Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Em nota, coordenadores do MTG defendem debate interno

18 de maio de 2010 13

O blog do MTG (o texto não foi enviado à imprensa) divulga a seguinte nota, atribuída aos coordenadores regionais. Pergunta: será que o Tomazzini, coordenador da 1a RT, que afirmou estar faltando credibilidade ao MTG, é signatário de tal manifesto? Mais: o que os “coordenadores” querem dizer com “debate interno”. Quem, com isso, afastar a imprensa das discussões? Acho que os dirigentes tradicionalistas não se deram conta de que a imprensa decidiu cobrir  pra valer os fatos que envolvem o movimento. E que nada mais assegura que uma decisão a “quatro paredes” não seja tornada pública. Alô gente! Vamos acordar!

Segue:

Um dos resultados da reunião de Coordenadores Regionais do MTG, realizada no último sábado, na sede do Movimento, em Porto Alegre, foi a redação do documento abaixo, que trata do processo eletivo da instituição. Confira a íntegra, abaixo. ”O Movimento Tradicionalista Gaúcho, desde sua fundação em 1966, realiza eleições anuais para eleição de seu Conselho Diretor, através de um processo democrático e transparente, onde todas as entidades tradicionalistas filiadas possuem poder de voto.

Este sistema foi estruturado visando justamente propiciar a renovação e a oportunidade para todo e qualquer tradicionalista manifestar seu desejo e vontade de colaborar para a perpetuação do tradicionalismo gaúcho. Neste ano de 2010, algumas candidaturas já foram oficializadas. Algumas, inclusive através da publicações contundente, afirmam que o Movimento precisa “retomar a credibilidade”, além de manter a honradez, o bom nome da congregação e a respeitabilidade. Vemos de forma positiva o surgimento de toda e qualquer candidatura à presidência do Movimento Tradicionalista Gaúcho, tanto pelo direito de cada tradicionalista em exercer sua vontade quanto na multiplicidade de opiniões e visões, que certamente só tendem a enriquecer o tradicionalismo.

O nosso desejo maior, entretanto, é que estas mesmas candidaturas sejam realizadas de modo agregador e respeitoso, baseadas em ideias e propostas de melhorias para o Movimento como um todo. A postura de ataque aos colegas tradicionalistas em nada pode somar para a continuidade do MTG. O ponto de partida para a implementação de melhorias no MTG é a construção de diálogos entre os tradicionalistas, através de suas coordenadorias e de seus representantes.

O debate deve ser primeiramente interno. A confrontação não resulta em crescimento, mas apenas em desgaste da instituição. O Movimento Tradicionalista Gaúcho nunca perdeu sua credibilidade. Uma instituição que não mantenha sua conduta de forma honesta e correta não perdura por mais de quatro décadas. Agora, o que devemos preservar é o sentimento de confiança entre nós, irmãos tradicionalistas.

Assina esta nota os Coordenadores Regionais.

Comentários (13)

  • José Vilmar de Medeiros diz: 18 de maio de 2010

    Não quero ser o primeiro a contestar, mas não consigo me calar diante de determinadas colocações que querem inpingir a quem faz critica. Quando eu fui militar e olha que fui por muitos anos, aprendi a ler nas entre-linhas de documentos e reportagem, o que não estava escrito para o público. Cada vez que o Movimento publica algo de interesse ( interno ) que não é para o público ( externo ) parece-me que não quer a imprensa por perto ou divulgando seus acertos e erros, será que teme algo mais profundo a respeito do assunto? Não creio ,me parece ser uma questão de gestão.

  • tati diz: 18 de maio de 2010

    Grizotti, acompanho teu blog, te sigo no twitter. Acredito que é extremamente importante que a imprensa busque saber e divulgue o que acontece no movimento. Como tradicionalista penso que precisamos mesmo de transparência. O que entendi com debate interno nada tem a ver com deixar a imprensa ou quem quer que seja de fora, e sim haver discussão com os demais tradicionalistas e quem interessar possa. Antes de criticar ou o que for, dirimir questões no MTG. Sinceramente, se não houvesse interesse de divulgar algo a direção do MTG largaria este texto no blog? Pior, um blog “sediado” no portal da RBS???Sabendo da tua sede por informações “picantes” sobre o tradicionalismo???Ok, desculpe minha ingenuidade e candura em ler as entrelinhas…

  • Paula Mariano diz: 19 de maio de 2010

    Grizotti, vê se descobre e divulga, o que os candidatos andaram falando um do outro, pois os dois que permanecem na disputa não tem feito acusações um contra o outro. Agora, se criticar modelo de gestão e as coisas que lemos aqui no teu blog é atrapalhar o MTG, então deveria os dirigentes pararem de fazer coisas que permitam a sociedade gaúcha julgá-los.
    Chega de tanta coisa impensada, chega de choradeira. Vamos fazer o que é certo que ninguém falará nada. Tô cansada disso tudo.

  • Paulo Silva diz: 19 de maio de 2010

    Gostei do manifesto…mostra que os Coordenadores Regionais, estão fechados com o movimento…Gestões passam…..e vem outras que serão boas por um tempo e depois odiadas….isso fáz parte de toda instituição. Liguei no MTG para saber quem assinou o manifesto…todos os 27 Coordenadores que estavam presentes, inclusive o da 18ªRT….Bom diaaaaaaa…..

  • Sergio Spier diz: 19 de maio de 2010

    Parabéns por está nota, pois com isso restabelece, algumas euforias que ao sabor das emoções equivocadas de alguns (falsos oposicionistas) acabam confundindo o verdadeiro sentido do processo eletivo da instituição, que até hoje teve e continuirá tendo a credibilidade proporcional a sua grandeza, tenho acompanhado todas as informações através de blogs oficiais de todos os envolvidos. O que acontece ao MTG diz respeito as Coordenadorias Regionais, aos CTGs (filiados), aos seus quadros de associados (filiados a estes centros), aos GPFs (filiados), aos DTGs (filiados), aos PTGs (filiados), aos PQTs (filiados). A credibilidade ou a falta dele depende do ponto de vista de quem observa e aos recursos de informações (fidedígnas) agregados.

  • sergio munhoz diz: 19 de maio de 2010

    Pelo que sei na 18ª RT nos ultimos anos foi praticamente tudo patrolado pela atual direção do MTG, por que será que morreu O Coordeandor Italmir Maldonado Chaves, quem quiser saber e so perguntar para a viuva A Sra. Ana. E do que estou falando e so perguntar para o ex-Presidente do MTG e conselheiro benemerito Sr.Zeno Dias Chaves(residente em Caçapava-RS)e vocês com certeza vão ficar de cabelo em pé. Por que tentaram anular a ultima eleição da 18ªRT? resposta:por que esta região não aceita cabestro. Finalizando Zeno Dias Chaves apesar de todo trabalho dedicado ao Tradicionalismo foi constrangido e levado ao temido Conselho de Etica, por que será?

  • Rogerio Bezerra diz: 20 de maio de 2010

    gostei do manifesto, até parece o PT na última campanha prá Presidente; “Deixa o Homem Trabalhar”. A diferença é que a oposição na época só gritava e dava balaço para ver se atingia alguém, sem fundamentação alguma, só para tentar criar clima. Hoje, li o blog do candidato Fabio e não vi nenhuma agressão a atual diretoria ou a qualquer pessoa. Ter opinião sobre o que tu achas certo é muito pessoal, mas tomar decisão em nome de um conjunto ou grupo, requer cautela, cuidado e firmeza. Achei a aula de estatuto e regulamento do Sergio uma coisa estranha para a pauta. Mas gostei da Tati e muito mais da Paula que quer saber o que afinal de contas os candidatos estão falando que pode atrapalhar mais o MTG.

  • Sergio Spier diz: 21 de maio de 2010

    “Por que será que morreu O Coordenador Italmir Maldonado Chaves? (por Sergio Munhoz)”, embora todos os créditos a pessoa do Italmir como tradicionalista e companheiro ferrenho das nossas cousas com sua larga história voltada ao Movimento, acho que só o atestado de óbito para explicar. Deve-se ter cuidado com isso. Concordo com a nossa correligionária Tati, a Paula e o Rogério Bezerra quanto ao assunto em pauta. A propósito Bezerra, revendo minhas considerações não vi aula de estatuto e regulamento nesta pauta. Acho que confundiste, apenas demonstrei as instâncias que o assunto deve ter repercursão ou discussão, pois são assuntos internos do Movimento. Abraços…

  • Rogerio Bastos diz: 26 de maio de 2010

    Sérgio Munhoz… Nao tens noção do que falas. 18ª é aminha região. Mas coordenador nos ultimos 15 anos podemos dar uma “aliviada” pro Liquinho e pro Mirabeau. Demais a desorganização impera numa região que tu dizes não “deixa colocar cabresto”, mas na verdade se renega e se desorganiza. Com eventos baixissimos e sem apoio de ninguém. Até criança meu amigo, quer regras na vida. O Zeno? Deveria ter aproveitado a portunidade de deixar na memoria da Historia do RS sua administração (de quanto tempo mesmo?). Lembro do congresso ai em Livramento em que queriam colocar entidades nao filiadas a organizar um congresso. E com apoio de um coordenador regional, por brigas “pessoais”, Naço coloquem culpa da Morte do Italmir em ninguem e sejam homens pra admitir que estão adeptos do “quanto pior, melhor” ou seja, sem regras… beira a Barbárie, não é assim? Não podia ler esses absurdos e deixar por “1500″. Pensa antes de escrever besteiras

  • sergio munhoz diz: 30 de maio de 2010

    Rogerio Bastos… Tenho noção sim e besteira e aforma covarde que alguns usam para desprestigiar, desagreditar, parcializar e dessa forma dizer que são os donos da verdade. o 55ª Congresso foi uma luta para sair em livto e foi organizado por entidades filiadas e não filiadas, por que os ditadores de Bombacha tentaram boicotar a cidade e a região, não conseguiram e tiveram que engolir a sugeira dos bastidores. Os translados dos restos mortais do Gen.David Canabarro e a construção de um monumento em livto teve que ser discutido e montado o projeto por parte da comissão nomeada pelo governo do Estado e entidades filiadas e não filiadas de livto EM SEGREDO até a conclusão. Perguntem para o presidente da Comissão Estadual dos translados Edilson Vilagram Martins.por que? E Rogerio- até posso te pedir desculpa se interpretaste mal minhas palavras, mas nao falo pela região, falo pela minha indiquinação com o que esta ai posto pela imprensa e por este blog . Agora tenho uma certeza, a era da ditadura de bombacha vai terminar e alias já esta terminando. E a historia com certeza vai se encarregar de contar as verdades muitas vezes escondidas por interesse de poucos e em prejuizo de todos. besteira sera?

  • Neimar Iop diz: 30 de maio de 2010

    Leio todos as matérias deste blog e não tenho me manifestado para evitar que utilizem minhas palavras de maneira equivocada, tentando mostrar uma coisa que não é. Mas não creio que o meu amigo Rogério Bastos tenha idade suficiente para lembrar da gestão do Zeno Dias Chaves a frente do MTG, e por isso mesmo não deveria falar sobre o assunto. Também gostaria de pedir a todos os que participam deste blog que respeitassem a memória de todos aqueles TRADICIONALISTAS que já partiram para a Grande Estância, e hoje estão ao lado do Criador, pois em vida já sofreram muito e agora é hora de deixá-los em paz. Com relação a 18ªRT, que não é minha região, o que posso falar é que não consigo entender como pode uma região tão ruim como você relatou, tão desorganizada, tão horrível sob todos os aspectos, reeleger seus dirigentes tantas vezes. Será que os tradicionalistas da 18ªRT não enxergaram tantas coisas erradas??? Me desculpe Rogério, mas nem todo mundo é perfeito como a gente quer. Eu acredito na boa vontade, dedicação trabalho e respeito, por isso resolvi me envolver neste assunto. Se houver alguma RT completamente perfeita, sem nenhuma falha, sem nenhum problema interno, que todos os assuntos sejam resolvidos por unanimidade sem ninguém ficar ao menos um pouco chateado por favor me avisa. Entenda que não estou defendendo ninguém, até porque não me pediram e não costumo falar em nome ou a mando de ninguém.

  • josé vilmar de medeiros diz: 31 de maio de 2010

    Tche Neimar, eu estava quieto como porco nas batatas, porque as vezes me questiono, será que sou radical a ponto de discordar de tudo? Mas não consigo silenciar quando leio a manifestação do Rogerio. Mas com que autoridade ele critica o Tio Zeno, mas que falta de respeito em criticar um homem que já faleceu, quem ele pensa que é pra não respeitar a vontada de uma Região que tem 11 cidades e que todas as decisões foram tomadas pela plenária dos encontros de Patrões? Esse homem que doou a sua vida para esta Região, foi eleito tantas quantas vezes se candidatou a Coord. Essa manifestação desse rapaz é o resultado dos absurdos cometidos aqui na Região pelo Ex e atual Pres. do MTG, que tomavam decisões a revelia das decisões dos encontros, e esse foi o motivo da revolta de todos,esse rapaz sempre foi omisso nos posicionamentos aqui tomados e um defensor das medidas ditatoriais, que sempre tentaram patrolar todo mundo num total desrespeito a todos. Aqui não precisamos de ensinamento em matéria de tradicionalismo, o que queremos é que as decisões sejam encaminhadas via Coord e encontros de Patrões, jamais aceitaremos decisões tomadas de acordo com a simpatia do poder central por determinadas Entidades que nada mais fazem do que pregar animosidade entre todos e pisam na Carta de Principios. Não somos contra o MTG, somos radicalmente contra as decisões de cima para baixo, façam o encaminhamento correto e a paz volta ao natural.

  • Leandro Chaves diz: 2 de junho de 2010

    Não conheço e não gostaria de conhecer este pessoa chamada ROGÉRIO BASTOS. Primeiro porque esta pessoa em primeiro lugar não deve ter personalidade e respeito. Digo isto porque você Rogério esta falando de meu saudoso e querido Pai Italmir, não por falar nele, mas por falar DELE que não mais se encontra aqui, mesmo após o meu querido pai ter morrido defendendo os ideais de uma região tradicionalista e de um movimento tradicionalista. Meu pai nunca desagregou a região, conduziu até sua morte como um índio guerreiro combatendo aqueles que estão usando o MTG para poucos e se promoverem. Foi um Índio e como um Índio escoheu o DIA DO ÍNDIO para nos deixar. Meu pai sim sempre foi respeitado pelo Rio Grande a fora, deixou um legado de amigos e companheiros, lutou sim contra o poder central do MTG, onde alguns que aí junto de você rogério estão tentaram de todas as maneiras denegrir sua imagem e jamais conseguiram e não vai ser você Rogério que vai tentar denegrir a imagem que meu Pai deixou. Só te peço respeite a alma de meu pai, respeite nossa família, respeite nossa região, respeite aqueles que tinham a amizade de meu pai, porque meu pai jamais trocou uma verdadeira AMIZADE por 4 patas de cavalo ou por um litro de Whiski importado. Muitos tentaram como você deve estar tentando sujar a imagem de meu pai, não conseguiram e não vão conseguir. Pergunto também: será que as entidades de nossa região não tem personalidade? Acredito que sim. Tem e muita personalidade. Porque digo isto: Porque você Rogério diz que a região é desorganizada. Será que é mesmo? Acredito que não porque as entidades tem visão, personalidade e sabem o que fazem, se a região é desorganizada não conduziriam meu pai por várias vezes coordenador regional, o que mais vezes até a presente data comandou esta região. Desculpa Rogério, antes de falar ou avaliar um ser humano olhe para o passado dele, se auto-avalie se você tem personalidade para falar de uma pessoa? Antes de falar tenha EDUCAÇÃO e RESPEITE pelo menos a alma e a nossa dor. Por fim, agradeço ao verdadeiros amigos e companheiros de meu pai que continuam fazendo com que seu Ideal ecoe nos quatro cantos do nosso Rio GRande. Obrigado Sergio Munhoz, José Vilmar, Neimar, entre outros.

Envie seu Comentário