Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de dezembro 2008

2009 DE LUXO

31 de dezembro de 2008 25

Nem vou começar este texto justificando nossa sumida daqui – mas já justificando, é aquela correria de sempre que acaba nos afastando de alguns prazeres, entre eles, o de escrever  sobre nossa vida de casal.

Menos mal que agora estamos justamente do lado oposto. Tempo livre nestes poucos dias de descanso entre Natal e Reveillon. E ainda assim a gente descobre que até sem nada pra fazer o tempo passa rápido demais, ainda existem os compromissos com a família e aquela preguiça, sufocada o ano inteiro por tanto trabalho, vem à tona.

Coisa boa é curtir uma preguiça… Ainda mais depois da semana de natal!!

Vou ser franca aqui: a cada ano curto menos de Natal. Acho um stress essa história de sair como loucos na última hora tendo que comprar presente pra todo mundo, sem tempo de achar alguma coisa que combine com aquela pessoa querida. Não gosto das obrigações que o Natal coloca na vida da gente. E, pra mim pelo menos, não resolve aquele papo de fazer tudo com mais calma, adiantar compras e tal… Que nada! Fica é pra a última semana mesmo na maior pressão. Isso sem falar no trabalho, que sempre exige mais nestes últimos dias do ano.

Quando chega mesmo a “noite feliz” o cansaço já é tanto…

Ainda bem que temos crianças em casa, ou melhor, uma criança e  uma adolescente. Pra eles é fácil escolher o presente – não tão fácil pagar – e curtir o momento da entrega, o sorriso no rosto. Filhos são a verdadeira alegria do Natal, para nós que somos pais e para os tios, avós, dindos… Sem eles não tem a mesma graça.

Agora se foi o Natal e estamos prestes a entrar num novo ano. Na prática não muda muita coisa, mas a data é ótima pra rever coisas e fazer planos. Todas as frases começam assim: “No ano que vem…”. Daí é só encaixar um desejo ou uma promessa e tá feito o desafio para os próximos doze meses. Simples de dizer, nem sempre fácil de fazer.

Escrever desejos, então, me parece ainda melhor. Listinha básica para ficar registrada e ser lida novamente no dia 31 de dezembro de 2009. E assim como com aquelas listas de super, ir marcando ao lado de cada tarefa cumprida… 

Não, não vou fazer minha lista aqui. Vai que eu não consiga encontrar todos os desejos da minha lista no super de 2009?

Troco todos os outros desejos pelos que realmente importam: saúde pra mim e pra minha família. Continuar ao lado do homem que eu amo, ver meus filhos felizes todos os dias e trabalhar com o que me realizo. Isto sim é um luxo!

E pra terminar também desejo um 2009 de LUXO pra todos os leitores do nosso blog – que no ano que vem ter que ser mais ATUALIADO, isso eu prometo!

Postado por Rodaika

TUDO JUNTO AGORA MESMO!!!

17 de dezembro de 2008 38

Correria loooouca de final de ano!!

Por que é sempre assim?

O trabalho é dobrado, na televisão é preciso preparar os famosos especiais de Natal e as retrospectivas… Até gravações para o Planeta já tô fazendo!!

Tem as festas de amigo-secreto, intermináveis!!

Tem todos os presentes de Natal para comprar – shopping lotado, porque claro, todo mundo deixa pra última hora.

No meio disso tudo a Brenda tem zilhões de provas de recuperação e eu fico numa aflição absurda esperando os resultados..

Tanta coisa pra pensar e fazer me impediram de ver a Madonna no Rio, que eu tanto queria. Mas vou vê-la de novo em São Paulo, exatamente no último show desta super turnê – to achando emocionante estar lá neste dia.

Mas antes ainda tem o casamento do meu irmão – sou madrinha, não sei a roupa que vou, nem comprei o presente ainda… Desnaturada!

E agora saio daqui voando porque as gravações do Patrola me aguardam e não vai dar nem pra pintar na hora do recreio hoje – o Pretinho Básico.

E olha que eu nem falei do resto da vida… que é tão difícil às vezes, né?

 

Só me resta aumentar o volume da MÚSICA MAIS MADONNA DO MUNDO e ser muito feliz enquanto me maquio pra tapar as olheiras…

 

Postado por Rodaika

FOFURAS NO VERÃO

12 de dezembro de 2008 41

Coisa boa é ser criança… Ainda mais no verão!

Hoje na Zero o Kzuka revelou fotos de algumas pessoas durante a infância curtindo a estação mais quente do ano. Eu e o Alexandre estamos lá.

Ele com apenas 1 aninho na beira de um rio de um lugar chamado Paraíso do Sul, perto de Cachoeira do Sul, onde os avós tinham fazenda e a família passava férias. Olha que coisa mais fofa meu marido na versão bebê:

                        

Já eu estou com 4 aninhos na foto, curtindo um dia de praia em Tramandaí. Ô vida boa! Brincar e brincar sem se preocupar com nada, nem mesmo com o tamanho das coxas!!

                                  

                                         

                                    Pena que o tempo passa tão rápido…

Postado por Rodaika

DE PAI PRA FILHO

10 de dezembro de 2008 64

Sabe por que os homens adoram futebol, são doentes por seus times, frequentam estádios, debatem sobre o assunto e não pensam duas vezes antes de jogar uma partidinha no play?

Porque eles aprendem a lição rapidinho.

E com o melhor professor do mundo…

Postado por Rodaika – a mãe

DIA DA FAMÍLIA

10 de dezembro de 2008 7

Quando eu era muito piá, tipo 7, 8 anos, ficava muito feliz quando meu pai me levava no trabalho dele. Ficava lá, observando aquelas coisas importantes que ele e seus colegas faziam, imaginando que um dia seria a minha vez de estar no meu trabalho, já adulto, fazendo também coisas importantes como as que todo trabalhador efetivamente faz.  

Digo isso porque hoje ta acontecendo uma coisa muito legal aqui na RBS, O Dia da Família. Um evento já tradicional, que tem o objetivo de proporcionar o convívio entre a família que se tem em casa e a que se tem aqui no trabalho. Por que é isso que nos tornamos através desta relação diária e desgastante. Uma grande família. E nada mais justo que nossas famílias se conheçam e interajam, nem que seja uma vez por ano, por obra desta empresa que nasceu, cresceu e segue alicerçada na base sólida de uma família.

Eu hoje, pela segunda vez, privei meus filhos deste momento bonito, deste sentimento feliz por visitar a verdadeira extensão da casa do pai ou da mãe. Do lugar onde por vezes o pai e a mãe passam mais tempo do que em casa. Tenho certeza absoluta, ainda que não tenhamos sequer tocado neste assunto hoje, que a Rodaika não agiu diferente de mim. Nossa vida corrida, enlouquecida, até mesmo pela própria empresa e suas demandas sempre urgentes, acaba nos impondo certas restrições. Uma delas é a convivência com as alas mais distantes da nossa própria família.

Parabéns a RBS por manter vivo este sentimento de valor inestimável, e um enorme pedido de desculpas aos meus familiares amados que pouco, ou quase nunca vejo.   

Postado por AF

QUATRO DIAS DE MADONNA

10 de dezembro de 2008 34

Pode parecer exagero pra quem nunca foi de fato um fã. Não importa do que ou de quem. Quem é fã é fã daquilo que existe de melhor ao seu gosto. E gosto, já diz o ditado, não se discute. Cada um tem o seu.

Eu respeito todos os tipos de fãs, entendo os gritos, o choro, as coleções, os sacrifícios e a euforia. O tamanho da entrega ao seu ídolo é negócio que só o fã entende.

Por isso não tenho o menor constrangimento de dizer aqui o quanto fui feliz vendo a Madonna nesta segunda-feira em Buenos Aires. Para mim ela sempre foi sinônimo de mulher forte, que vai à luta, que conquista e que valoriza.

O profissionalismo da Madonna é impressionante. E o mundo que a cerca, com tantos cuidados em cada detalhe, é o que representa o respeito que esta artista tem por seus fãs.

O show esclarece esta preocupação. É perfeito e ponto. E não pode ser comparado a nenhum outro show porque o show da Madonna vai muito além da música. É um espetáculo, com início, meio e fim – infelizmente acaba, exatamente duas horas depois do início.

Ainda bem que nossa estada em Buenos Aires foi bem aproveitada. Chegamos sexta à noite e desde então nos dividimos entre passeios, compras, refeições gostosas e, claro, idas intermináveis ao hotel onde estava hospedada a musa. Ficava só a três quadras do nosso hotel – perfeito para várias passadinhas por dia!!

                                     

 Mas ela estava mesmo nesta casa, logo atrás do hotel. Cercamos este lugar muitas vezes, todos os dias, na expectativa de ver a Madonna por ali…

              

E quando finalmente chegou o dia do show, a expectativa pra ver tudo era tão grande que eu não agüentava mais!! Entramos no estádio às sete e meia da noite. Aqui, um dos grupos, já segurando um lugar pertinho da grade – eu com Paula, Kg, Andressa, Maria Paula e Thiago:

Quando o show começou, às dez da noite, eu já estava quase na grade. E consegui fazer algumas fotos, apesar dos pulos e arrastões, e gravar a música que eu mais queria ver a Madonna cantando: “Boderline” – que tá aqui, é só clicar pra ver.

No final do show a Madonna perguntou pra um cara que tava na grade, perto de mim, que música ele queria ouvir. Ele respondeu “Like a Virgin”. Antes de cantar ela perguntou se o cara era virgem, engraçado…

Foi aí que Madonna desceu do palco, do lado oposto ao meu, e se aproximou da platéia. Quando subiu de volta, se jogou no chão da passarela que invadia o campo vip, rebolou, balançou a cabeça, rastejou e, finalmente, esticou a mão.

Ela tava na minha frente! Mais alguns centímetros eu tocaria nela. Nessas horas não dá pra decidir se grita, fotografa, tenta se jogar. Eu tentei tocar nela, com todas minhas forçar, e tô carregando uns roxos no corpo por causa disso. São minhas melhores conquistas deste show. Valeu ser amassada, empurrada, puxada.

Afinal, os mesmos fãs que se acotovelaram por duas horas disputando um espaço mínimo para estar mais perto da Madonna, choraram abraçados no final do show.

Emocionante e, no nosso caso, engraçado também. A Joice Bruhn, minha diretora do Patrola e fã da Madonna também, registrou nossas investidas nestes quatro dias em Buenos Aires – MADONETES TOTAL!!

       ******

Não, o Alexandre não foi comigo. Com a troca de datas do shows (nós assistiríamos no sábado e foi tranferido para segunda) ela acabou desistindo por causa do trabalho. Mas quem reparou no vídeo viu que o Kg foi, acompanhando a esposa dele, minha amiga Andressa. Virou nosso companheirão de viagem e o mais novo fã da Madonna (nem que seja na marra, hein Kg?).

Ainda vou tentar arrastar meu marido para o Rio ou São Paulo. 

Postado por Rodaika

SEM DORMIR PELA MADONNA

09 de dezembro de 2008 25

Foi o melhor show da minha vida!

Cheguei em casa agora, depois de assistir a Madonna em Buenos Aires ontem.

Tô virada, sem dormir e em êxtase.

Tenho uma tarde corrida de trabalho pela frente, mas não consigo pensar em outra coisa senão a Madonna me olhando quando “quase” toquei nela. 

Vou voar daqui, fazer minhas matérias que estão marcadas pra esta tarde e mais tarde (se eu não capotar antes) volto pra contar detalhes e publicar fotos e vídeos.

Incrível, inacreditável, inesquecível!!!

Postado por Rodaika

PELO BEM GERAL DE MEIA NAÇÃO...

03 de dezembro de 2008 42

O dia começou corrido, só pra variar.

Fizemos pilates ainda de manhã.

Cheguei em casa e corri pro computador, telefone, pautas, marcações…

Ele foi pra rádio, tinha o Discorama pela frente.

Faço tudo com o tempo cronometrado.

Penso na roupa que vou vestir enquanto respondo aos e-mails.

Vôo pro banho e logo me arrumo.

Vinte minutos pro Pretinho começar, o tempo perfeito pra chegar na rádio.

Pego bolsa, os dois sapatos que vou usar durante as gravações do Papo Clip, a camiseta pra chamada do Patrola, as bijus que vou trocar, a pasta com todas as pautas e informações que preciso, um casaco case esfrie, a bolsa pesadíssima e, finalmente, minhas chaves.

“Meu Deus, cadê o chave do meu carro??”

Coloco o quarto abaixo!

É onde deixo minha chave, quase sempre no mesmo lugar.

Enlouqueço até lembrar que ontem ele colocou meu carro na garagem.

E quando ele faz isso é táxi na certa!

Porque ele acaba levando minha chave pra dentro do carro dele e aí já viu…

Ligo pra ele.

Não atende.

Ligo pra telefonista.

Ela passa pro estúdio que não atende.

Mando mensagem de texto, e-mail, ligo pro Potter, pro Cagê…

Desespero!

Finalmente ele me liga.

Três minutos pro Pretinho começar.

“A chave está no pára-brisa do carro”.

Lugar normal só pra ele – eu não tenho este péssimo hábito.

Corro para a garagem, pego a chave, entro no carro, saio.

No caminho escuto ele tirar a maior onda da minha cara dizendo que eu sempre perco a chave do meu carro.

Sem comentários.

Ainda tenho que ouvir isso.

E óbvio, desmentir a história no ar assim que chego.

Essa foi só a primeira parte do dia…

Depois de uma tarde de muito trabalho, volto pra casa assistindo a movimentação dos colorados rumo ao Beira Rio.

Bonito de ver.

Pais e filhos, amigos, casais, muitas crianças.

Cidade vermelha a espera do título.

Bacana quando o futebol é assim.

Cresci numa família colarada, sou colorada e tenho muito carinho pelo Inter.

Por isso, pelo bem geral da nação colorada e do meu marido, que decidiu que eu sou pé frio, NÃO VOU AO BEIRA RIO.

Sobre as outras barbaridades que ele escreveu no post anterior, deixo pra comentar em outra hora…

Postado por Rodaika

A VOLTA

03 de dezembro de 2008 70

Um post anterior muito sutil e bem escrito pela Rodaika justificou tacitamente meu súbito desaparecimento deste espaço que adoramos.

Quase superada esta fase inicio agora meu retorno ao blog do casal com dois assuntos rápidos.

Primeiro: cheguei em casa depois do meu futebol ontem a noite e a bonita não tava. Tava com as amigas jantando num restaurante japonês depois de ter apresentado a premiação do “Histórias Curtas”, evento da RBS no Theatro São Pedro. Que não se repita (não o evento).

Segundo: hoje a noite tem decisão da “Copa Sula”, um empate basta pro meu time ser campeão, já que voltou da Argentina com resultado positivo.. A bonita já manifestou interesse em ir ao estádio. Lembro que a primeira coisa que fiz como namorado da Rodaika foi levá-la ao Beira Rio para ver um Gre-Nal. O Inter perdeu pro Grêmio por um a zero. Portanto, não vejo a menor necessidade desta ida ao Bêra hoje.

Combinado, linda ? Bêjo, me liga !!

 

P.S: Em se confirmando o resultado positivo vou sair com a galera pra comemorar. Caso contrário vou sair com a galera pra esquecer…   hehehe

Postado por AF