Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

MEUS FANTASMAS

06 de julho de 2010 54

Tenho uma teoria que me persegue e que, na minha vida, é mais que teoria – me acompanha na prática.

Sou cercada por alguns fantasmas. Eles não tem nomes, mas representam questões muito particulares, importantes pra mim. Às vezes, são assuntos que se repetem, nunca são totalmente resolvidos, vão e voltam para a pauta da minha vida. Outras vezes são assuntos novos, talvez trazidos pela idade ou pelo modo de vida.

 

Estes fantasmas mudam de opinião a toda hora. Nem sempre respeitam uma lógica. Podem dançar conforme a música ou nadar contra a correnteza. São capazes de fazer uma confusão gigantesca na minha cabeça. Claro que eles não me perseguem o tempo todo. Se assim fosse, eu seria uma forte candidata a loucura. Não chega a tanto.

 

Eles aparecem sem avisar e fazem barulhos em diferentes volumes. Sussurram e podem ser facilmente ignorados por mim. Mas também gritam e me tiraram o sono. Foram eles que me apresentaram a insônia.

 

Não quero pensar que estes fantasmas são totalmente do mal. Muitas vezes já me alertaram sobre algum assunto. Se eu já não tivesse percebido a presença deles, poderia chamar este sentimento de instinto – sabe aquele feminino bem forte? Sim, minha tese também explica que os fantasmas atormentam muito mais as mulheres que os homens, por isso temos a fama do sexto sentido. Neste ponto, os fantasmas contribuem.

 

O problema é que eles não se contentam com o alerta, eles vão além e, algumas vezes, atormentam. Acham cabelo em ovo, inventam um problema que talvez nem exista e me deixam culpada por estar pensando em coisas ruins quando tenho uma vida muito feliz.

 

Minha esperança é que meus fantasmas saibam ler ou pratiquem telepatia, ao menos. Quem sabe eles sejam envolvidos por um imenso sentimento de piedade ao lerem este meu desabafo e resolvam segurar a onda comigo. Não quero que eles partam de vez, já me acostumei com suas vozes, seus alertas.

Quero é que eles não gritem, não me tirem o sono, não me façam embarcar em suas fantasias como se elas fossem mais importantes que a vida real.

 

Estou sozinha neste mundo ou alguém mais é assombrado por estes fantasmas?

TOY STORY

29 de junho de 2010 14

Já caiu na vala comum falar ou escrever sobre a (le)tal velocidade do tempo. Temos a impressão de que uma hora hoje passa em vinte minutos. Depois dos 40, em 15, ou menos. Os anos vão se amontoando em nossas costas e ao mesmo tempo que nos assombramos com o peso da idade vamos nos confortando com a bagagem acumulada durante este breve período.

Rapidamente mudam nossos brinquedos. Nem bem largamos os carrinhos e bonecas e já estamos às voltas com obrigações, deveres, escolhas. Tudo muito sério. Quando na vida o que importa mesmo é dar risada, se divertir feito criança. Lambusar a cara de sorvete como o gordinho que apareceu no Fantástico domingo passado.

Assistimos, em família, Toy Story 3 no fim de semana. Mais uma obra de arte dos mesmos criadores de “Carros”, outra emocionante animação dos estúdios Disney/Pixar, sob a batuta de John Lesseter, que busca em sua própria infância inspiração para criar situações e personagens de seus roteiros. Realmente um gênio esse Lesseter. Leva pais e filhos às lágrimas quando o filminho vai além e faz pensar. Toca na ferida sempre aberta que é a finitude da vida.

Fica a dica..

DIÁRIO DE UM FILHOTE

25 de junho de 2010 23

Hoje o Bruno comeu um sabonete.

Sem mais.

LIFE SUCKS !

23 de junho de 2010 18

Hoje optei por sair da rádio, depois do Pretinho das 13:00, e ir pra casa despachar minhas tarefas de escritório. Coisas do dia a dia burocrático, a parte chata da minha função de chefe da tropa.

A parte chata fica mais chata ainda quando, no cumprir das regras, acabo por ter que mexer na vida e nas expectativas das pessoas que trabalham comigo diariamente. Pessoas que, assim como eu, dependem do seu ânimo e astral pra fazer o microfone de rádios de entretenimento como Atlântida e Itapema. Isso me abate, irrita.

Pra fazer o microfone da rádio, estar na frente da câmera, ao vivo ou gravado, tem que ter alegria interior. Felicidade que vem de dentro, sorriso fácil.

Por isso o relativo êxito de programas como o Pretinho e o Patrola. Pessoas felizes entretendo de verdade. E mais: querendo, de verdade, fazer outras pessoas felizes. Centenas de milhares, no caso destes dois.

Às pessoas, então, resta a impressão de quando se “despedem” de nós ao final de cada programa. E pra nós quando saímos do ar, literalmente, segue a vida. Com os problemas da vida, (como já disse o Nico, dos Tangos e Tragédias: vida é confusão) e é neste momento que corremos o risco de decepcionar as pessoas. Aquelas pessoas que estão acostumadas a nos ver e ouvir sorrindo na tv e no rádio, eventualmente se deparam conosco numa situação de confronto. Coisas ridículas do dia a dia, armadilhas urbanas da vida moderna, como alguém executar mal um trabalho encomendado, representar uma entidade credora ou devedora, efetuar uma má prestação de serviços, estacionar na frente da tua garagem, enfim. Situações que, por si só, exigem de nós uma postura menos simpática e sorridente do que à que estão costumados. E aí, num piscar de olhos, passamos de queridos e simpáticos, a arrogantes e antipáticos.

Por isso escrevi esse texto. Pra dividir com os parceiros que nos acompanham minha indignação por ter vivido hoje este papel. Cheguei em casa louco para despachar e encontro, pela terceira vez na semana, um carro estacionado na frente da garagem.

Entendi vivendo o significado da expressão “enfezado”.

REUNIÃO CONFIRMADA

22 de junho de 2010 9

A chuva não segurou a galera a fim de curtir a Reunião Dançante sexta à noite o Segredo, em Porto Alegre. Do começo ao fim da festa muita música boa pra dançar, fotos, presentes e aquelas surpresinhas que a gente a-d-o-r-a!

E como eu sei que todos que vão lá adoram se ver aqui no blog depois, aí vão as fotos:

Nossa Renião Dançante é feita com o maior carinho por mim, pelo Alexandre e por estes amigos queridos que também “pegaram amor” pela Reúna: Flavinha, Couto e Frotinha.

Eu só tenho a agradecer a eles e, especialmente, ao público bacana que faz da Reunião Dançante uma festa confirmada!

Valeu, galera! Dia 9 de julho, no Segredo, tem mais uma! :)

JÁ COMEÇOU!

19 de junho de 2010 13

Estamos no Segredo. A casa tá cheia de gente bacana, a fim de se divertir. Impossível não entrar nessa vibe e curtir muuuuito!

Hoje, aproveitei para fotografar tudo que rola, sempre que chegamos. Desde nossa expectativa no carro, vindo pra cá até a recepção da Frotinha, o plasma na entrada do Segredo com nossos nomes, a pilha de cds e vinis para a noite, a Flavinha e o Couto já na batida da festa e, finalmente o público delirando com nossa super nostalgica abertura oficial da Reunião Dançante.

Fala sério, isso aqui é demais!!

A conexão tá lenta por aqui. Enquanto isso, a festa tá fervendo. Nem aí pra chuva que cai lá fora..

Então, vou registrando tduo, montando os posts e em breve eles entram no ar!

Super beijo pra toda galera bacana que tá aqui com a gente! Vocês são DEMAIS! :)

NO ESQUENTA PRA REÚNA

18 de junho de 2010 5

Sexta à noite, uma chuvinha mansa lá fora, expectativa do fim de semana pela frente, sensação de dever cumprido. Tem coisa melhor? Tem! Uma festa pra curtir logo mais com muita música boa pra dançar.

Aqui em casa já estamos no espírito da Reunião Dançante qe começa logo mais no Segredo em Poa. O Alexandre já tá separando os vinis que vão fazer a cabeça da galera que hoje pintar por lá.

Assim como da outra vez, ele toca o hit das antigas no toca discos e logo depois presenteia alguém com o vinil. Quem será que vai levar estes hoje?

Até Flashdance?? Morri quando vi esse!! Quem aqui não dançou aquela musiquinha?

Vamos hoje de novo! Até lá! ;)

TODDY COM BISNAGUINHA

18 de junho de 2010 8

Bons tempos aqueles em que eu passava as tardes da semana na casa “das vó”. Ia pro colégio pela manhã, e como meus pais trabalhavam o dia todo, passava uma tarde na casa de cada vó. A Vó Nena, mãe do pai, e a Vó Alba, mãe da mãe. Ambas ainda vivas hoje, lúcidas e engraçadas, mesmo com seus quase 100 anos.

Eu tinha 12, 13 de idade e o melhor momento era o do lanche. Na casa das duas, o meu lanche preferido era Toddy com bisnaguinha. E curiosamente o gosto mudava de uma casa pra outra. Talvez porque o copo fosse diferente, ou o leite. Se bem que, naquele tempo só tinha um tipo de leite, o “c”, eu acho.. Sei lá..a

Hoje me permiti, depois das tarefas da tarde, sentar na frente da tevê em casa e aproveitar calmamente as emoções da Copa do Mundo vendo Inglaterra e Argélia. Mas a maior emoção foi ser pego de surpresa pelo gostinho de casa da vó que senti tomando meu Toddy e comendo minhas Bisnaguinhas..

Por favor não cantem “1, 2, 3 tu é gay, tu é gay que eu sei”. Todo mundo foi criança, néam, gente?  heheheh

BEBÊS FUMANTES e CINZEIROS

17 de junho de 2010 12

Há umas duas semanas assisti na CNN, canal de notícias, um documentário sobre crianças fumantes na Indonésia. Num primeiro momento, ao ver a imagem, pensei que fosse montagem, zoação, ou qualquer outra coisa. Jamais pensei que pudesse ser verdade um bebê de 2, 3 anos fumando e mais, fazendo malabarismos com a fumaça do cigarro.

Hoje a notícia já é antiga e os sites sensacionalistas já informam que serão criadas casas de entretenimento infantil com áreas para fumantes em Sumatra. Não tem cabimento. É o fim de tudo.

Que tipo de gente? Que mente perturbada de um pai ou mãe permite que uma criança inale e absorva milhares de toxinas contidas numa tragada de cigarro?

As informações são de que os bebês fumam de duas a três carteiras por dia. Brincando, literalmente.

Somos rodeados de fumantes todos os dias. Assistimos aos fumantes se escondendo, ou passando frio e pegando chuva. Obrigados à reclusão dos fumódromos, no trabalho e em áreas públicas de circulação comuns.

Durante este expediente os filhos pequenos dos fumantes não enxergam seus pais agredindo sua própria saúde a cada tragada. Mas ao chegar em casa, o pobre viciado, livre para fazer o que bem entender acende o cigarro na sala, na mesa de refeições, no quarto, no banheiro. Fumam em todos os cantos por onde circulam também suas crianças.

Estão ensinando seus filhos a fumar pelo exemplo. Mostrando, como ícones, heróis e exemplos a serem seguidos pelos filhos que fumar é tão bom, que até o pai e a mãe fumam. E isso independe de classe social.

Pra não correr risco algum, ainda que nenhum de nós seja fumante, na nossa casa não temos nem cinzeiro.

Por falar em casa, cigarro e cinzeiro. Do lado do prédio da Atlântida, onde passo de dez a doze horas do meu dia, funcionava até semana passada uma casa abrigo de crianças maltratadas ou abusadas pelos pais. Durante as tardes, especialmente as de sol, ouvíamos aqui do prédio a gritaria, o corre-corre e a alegria das crianças brincando e sendo felizes como toda a criança deve ser.

Ontem notei q não havia mais barulho nem tanta alegria na casa. Foi fechada. Tiveram que sair correndo, às pressas. Abandonaram o lugar.

Levaram as trinta e poucas crianças, cada uma com seu cobertor, travesseiro e brinquedo preferido para um sítio voluntário em outra cidade da grande porto Alegre.

O motivo: o pai de uma menina de 7anos descobriu o lugar, entrou com pedido para ter a filha de volta e foi atendido. Ainda que a menina ainda apresente as marcas de queimadura de cigarro pelo rosto e corpo.

ELEPHANT PARADE LONDON

17 de junho de 2010 5

Eles estão espalhados por toda Londres. São lindos, fofos e coloridos. Enfeitam a cidade. Encantam moradores e turistas. Dão vida aos parques. Divertem as crianças. Mas, acima de tudo, fazem um alerta!

O elefante já é um animal ameaçado de extinção e, pra chamar atenção pra este dado tão triste, 250 artistas arregaçaram as mangas e fizeram estas maravilhas:

Não são lindos? E este último rosa pink no Shopping Westfield não é um arraso?

Não tem jeito, eles estão por toda a parte, um mais lindo que o outro, dá vontade de fotografar todos! E mais que isso, fazer parte da campanha de conscientização pela vida do animal. Mais informações estão neste site: www.elephantparadelondon.org

Além das fotos, fiz vídeos dos elefantes também. Eles vão entrar no Patrola, no próxino dia 26, quando o programa estará de volta na RBSTV em horário diferente por causa da Copa, às 10h.

Assistam! ;)