Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "#RoteiroSommelier"

Novidade que combina almoço com vinhos

26 de março de 2015 4

A partir de hoje o restaurante Takedo, aqui em Porto Alegre, tem uma novidade: um menu harmonizado com vinhos já ao meio-dia!

Dia desses as gurias da Famintas, uma assessoria de imprensa de gurias que trabalham – e comem! - com gastronomia me convidaram pra conferir esse novo cardápio de almoço harmonizado. Fiquei curiosa e fui lá, né!

E o que esperava pela gente era um pouquinho de cada harmonização. A ideia é que os vinhos tenham duas indicações de pratos para acompanhamento. Um com valor mais acessível e outro com opção top do cardápio. Vou mostrar o que experimentamos pra vocês terem uma noção.

Pra começar, espumante Hermann Lírica Brut (Brasil).

IMG_0493

Pra acompanhar, um Maracujá Ball (frutos do mar curtidos no maracujá e cream cheese). Um dos pratos mais pedidos do Takedo.

IMG_0499

Aí um torrontés (o branco clássico argentino que pra mim é um dos melhores brancos): Yacochuya Torrontés (Salta).

IMG_0502

O torrontés veio acompanhar o Camarão Crocante (camarão crocante na geleia de pimenta doce).

IMG_0505

Satisfeitos de entradinhas? Ainda não, né! Tem mais. A próxima vem acompanhada de um Domaine Sorin Terra Amata Côtes de Provence Rosé (França):

IMG_0515

O prato é um Jyo Tuna Foie Gras (jyo de atum com foie gras massaricado - queimado com o maçarico mesmo – com molho tare).

IMG_0510

Vocês viram que nenhum vinho é tinto, certo? Achei essa opção para esse menu de demonstração muito interessante. Especialmente porque o vinho escolhido para o prato principal é um riesling. Um vinho que tem um paladar diferenciado entre os brancos. Esse é um Donnhoff Riesling Trocken – Nahe (Alemanha).

IMG_0527

O prato é um ravióli de lagosta Takêdo (Ravióli de lagosta sobre purê de batata doce e camarões puxados no molho de sake com redução de molho de pimenta levemente adocicada).

IMG_0533

Maravilhoso. De verdade.

Acha que acabou? Não, a ideia das Famintas era que a gente saísse rolando de lá.

Pra acompanhar a sobremesa, um colheita tardia – aquela uva que é colhida quando já está passificada, com uma concentração alta de açúcar. É o chamado vinho de sobremesa – mas pode ser combinado com queijos, por exemplo. Fica super bom. Esse é o De Martino Limited Edition Legado Late Harvest (Chile).

IMG_0553

A sobremesa? A absurda Cocada Thai (doce de coco ralado coberto com sorvete de baunilha).

IMG_0543

É claro que esse é um menu demonstração. A ideia é que você escolha um vinho – e eles têm a opção de taças, o que é muito legal para quem quer um vinho diferente do companheiro de almoço. Ou simplesmente não quer beber demais, quer mesmo harmonizar o prato do almoço.

Ou seja: se você for almoçar e provar tudo isso, melhor estar de férias e de carona.

Mas também tem a mesma opção de harmonização no jantar: então, se achar que é muito etílico pro almoço, deixa pra noite!

Certo, Andressa Foresti? Essa Faminta participou do post voluntariamente pra mostrar como você pode ficar na hora do almoço se provar todas as harmonizações ao mesmo tempo! Valeu, Andi!

IMG_0554

Hora do cardápio. Primeiro, carta de vinhos. Fique atento às – boas – opções de vinho em taça:

Aquela olhada também no cardápio da casa:

TAKEDO

Endereço: Rua Carvalho Monteiro, 397 – Bela Vista – Porto Alegre – RS

Telefone: (51) 3388-5097 / (51) 3332-4170

Funcionamento: de segunda a sábado das 11:45 às 15h e das 19h à meia-noite.

Valores: além dos a la carte, buffet oriental:

Ao meio-dia: masculino R$ 70, feminino R$ 57 e infantil: R$ 39.

À noite:  masculino R$ 127, feminino R$ 107 e infantil R$ 47.

Quarta à noite promocional para as mulheres, R$ 87.

Quer conferir outros restaurantes com carta de vinhos no almoço? O #RoteirodaSara dá a dica:

O almoço do House Bistrô também tem à disposição ao meio-dia vinhos em garrafa ou taça.

Nos subterrâneos de Porto Alegre, a Cantina Famiglia Facin convida a harmonizar o ossobuco com um vinho tinto

5097 / 3332.4170

Nook: a lanchonete gourmet onde seu pet é bem-vindo

18 de dezembro de 2014 5

Um lugar onde se pode almoçar até as duas da tarde – e se chegar depois, tem sanduíches, tapiocas e wi-fi até as nove da noite.
Fui conhecer o Nook Sabores Especiais achando que ia encontrar só comida fit-barra-saudável. Não me entenda mal, sou fã de todo o tipo de comida, contanto que seja boa. Mas juro que estava com fome de uma refeição mesmo.
A surpresa não podia ser melhor. Os pratos são PRATOS! O molho madeira tem gosto de molho madeira. O filé é bem servido. E olha, eu gosto é de malpassado. Só que em geral pra entenderem que meu mal passado é selado e pronto, é uma dificuldade. Me dá uma tristeza: trazem aquele filé lindo TODO marrom com uma LEMBRANÇA de rosado lá pelo meio da carne. Bom, tudo isso pra dizer que esse VEIO MESMO malpassado. Suculento. Bem temperado. Esse é o meu prato, ó.

IMG_3145

O da minha amiga foi um salmão ao molho de maracujá acompanhado de aspargos – e eu juro que quase ataquei os aspargos dela. Sou viciada em aspargos. Verdes, sabe? Até gosto daqueles em conserva – amo quase tudo em conserva – mas esses são perfeitos.

nook2
Agora deixa eu falar do suco. Tem alguns ingredientes que prometem acelar o metabolismo. Gengibre, hortelã e pimenta são alguns deles – que estão todos nessa limonada suíça. Já tomei 500 ml pra garantir o equilíbrio da refeição, óbvio. São várias opções de sucos. Como tem wi-fi, certo que vou provar todos uma tarde dessas que for trabalhar por lá (adoro escrever em cafés e lugares como Nook).

nook3

 

Ou então (sim, acredite, isso existe) dá pra escolher uma Veuve Clicquot, uma Chandon, ou quem sabe, uma cerveja especial.

nook4

 

Foi a surpresa! Já pensou? No meio da tarde, bateu a fome? Vê aí de lanche uma tapioca de cogumelos com uma Chandon rosé (ou pede uma de carne de panela, porque harmonizar a alma é mais importante que harmonizar o paladar).
Falando em tapioca, olha isso. Não, sério, presta atenção nessa foto:


Eu canso de dizer que não sou fã de doces. E não sou mesmo! Por isso, quando eu gosto de um doce, eu não só gosto. Eu me apaixono, suspiro, rendo todas as honras. Isso aqui está entre as top das sobremesas pra mim: tapioca de mel, banana e queijo derretido. Só que é tão grande que a metade é suficiente. Já deixei a sugestão para ter a opção de uma porção menor, especial para quem não é tão fã assim das doçuras.
Outra coisa muito legal é que toda a área do deck da frente do Nook é pet friendly. O que significa mais da metade da área da lanchonete. Esse é o Dudu: o mestre de cerimônias canino do local.

Cachorro mineiro, morre por um pedacinho de queijo. Acredita? Que carne, que nada!

Tá, ok, aqui vão mais algumas fotinhos do Dudu. Porque ele é lindo, né gente!

 

Nook Sabores Especiais

Rua Casemiro de Abreu, 1233
Porto Alegre
De segunda a sábado das 11h às 21h. Almoço até as 14h
Domingos das 14h às 21h.
 

O restaurante que promete gastronomia com felicidade

13 de dezembro de 2014 11

Oliden Berna não se diz chef: É cozinheiro clássico-moderno. Mas já foi advogado. Poderia ser também arquiteto – participou e opinou em todas as etapas da construção do casarão que fica na Avenida Otto Niemeyer. O entorno não tem tradição de restaurantes, mas isso não assustou Oliden. Ele e o sócio, Elton Pivatto, investiram no total cinco milhões de reais. Do bolso, garantem. E foram cinco anos para completar a obra.

O mármore do chão é italiano: Nero Marquina. As dobradiças alemãs não fazem barulho nas portas. O pé direito é alto, com madeira e camurça nas paredes. O local lembra as naves de uma catedral. A luz é direcionada para as mesas, sem claridade direta.

Oliden não é nada modesto. Quer trazer a primeira estrela do Guia Michelin para o Rio Grande do Sul. Afirma que o que ele faz não é cozinha de autor: “Aqui todos os pratos serão iguais, sempre. Há estabilidade: os pratos são do restaurante, não do chef”. E para garantir isso, balanças de precisão, fichas plastificadas com as receitas – algumas com diferença de um grama entre um ingrediente e outro são parte das ferramentas usadas por Oliden.

Oliden Berna

O cardápio tem 14 pratos, com valores entre 77 e 98 reais. Todos são da culinária italiana, mas executados com técnicas francesas. A carta de vinhos tem um valor acessível e a adega exposta na entrada tem 80 rótulos de seis países (Brasil, Argentina, Chile, Portugal, França, Espanha e Itália).

 

 Oliden Berna é polêmico: “Não há gastronomia brasileira, há um marketing em cima de determinados chefs. Cultura gastronômica no nosso país? Talvez daqui a uns duzentos anos.”

Mas também pode ser mais ameno. Quando fala das mulheres, pra quem entende que foi pensado o local: “Quando concebemos o Berna pensamos na doçura da mulher. No comportamento feminino, na elegância feminina. Fizemos uma passarela na entrada, com dois degraus, para que elas desfilem seus vestidos, seus sapatos, seus cabelos, suas unhas, suas jóias. O centro do restaurante é para que elas possam discutir a relação, dizer que estão grávidas, que amam seus parceiros”.

Com amor ou não, vale conhecer o imponente restaurante. E pras mulheres, a dica: vá de salto alto e experimente parar no degrau extra da entrada. E depois conta aqui no blog se realmente fez diferença!

Ok, falei, falei do lugar… mas vocês querem saber também o que foi o jantar, certo? Aí vai:

IMG_2918

Caponata, abobrinha e beringela.

Pão feito no próprio restaurante.

Carpaccio clássico.

Pra mim, o melhor sabor da noite: Velouté de Cogumelos da terra ao vinho Marsala

Escolhemos um Pinot Grigio para harmonizar com frutos do mar.

Risoto de Frutos do Mar.

Pappardelle de Frutos do Mar.

IMG_2957

E uma das minhas sobremesas preferidas: Creme Brulée.

Berna

Avenida Otto Niemeyer, nº 1044. (não tem placa com nome do restaurante)

Porto Alegre

Às sextas e sábados é aconselhável fazer reserva pelo 51 3264.1044

www.bernarestaurante.com

É oficial: nasceu o #RoteirodaSara

06 de dezembro de 2014 4

A noite estava perfeita. Agradável, depois de um dia não muito quente e cheia de amigos! O Winebox Bistro e o Via Trastevere – um lugar INCRÌVEL na Travessa Paz, pertinho da Redenção estavam cheios de amigos e de tudo aquilo que faz a vida muito boa!

Equipe de apoio do lançamento do #RoteirodaSara

Equipe de apoio do lançamento do #RoteirodaSara

Assim que chegarem as fotos feitas pelo super Jefferson Carnelutti, coloco todas aqui e conto mais do que aconteceu naquela noite mágica.

Mas quero agradecer aos nossos super parceiros. Olha a turma de vinhos e espumantes que esteve com o #RoteirodaSara:

Espumante Fausto Brut Rosé da Pizzato IMG_2802

Espumante Pedregais,  Bodega Czarnobay IMG_2826

Espumante Don Giovanni

IMG_2825

Vinho merlot branco e rosé de cabernet da Dunamis IMG_2828

Teve o vinho Sopra chardonnay também 10836175_10204412245364109_1580013698_n

E as delícias? Casa da Ovelha com todos os tipos imagináveis de queijo de leite de ovelha! (essa e a próxima foto são da querida Fernanda Guimarães da Embaixada Gourmet)

) IMG_2834[1]

Peppo Cucina com o terrine maravilhoso de mortadela e ricota: IMG_2833[1]

Barbarella Bakery com os pães feitos com todo o amor pela Ana Zita (e as pastinhas também, olha essa manteiga temperada) IMG_2812

E a Tortaria Alfajor (foto mara da Lilian Lima, do As Boas Coisas da Vida). Teve gente que repetiu três vezes! (que bom!) :D 10846416_10203319608495326_4894859703419054919_n

E quando todo mundo achou que tinha acabado… olha o que apareceu! Os bombons de comer ajoelhado da Feito de Sorvete! bombom

Pra quem quer conhecer o espaço da Winebox, ele abre diariamente como loja de vinhos – você pode escolher na prateleira e depois degustá-lo na mesa. Tem também um cardápio com algumas delicinhas como crepes especialmente criados para o espaço.

Winebox 

Travessa Paz, 44 – Porto Alegre

Telefone: (051) 3013-7717

E o #RoteirodaSara já foi lançado na redação da Gaúcha

04 de dezembro de 2014 2

Essa quarta-feira foi doce na rádio! Fizemos o pré-lançamento do blog com tortas da Leckerhaus.

 

Teve torta, teve discurso do Cyro Martins e do Cláudio Brito (que se emocionou lembrando do nosso começo lá na cobertura do Carnaval). Teve eu, emocionada também, mas aí não conta muito porque eu ando me emocionando facilmente…

IMG_2770IMG_2778

Bom, mas falando sobre as tortas, acho que é legal você entender BEM o que passou pela nossa redação.

Nhami…

IMG_2768

Mais nhami…

IMG_2765

E outro nhami…

IMG_2764

Cansou? Sei que ainda não…

IMG_2762

Ok, só mais essa e paro de provocar:

IMG_2767

Foi uma doçura especial da Leckerhaus e das amadas gurias da Famintas. Adoramos, de verdade. E também um super obrigada à Cris de Luca e à Salton, que “harmonizou” nossa celebração:

IMG_2776

Pra mais detalhes, olha aqui: Leckerhaus e Vinícola Salton.

Fim de tarde italiano na Barbarella

18 de novembro de 2014 0

Uma tarde dessas resolvi atacar os carboidratos em grande estilo: segui pra Barbarella, a musa dos pães! A casa da Ana Zita é um refúgio na arborizada Rua Dinarte Ribeiro. Mesas na calçada e wi-fi disponível trazem aquela sensação de tranquilidade que tem tudo a ver com final de dia.

E aí vem o melhor. Era quarta-feira. E nas quartas a Barbarella tem o #Bread&Wine – taça de vinho acompanhada de um prato do cardápio, tudo com 20% de desconto. Cada semana a opção é diferente!

Não aguentei e mordi o sanduíche antes da foto. Impossível resistir

Não aguentei de vontade e mordi o sanduíche antes da foto

Nesse dia era o LOLLOBrigida, pão baguete com azeitonas e parmesão na massa em um sanduíche recheado com mussarela gratinada, presunto cozido e fio de azeite de oliva.

Barbarella 2

O vinho do dia era o toscano Santa Cristina Annata 2012 (60% Sangiovese, 40% entre Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah). Descomplicado e que caiu muito bem com LOLLOBrigida naquele final de tarde. Tão bem que…

Sobremesa

Sobremesa!

… me deu vontade de comer mais! Resolvi inventar:  brioche quentinho com uma porção de manteiga e outra de geleia. Porque se é pra curtir um final de tarde, que seja sem dramas. A vida é muito curta pra contar (sempre) calorias!

 

Barbarella Bakery

Dinarte Ribeiro, 56 – Bairro Moinhos de Vento – Porto Alegre – RS 

Telefone: (51) 3346-7164/ (51) 3268-9720

 

O surpreendente Sukyiaki da Liberdade

18 de novembro de 2014 0

Das inúmeras diversões que São Paulo oferece, descobrir novos sabores é uma das melhores. E o bairro da Liberdade – reduto japonês desde 1912 e  hoje uma das atrações da cidade – é (me perdoe o trocadilho) prato cheio pra isso! A rua Tomaz Gonzaga reúne os restaurantes mais tradicionais. A maior parte deles já avisa na porta: “Não servimos sushi”. E olha, nem precisa…

Conheci o restaurante Sushi Yassu (esse sim, serve sushi) num final de semana em que um amigo me convidou para almoçar. Ele e a esposa eram fanáticos por um prato em especial: o Sukyiaki. Curiosa, topei na hora.

O Sukyiaki é preparado na frente do cliente

A carne do Sukyiaki tem gordura equilibrada entre as fibras

A própria panela vai na mesa e o Sukiyaki é preparado na frente do cliente. A carne marmorizada é frita com um pouco de manteiga. Aí os vegetais são adicionados cada um a seu tempo para não murchar demais. Couve, broto de bambu, brócolis, cogumelos, nabo e até queijo tofu. Para acompanhar, ovo batido em um potinho individual. Cada pessoa pega uma porção de comida com o hashi direto da panela, passa no ovo (que cozinha com o calor dos ingredientes) e… bom apetite!

A ideia é comer direto da panela japonesa

A ideia é comer direto da panela usando hashi

E pra não perder a oportunidade, harmonizei com uma Kirin Ichiban, cerveja japonesa puro malte.

A cerveja japonesa puro malte harmonizou muito bem com o prato

Não preciso dizer que morro de vontade de voltar lá.

 

Sushi Yassu

Rua Tomás Gonzaga, 98 – Liberdade – São Paulo – SP

Telefone: (11) 3209 6622