Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Câmara pede notas fiscais da Semana Farroupilha

18 de maio de 2010 7

Savaris (centro). Explicações na Câmara. Foto: Elson Sempé PedrosoNo site da Câmara Municipal de Porto Alegre. Repare que o vereador João Bosco Vaz refere as contas da Semana Farroupilha como uma “caixa preta”:

As notas e recibos referentes à prestação de contas da Semana Farroupilha de 2009 deverão ser apresentadas em 15 dias à Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana da Câmara Municipal de Porto Alegre. O encaminhamento foi feito ao final da reunião da Cedecondh nesta terça-feira (18/5). O proponente do encontro e vice-presidente da comissão, vereador Adeli Sell (PT), disse que os dados constantes no relatório estão incompletos e que os vereadores têm o direito e a obrigação de ter acesso aos números corretos.

Afirmou que sempre defenderá a Semana Farroupilha por considerá-la sócio-cultural e turística, mas que é preciso haver transparência. O presidente do IGTF e da Comissão Estadual dos Festejos Farroupilhas,  Manoleito Savaris, afirmou que a Semana Farroupilha é o evento que mais cresce no Estado e que recebe do poder público R$ 200 mil (Prefeitura) e R$ 50 mil (Estado), o que representa 11,5% de dinheiro público. Esclareceu que outras verbas advindas são da CEEE, Banrisul e Petrobras, que são consideradas como publicidade. Observou que as novas exigências, principalmente por parte da Secretaria Municipal da Saúde, aumentaram muito o custo com infraestrutura.

Informou ainda que a apresentação de documentos contábeis é de competência da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore e que não pode garantir a sua apresentação. Justificou, ainda, que há um documento “mentiroso” circulando na Câmara motivando desconfiança no MTG. O representante da Secretaria Municipal da Cultura e presidente da comissão municipal da Semana Farroupilha, Vinicius Brum, garantiu que no que se refere aos recursos da Prefeitura, houve prestação de contas dos gastos da Semana Farroupilha de 2009 e que foram auditadas e aprovadas. Disse que toda documentação está à disposição dos vereadores.

O vereador João Bosco Vaz (PDT) disse que é preciso esclarecer a “caixa preta” e observou que os piquetes nada têm a ver com o assunto. O presidente da Cedecondh, DJ Cassiá (PTB), disse que o objetivo da comissão é buscar esclarecimentos e não enfrentamento e que só em último caso serão utilizadas outras prerrogativas do Legislativo, como convocação e até intervenção do Ministério Público, como chegou a ser sugerido por Adeli Sell.

A sugestão de que seja apresentada a documentação contábil foi feita pelo vereador Bernardino Vendruscolo (PMDB). Também participaram da reunião os vereadores Maurício Dziedricki (PTB), Engenheiro Comassetto (PT) e Paulo Marques (PMDB), além de vários tradicionalistas.

Clique aqui e ouça a reportagem da Rádio Gaúcha.

Comentários (7)

  • José Vilmar de Medeiros diz: 18 de maio de 2010

    Quero afirmar a minha perplexidade com o montante gasto só na Capital, me parece que nos aqui do interior não merecemos o devido respeito. Aqui em Livramento onde acontece um dos maiores desfiles do Estado com 7.000 cavaleiros uruguaios e brasileiros,sobra a mixaria de 12.000 e não é do MTG é do Gov. do Estado, quero que essa verba permaneça mas que seja distribuida equitativamente para todo o Estado. Quanto ao demais não acredito em desvio, mas vamos aguardar os acontecimentos. QUERO FAZER UM PEDIDO PARA O PRÓPRIO MTG, QUE ESSE ASSUNTO NÃO SEJA DE CARACTER INTERNO E SIM DE CONHECIMENTO DE TODO O RIO GRANDE, PARA QUE POSSAMOS VOLTAR A TER CREDIBILIDADE QUE SEGUNDO ALGUNS CANDIDATOS NÃO EXISTE MAIS.

  • Paulo Silva diz: 19 de maio de 2010

    Bueno…aí o “furo é mais embaixo…”, mexer com dinheiro público é perigoso….Espero que o MTG apresente todas estas notas para “clarear” esta situação. Aqui para minha cidade vem 10.000 do banrisul e sóóóóóó….Mas conseguimos fazer muito com este dinheiro…imagina com 2.000.000,00, ia ser uma festa geral……Bom diaaaaaaa…….

  • Rogerio Bezerra diz: 20 de maio de 2010

    Me desculpem a minha ignorância contábil, pois esta não é minha área, mas não entendi um comentário do Savaris quando ele diz que: “a apresentação de documentos contábeis é de competência da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore e que não pode garantir a sua apresentação.” Estou equivocado ou o Savaris largou a Presidência do FIGTF ? Pelo que entendi ele não pode se comprometer com a entrega de documentos de um órgão público que ele mesmo Preside?? É isso mesmo Grizotti??? Tu poderia explicar melhor, ou vamos esperar a manifestação dele nos próximos 15 dias????
    Acho melhor esperar.

  • Paulo Silva diz: 20 de maio de 2010

    Rogerio, pelo que li na imprenssa, ocorreu um erro deste blog…o Savaris se referiu a Fundação Cultural Gaucha-MTG, que é quem tem o comando das verbas para semana farroupilha. Como gosto de “bisbilhotar”, já fiquei sabendo que ele é o Presidente do Conselho desta fundação…Vira e mexe…da tudo na mesma.

  • Rogerio Bezerra diz: 20 de maio de 2010

    Paulo, me desculpe mas realmente não tinha lido a matéria em outro local. Mas fico mais tranquilo em saber que não cometi injustiça, pois se a coisa é como você tá escrevendo, fico mais preocupado com o fato do que com meu simples equivoco.

  • Jean Carlo diz: 1 de junho de 2010

    Dia 02 de junho tá chegando e estaremos, enfim, conhecendo todos os documentos da prestação de contas. Até para, de uma vez por todas, sabermos o porque da suspeita sobre a referida prestação de contas. Mas o mais importante, no meu entendimento, é que poderemos encerrar esta discussão e, caso haja um ou mais culpados, punirmos. Se não houver nada de errado, que é o que esperamos, que a normalidade volte.

  • ADELI SELL diz: 3 de agosto de 2010

    hoje, 3 de agosto, a turma do mtg não veio
    náo tem notas
    não tem prestação de contas
    só tem mentiras e enrrolações
    vamos ao Minsitério Público
    vamos continuar denunciando
    os chefetes do Mtg mentiram, não tem estatura ética nem moral
    adeli
    Adeli Sell
    Vereador

Envie seu Comentário