Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Políticos na Cavalgada do Mar

23 de fevereiro de 2010 13

Cavaleiros do mar durante passagem por Tramandaí, hoje/Antenor Tatsch Jr./ Especial ClicRBS

Pela primeira vez, alguns políticos estão participando da Cavalgada do Mar. Além da Yeda, que esteve na abertura no sábado e hoje recerá homenagem em Imbé, também circularam pelos acampamentos os deputados estadual Paulo Azeredo (PDT) e federal Afonso Hamm (PP).

Afinal, é ano eleitoral não?

Mas a cavalgada é maior do que a política. Aliás, o que acham do comentário feito pelo Tulio Milman, em ZH, hoje? Escreve ele, sob o título “Ãos”:

Levar um cachorro para passear na beira da praia é infração. Levar 3 mil cavalos é tradição.

Aliás, hoje a Rádio Gaúcha noticiou que dois cavalos morreram durante o trajeto dos cavaleiros, em Palmares do Sul. Todo ano acontece isso, aliás. Alguns animais não suportam o tranco, de 240 quilômetros à beira-mar.

Postado por Giovani Grizotti

Comentários (13)

  • Gustavo Azevedo diz: 25 de fevereiro de 2010

    Engraçado é que, quem aqui está criticando, não deve no mínimo fazer algo para melhorar a limpeza das praias, da saúde no estado, da educação, da “corrupIção”, exatamente, Sirvão nossas façanhas de modelo, pois alguem ainda anda unido pela mesma causa neste estado e não fica por ai se isentando de qualquer culpa! Tenho dito.

  • Maria diz: 25 de fevereiro de 2010

    Parabéns pela frase Tulio Milman
    Os gauchos precisam ser mais coerentes.
    Se um cão não pode ir a praia, por que “suja a areia” imaginem 3 mil cavalos fazendo coco

  • celso daniel streda ribeiro diz: 23 de fevereiro de 2010

    IMAGINA POVO GAUCHO , TODOS ESTE PELOTÃO DE CAVALEIROS FAZENDO UMA CAVALGADA PARA REVINDICAR MAIS ESCOLA , SEGURANÇA, ESTRADAS SEM BURACOS, AGUA , LUZ, LEIS PARA NOSSA CULTURA , CONTRA A CORRUPIÇÃO E PORAI SE VAI, NÃO SOMOS UM POVO DIFERENTE ? RSRSRSR E DEPOIS VAO CANTAR , SIRVÃO NOSSAS FAÇANHAS HIPOCRESIA PURA , O POVO TEM AS LEIS QUE MERECE O O GOVERNO QUE TEM TENHO DITO

  • José Carlos diz: 26 de fevereiro de 2010

    Políticos em ano de eleição participam até de colação de grau em pré-escola. Sou da opinião que, em cima de um cavalo, um político não está exercendo nenhuma atividade, seguindo esse princípio teríamos que citar a profissão de cada cavalariano (médicos, advogados, professores…) e isso não acontece por razões óbvias. Os políticos são oportunistas, e se a imprensa “morde essas iscas” junta-se a fome (de aparecer!) com a vontade de comer.

  • Soraya diz: 24 de fevereiro de 2010

    Absurdo sob qualquer aspecto. Só para aparecer em fotos, sacrificam os animais até o limite da morte. Mas é fácil, é só substituir por outro e continuar aparecendo. Grandes herois produz o RS. Que vergonha!

  • ana diz: 23 de fevereiro de 2010

    Animais morrem em cavalgada

    Dois cavalos que participavam da 26ª Cavalgada do Mar não resistiram. As mortes aconteceram no sábado, entre a localidade de Bacupari e a praia de Dunas Altas, em Palmares do Sul.

    Presidente da Fundação Cultural Cavalgada do Mar,Vilmar Romera atribuiu as mortes ao estresse a que os animais foram submetidos e à falta de preparação física para a atividade. Além disso, outro fator que pode ter influenciado é a água não tratada consumida pelos animais .

  • Rafael J diz: 27 de fevereiro de 2010

    Esses cavaleiros de araque deveriam tirar o traseiro gordo da sela e fazer o trajeto a pé. Talvez assim perdessem suas panças ridículas.

  • marcioli pereira diz: 25 de fevereiro de 2010

    letra de Angelo franco
    Esta parada que eu carrego no meu jeito
    Vem do meu peito embriagado de ideal
    Eu sou de um povo que se fez a ferro e fogo
    Guardando posto no Brasil meridional
    A cada dia que o Brasil fica mais velho
    Eu me revelo mais gaúcho e brasileiro
    Pena que os olhos do país às vezes turvam
    E nos enxergam muito mais como estrangeiros

    tradição e alma devem ser sempre lembradas

  • Portalete diz: 24 de fevereiro de 2010

    A cavalgada não é feita sem planejamento. Pensam que é só encilhar os cavalos e sair mundo afora? Há toda uma equipe de apoio, desde veterinários até uma equipe de limpeza que vem logo atras dos cavalarianos. Já cruzei pela praia logo após a cavalgada. Tirando as marcas de casco na areia, nem um outro sinal havia de que a cavalgada teria passado por ali. Fica mais limpo que fim de tarde depois que os veranistas vão embora, deixando papel de picolé, copo de sorvete, latinha de cerveja.

  • ayda molinelli diz: 24 de fevereiro de 2010

    bueno a vinte seis anos tem calvagada do mar agora quer colocar defeito???

  • Fabio diz: 23 de fevereiro de 2010

    Concordo 100% com o Túlio. É um absurdo fazer isso em plena temporada. Uma total falta de higiene e respeito. Se os “cavaleiros” e as “amazonas” não se importam que os seus filhos brinquem na areia suja de bosta, tem gente que se importa. Para manter a tradição, deveriam fazer a cavalgada no interior “do” Alegrete, ao invés de ir se exibir na beira da praia. E não admira que cavalos morram, porque alguns “cavaleiros” são mais gordos que vacas leiteiras. Nem elefante aguentaria.

  • Carlos Rosado diz: 23 de fevereiro de 2010

    Mudando de assunto,

    O Luiz Claudio não ia usar bombacha nos garotos?

    Por favor Grizotti não dê espaço pra esse cara, novamente. Não sou Tradicionazista mas ele tá tirando todo mundo.

  • MARCELO LIMA diz: 23 de fevereiro de 2010

    EU QUERIA SABER QUEM VAI LIMPAR TODO O ESTERCO DOS CAVALOS QUE FICAM NA BEIRA DA PRAIA ESTRAGANDO O LAZER DOS VERANISTAS ´DEPOIS QUANDO FALAM DO MOVIMENTO FICAM BRAVOS´´NÃO HA NECESSIDADE DE PASSEAR DE CAVALOS NA PRAIA SUJANDO-AS MAIS DO QUE JA SÃO.

Envie seu Comentário