Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Um roteiro imperdível de 24 horas em Pelotas

09 de junho de 2016 24

Pelotas - 42

Tinha visitado uma vez Pelotas, há cerca de um ano. Voltava do Uruguai em um domingo e parei para um café no indefectível Aquários, símbolo da cidade. Coisa rápida, que me deixou com o gostinho de quero mais.

Pois agora, visitando a Fenadoce (Fenadoce: se entregue às doces delícias portuguesas), fiz um rápido e delicioso roteiro pela cidade. Muita coisa ficou pra trás – são tantos lugares bacanas ! Tudo bem: tenho (mais) motivos pra voltar!

Sexta à tarde: Café 35 

Cafe 35 Pelotas - 16

Chegou com fome/sede, mas não quer abusar porque à noite vai jantar no Chu? Vai até o Café 35 (um dos melhores cafés com torrefação no Rio Grande do Sul e pede um Capuccino da Casa (R$9,65 o pequeno e R$12,25 o da foto, grande). Eles têm também vários lanches. Não provei, mas o lugar fica lotado no final de tarde.

Cafe 35 Pelotas - 2

Endereço: Av. República do Libano, 286 – Três Vendas – Pelotas – RS

Telefone: (53) 3028-3535

Sexta à noite: conhecendo o Chu

O lugar mais sugerido pelos leitores que já passaram por Pelotas, eu tinha que conhecer, né. E não me arrependi. Especialmente por esse prato/entrada aí da foto:

Chu Pelotas - 6

Essa burrata acompanhada de focaccia é pra comer de cantinho. Chorando. Feliz. Olho e sinto saudades reais.

Chu Pelotas - 10

Sem falar nas massas. Difícil escolher. Essa é um sorrentino de bacalhau:

Chu Pelotas - 31

Meio, na verdade, porque o maître viu que eu não conseguia me decidir entre esse e o sorrentino de presunto e queijo e dividiu um prato em dois sabores:

Chu Pelotas - 33

Chu é tão bacana que merece um post à parte. Só pra vocês terem uma ideia, no entanto: a burrata custou R$59 e o sorrentinho de bacalhau, R$63 (o preço do sorrentino de presunto e queijo era pouca coisa menor, aí cobraram o de maior valor – super justo).

Chu Pelotas - 54

Endereço: R. Andrade Neves, 3800 – Centro – Pelotas – RS

Telefone: (53) 3225-0250

*Espaço kids no local

Almoço no Mercado Central

Você acordou cedinho, tomou um super café da manhã no hotel e rumou pra Fenadoce (que vai até esse final de semana e abre às 10h). Comeu docinhos, comprou outros, passeou. Início da tarde foi curtir o Centro – e almoçar no Mercado Central de Pelotas. Um lugar que te transporta para uma mistura de Montevideo com Lisboa. Faz todo o sentido. Colonização portuguesa, do ladinho do Uruguai (suspirei aqui de saudades desses dois lugares e de Pelotas)…

Pelotas - 13

Na frente do Mercado, nos sábados, tem uma Feira de Pulgas que vende antiguidades, roupas usadas, metais e vidros para uso e decoração.

Pelotas - 32

Como já pegou pesado no jantar da sexta, é hora de curtir um prato com peixe e camarão no Cavalo Branco (o nome não tem nada a ver com o que servem no lugar, é claro – faz menção a uma das paixões do dono, os cavalos).

Pelotas - 26

Já morri na entradinha: bolinho de bacalhau.

Pelotas - 17

Curtir a vida passar devagar, tomando um vinho e olhando a paisagem…

Pelotas - 20

Aí, terminou, e já que está em Pelotas, já que está no Mercado… escolhe uma doceria e seja ainda mais feliz (porque aqueles que você comprou na Fenadoce são para levar para casa, óbvio).

Pelotas - 8

Só pra lembrar que esse é o melhor de todos. Como posso ter levado tantos anos para descobrir o Ninho de Ovos?!

Mercado Publico Pelotas - 8

Mercado Central de Pelotas - Praça Coronel Pedro Osório, 179 

Restaurante Cavalo Branco: (53) 8432-9027

Imperatriz Doces Finos: (53) 3028-0352

Caminhada pelo Centro Histórico

Pelotas - 43

Sempre bom um pouco de exercício para equilibrar a alimentação em Pelotas – cidade onde você vai pegar pesado, não adianta!

Pelotas centro - 7

Quem já esteve em Lisboa, me diz se sentem a mesma coisa – não tem um ar de Rossio aqui?

Pelotas centro - 4

Caminhe devagar. Observe os detalhes. E se for fazer compras, só tenta não atrapalhar o jogo de xadrez, que estava pegado.

Pelotas - 47

Ah, mas veja só – taí a pelota. Vem dela o nome da cidade – uma espécie de canoa de couro usada para travessia dos rios.

Pelotas pelota - 3

Hora do cafezinho: só pode ser no Aquários

Aquarius Pelotas - 2

Imortalizado em várias músicas (especialmente dos queridos Kleiton e Kledir), é o primeiro lugar onde fui em Pelotas e quero sempre voltar. Conta a história que Aquários é o nome justamente pelas janelas de vidro no ponto de esquina.

Aquarius Pelotas - 15

Quer viver como um local? Pede teu cafezinho no balcão. Tem todo um ritual: paga primeiro no caixa, ganha uma ficha, entrega pro garçom que te serve um passadinho na hora. A xícara é tão cheia que acabei tomando antes da foto e me melecando toda. Ou eu é que sou esganada/avoada. Tá tudo em casa!

Aquarius Pelotas - 12

Endereço: R. Quinze de Novembro, 602 – Centro – Pelotas – RS

Telefone:(53) 3222-6544

Que tal um mate no Laranjal?

Não podia sair de Pelotas sem conhecer o famoso Laranjal. Então rumei pra lá!

Laranjal - 39

Me deu uma inveja boa dessa cidade que tem uma lagoa assim, a minutinhos do Centro… opa, pera aí! A minha cidade também tem! :D Quem sabe logo poderemos aproveitar também Porto Alegre para banho e esportes náuticos com mais segurança?

Bom, enquanto isso, deixa eu suspirar pelo Laranjal

Laranjal - 33

E olha só: se você for até o final da praia, à direita, encontra uma rua de chão batido. Segue por ali, com cuidado e você descobre uma vila de pescadores com venda de peixes e frutos do mar com preços super baratos. Sem falar do visual.

Laranjal - 8

A Praia do Laranjal fica a 10 minutos do Centro de Pelotas e se divide em Balneário Santo Antônio, Balneário dos Prazeres, Valverde, Novo Valverde e Colônia de Pescadores Z-3.

Antes da volta, o xis do Circulu’s

Circulus xis Pelotas - 3

Sério, todo, todo, todo mundo falava desse xis. Mas tinha que ser o Bebum (com a carne preparada no vinho). Antes de voltar a Porto Alegre eu precisava provar. E não me arrependi! R$17,90 acompanhado desse potinho de maionese. Voltei feliz!

Endereço: R. Marechal Deodoro, 1011 – Pelotas – RS

Telefone: (53) 3225-6077

O Roteiro da Sara / Rádio Gaúcha esteve em Pelotas em uma parceria oficial com a Fenadoce. E com certeza vai voltar, porque a cidade fez parceria não oficial com o coração da editora do blog também! <3

Conheça também:

Guatambu: entre os vinhos e sabores do pampa

VÍDEO: Conheça os queijos uruguaios e saiba como armazená-los

10 motivos para colocar Três Coroas no seu roteiro turístico

 

Comentários (24)

  • André Cecere diz: 10 de junho de 2016

    Pelotas terra de encantos mil. Só uma correção, aqui comemos Bauru não Xis haha

  • Juliano Teixeira diz: 10 de junho de 2016

    Oi Sara, que legal. Morei 6 anos em Pelotas e deu uma saudade lendo essa matéria. Alguns lugares eu não conhecia, na próxima vez que for lá vou resolver isso. Finalizou com chave de outro, o Bebum é demais. Bjs e boas viagens.

  • Valéria diz: 10 de junho de 2016

    André Cecere… Aqui comemos Bauro e Xis (termo usado em praticamente todo os RS)… São pratos bem diferentes ;).
    Adorei a matéria. Pelotas linda, vocês podia voltar aqui e passear pela Rota Romântica de Pelotas. Nem nós mesmos conhecemos, seria uma boa divulgação, quem sabe rola uma parceria entre vocês e a Rota. Grande abraço.

  • Bárbara diz: 10 de junho de 2016

    Sara, faltou visitar o Madre Mia Fusão Latina! Um restoarte maravilhoso em Pelotas! Vale muito a pena conhecer!

  • Stanley diz: 10 de junho de 2016

    Sara, a foto do bauru tinha que ser pela metade (já mordido) para todos verem o interior.
    Quando voltares, experimenta:
    - opções de almoço: filé a parmeggiana no Bavária ou filé de linguado com camarão no Mamma Pizza;
    - tortas da Márcia Aquino (no meio da tarde);
    - outra opção para janta: picanha aberta do Cruz de Malta.

  • Marco diz: 10 de junho de 2016

    Ótimo post Sara. Pelotas tem muita coisa boa para ver, frequentar e comer. Óbvio que em 24hrs tens que escolher o que fazer. Mas sugiro que na próxima visita de uma passada na Doceria da Márcia Aquino, na filial do Centro. Um almoço nas Charqueadas. Um Entrecot no bar Cruz de Malta (não na churrascaria do mesmo nome). Um passeio pelo Museu da Baronesa. Para cds, lps e gibis usados o Sebo Zé Carioca. Comer uma pizza no Nella Pietra, instalada no prédio onde antigamente funcionava uma fábrica de café (lugar muito charmoso e pertinho do X Circullus)). Tem mais coisas mas fica para outra hora. Abraços!

  • fredy laydner diz: 10 de junho de 2016

    Estudei em pelotas. fiz engenharia Agronômica.
    Que honra ter sido aluno da Eliseu Maciel.
    Que honra ter vivido lá ´por 4 anos.
    A todos meu mais sincero agradecimento e a minha turma que
    neste ano faremos 40 anos de formados tenham a certeza que
    muito ainda precisamos fazer pela agricultura do nosso Brasil

  • Tissiani diz: 10 de junho de 2016

    Sara, passamos pelos mesmos lugares no mesmo dia haahhahahaha e nem te vi. Amei Pelotas e tb vou fazer um post no meu bloguinho. bji

  • Bruno diz: 11 de junho de 2016

    Sara, faltou uma coisa importantíssima: Tomar aquela cerveja gelada no Cruz de Malta (o melhor happy our de Pelotas). Que heresia esquecer isso hahaha, fica a dica pra próxima vinda.

    Fantástica a matéria.

  • Aldo Caruccio diz: 13 de junho de 2016

    Faltou você conhecer a confeitaria mais tradicional de Pelotas. Muito boa a matéria, sempre acompanho suas matérias porem quando veio em minha cidade provou um doce bom, porem o melhor é na AV. Bento Gonçalves. Uma confeitaria totalmente diferenciada e com os melhores doces do mundo, doces estes que eram oferecidos aos Presidentes da República, principalmente aos jantares e almoços no catete RJ para Getulio Vargas. um dia quem sabe, poderá conhecer o nosso melhor!!!! bjsss

  • Isadora diz: 15 de junho de 2016

    Já falaram do Cruz, mas esqueceram do croquete, que é maravilhoso!
    Adorei a matéria, o Mercado Publico é minha segunda casa, estudo na frente, no Mercosul :)

  • Alessandra Casagrande diz: 17 de junho de 2016

    Sara, terás de voltar a Pelotas… as tuas dicas são todas louváveis, mas ainda tem muito mais; a Doceria Marcia Aquino na Av. Dom Joaquim, o Madre Mia – fusão latina que por vezes fecha a rua e promove eventos muito legais, o Creperie Française – um bistrô maravilhoso na Av. Bento Gonçalves, e muito mais….. ah, o Hotel Provincia no Laranjal é um charme e tanto, ótimo atendimento e aceita pets

  • Márcio de Freitas Pontes diz: 18 de junho de 2016

    Minha sugestão é que na próxima reportagem incluam a hamburgueria artesanal e bar Johnnie Jack. Ambiente super aconchegante e bem pensado, shows de rock’n’roll todos dias e deliciosos burgers, comida mexicana e vários drinks!!!

  • LUCAS diz: 18 de junho de 2016

    Por favor, baurú.

  • Marcia diz: 19 de junho de 2016

    Na proxima vez não deixe de conhecer a Confeitaria Salinas, fica próxima da UCPEL, na Gonçalves Chaves. Lá tem as melhores tortas doces e o melhor mil folhas que existe.

  • Jarbas Derquin diz: 20 de julho de 2016

    Oi Sara!
    Sem dúvida, a região sul do nosso Estado é repleta de maravilhas.
    Parabéns!

  • Leonardo Alves diz: 18 de outubro de 2016

    Sara. Parabéns! Excelente postagem sobre Pelotas, minha cidade natal. Em Lisboa, onde resido, recebi esta mensagem de uma pessoa amiga, pelo Facebook. Li e me emocionei com a simplicidade e com os saudosos e lindos lugares da minha querida princesa do sul. Também utilizo a internet para me expressar, nas áreas do e-learning e do internet marketing. Na qualidade de professor do estado português, mas de nacionalidade brasileira, não poderia ler conteúdo tão agradável ao ego e ao coração, como o que escreveste. Fica aqui a sugestão: porque não escreveres sobre Lisboa, estando em Lisboa, minha segunda e também amada cidade? Obrigado.

  • Francine Pich diz: 18 de outubro de 2016

    Com certeza, você fez as melhores escolhas!
    Conheceu o centro histórico, a nossa lagoa, os melhores e mais tradicionais restaurantes e confeitarias! Se foi por indicação, foi muito bem orientada!
    Se me permite uma dica, faltou nesse roteiro uma visita nas charqueadas e no museu da Baronesa! Aí sim, sua experiência seria completa! ;)

  • Raphael diz: 19 de outubro de 2016

    Devo ter tido muita falta de sorte mesmo.. Não conhecia a cidade, e fui visitá-la há uns 2 anos com o intuito de conhecer o Laranjal (lugar que me encantei, por sinal).. No entanto, sem outros roteiros preparados e nem nada, resolvi apostar na opinião dos pelotenses, principalmente na área da culinária, e acabei marchando feio.. Ninguém conseguia me dar uma dica ou informação útil no comércio do centro da cidade.. Das opções que me indicaram, tive que dar meia-volta.. Precisei apelar para uma alimentação mais ou menos no shopping da cidade.. Vou guardar este post do seu blog pra não ir tão despreparado na próxima vez..

  • graça gularte diz: 20 de outubro de 2016

    Faltou a música no mercado público, quando vires novamente a Pelotas vem conhecer o grupo Renascença. Linda matéria, abraços.

  • Marco Antonio Rochedo Squeff diz: 9 de fevereiro de 2017

    Sara! Belo roteiro! Me deu vontade de voltar a Pelotas, faz algum que tempo que não tenho visitado a cidade onde nasci.
    Além de bonita, é muito simpática .

Envie seu Comentário