Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Símbolo das deformações

10 de julho de 2012 32

Recepcionista da Assembleia passeia em horário de expediente (Foto: Jean Schwarz)

A história da servidora pública que leva o cachorrinho para passear quando deveria estar trabalhando na Assembleia, contada nas páginas 4, 5 e 6 da ZH desta terça pela repórter Adriana Irion, não é apenas a história de uma pessoa que enforca parte da jornada de trabalho. É um retrato das distorções que se multiplicam na Assembleia por um sistema que privilegia o apadrinhamento na hora de distribuir as cobiçadas funções gratificadas. A culpa não é só de Lídia Rosa Schons, 54 anos de idade e 33 de casa. Ela dança a música que toca no baile.

Se não há cartão ponto e se o chefe, o deputado Paulo Azeredo (PDT), não cobra sua presença no gabinete, mesmo sendo recepcionista e responsável pela agenda, fica fácil trabalhar só meio turno. Lídia ainda comparece no meio turno. Outros estão dispensados de se apresentar – e se passarem a semana inteira na praia ou na Serra, ninguém vai desconfiar. Os próprios deputados admitem essa liberalidade e alegam que, se os servidores de confiança não trabalharem, os prejudicados são eles, os parlamentares, que terão dificuldade para se reeleger.

O que mais intriga na história de Lídia não é a circunstância de só cumprir meio expediente. É a forma como o salário chegou ao teto. É o fato de, tendo apenas o Ensino Fundamental, ganhar tanto quanto um desembargador, um deputado ou um diretor da Assembleia – e mais do que o governador Tarso Genro e a maioria dos secretários de Estado. Contratada como servente, em regime CLT, Lídia pegou carona em um trenzinho da alegria, virou servidora efetiva, foi conquistando funções gratificadas, que incorporou ao salário. Ao final da carreira, ocupa uma das disputadas FGs de R$ 10.491,12, o que eleva o salário total para além do teto de R$ 24,1 mil. Ela se atrapalha ao falar do salário – diz que “dá 8 e pouco” – e leva uma vida modesta para um contracheque desse porte.

Igualmente curioso é o jogo de empurra – e as contradições – entre o deputado que emprega a recepcionista, o líder da bancada, que atesta a efetividade, e o chefe de gabinete, responsável pelo controle da frequência. Ninguém assume a responsabilidade.

Aliás…

Se os salários dos servidores da Assembleia (e seus penduricalhos) fossem públicos, seria mais difícil manter fantasmas e assemelhados na folha de pagamento.

Comentários (32)

  • Guaraci da Cruz diz: 10 de julho de 2012

    Caríssima Jornalista Rosane de Oliveira:

    É sabido que o Poder Legislativo não tem controle sobre os seus servidores. O caso desta “Servidora” com Ensino Fundamental recebendo como remuneração o Teto do funcionalismo e sem LABORAR. O descontrole é demonstrado em vários episódios; não faz muito a imprensa noticiou muito o caso daqueles servidores que foram demitidos e que ficaram anos a fio recebendo salários, obviamente sem trabalhar. Nada m ais ouvi sobre o episódio, ignorando se foi ou não devolvido o dinheiro aos cofres públicos. A pergunta é possível pagar alguém que não mais faz parte do quadro funcional? Isto, efetivamente mostra a FALTA TOTAL DE CONTROLE.

    Att,

    Guaraci T. Soares da Cruz.

  • Paulo Bento Bandarra diz: 10 de julho de 2012

    A mesma coisa seria se o imposto de renda fosse público. Mas para pegar faltosos e imorais não justifica expor todos os honestos, que são a maioria. Como não se expõe nem os devedores e inadimplentes do comércio. A verdade é que se olhasse a lista não se saberia o resto relevante. Este é um exemplo claro dos colegas do Arroto: os que entram sem concurso público por apadrinhamento que vão subindo na hierarquia e nas safadezas. E consideram arrogantes os concursados.
    .
    Como eu já defendi aqui, os responsáveis são os políticos pois os servidores não podem fazer leis, nem distribuir CCs e FCs. Como no caso em que uma recepcionista tem um absurdo salário destes nas barbas do deputado, que certamente deve ser reeleito. Expor milhares de servidores não adiantaria nada. Só uma ação destas pode descobrir este tipo de fato. Se não se expõe passadores de cheques sem fundo e devedores do comércio, não faz sentido expor pessoas pelo simples fato de serem servidores públicos.

  • João Antonio Pinto de Carvalho diz: 10 de julho de 2012

    O Deputado que a emprega, o lider da bancada,que atesta a efetividade deveriam de ser enquadrados por falta de decoro parlamentar. E o chefe de gabinete por atestar falsa frequencia deveria ser demitido sumariamente por ato ilícito praticado por servidor público,com dano ao herário público. Os eleitores devem rever seus conceitos já.

  • gustavo diz: 10 de julho de 2012

    Todos dizem que o Brasil é um país rico. Também acredito, o que falta é mais vontade de trabalhar e menos gana por dinheiro fácil. Tem que acabar com as mamatas para poder baixar impostos, senão vamos continuar desperdiçando dinheiro. Nada contra essa senhora, mas não é para isso que pago imposto. Será que alguém vai ser responsabilizado ou a justiça vai dizer que é assim mesmo? Tá faltando moralidade.

  • carlos Boeira diz: 10 de julho de 2012

    Este é o retrato dos absurdos do serviço público. Eu sou concursado de nível superior, tenho pós graduação e não ganho R$ 5.000,00 por mês. Por quê? Não tenho FG nem sou cargo de confiança. Ah. Minha jornada é das 08h às 12h – das 13h às 17h. Bato ponto.
    Somente uma reforma administrativa real, onde os chamados direitos adquiridos fossem zerados, e valessem tão somente os planos de carreira e não as incorporações de FG’s e outras vantagens para corrigir esses abusos em todos os poderes e todos os níveis do setor público.

  • Antonio diz: 10 de julho de 2012

    Politico é tudo igual o meu conceito é

    NÃO FAZ NADA E FAZ MAL FEITO

  • Felipe diz: 10 de julho de 2012

    Trabalhei nessa Instituição bizarra e doente por alguns anos, esse tipo de coisa é normal, assim como imcompetentes assumirem diretorias no anterior ao da aposentadoria apenas para incorporar o valor. O pior é que eles próprios acham que isso é normal !!! Ano após ano entristece ver a “Casa da Tranparência” (ou seria “Casa do jeitinho e dos escândalos” ?) ser motivo apenas de desgosto para o povo Gaucho.
    Ví funcionários que pensavam no era melhro pra sí, ví deputados e presidentes que pensavam no que era melhor pra suas reeleições, só não ví ninguém pensando no que seria melhor para a AL.

  • aguiar diz: 10 de julho de 2012

    Se nós, eleitores, tivermos um mínimo de vergonha na cara, um deputado como este, PAULO AZEREDO, não deveria receber nenhum voto nas próximas eleições. Na realidade a Assembléia deveria fechar definitivamente, pois serve apenas como cabide de emprego aos ¨amigos¨ dos DEPUTADOS. VERGONHA. CAMPANHA PARA O VOTO NULO NAS ELEIÇÕES.

  • Pablo diz: 10 de julho de 2012

    Isso mostra como é importante a divulgação dos salários. Que tal divulgar também o cartão ponto?

  • macri diz: 10 de julho de 2012

    É UMA VERGONHA!!! Cartão ponto não adianta pq o povo também frauda!!!
    Que implementem o ponto utilizando as digitais JÁ!!!! Em todo o Estado!!

  • O Arroto diz: 10 de julho de 2012

    Ode ao descontrole do erário. Ode a malversação do dinheiro público.

  • Paulo Brum diz: 10 de julho de 2012

    VERGONHOSO!!! É o que posso dizer aqui, senão não publicariam….Como explicar isso ao doente que não tem sequer maca no hospital público? Como dizer isso aos professores que não têm material didático na escola? Ao cidadão que pede auxílio à polícia e recebe notícia que não há combustível para a viatura sair, quando ela tem condições de sair, claro? Pior que nem chance de mudarmos isso nós temos pois vão alegar o “DIREITO ADQUIRIDO”. Direito esse adquirido mandando às favas a ética, moral e respeito à coisa pública. Mas tudo bem, em fevereiro tem carnaval, em 2014 tem Copa. Como em Roma….pão e circo ao povo.

  • Anônimo diz: 10 de julho de 2012

    Prezada Jornalista !
    Admiro teus comentários, és as vezes porta voz de nossas decepções com estes politicos. Esta transparênciada de nossa Assembléia, é uma das piores FARSAS que ja foram publicadas. Não condiz ; os C.C dos nossos deputados, com a REALIDADE. Falo com experiência, pois já trabalhei em um Gabinete; anos atrás. A esposa do Chefe do Gabinete era FASTASMA,,,era CC ; mas nunca apareceu para dar expediente. O salário era dividido entre o DEPUTADO , e o CHEFE DO GABINETE. Ah, e os nossos salários, ainda vinham perda de ANÃO, metade ficava com o PARLAMENTAR.
    Cara Jornalista, só peço que meu nome fique no anonimato, OK. É só um desabavo contra estas FALCATRUAS que continuam contra o POVO e o CIDADÃO DE BEM.
    Abraços,,,,e continue sendo nossa porta voz .

  • Alceu Santos diz: 10 de julho de 2012

    Chamem o congresso do Paraguai! Impichman já nesses safados! Vão Roubar dinheiro do contribuintes lá … e dai como é que vai ficar essa safadeza que estão a praticar… O brasil não tem jeito mesmo

  • Julio Aguiar diz: 10 de julho de 2012

    Quem não quer um carguinho destes? Fala mal quem não pode. Brasileiro é corrupto, prova é a qualidade de seus representantes escolhidos pelo voto e não por imposição.

  • cristiano diz: 10 de julho de 2012

    Sou totalmente contrario a essas gratificações e agradeço que tenham desmascarado a fulana
    Mas nao me surpreende a midia perseguir uma funcionaria do deputado do PDT, principal partido na disputa das eleições contra o PT. Poderiam disfarçar um pouco, já que funcionarionao trabalhando tem aos montes de todos os partidos.

  • O Arroto diz: 10 de julho de 2012

    Disse bem cristiano, “funcionarionao trabalhando”, mas não levando o doga para fazer xixi (ou outra necessidade).

  • Sergio diz: 10 de julho de 2012

    Isto tem a ver com os penduricalhos e vantagens recebidas no passado,por uma legislação tortalmente falha.Nós do presente carregamos essa gente que usou e abusou e teve ventagens indevidas incorporadas pela justiça ou de outras formas injustas.Como ela chegou a um salários destes?Quanto a nossa Justiça calaborou e avalisou este salário tão alto?QUEM SÃO OS RESPONSÁVEIS POR ESTE SALÁRIO MILIONÁRIO?ALGUÉM APROVOU E AVALISOU ESTA INJUSTIÇA.O QUE A JUSTIÇA GAUCHA TEM A DIZER? ALGUNS GOVERNADORES NO PASSADO ENCHEU ESTA GENTE DE BENEFÍCIOS QUE ACUMULADOS ATINGIRAM NESTA BARBARIDADE.

  • Paulo Bento Bandarra diz: 10 de julho de 2012

    Sergio está enganado pois a servidora em tela não é do palácio, mas da assembléia. E quem faz as leis para os servidores da assembléia são os deputados estaduais. Um poder completamente independente do Estado, como o é o Tribunal de Justiça. Os únicos que não podem criar leis, distribuir cargos e nem gratificações são os servidores. Apenas os políticos possuem esta prerrogativa para beneficiar “o povo”!

  • Odair da Silva diz: 10 de julho de 2012

    Deveriam afezr um pente fino em todas essa situações, e outras de gente que leva Funções gratificadas incorporadas da Assembléia Legislativa e passa em cargos que exigem escolaridade menos do que nível fundamental para usurpar de tais prvilégios!!!
    Quantos servidores da assembleia possuem função incorporada e passaram em cargos de nivel fundamental só para continuar mamando???

  • Peixe diz: 11 de julho de 2012

    Fui censurado… Isso sim é transparência!!

  • Carlos A diz: 11 de julho de 2012

    O Queeeee? Gauchita passeando no más con su perrito, em pleno expediente? Não é a mesma que ganha R$ 20.000,00???

  • Carlos A diz: 11 de julho de 2012

    Outra coisa: respeitem o animal! Segundo ex-ministro, animal também é gente!

  • Anon diz: 11 de julho de 2012

    No IPERGS acontece a mesma coisa. É só fazerem uma auditoria decente para verificar as irregularidades e fraudes no instituto. Tem gente que não vai trabalhar, tem gente que trabalha só 3h por dia, tem gente que passa semanas sem dar as caras, tem gente que esta pra se aposentar, não vai trabalhar, mas continua na folha recebendo todo mês como se batesse o ponto todo dia. Tem fraude de todo tipo! E nós cidadãos que pagamos para essa lambança acontecer.
    Esse é um dos motivos que estão segurando a lista dos servidores do Estado: os altos salários com efetividade zero.

  • josé Reis diz: 12 de julho de 2012

    O que mais gosto de ver nestas ocasiões é a falta de responsabilidade de alguns o prineiro a se pronunciar foi o próprio Presidente da assembléia seu tal POSTAL,bem como o partido dele PMDB.ISSO É DE RESPONSABILIDADE DO GABINETE DO DEPUTADO.Ou quem sabe é da minha.

  • Sérgio Alves de Oliveira diz: 14 de julho de 2012

    A Jorn.Rosane e os “comentaristas” que se seguiram abordaram o quadro na Administração da Assembléia HOJE. Mas ali já houve decência. Meu pai foi deputado
    nos anos 50,pelo PL. Existia só os deputados,que não tinham gabinetes nem carros oficiais nem auxiliares,e uma Secretaria Geral da Assembléia que servia à todos. Certo dia ele foi representar a Casa num Congresso de Vereadores em Caxias do Sul. Comprou a própria passagem e foi de ônibus.Lá chegando,hospedou-se num hotel ,por sua conta. Regressando obsdervou que lhe haviam descontado do minguado salário os 3 tres dias que esteve no citado Congresso. Recorreu à direção e anularam o desconto. Igualzinho a hoje,não ???

  • Paulo Bandarra diz: 15 de julho de 2012

    Nem tanto, nem tão pouco, caro Sérgio Alves de Oliveira.

  • nelico diz: 21 de julho de 2012

    é o estado máximo mostrando sua cara!!!!!!

  • Ari Quadros diz: 21 de julho de 2012

    Tem se repetido que o Brasil não é um país sério. Na verdade, a falta de seriedade mesmo é dos políticos brasileiros. Têm cara de pau para tudo. Até quando teremos de conviver com essa gente, que tanto desprestigia nosso país? Haja paciência para aturá-los!

  • ai diz: 25 de julho de 2012

    É engraçado que, quando alguém tem a oportunidade não sai…
    Alguém já parou pra pensar?!
    Você sairia desta posição?!
    humm…
    Bom, que tem que acabar, sabemos!! MAs quando se tem oportunidade, ahhhh, geral aproveita merrrmo!!!

  • nelico diz: 28 de julho de 2012

    ANON: esta é uma doença nacional….Agravada com a administração da petralhada que,diga-se,é composta por muitos deste “trabalhadores” patriotas e dedicados.Grande parte da votação petista vem destes cavalheiros(as).Problema dificil de resolver!!!!!

  • Roberta diz: 12 de outubro de 2012

    Agora ela está usufruindo a sua aposentadoria. Viva o Brasil!!! Viva a falta de vergonha na cara!!! Deve estar comemorando com seu cachorrinho, jantando caviar!!!

Envie seu Comentário