Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de março 2012

A música que Isabela se nega a cantar

30 de março de 2012 3

Atendendo a pedido de leitores, publico aqui o poema que o secretário municipal do Trabalho, Pompeo de Mattos, queria que Isabela Fogaça musicasse e cantasse. O sonho de Pompeo de ver seu texto transformado num sucesso como Porto Alegre É Demais naufragou: Isabela não quer ouvir falar dessa ideia.A ex-primeira-dama de Porto Alegre foi suscinta em sua negativa:

- Não  misturo política com a música. E só canto a Porto Alegre com a qual me identifico.Eis o texto de Pompeo:

“PORTO ALEGRE 

Nas ruas deste porto alegre
Faço recanto me encontro e me encanto
Reconto a história, sou seu personagem
Faço homenagem, a quem te fez assim
Percorro a Azenha até o Bom Fim
Aguardo o sinal que se abre em mim
Vou tempo adentro caminhar no centro
Passear na rua que não tem praia
Mas que tem corpos dourados de minissaia
Cabelos molhados bem perfumados, soltos ao vento
Lindos momentos de Por de Sol
De rouxinol e de encantamento
Porto Alegre quem te fez alegre
Tu tens guardado nas tuas alamedas
Grandes veredas de uma cidade
E a tua vaidade que orgulha a história
Só quem tem memória pode falar, do Érico e do Quintana lembrar
Ter sonhos e poder sonhar, e ao acordar
Te ver feliz cidade, matar a saudade
E porto se alegrar

Jogo dos erros no Diário Oficial

14 de março de 2012 17


Está lá, na seção 1 do Diário Oficial da União desta quarta-feira, entre os despachos da Presidência da República.

Por um erro (na verdade, dois erros) de redação, Arlindo Chinaglia (PT-SP) não apenas foi promovido de deputado a senador, como também foi nomeado para um cargo diferente do anunciado na terça.

Entenda a confusão:

Chinaglia é deputado federal e não senador.

E foi nomeado para a liderança do governo na Câmara e não no Congresso. O líder no Congresso é o senador José Pimentel (PT-CE).

Tarso dá prazo de 15 dias para resolução do impasse das obras no Beira-Rio

01 de março de 2012 208

O governador Tarso Genro embarcará nesta sexta-feira para Brasília, de onde partirá, no sábado, para a Alemanha, para participar da Feira de Hannover acompanhando a presidente Dilma Rousseff.

Antes de viajar, Tarso, que retorna da Europa no dia 8, estabeleceu um prazo para a resolução do impasse que paralisa a reforma do estádio Beira-Rio. Segundo o governador, se as negociações envolvendo o Inter, a construtora Andrade Gutierrez e o Banrisul não estiverem concluídas em 15 dias, o Piratini apresentará uma alternativa para garantir a Copa no Estado.

Negociações à luz do dia

01 de março de 2012 12


Depois de toda a polêmica envolvendo as negociações entre o Banrisul e a Andrade Gutierrez, não resta outra saída: daqui para a frente, tudo terá que ser feito de forma absolutamente transparente. Em entrevista ao Gaúcha Atualidade, o presidente do Banrisul, Túlio Zamin, disse que se a Andrade Gutierrez apresentar as garantias exigidas para a obtenção do financiamento, terá de torná-las públicas para afastar qualquer suspeita de favorecimento. Normalmente, as negociações entre os bancos e seus clientes são mantidas em sigilo por questões estratégicas, mas como a Andrade Gutierrez divulgou aquela nota culpando o Banrisul pela demora na retomada das obras de reforma do Beira-Rio, essa regra foi subvertida.


Zamin garantiu que não há possibilidade de interferência política no caso, mesmo com a pressão da presidente da República para que a Andrade Gutierrez resolva logo o impasse. Embora considere o projeto muito bom, com perspectivas de bons resultados, o presidente do Banrisul reconheceu que, do ponto de vista do banco, as alternativas para encontrar investidores estão se esgotando. A verdade é que a AG não encontrou os parceiros privados que buscava quando montou o projeto.

Ouça aqui a entrevista do presidente do Banrisul: