Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Brizza Forneria: pizza descomplicada pra comer na rua

19 de setembro de 2017 2

BRIZZA - 44

As pizzas de rua estão chegando com força a Porto Alegre. O foco é o sabor e a qualidade da massa e da cobertura. Se tem lugar pra sentar, se a gente come pela calçada, isso pouco importa! A democrática pizza napolitana pede só muita vontade de pizza e um necessário e confortável despreendimento.

A Brizza chegou com essa ideia e pizzas deliciosas. Os proprietários, o Bruno e o Thomaz, se inspiraram em Nápoles e também no Rio de Janeiro, onde tem outra pizzaria no mesmo estilo, a Ferro e Farinha. Adorei a resposta do Bruno quando perguntei sobre a semelhança com a Ciao (Pizza como em Nápoles e vinho de casa), que abriu ano passado na Anita Garibaldi, ali pertinho, com uma proposta super parecida: “Os guris da Ciao são novos assim como a gente e acreditam em modelos como esse. Temos uma amizade muito bacana e construtiva e adoramos tê-los por perto”.

É isso aí. Em vez do conhecido (e amedrontador) balde de caranguejos, o lance é todo mundo se ajudar e, assim, crescer!

(Desculpa o desabafo, mas depois das polêmicas dos últimos dias, ver um pouco mais de amor por favor me emociona!)

(E, ok, pizza pra mim é amor também, então tá tudo em casa!).

Já aviso que não tem lugar pra sentar dentro da pizzaria. O lance é nas mesas da calçada ou de pé, mesmo.

BRIZZA - 13

Cousalinda ver o pessoal tomando conta da rua. Eram quase dez da noite.

BRIZZA - 17

Fiquei emocioanada de ver o pessoal chegando com o cachorro (olha lá no fundo dessa foto aí de cima), com família, conversando, enfim, vivendo o espaço público – o que aumenta a nossa segurança.

BRIZZA - 14

E aí fui dar aquela espiadinha no preparo, óbvio.

BRIZZA - 9

Perguntei se eles já têm um número máximo de pizzas por noite, como a Ciao. O Bruno disse que ainda não (mas sei que, esses dias, acabaram as pizzas e eles ficaram bem felizes!). Mas pode acontecer. Esse estilo de pizza, com fermentação longa, exige uma receita específica. Depois de pronta a massa, é preciso que seja assada quando chega no ponto certo pra não haver desperdício. Não dá pra guardar pro outro dia, ou pré-assar.

BRIZZA - 12

Vou dar uma opinião super leiga, mas de sensação, mesmo: esse tipo de pizza não me deixa sentido estufada, cheia. Parace que combina com a pancinha, que cai bem. Quase uma sensação fit (nesse momento, eu sei, vocês estão gargalhando com minha cara de pau em afirmar algo assim. Mas quem foi aí que pediu pra eu voltar a falar como Sara?)!

BRIZZA - 6

Duas taurinas sentadas na calçada esperando a pizza ficar pronta. Porque, né, vida real, migos, também tem disso! Right, Lu Marmentini?

BRIZZA - 20

Essa aqui embaixo foi a minha escolha: Sgt. Pepperoni. Sou tarada por pepperoni. E digo por favor provem esse creme de moranga no lugar do molho de tomate nunca pedi nada pra vocês. Que loucura!

Ah, e com exceção da Margherita, todos os sabores são autorais, puxando aquela ideia de usar os insumos que o gaúcho gosta e tem por perto. E os guris buscam pequenos produtores locais como fornecedores! Parem, parem, parem que já tô morrendo de amor!

BRIZZA - 47

A Lu, essa pessoa clássica, foi então de Margherita. Acho que é de família, porque o Leo, o irmão dela, também tá sempre choramingando por esse sabor (sim, ozamigo tudo me procuram pedindo dicas, mas não, eu não lembro de tudo de cabeça, e sim, por isso mantenho esse blog).

BRIZZA - 24

Detalhe singelo na mão da Lu: um rolo de papel-toalha que o pessoal da Brizza distribui como guardanapo.

BRIZZA - 22

Coisa bem linda essa pizza, né?

Mas…

Espera.

Preciso acabar esse post com polêmica. Afinal, estamos em Porto Alegre, né? (ironia detected)

Eu não como a casquinha. Eu deixo a casquinha.

E vocês achando que eu era o garfo perfeitinho, não é mesmo?

BRIZZA - 52

Aí já confere essa maravilhosidade que é o cardápio da Brizza!

(Ah, quer levar tua bebida, teu vinho, teu espumante, tua ceva? Tranquilo! Carrega taça tbém, te abanca e pede tua pizza).

BRIZZA - 2

BRIZZA FORNERIA

Endereço: Rua 24 de Outubro, 1409, Independência – Porto Alegre.

Telefone: (51) 3573-5539

Funcionamento: de terça a sábado, das 18h às 22h30

MAIS PIZZA PRA VOCÊ SER MAIS FELIZ

Ciao: pizza como em Nápoles e vinho de casa

Mr. Red: noite com pizza e vinho brasileiro em Bento

Govinda: a famosa pizza natureba do Bom Fim

Pizzas entre vinhos e vinhedos

Comentários (2)

  • Jarbas Derquin diz: 19 de setembro de 2017

    Oi Sara!
    Post extremamente apetitoso!
    Parabéns pela matéria.
    Essa é a Sara!!!!!

  • Giovana diz: 19 de setembro de 2017

    Caracaaa!!
    Deu litros de água na boca, juro.
    Aquela marguerita ali tá de comer em duas dentadas!
    Outra coisa que gostei foi ler com sotaque gaúcho… kkkkk
    Tenho saudades. Sou gaúcha mas moro fora há um tempo, já, e tenho saudades das nossas gauchices :p
    Adorei o post, Sara!

Envie seu Comentário