Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

PPS responde àa Página 10

23 de setembro de 2013 5

COM A PALAVRA
Recebo do secretário-geral do PPS, Sérgio Camps de Moraes, carta contestando a afirmação que fiz na Página 10 de domingo, de que o PPS é um partido sem personalidade porque ofereceu abrigo a José Serra (descontente no PSDB) e a Marina Silva (se o partido dela não vingar), mas admite apoiar Aécio Neves ou Eduardo Campos (PSB). Veja a íntegra:

“Prezada Rosane,
Li, como tenho feito quase sempre, tua coluna deste domingo em Zero Hora e, para minha surpresa vi uma adjetivação desrespeitosa e gratuita em relação ao meu partido, o PPS. Fomos chamados por ti de partido sem personalidade, por que para ti o seu único projeto é ser oposição ao governo Dilma Rousseff. Gostaria de esclarecer, embora creio que nossas posições estejam claras nos pronunciamentos de nosso presidente Roberto Freire e de nosso líder na Câmara, Rubens Bueno, qual é o nosso posicionamento na atual situação brasileira e frente às eleições de 2014.
Nossa posição é sim de clara e firme oposição ao governo Dilma. Achamos que o governo Lula e da atual presidente Dilma, estão conduzindo o País ao desastre e a um grande retrocesso institucional, especialmente na esfera democrática e da ética em relação a coisa pública. Achamos que o Brasil perdeu uma oportunidade gigantesca de aproveitar a onda favorável que o Governo Lula teve  quando a situação internacional favoreceu a economia brasileira; as reformas não foram realizadas, a infraestrutura foi abandonada, a regulação não foi respeitada, e tudo isso contribuiu para o ambiente atual desfavorável aos investimentos.
Por outro lado, quanto a gestão pública, o governo brasileiro, ao invés de procurar o rumo do aumento da capacidade de investimento, aumentou o custeio, inchou mais a maquina publica, piorou a qualidade do gasto público, tanto é que os índices de saúde e educação vem despencando no Brasil. Os programas que lança, tal qual o bolsa família, ficam nos  aspectos marqueteiros e abandonam a questão de fundo, que é a qualificação das pessoas para saírem da esmola de Estado. Ou como agora, lança o programa Mais Médicos, que é sabido por todos que estudam as questões de saúde pública, não é a solução estrutural para o problema. É marketing. O médico é a ponta do sistema, o que da sustentação aos programas de saúde estão antes, basta ler a reportagem de Zero Hora de hoje e as declarações de médicos que militam no SUS.
Então minha cara Rosane, a nossa convicção é sim que a tarefa principal de um partido de oposição como o nosso, no quadro atual, é derrotar o governo Dilma nas eleições de 2014. Nós achamos, que as opções disponíveis na oposição hoje, são melhores para o Brasil que a continuidade do governo Dilma. E é por isso que o PPS conversa com todas as alternativas da oposição, isto é, com Marina Silva, Aécio Neves, Eduardo Campos e com José Serra. Achamos que qualquer um destes pré-candidatos oferecerão uma possibilidade de mudança nos rumos do Brasil, que com o atual governo é impossível.
Por fim, quero reforçar que a história do PPS tem sido de um partido com muita personalidade e não falta dela. Nós ajudamos a eleger Lula no seu primeiro mandato e quando vimos que seu governo não levava a mudança nenhuma nos rumos econômicos e na ética pública, abandonamos o governo e seus cargos e inclusive quadros, que tiveram de sair do PPS porque preferiram continuar no governo, como Ciro Gomes.
Não sei qual é o Partido que a jornalista considera como modelo de personalidade, será o PMDB, do Sarney, do Renan, do Michel e também do bravo Simon, ou o PT do Lula, do Dirceu (dos mensalões e do dinheiro na cueca), ou, talvez o PTB, será o PSDB, o DEM, quem sabe o PRB. Não sei minha cara Rosane qual é o teu critério para nos despersonalizar, mas quando eu comparo o meu PPS aos demais acho que temos caráter e dignidade para estando na oposição, enfrentar o dia dia  sem entrar no comércio de balcão que virou a política brasileira, onde quem não está no governo, vira quase um pária. E é para lutar pela reforma política, tão necessária para a melhoria da vida democrática do Brasil, que achamos imprescindível a vitória da oposição em 2014.
Um abraço,
Sérgio Camps de Morais
Secretário geral do PPS do Rio Grande do Sul e membro do Diretório Nacional”

Comentários (5)

  • joao amorim diz: 23 de setembro de 2013

    A maioria dos partidos agem dessa maneira. É tudo por conveniência dos que neles mandam, inclusive no partido do “Ali Babá”. Um dos motivos que leva os partidos ao descrédito e a desmoralização é esse, ou seja os “interésses”.Como diz o Bóris :”isso é uma vergonha”.E tenho dito.

  • Sergio diz: 24 de setembro de 2013

    Nas mãos de Roberto Freire,seu eterno e raivoso Presidente,o PPS se distanciou das suas origens e tornou-se submisso ao neoliberalismo ,tornou-se submisso ao PSDB e Dem,em troca de alguns cargos menores.O PPS que vem de uma raiz do Comunismo,mas nas mãos de Freire usa o horário eleitoral gratuito só para atacar o governo,cumprindo um papel de capacho dos partisdos da direita em troca de alguns cargos.E por este desvio do PPS que não apresenta programas nem projetos ,mas só agride seus desafetos ,o PPS não elegeu nenhum governador,nehum Senador e elegeu somente 11 Deputados federais.POBRE PPS SUBMISSO AO NEOLIBERALISMO

  • rafael diz: 24 de setembro de 2013

    deu todo esse espaço pra esse idiota falar asneiras!

  • Valkíria Thor diz: 25 de setembro de 2013

    Qual é a identidade, então? Desde quando tem identidade um partido que reúne um ex comunista, como Freire, gente como Mário Bernd, Berfran Rosado, que não sei se ainda tá preso no caso das licenças ambientais, Paulo Odone, que usa o meu tricolor para fazer politicagem e tantos outros como o ex governador Britto, que vendeu tudo o que podia no RS, entregou nossas estradas e foi tão nocivo aos cofres do RS? Qual é a identidade do PPS? Melhor nos esclarecer pois na propaganda parecem freirinhas, seguidoras de Madre Tereza de Calcutá…

  • nelico diz: 30 de setembro de 2013

    SERGIO: melhor neoliberalismo,que atua dentro da democracia,que o socialismo que tenta destruí-la diuturnamente!!!!!

Envie seu Comentário