Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de junho 2010

Embaixatriz e jingle para a Fearg

30 de junho de 2010 0

Embaixatriz Maria Paula foi apresentada hoje. Crédito: Alan BastosA Comissão Organizadora da 32ª Feira de Artesanato do Rio Grande (Fearg) e 15ª Feira de Comércio, Indústria e Serviços (Fecis) apresentou hoje a embaixatriz cultural e o jingle que representarão os eventos. Neste ano as feiras homenagearão a etnia portuguesa e contarão com o tema “Artes, Saberes e Sabores”.

A embaixatriz portuguesa da feira é Maria Paula Soares Pereira, de 15 anos, estudante do 2º ano do Colégio Estadual Lemos Júnior. Maria Paula foi indicada pelo Centro Português do Rio Grande. Já o jingle vencedor tem o título “Fearg/Fecis, feira e festa portuguesa”.; Foi escolhido através de concurso, que coroou o músico e tecladista rio-grandino Renato Ávila. Ele faturou R$ 1,2 mil.

A 32ª Fearg/15ª Fecis acontece de 29 de julho a 15 de agosto, no Centro Municipal de Eventos de Rio Grande.

>> Jingle
Fearg/Fecis, feira e festa portuguesa

Artes, saberes e sabores
Cultura e gastronomia
Feira e festa portuguesa
Homenageando as etnias
A gente compra, sonha e brinca
Na multifeira da alegria

Venha participar da brincadeira
È a Fearg e Fecis a nossa feira
É a Fearg e Fecis a nossa feira

Reunião sobre o Oceanário Brasil

30 de junho de 2010 0

Amanhã, às 14h, acontece no auditório do CCMAR uma reunião técnica para avaliar com a comunidade o licenciamento ambiental do Oceanário Brasil, projeto da Universidade Federal de Rio Grande (Furg) inédito no país.

A reunião visa levantar subsídios e informações para embasar o trabalho da equipe técnica da Fepam. O Oceanário é um projeto da Furg, devendo ser construído em um Parque Ecológico, localizado entre o Balneário do Cassino e os Molhes da Barra, em uma área de 176 hectares do lado do Oceano Atlântico. A previsão é de que no final de 2012, a obra esteja concluída. O investimento é de R$ 140 milhões.

Conforme o projeto, o Ocenário será dividido na Ala Norte, Sul, Leste e Central, O complexo ocupará uma área de campo, preservando  as dunas e banhados da região. No final de 2009, o Oceanário foi lançado, após contatos com a Fepam para a obtenção do Termo de Referência, seguindo-se solicitação de Licença Prévia (LP). A Furg segue no aguardo para tocar a obra.

O primeiro encontro com a imensidão azul

27 de junho de 2010 0

 

Vivi a vida inteira entre Vera Cruz e Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo. Só mudei de endereço quando vim para Pelotas para trabalhar na Zero Hora. A Lagoa dos Patos para mim ainda era uma gigantesca mancha azul no mapa.

Lembro como fosse hoje o dia em que na quarta série a professora falou da maior laguna do Rio Grande do Sul e do Brasil. Sempre tive vontade de conhecê-la. Saí do estado, saí do país e não visitei a lagoa.

Quando me mudei para Pelotas, sabia que trabalharia muito próxima dela, ainda assim, não foi na minha nova cidade que tive meu primeiro encontro com o mar doce do Rio Grande.

Uma difícil missão nos levou a São Lourenço do Sul, cenário do então sonhado encontro. Precisávamos encontrar a família da uma vítima de latrocínio para colaborar na reportagem publicada neste domingo em ZH. Fomos ao interior do município e quando expliquei o motivo de estar lá, vi uma mãe desabar no choro à minha frente. O que eu poderia falar que aplacasse a dor daquela mãe?

Depois de uma manhã difícil, mas de muito aprendizado, Nauro me levou para almoçar num restaurante conhecido por ele. Quando o carro entrou numa rua ladeada por barcos, meu coração bateu mais forte. Estava lá ela, a Lagoa dos Patos.

Vi aquela imensidão de água e sem certeza, questionei:

- Essa é a Lagoa dos Patos?

A resposta afirmativa veio, a emoção também. O encontro não poderia ter sido num dia melhor. Depois de toda dor do início da manhã, a Lagoa estava lá para me receber com seus sons, imagens e cheiro. Nada poderia ter sido mais acolhedor.

Desci até as pedras e me permiti ficar inebriado pelo cenário. Molhei as mãos nas ondas que se jogavam com força contra as pedras, respirei fundo aquele ar puro e fechei os olhos para ouvir com mais atenção o que as ondas me diziam.

Voltei diferente e com uma certeza: esse seria o primeiro de muitos outros encontros.

Mobilização contra o crack movimentou Pelotas

27 de junho de 2010 0

Sancler Ebert

Nem a fina garoa que insistia em cair sobre Pelotas na manhã do sábado, 26, espantou o público que se amontoou no calçadão da Rua Sete de Setembro para acompanhar as apresentações da Organização Não Governamental (ONG) Anjos e Querubins. A ação fez parte da campanha Crack, Nem Pensar e ocorreu no Dia Mundial de Combate às Drogas.

Os jovens participantes da entidade cantaram e tocaram instrumentos musicais encantando a população que batia palmas e elogiava o grupo ao fim de cada canção. Após a apresentação, a professora Elza Mara Oliveira fez questão de ir cumprimentar o coordenador do projeto, Ben Hur Alves Flores.

- As pessoas que fazem trabalhos como esses são muito abençoadas. O crack é um problema sério e é emocionante ver esses adolescentes se apresentando e mostrando que ainda há esperança para nossa juventude – explicou Elza.

Flores acredita que a mobilização ajuda a conscientizar mais pessoas sobre os malefícios das drogas, assim como serve para mostrar as ações da entidade.

- Além de chamar a atenção para o problema do crack, buscamos vitrine para nosso projeto, para que possamos receber auxílio das entidades locais – conta.

Durante toda a ação foram distribuídos folhetos mostrando como podem ser feitas doações para os projetos sociais antidrogas e pulseiras da campanha.

Lançamento da GM no porto

26 de junho de 2010 0

Malibu será comercializado a partir de R$ 89 mil. Crédito: Divulgação

O porto de Rio Grande desembarcou o lançamento da General Motors (GM) no Brasil, o Chevrolet Malibu.

O novo automóvel começou a ser desembarcado em abril, no entanto, a pedido do cliente, as primeiras imagens da operação só puderam ser reveladas ontem. Até o momento mais de 633 unidades do Malibu chegaram ao porto rio-grandino.

Em 2009, Rio Grande já recebeu Agile. Captiva (México), e Ômega (Austrália) são outros modelos movimentados por aqui, o que reforça a qualidade da mão de obra e da infraestrutura do porto marítimo. Neste sábado, deve acontecer primeira importação do Malibu após o seu lançamento oficial, com 344 unidades.

O Malibu será vendido na versão LTZ (topo de linha) que possui uma série de equipamentos de última geração, além de seis airbags e programa eletrônico de estabilidade. O modelo possui motor 2.4, 171 cavalos de potência, e exclusivo câmbio de seis marchas com comando no volante. Tem acabamento em madeira, revestimento dos bancos em couro – que possuem regulagens elétricas e aquecimento –, regulagem de altura a profundidade do volante e iluminação em Ice Blue, a mesma encontrada em modelos como o Chevrolet Camaro. O Malibu, que reforçará a tradição da Chevrolet no segmento de sedãs, vai de 0 a 100 Km/h em 10,9 segundos. O modelo será comercializado a partir de R$ 89,9 mil.

Michel no Trending Topics do Twitter

25 de junho de 2010 0

Mais uma vez Pelotas esteve no ranking de palavras mais escritas no microblog Twitter. Durante o Jornal do Almoço apresentado diretamente da Fenadoce, o nome do evento esteve entre os mais digitados. Hoje, durante o jogo da Seleção Brasileira contra Portugal o nome do pelotense Michel Bastos esteve em destaque.

Filho de Argeu e Elisabete Bastos, Michel defende a camisa 6 da Seleção na posição de lateral-esquerdo. Fora da Seleção, Michel joga pelo Lyon da França.

Leia aqui o relato do primeiro jogo assistido na casa da família Bastos e aqui sobre a transformaçãio da rua dos Bastos na Rua Brasil.

Estaleiro Wilson, Sons lançado

25 de junho de 2010 0

Novo estaleiro aguarda licença ambiental para iniciar os trabalhos. Crédito: Antonio Paz, Palácio Piratini

A governadora Yeda Crusius descerrou ontem a placa que comemora o investimento do Estaleiro Wilson, Sons. Mais US$ 140 milhões, financiados pelo Funda de Marinha Mercante, para o polo naval gaúcho.

O estaleiro, que ficará entre o Tecon e a Termasa, produzirá embarcações de pequeno e médio porte, com ênfase nos PSVs, embarcações de apoio a plataformas de petróleo. São navios com grande capacidade de armazenagem, que levam e trazem produtos das plataformas, como alimentos, combustível, etc.

Junto com o estaleiro, a Wilson, Sons acredita que trará ao menos dez sistemistas. Serão os fornecedores de aço, tublações e outras peças dos navios. A previsão é de 2 mil empregos diretos e outros 4 mil indiretos.

Desde 1913 operando em Rio Grande, através de sua agência marítima, a Wilson, Sons possui um estaleiro no Guarujá, em São Paulo. Lá, produz até três PSVs por ano. Em Rio Grande poderá entregar oito.

Para o projeto deixar o papel é preciso que a Fepam libera a licença prévia, posteriormente a de instalação da obra. A Wilson, Sons aguarda a primeira para este mês.

Inaugurada ala de queimados da Santa Casa de RG

25 de junho de 2010 0

A governadora Yeda Crusius inaugurou ontem a ala de queimados da Santa Casa do Rio Grande, unidade inédita no Interior do Estado. O 1º Centro de Referência de Alta Complexidade de Queimados custou R$ 488 mil, garantidos pela comunidade da zona sul por meio da Consulta Popular (2008-2009).

A unidade possui cinco leitos destinados a pacientes com ferimentos causados por queimaduras de alto grau. Cerca de 12 pessoas são atendidas por mês no hospital com esse tipo de lesão, a maioria delas por acidentes de trabalho. Na unidade, atuarão 30 funcionários.

É a primeira unidade de queimados instalada no interior Rio Grande do Sul. As outras duas áreas funcionam em Porto Alegre. No Hospital de Pronto Socorro (HPS), 12 leitos são disponibilizados para o tratamento. O Hospital Nossa Senhora da Conceição conta com 10 leitos. 

A governadora aproveitou a visita a Rio Grande para firmar compromisso para a construção de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), com um investimento de R$ 450 mil. A unidade atenderá uma população de até 6 mil famílias. O total de recursos destinados para a saúde em Rio Grande chega a R$ 938 mil.

Embarque histórico no porto

25 de junho de 2010 0

Navio Prem Varsha embarcou 66.935 toneladas de soja. Crédito: Divulgação, Termasa

O porto de Rio Grande baterumais um recorde de embarque em um só navio. Ontem, às 8h20min, foi encerrado o embarque do navio Prem Varsha no terminal da Termasa, que embarcou 66.935 toneladas de soja em grão, com destino a China. É o maior embarque do grão da história do Estado.

O recorde anterior foi obtido no último dia 6, quando o navio Apostolos D deixou o porto com 64 mil toneladas de soja. Com o Prem Varsha, a marca histórica foi batida pela terceira vez, desde que foi ampliado o seu calado do porto de 40 para 42 pés.

O embarque do Prem Varsha aconteceu nos terminais graneleiros Termasa e Tergrasa, administrados pela cooperativa CCGL. O complexo movimentou nos últimos cinco anos aproximadamente 70 % das respectivas safras de soja no RS, e só neste ano já exportou cerca de 1.846.617 toneladas, das quais 87 % com destino à China, 6 % para Coreia, 3% Tailândia, 3 % Turquia e 1 % para Alemanha.

R$ 300 mil para o projeto da lama

25 de junho de 2010 0

Governadora e reitor em exercício assinaram o convênio. Crédito: Divulgação,Suprg

O projeto para transformar a lama da dragagem do porto em energia elétrica ganha os esperados recursos. Ontem, a governadora Yeda Crusius assinou o convênio entre o Governo do Estado e a Universidade Federal de Rio Grande (Furg) para custear a iniciativa.

A ideia pioneira em transformar a lama retirada dos canais do porto em energia eltrica foi aprovada em primeiro lugar no Termo de Referência TR01/2010, do Projeto Estruturante Polo Tecnológico Estadual, da Secretaria da Ciência e Tecnologia, que vai financiar R$ 300 mil em recursos. o porto dá contrapartida de R$ 60 mil e a Furg de R$ 640 mil, através do trabalho dos pesquisadores.