Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Renúncia não é saída honrosa para Cunha

12 de outubro de 2015 9

Preocupados com a possibilidade de enfraquecimento da tese do impeachment da presidente Dilma Rousseff, diante dos indícios de que o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) está afundado até o pescoço no pântano da Lava-Jato, os antigos aliados passaram a sugerir sua renúncia com o argumento de que seria “uma saída honrosa”. Não existe saída honrosa para quem movimentou milhões de dólares em contas secretas no Exterior, sem declará-las ao fisco e à Justiça Eleitoral.
Honroso para a Câmara seria os deputados afastarem Cunha por quebra de decoro. Além de não explicar a origem do dinheiro, que um dos delatores diz que é propina pela intermediação de negócios escusos na Petrobras, Cunha mentiu a seus pares. Mentiu na CPI, quando disse que não tinha contas no Exterior e saiu aplaudido, com direito a manifestações de bajuladores que o trataram como herói, apesar de conhecerem muito bem a sua truculência, suas ideias retrógradas e seus métodos de atuação. Como servia à oposição no propósito de enfraquecer a presidente da República, tornou-se o aliado perfeito, mesmo agindo contra o país ao colocar em votação a chamada pauta-bomba.
Denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot,  adotou o discurso da vitimização, acusando o Ministério Público Federal de estar a serviço do Planalto. A oposição foi leniente até depois do surgimento da informação sobre as contas na Suíça. Seus principais líderes diziam que era preciso dar ao presidente da Câmara o benefício da dúvida, mas aí apareceram as digitais na abertura das contas e os detalhes de como o dinheiro transitou, e o mundo de Cunha começou a ruir.
Passado o feriado de Nossa Senhora Aparecida, é provável que ele dê o sinal verde para começar a andar um dos pedidos de impeachment de Dilma, mas o processo nascerá contaminado pelas suspeitas que recaem sobre o ex-todo-poderoso presidente da Câmara. Isso não significa que Dilma será poupada, mas a legitimidade estará comprometida.
É injusto com os procuradores do MPF e com a Polícia Federal dizer que nada fizeram e que o crédito por desmascarar Cunha é do Ministério Público da Suíça. Ora, a Suíça só repassou os dados porque existe um acordo recente de troca de informações. Em outras palavras, os procuradores brasileiros “procuraram” dinheiro escondido na Suíça. E apareceu, como apareceram as contas de outros investigados na Lava-Jato. Este é um avanço que precisa ser celebrado.
Não se pode cobrar do juiz Sergio Moro o que está fora da sua alçada: Cunha tem foro privilegiado e não pode ser tratado como José Dirceu, os empreiteiros e os operadores presos no Paraná. É a lei, e está sendo cumprida.

Comentários (9)

  • JADER MARTINS.- diz: 12 de outubro de 2015

    abaixo este CONGRESSO ALTAMENTE CORRUPTO! Onde 90% NAO VALE O Q COME! jader martins.-

  • Sergio diz: 12 de outubro de 2015

    A direita inventou Cunha e agora não sabe o que fazer com ele. Cunha foi eleito Presidente da Câmara com 267 votos. Elegeram Cunha Para desgastar o governo Dilma e porque Cunha prometeu várias vantagens para os deputados. Sabiam que tinham nele um ”conspirador “ contra o Dilma, o que se confirmou pela agenda e “derrotas” impostas ao governo. Porém muitos cidadãos também o apoiavam. Durante as manifestações contra Dilma, muitos batiam no peito, gritando: “Cunha guerreiro, do povo brasileiro”. Outros exibiam cartazes que diziam : “Não adianta calar e isolar Cunha. Somos milhões de Cunhas“. Imagina abrir conta na Suiça para milhões de Cunhas? Agora que saiu a verdade, onde estão os milhões de fãs do guerreiro? Falta ainda tirar das gavetas e revelar a verdade sobre outros políticos que blindados, posam como paladinos da moral e da ética, como: Paulinho Pereira, Aécio Neves, Aluysio Nunes, Agripino Maia, Ronaldo Caiado, Eduardo Azeredo, José Roberto Arruda, etc. A verdade pode machucar, mas é sempre mais digna.
    E o que dizer de Augusto Nardes , o gaucho do PP que rejeitou as contas de Dilma?
    Cfe. reportagens diversos,porem com pouco destaque e totalmente omitidas pela RBS ,Augusto Nardes é acusado de receber 1.650.000,00 de uma empresa investigada na Operação Zelotes. Nardes teria atuado a favor da RBS para abater dividas fiscais.

  • Éder diz: 12 de outubro de 2015

    Mas se pode cobrar do Sérgio Moro, o caso Banestado. E os casos de corrupção, que envolvem Beto Richa, ou isso não é Paraná? agora, tenham muito cuidado, com deflagarem o golpe, a militância pode estar desmobilizada, mas esse golpe será o caso de unir o povão, em defesa de uma causa, a democracia. Se acham que vamos ficar quietinhos, que nem cusco sem dono, vão surpreender-se e muito. Haverá resistência, todos sabemos como iniciam essas coisas. mas jamais como terminarão, acertaremos as contas, contas que vem desde o 64, podem apostar. RBS, sem cortes em comentários, entendido?

  • João Cândido diz: 12 de outubro de 2015

    Está bem bom o seu artigo Jornalista Rosane, entretanto, lá pelas tantas
    você parece que ainda tem alguma esperança no impedimento da Presidente,
    ou pelo menos na sua perda de legitimidade e de quebra ainda cita Zé Dirceu.
    Sobre a sua coluna, em que dizes que Dilma foi derrotada três vezes, convenhamos,
    Gilmar, Nardes e Cunha não têm moral para derrotar quem quer que seja.
    Sobre a reportagem especial “sirios…” não consigo publicar nada, acho que por
    duas palavras, que nunca aparecem na RBS: imperialismo e sionismo. A proposito
    ontem soldados israelenses assassinaram uma jovem mãe palestina e seus dois
    bebês um ainda nascituro, o que dizer? Não me censurem…

  • ERNANI LUCENA diz: 12 de outubro de 2015

    Não existe saída honrosa para ladrão e mentiroso, só existe a cassação do mandato e cadeia no final da apuração dos crimes.

  • gilberto diz: 12 de outubro de 2015

    Sim mas esqueceste da mulher do Cunha que não tem foro privilegiado. Só para te refrescar a memória ele andou prendendo até cunhada do Vaccari afoitamente, agora quero ver ele botar a madame atrás das grades, afinal de contas ela, segundo a imprensa, sacou quase R$ 2 milhões das contas, como disse o Janot pau que bate em chico bate em francisco também..

  • Sérgio LM diz: 12 de outubro de 2015

    Se acontecesse um “ataque de honradez” nos políticos, todos deveriam confessar seus crimes, devolver dinheiro desviado, legal ou ilegalmente, renunciar, convocar novas eleições gerais, sem reeleição, e começar a política brasileira do zero. O dia em que políticos não priorizarem os próprios partidos e bolsos e passarem a valorizar o país e seu povo, vamos acordar – pois só em sonho isso aconteceria.
    No Japão também existe corrupção; quando descobertos, os corruptos, de repente, sentem muita vergonha e se suicidam. Aqui, quando descobertos, nem vermelhos ficam, continuam negando, mesmo que condenados e na cadeia, e a única desculpa que lhes ocorre, mesmo negando que tenham culpa, é que todos fazem aquilo.
    No Brasil, na verdade, política não existe mais – é só o que chamamos politicagem; tudo é negociado, vale dinheiro, favores ou vantagens. Por isso, a única saída seria limpar o sistema de quem participa ou conhece os “esquemas”. Se não renunciarão, que alguém tome a iniciativa de passar o rodo em todas as contas de todos os níveis dos governos nacional, estaduais e municipais, através de auditorias. O custo seria gigantesco e não vejo como alguém conseguiria ir até o fim nisso, mas é a única solução que consigo imaginar – além, é claro, daquela que muitos falam, mas que já experimentamos por 21 anos e sabemos que não funciona.

  • Pagador de Impostos diz: 12 de outubro de 2015

    Rapaziada, nesta terça feira não percam!!
    Vai começar o Espetáculo do Crescimento do Impeachment!!!
    Eduardo Cunha vai colocar o impeachment na roda!!!
    Hu-hu!!!!

    VIVA EDUARDO CUNHA! QUE SUA RAIVA NOS SALVE!!
    FORA PT!
    FORA BOLIVARIANOS!!
    FORA AMERICA LATINA CHIQUEIRO DO MUNDO!!!
    FORA CARANGUEJOS DO CAIS MAUÁ!!
    VIVA A ALEGRIA!
    VIVA A PRODUÇÃO!
    VIVA O TRABALHO!!
    FORA EDUARDO CUNHA (DEPOIS DE DAR O XEQUE-MATE NA DILMA, CLARO!!)!!!!
    FOOOOOOOOOOORAAAAAA PT!!!!!!!

  • João Cândido diz: 12 de outubro de 2015

    Ainda não postou “comentário” nesta coluna, um ser abjeto, porque não é mais
    do que isto, alguém que não se identifica, tem Nardes como herói e da vivas
    a outro absurdamente sujo como o Presidente da Câmara dos Deputados
    Eduardo Cunha.

Envie seu Comentário