Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Sintonia no palanque

04 de agosto de 2014 18

ABERTURA DE POLÍTICA+, SEGUNDA-FEIRA

Para quem quiser ouvir, o tucano Aécio Neves diz e repete que a aliança com o PP no Rio Grande do Sul foi a melhor que o PSDB fechou no Brasil e aquela pela qual ele mais lutou. Primeiro, porque considera a senadora Ana Amélia Lemos, candidata ao Piratini, a grande novidade da eleição. Segundo, porque ela está à frente nas pesquisas. Terceiro, e não menos importante, porque o PP oferece um produto que falta ao PSDB: uma base unida, capilaridade em todo o Interior, o maior número de prefeitos e vereadores e deputados bons de voto na Câmara e na Assembleia.
Foi com a convicção de que o apoio de Ana Amélia era essencial para seu projeto que Aécio aceitou a exigência dela de deixar o PSDB fora da chapa majoritária, já que o partido não tinha um nome de peso para oferecer como candidato a vice ou ao Senado. A senadora vetou todas as sugestões do PSDB e bancou a candidatura da empresária Simone Leite ao Senado. A vaga de vice ficou com o Solidariedade (SD), que tinha a oferecer uma âncora no sindicalismo, coisa que falta ao PP e ao PSDB.
A capacidade de mobilização do SD (leia-se Força Sindical), somada à organização do PP no Interior, foi decisiva para o sucesso do comício que lotou o Gigantinho no sábado.
A aliança é conveniente também para Ana Amélia, que não concorda com o apoio do PP ao governo Dilma Rousseff. Derrotado na tentativa de impedir o apoio a Dilma, o PP gaúcho abriu uma dissidência e abraçou a candidatura de Aécio, um político mais identificado com o eleitor da sigla. Esse eleitor teria maior dificuldade para trabalhar por Eduardo Campos, por ser de um partido socialista e ter Marina Silva, ambientalista convicta, como vice.
O PP participou do governo de Yeda Crusius e foi um aliado fiel nos momentos de crise. A afinidade demonstrada no comício do Gigantinho sugere que Ana Amélia e Aécio só não estão no mesmo partido por um detalhe.

Comentários (18)

  • Aripuanã da Silva diz: 4 de agosto de 2014

    Disse Dilma:

    “Fizemos aeroportos e ninguém (da família) ficou com as chaves.”

  • x-Tudo diz: 4 de agosto de 2014

    A Ana Amélia diz, ao lado de Aécio, que um governo não pode governar só para um partido, em indireta ao governo Tarso que na visão dela governa só para o PT.
    Só que, ao dizer isso ao lado do Aécio, ela sugere que o governo do estado deve ser tratado como propriedade para benefício de uma família?. Sim, porque o caso do “Aécioporto” há claro desvio de recursos públicos mineiros para família do Aécio.

  • Zizeck diz: 4 de agosto de 2014

    “…O PP participou do governo de Yeda Crusius e foi um aliado fiel …”

    É verdade, baita aliado fiel o partido da Ana Amélia, o PP, pois foi durante o escândalo do Detran que resultou na então governadora Yeda Crusius arrolada como testemunha de defesa do ex-presidente do Detran Flávio Vaz Netto, que é do PP e foi preso, ambos enquadrados na Operação Rodin.
    Vergonha!
    Os mais de R$ 44 milhões desviados do Detran-RS poderiam servir para acabar com as escolas de lata e reformar prédios escolares que acabou tocando para o Tarso fazer. A última junção de PP e PSBD aqui no RS deu nisso. A crise do “governicho” era tamanha, que a governadora Yeda convocou um especialista americano em opinião pública, James Fishkin, para tomar as decisões do Piratini sobre a administração. É isso que queremos de novo? Penso que não…

  • Angelo Frizzo diz: 4 de agosto de 2014

    Que Ana e Aécio estão do mesmo lado, o das zélites financeiras, é indiscutível, mas espero que isso não venha a PARAR A LOCOMOTIVA EMBALADA que é o RS de hoje. Crescendo MUITO acima do resto do Brasil em TODOS os segmentos da economia (agropecuária, industrial e comercial), nas OBRAS (muito mais obras nos últimos DEZ anos do que nos anteriores 40 anos e nos setores SOCIAIS , COMO SAÚDE (AGORA 12% DO ORÇAMENTO), EDUCAÇÃO (mais salários, mais capacitação, mais obras, etc) e SEGURANÇA.

  • zélia maccari diz: 4 de agosto de 2014

    “…A capacidade de mobilização do SD (leia-se Força Sindical), somada à organização do PP no Interior, foi decisiva para o sucesso do comício que lotou o Gigantinho no sábado”…

    Ridícula coisa é ver gente que bate cartão fazendo campanha pra patrão.

  • Sandro diz: 4 de agosto de 2014

    A revista Veja inventa “quebra de sigilo” de perguntas que são públicas para salvar Aécio. Tá feia a coisa pro lado dos tucanos. No governo FHC faltava luz. No governo Alkmin, em SP, falta água. No de Aécio, em MG, sobram aeroportos…

  • genaro crescendo diz: 4 de agosto de 2014

    lotou o gigantinho??? a senhora, ou não estava lá ou está completamente cega. as fotos do comício são constrangedoras!!! não tinha quase ninguém nem na arquibancada nem no chão!!
    a parcialidade da RBS com sua afiliada ana amelia chega a das vergonha alheia

  • Luís diz: 4 de agosto de 2014

    É impressionante a quantidade de bobagens e denúncias vazias expelidas pela tropa virtual do PT neste blog, mas tudo bem, podemos não concordar em nenhuma destas cretinices, mas a “direita reacionária” vai continuar sempre defendendo o direito que vocês tem de manifestar ignorância, muito ao contrário de vocês, que querem sempre censurar a imprensa, fabricando factoides e mentiras…

  • OLIGOFRENICO diz: 4 de agosto de 2014

    Angelo Frizzo é um baita piadista….kkkkk

  • Sergio diz: 4 de agosto de 2014

    A força que a Rosane está dando para a candidatura da sua ex colega está na cara e passa de todos os limites.A Rosane está jogando no lixo a credibilidade conquistada até agora.A Rosane deve estar atendendo ordens superiores.
    MUITO TRISTE VER A QUE PONTO CHEGA O JORNALISMO.
    ANA AMÉLIA E AÉCIOPORTO É A UNIÃO PERFEITA DO INUTIL COM O DESAGRADÁVEL COM A BENÇÃO DA MÍDIA SEM MORAL

  • Angelo Frizzo diz: 4 de agosto de 2014

    Luíz ! Viu essa , falar em estádio lotado ? E os Petistas é que censuram e falam mentiras?

  • Márcia diz: 4 de agosto de 2014

    Rejane,
    na semana passada eu abri meu voto, disse que vou votar na Dilma e no Tarso, disse também que não ia explicar os motivos porque são óbvios e que o povo está comentando e além disso eu costumo olhar para o passado para saber quem é quem não apenas na política mas muito mais no mundo dos negócios. Por exemplo se o Aécio tentasse me vender um apartamento ou terreno, rapidamente eu ia saber como ele adquiriu o tal apartamento e o terreno, também ia investigar a família dele se no caso fosse herança. Para você ver, eu sou curtida, eu sou vivida como muita gente do RS ou do Brasil é. Não sou formada em História mas conheço a história do Brasil e do RGS em função do meu trabalho com negócios. Tenho preguiça de falar em política mas minha lembrança sobre os últimos dias da Dona Yeda no governo do estado são de um caos total e dos últimos dias do FHC como presidente eu entrei num supermercado para comprar queijo ralado e só encontrei queijo ralado importado a preço de ouro, o que quer dizer que não havia linhas de crédito para a produção industrial nacional e que FHC colocou o Brasil de joelhos para o FMI, aliás FHC só soube quebrar a indústria brasileira e favorecer especuladores.

  • rosane_oliveira diz: 4 de agosto de 2014

    Sérgio, o senhor tem todo o direito de não go0star do que escrevo, mas fique sabendo que eu escrevo com absoluta liberdade. Sou patrulhada pela esquerda e pela direita e tenho certeza de que a minha credibilidade é resultado da minha independência. Não estou “atendendo a ordens superiores” quando escrevo. Por favor, não me meça pela sua régua.

  • ana peres struck diz: 4 de agosto de 2014

    Será que a população não vê que o Brasil virou um caos, que nosso atual governo idolatra ditadores, que a corrupção atinge índices alarmantes, que a saúde e a segurança estão péssimas, que a educação é um fracasso, etc… Não acredito que um novo governo irá mudar a situação, mas sou pela renovação. Espero que um dia a reeleição seja apenas coisa do passado.

  • antonio gonla diz: 4 de agosto de 2014

    Sobre o filho rico do Lula ninguém fala nada. Sobre a amante que viajava junto e dava ordens ninguém fala nada. Sobre o relacionamento com o finado Chaves e o atual Maduro ninguém fala nada. Sobre o Celso Daniel ninguém fala nada. Sobre o mensalão, nunca existiu. Voltando para o RS, a segurança tá maravilhosa, ninguém sofre furto, roubo nem assassinato, temos um secretário da segurança exemplo. As estradas maravilhosas. O piso dos professores está de acordo com o que o ex-ministro atual governador criou. Batistti assassino vai ser devolvido. Falem, falem, falem.

  • Luiz Gustavo diz: 4 de agosto de 2014

    Como tem gente mandada neste mundo…. Dá para ver de longe que são mandados por alguém (PeTralhas)….. Em alguns comentários acima foi colocado que só tinha gente paga, que não tinha quase ninguém, etc…. Quanta bobagem…. Eu estava lá, quase não havia mais lugar nem de pé e nem sentado…. E tem mais, fui lá e não ví ninguém ganhando um centavo com isso…. Eu fui por livre e espontânea vontade e com muito prazer vou ajudar a fazer a mudança que o meu Estado do RS e o meu país precisam… A11 e A45. Abraço a todos.

  • Angelo Frizzo diz: 4 de agosto de 2014

    Ana Peres, não sei em que País tu vivias há doze anos atrás. Precisavas ver o que era o Brasil de então: Fome , Miséria, analfabetismo, escravidão, maioria vivendo em favelas à beira de esgotos, etc. Hoje, ainda temos um pouco, mas está MUITÍSSIMO melhor, tenha certeza. Antonio Gonla, tenta ler coisas sérias e para de ouvir fofocas de rua, nem a globo ou a veja “inventam ” essas bobagens.

  • Kafka diz: 5 de agosto de 2014

    Rosane, gostei muito de tua resposta ao Sérgio. Esses CCs do PT, que estão vendo chegar ao fim seus “empregos” com o nosso dinheiro, estão apavorados. A partir de 2015 terão que procurar emprego. E com suas qualificações, sabendo só o que diz a Cartilha, talvez só em Cuba ou na Venezuela. E, como lá, a coisa está pior do que aqui, olha…

Envie seu Comentário