %22Song nº 2%22 é a réplica da nossa folclorissíma Prenda Minha.

Pesquisando na Internet, descobri que Davis gravou e registrou a música nos anos 60 juntamente com o colega de Jazz, Gil Evans. Apesar de ser uma música de domínio público, por ser  de autoria desconhecida, Prenda Minha é patrimônio do Rio Grande e, por descuido de nossos músicos, foi virar coisa de estrangeiro. Lamentável, né?

- Um pouco de história:

Segundo o site RS Virtual, o primeiro registro da famosa estrofe %22Vou-me embora, vou-me embora, prenda minha…%22 é datada de 1880, feito por Carlos Von Koseritz. No livro %22Assim Cantam os Gaúchos%22, de 1984, a melodia teria sido recolhida por Teodomiro Tostes, ainda nos anos 20, a partir dos acordes de um velho gaiteiro. A origem da toada mais conhecida no Rio Grande estaria no refrão com origem nos Açores, pois naquele arquipélago lusitano é tradicional uma cantiga de tirana com o seguinte refrão:

Tirana atira, tirana,
Vem a mim, tira-me a vida:
A prenda que eu mais amava
Já de mim foi suspendida…

Postado por Daniel Freitas

Rodeios agitam gauchada

05 de dezembro de 2006 0

Dois rodeios prometem movimentar o final de semana da gauchada. Em Santo Antonio da Patrulha, o CTG Coronel Chico Borges promove a partir de sexta-feira o XXII Rodeio Crioulo Nacional. Haverá provas campeiras, artísticas e bailes animados pelos grupos Jean e Juliano e Gaitaço.com. Para entrar no parque, com acesso pela RS 030, os visitante pagam três reais e mais cinco reais para estacionar o carro. O ingresso aos fandangos é gratuíto. Em Antônio Prado, na Serra gaúcha, a festa acontece na sede campeira do CTG Cancela do Imigrante, que promove o X Rodeio Crioulo Nacional. O evento começa nesta quarta-feira e prossegue até domingo, com expectativa de público de 20 mil pessoas. A patronagem espera dois mil competidores na artística e na campeira, em provas como danças tradicionais, declamação e tiro de laço. Já confirmaram presença representantes de Santa Catarina, Paraná e do Paraguai. Os vencedores disputarão quatro motos e mais 15 mil reais. Nesta quinta-feira acontece baile gratuíto com o grupo Chão Nativo. Na sexta-feira, o fangango será com Walther Morais e grupo Balanço de Galpão (ingressos a quatro reais para as mulheres e oito reais para os homens). No sábado, a animação será do conjunto Os Mateadores (ingressos a 10 reais para as mulheres e 12 reais para os homens). O ingresso ao parque custa dois reais (entre quarta-feira e sexta-feira) e no sábado e domingo três reais.

Postado por Giovani Grizotti

Vencedor do Musicanto é de Santa Maria

04 de dezembro de 2006 1

Música de Érlon Péricles (vermelho) é a vencedora/Paulo Vilani, Agência RBS
A diversidade de sons foi a marca da 21ª edição do Festival Sul-Americano de Nativismo, o Musicanto, terminou nesta madrugada. Entre ritmos e letras, a música vencedora é de Santa Maria. A composição Milonga Pra Mim, de Érlon Péricles, foi a grande estrela da noite.

As centenas de pessoas que compareceram ontem ao Parque de Exposições de Santa Rosa, além de conhecer as músicas finalistas também puderem se divertir com o show de Tangos e Tragédias.

Representantes de quatro Estados brasileiros e do Uruguai, Chile e Argentina participaram do evento.

Veja a matéria do Bom Dia Rio Grande

Postado por Ju Lessa