Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Hotlist: 5 sucos saudáveis para provar

15 de setembro de 2017 1

Os sucos prensados a frio são uma ótima opção para quem quer uma alimentação saudável, sem adição de água ou conservantes. Como não são pasteurizadas, se você não for consumir em três, quatro dias no máximo, a dica é congelar,de acordo com a orientação do fabricante.

Mas, é super importante ficar atento à quantidade de calorias, caso você esteja em uma dieta restritiva. Como esses sucos não têm adição de água, podem ter uma quantidade alta do açúcar da própria fruta. No entanto, quase todas as marcas têm oferecido opções com folhas verdades e legumes, ou até mesmo com chás. A criatividade pode ser uma aliada da praticidade saudável. E o mais bacana é a maioria dessas marcas do post – senão todas! – começaram pequenas. Outras, ainda estão assim. Sou fã de empreendedores, e, com produtos frescos, essas cinco dicas são daqui (um de Novo Hamburgo, outro de Caxias, e os outros três de Porto Alegre).

BAMBU

Foto: Bambu/Divulgação

Foto: Bambu/Divulgação

Além dos quatro sabores da foto, estão lançando outras duas misturas criativas – o Verão, com manga, maçã, cenoura e cúrcuma, e o Natureza, com couve, pepino japonês, espinafre e maçã. A sugestão é provar o Roxo, que vai beterraba, cenoura, maçã e gengibre. O Verde também é delicioso (docinho!). E o Melancia, bom, aí eu sou suspeita, AMO suco de melancia (tive aquela dor no coração quando vi o tal do índice glicêmico dessa frutinha, mas azar, né? Juro que deixo de comer outras coisas, pra traçar uma melancia – ou um suco dessa fruta, que é minha preferida no MUNDO!).

A partir de R$ 12, garrafas de 300 ml.

Contato: (51) 98122-6611 (WhatsApp) ou pelo www.bambualimentos.com.

BASE JUICE (BASE GOODS)

Foto: Divulgação/Base

Foto: Base Goods/Divulgação

O cardápio tem oito sabores de sucos que combinam frutas, vegetais, hortaliças e especiarias. A proposta é que as misturas sejam funcionais e detox. Tem também opções pros festeiros, como o Recover, com melancia (sempre ela!), limão e gengibre e promete curar a ressaca pós-festa)

Dica: o Hot and Cold (foto), que leva maçã verde, gengibre, primeira caiena e canela e pode ser bebido quente. A ideia é que ele aumente o metabolismo e auxilie na prevenção da gripe. O que me faz pensar que preciso estocar alguns desses (escrevo gripada, porém, contente). Mmm, talvez estoque alguns Recover junto, pensando bem [insira aqui um emoticon olhando pro ladinho].

A partir de R$ 10, garrafas de 310 ml.

Contato: www.basegoods.com.br

FIT UP

Foto: Divulgação/Fit Up

Foto: Fit Up/Divulgação

A empresa de Garibaldi produz sucos que são vendidos ultracongelados. E foi assim que recebi ele s em casa – super congelados. Aí, pra consumir, você tem duas sugestões minhas: ou tira do freezer na noite anterior (e no dia seguinte já estão no ponto), ou, se for no verão, coloca numa bag térmica, congelado mesmo, e leva contigo, que não demora muito pra derreter… sim, experiência própria no nosso calorão Forno Alegre (que parece estar pintando, também, no inverno, não é mesmo?).

São seis sabores e um shake (que mistura amêndoas, uva passa, banana, linhaça dourada e canela). Minha dica? Experimente: o suco Energy, com maçã, pepino, limão, couve e brócolis.

A partir de R$ 15, garrafas de 360 ml.

Contato: (54) 99685-9703 (WhatsApp) ou pelo fitup.com.br.

LOVE SUCO

Foto: Love Suco/Divulgação

Foto: Love Suco/Divulgação

A Love é uma das marcas pioneiras no segmento de sucos prensados a frio. Hoje, além do portfólio de 12 receitas fixas (parte delas tá aí na foto), oferece também um cardápio para crianças usando misturas daquelas frutas e verduras que mais agradam o paladar dos pequenos. Trabalham também com sucos personalizados, através de um sistema de assinatura mensal.

Prove o Felicidade – maçã, abacaxi, manga, maracujá e gengibre.

A partir de R$ 13,50 (360 ml).

Contato: (51) 99900-4366 (WhatsApp) ou www.lovesuco.com.br

SUKO GREEN JUICES

Foto: Suko/Divulgação

Foto: Suko/Divulgação

O Sandro Loeblein nasceu no mesmo dia que eu (4 de maio), no mesmo hospital e praticamente no quarto do lado. Fomos colegas de escola, brincamos que somos gêmeos (pelo nascimento) e estou contando tudo isso pra reclamar que levei mais de um ano pra conseguir provar o Suko. O que acabou acontecendo em uma degustação na FENAC, em Novo Hamburgo. Aí, virei fã. O que foi quase um problema, porque voltei pra casa carregada de SUKOS – e tomei todos muito rápido, tipo viciadinha.

Junto com o sócio João Koch Flores, ele largou a publicidade para se dedicar só à produção. Hoje, além dos sucos, no verão também produzem o sukolé, versão congelada do Suko. Anota aí: Red (foto), que leva couve, beterraba, melancia e limão.

A partir de R$ 13, garrafas de 400 ml.

Contatos pelo (51) 99326-0156 e (51) 99598-5911 (WhatsApp), ou pelo sandrosuko@gmail.com

LEIA TAMBÉM:

Passe uma tarde em Itapuã

#SetembroVerde: confira as feiras orgânicas da Capital

Setembro: o mês mais verde do ano

 

Comentários (1)

  • Jarbas Derquin diz: 16 de setembro de 2017

    Oi Sara!
    Fico imensamente feliz com todo o empreendedorismo gaudério, que dá um tapa
    nesta crise que assola o país, com atitude.
    Parabéns pela matéria.

Envie seu Comentário