Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de julho 2010

Acidente mata ex-zagueiro do São Paulo

31 de julho de 2010 0

Zagueiro Silva. ReproduçãoUm acidente às 5h50min deste sábado abreviou a carreria do zagueiro Silva, 27 anos, que defendeu o São Paulo de Rio Grande na última Segundona.

O Escort conduzido pelo jogador invadiu a pista contrária e bateu em um ônibus, em Capão do Leão. Além do Silva, morreram mais duas pessoas na colisão e outras três ficaram feridas. As seis estavam dentro do carro, que voltava de Pelotas.

Titular do São Paulo na Segundona, Silva estava sem clube. Recusou uma proposta do Guarany-Ba para jogar a Copa FGF e aguardava a próxima temporada, quando voltaria ao Aldo Dapuzzo. Formado na base do Progresso e Brasil de Pelotas, o zagueiro passou pelo Três Passos, Brasil de Farroupilha, Cruzeiro e Sapucaiense.

Uma lástima esta notícia. No São Paulo, Silva deixou muitos amigos. Foi um dos destaques do time na Segundona, muito seguro na defesa e marcando seus golzinhos de cabeça. Ele deixa esposa e um filho.

Mais informações em www.zerohora.com.br.

Escort bateu em um ônibus. Crédito: Vinícius Costa

Termina dragagem do porto de Rio Grande

31 de julho de 2010 0

Após 11 meses de trabalho, a dragagem de aprofundamento do canal do porto de Rio Grande, está concluída. Ainda em 2010, navios com 320 metros de comprimento, carregando mais de 70 mil toneladas de carga navegarão no sul do Estado, aumentando a competitividade do cais gaúcho.

O ministro-chefe da Secretaria Especial de Portos (SEP), Pedro Brito, anunciou na tarde de ontem o término da obra através do seu perfil no microblog Twitter.

- Concluímos nesse meio tempo, Rio Grande. Importante obra – diz a mensagem.

Financiada pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o Governo do Estado, num total de R$ 196 milhões, a dragagem foi executada pelo consórcio formado pela brasileira Odebrecht e a belga Jan de Nul, que fará a manutenção do canal pelos próximos dois anos.

Dividido em duas etapas, o serviço se estendeu por cerca de 25 quilômetros entre o canal interno, que passou de 14 para 16 metros de profundidade, o externo, que foi de 14 para 18 metros.

Com a conclusão da obra, o porto de Rio Grande prepara um novo aumento de calado. Em maio, o canal passou de 40 para 42 pés (12,4 para 13 metros). Agora poderá chegar a 47 pés (15,6 metros), uma das maiores profundidades do Conesul. Ao lado da ampliação dos molhes da Barra, a dragagem de aprofundamento visa aumentar a movimentação de cargas no sul do Estado.

Sai a licença prévia para o Oceanário Brasil

30 de julho de 2010 0

Saiu a licença prévia que autoriza a continuidade do projeto do Oceanário Brasil. Emitida pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), a licença saiu na quinta-feira e foi divulgada hoje pela Furg.

Orçado em R$ 140 milhões, o oceanário trata-se de um complexo turístico, educacional e científico que trata da vida em águas doces e salgadas. Será erguido em uma área de 176 hectares, entre os molhes da Barra e a Praia do Cassino.

Agora a Furg busca a licença de instalação para começar a parte física da obra. O prazo de conclusão é dezembro de 2012. O vídeo acima dá uma ideia do que será o empreendimento.

Furg entrega estudo sobre a Capela do Taim

29 de julho de 2010 0

A Furg apresentou o resultado de quatro anos de pesquisa. Ontem, o reitor  João Carlos Brahm Cousin entregou ao bispo Dom José Mário Ströeher e à Associação Pró-preservação do Patrimônio Histórico e Cultural – Aphac, o levantamento feito pela universidade sobre a Capela de Nossa Senhora da Conceição, a popular Capilha, do Taim.

Iniciado em 2006, o trabalho envolveu profissionais de engenharia, arquitetura, história e arqueologia. Apurou que a capilha data, provavelmente, das primeiras décadas do século 18. Servirá de base para que a Diocese obtenha recursos para a restauração do templo, serviço orçado em R$ 500 mil, que serão buscados junto a leis de incentivo à cultura.

Fearg começa amanhã

28 de julho de 2010 0

A 32ª Feira do Artesanato do Rio Grande (Fearg) e a 15ª Feira de Comércio, Indústria e Serviços (Fecis) começam amanhã, às 16h, no Centro Municipal de Eventos, estendendo-se até o dia 15 de agosto.

Em 2010, a exemplo dos anos anteriores, as feiras continuarão abordando as “etnias”, sendo destacada este ano a portuguesa com o tema “Artes, Saberes e Sabores”. A cerimônia de abertura, que contará com apresentações musicais e de danças relacionadas à etnia portuguesa, acontecerá nesta quinta-feira, às 21h, no palco do Teatro.

Instalados em mais de 30 mil metros quadrados os eventos contarão com 450 expositores, entre artesanato, comércio, indústria, serviços, gastronomia e recreação. Durante os 18 dias de realização das feiras a Comissão Organizadora dos eventos estima que sejam movimentados R$ 8 milhões em
negócios e que se atinja um público de 200 mil pessoas.

32ª Fearg/15ª Fecis
Quando:
de 29/07/2010 à 15/08/2010
Horário: Segunda à sexta-feira, das 16h às 23h
Sábados e domingos, das 13h às 23h30min
Onde: Centro Municipal de Eventos em Rio Grande
Quanto: Ingresso R$ 3
Estacionamento R$ 3

Programação
Quinta-feira, 29/07

Teatro
21h
Cerimônia de Abertura

-Ritmos Cia de Dança
-Grupo Folclórico Açoriano
-Maria Ercília Coutinho

Gastronomia
19h30 – Daniel Nascimento
21h – Caçulinha e Fernando

Piquete Espelho das Aguadas
15h – Baile da Melhor Idade
19h – Mostra Cultural Grupo Cesam Beto Ávila

Sexta-feira, 30/07

Multipalco
Samba e Pagode Noite I
Das 20h às 23h

-Amigos do Samba
-Fascinasamba
-Swing Samba Jr.

Teatro
20h
Festival de Música

-Modalidade Rock
-Show do intervalo, Freck Brotherz

Gastronomia
18h30 – Cláudio San Martim
20h – Erolci Scholante
21h30 – João Ivo e Quarteto

Piquete Espelho das Aguadas
Mostra Artística e Cultural

18h – DTG Lanceiros da Tradição
19h – Piquete Alma Campeira
20h – CTG Tangara
21h – Grupo Calhandra

Sábado, 31/07

Multipalco
Samba e Pagode Noite II
Das 19h às 23h

-Samba 3
-Som do Samba
-Roberto e Banda
-Destaque do Samba

Teatro
20h
Festival de Música
-Modalidade MPB/Samba/Pagode
-Show do intervalo Lunar Cia de São Jorge

Gastronomia
17h – RG4
18h30 – Léo Hojas
20h – Rita Guterres e Banda
21h30 – Tom e Josie

Piquete Espelho das Aguadas
Mostra Artística e Cultural
16h – Escola Juvenal Muller
17h – CCN Sentinela do Rio Grande
18h – Mostra ACAD Música de Lampião
19h – Grupo Encilha
22h – Lane e Artur – violão e voz

Domingo, 01/08

Multipalco
Show Pago
20h – Banda MTI (lançando o 1ºCD)
21h – Armandinho

Teatro
21h
Festival de Música

-Modalidade Tradicionalismo/Nativismo
-Show do intervalo Mano Jr.

Gastronomia
17h – Fernando Luís Fangueiro
18h30 – Cybele
20h – Gabriel Hernendes
21h30 – Marco Isoldi

Piquete Espelho das Aguadas
17h – Tiro de Laço
18h – Hermes Duram e Grupo
19h – Raul Oliveira
20h – Marco Aurélio – violão e voz
21h – Caroline Lima´s BND
22h – Chiclete e Binho

**DTG Os Teatinos
Diariamente com anchova assada e música ao vivo

Quip apresenta P-63

27 de julho de 2010 0

A Quip apresentou na manhã de hoje o projeto da P-63, a terceira plataforma feita em Rio Grande. A obra, orçada em US$ 1,3 bilhão e com previsão de 2 mil empregos, está em fase de projeto. A construção dos módulos se inicia em dezembro. Já o casco já começou a ser adaptado na China. Chega em outubro do ano que vem. Junto, virá um megaguindaste terrestre.

O brinquedinho virá da Holanda, onde é montado pela Mammoet. Terá 135 metros de altura e capacidade de movimentar até 3,5 mil toneladas. Vai pegar em terra os módulos da plataforma e colocá-los dentro da embarcação, atracada no canteiro da Quip, na parte sul do Porto Novo.

Para adaptar o seu canteiro, a Quip investe R$ 30 milhões. Destes, R$ 23 milhões vão na construção de um base de concreto do tamanho de um quarteirão e em uma linha de trilhas. Nesta área vai girar o megaguindaste.

O contra-ataque do merece

26 de julho de 2010 0

Ela merece!Que o merece soa estranho ao ouvido do rio-grandino novo já é de conhecimento público. Mas um amigo incluso nesta classe soube aproveitar a saudação. Preservo a identidade do cidadão, mas friso: é um sujeito de alta periculosidade. A história abaixo, mais um episódio da série Olhares, confirma.

O contra-ataque do merece

Guilherme Mazui

Sujeito aparentemente pacato, meu amigo circulava pelas ruas estreitas da Cidade do Rio Grande, terra do polo naval. Rodando em seu carro de vidros escurecidos, pensava na vida, enquanto São Pedro não resolvia fechar as comportas do céu. A chuva caía e os pensamentos fluíam. De tanto pensar, lembrou que a geladeira estava vazia. Tratou de ir a um hipermercado.

As rodas platinadas anunciaram a chegada do veículo a quadras de distância. Meu amigo adentrou no estacionamento, recebeu o tíquete de um rapaz e correu até a marquise. Molhou a jaqueta, proteção contra o vento e frio da ponta sul do Estado.

Circulou rápido entre os corredores e prateleiras. Acondicionou no carrinho somente víveres indispensáveis para a sobrevivência: pizza congelada, nuggets, salsicha, miojo e cervejas. Pagou no caixa-rápido – que de rápido tem apenas o nome – e correu até o carro.

Um pouco mais molhado, soltou as compras no banco traseiro e acelerou. Ao se aproximar da cancela de saída, a surpresa. O rapaz de calças largas e barbicha deu lugar a uma morena de metro e meio de pernas rijas e grossas, um híbrido da Ana Hickmann com a Viviane Araújo. Meu amigo quase não freou, tamanho o espanto. Engasgou-se com a cena.

Refeito do susto, reduziu a velocidade, ergueu o pescoço e percebeu o tal rapaz escondido, dentro da cabine do estacionamento. O colosso de madeixas negras conversava com o dito cujo. Matreiro, um capitão Rodrigo dos tempos modernos, meu amigo ignorou o cidadão.

Apesar da ausência do sol, colocou o óculos escuro. Aproximou seu possante da morena, desceu o vidro e entregou-lhe o tíquete do estacionamento. Segurou o papel até ela fazer força para buscar. Sem graça, a musa do hipermercado agradeceu.

- Muito obrigado.

Então, uma sequência velocíssima de sinapses nervosas fervilhou em dois piscares de olhos a mente do meu amigo. Após tantos ruídos no ouvido, a resposta jorrou de sua boca:

- Merece.

E ergueu o vidro. E acelerou. Por poucos metros.

Não bastando, meu amigo foi além. Baixou o vidro e consumou o contra-ataque. Jamais tal saudação lhe incomodará. De dedo indicado para a morena das pernas grossas, golpeou.

- Tu, merece!

Movimentação de veículo em alta no porto

26 de julho de 2010 0

Movimentação de veículos do porto de Rio Grande fechou semestre com alta de 45,1% em comparação ao mesmo período de 2009. Foram 35.090 unidades contra 24.173 no ano passado.

Os desembarques de veículos foram os grandes responsáveis pelo crescimento. Ao todo foram descarregados em Rio Grande 33.909 veículos, alta de 55,4%. Já os embarques não tiveram o mesmo êxito e fecharam o semestre com queda de 49,9%, totalizando 1.181 unidades.

Nos desembarques a maior movimentação foi registrada nas operações com o Agile, que totalizaram 26.474 unidades. Também da GM, a Captiva atingiu 6.350 unidades, com crescimento de 14,9%.  Ainda obteve bom desempenho o lançamento da GM, Malibu, que começou a ser descarregado em Rio Grande em abril deste ano e já soma 977 unidades.

Festa da Família reúne produtores de Morro Redondo

25 de julho de 2010 0

A 12ª edição da Festa da Família reuniu no sábado, dia 24, mais de 200 produtores de Morro Redondo no CTG Cancela Grande, na Colônia do Passo do Valdez. A Festa, já tradicional no município, promove o lazer e a confraternização dos integrantes da Associação de Desenvolvimento Comunitário de Produtores Rurais de Morro Redondo (ADCPR). O evento conta ainda com o apoio da Prefeitura e da Emater/RS-Ascar.

Bingo, brincadeiras, comercialização de produtos artesanais, almoço e gincanas divertiram as famílias durante todo o dia. “Tem amigos que passamos um ano sem ver e aqui reencontramos a todos, trocamos idéias, rimos e até fazemos negócios”, comentou o produtor Antônio Schmidt. 
 
Constituída há 21 anos, logo após com a emancipação de Morro Redondo,  a Associação fortaleceu a agricultura e a pecuária local. “Ela foi formada para mecanizar o município e hoje a nossa patrulha agrícola é uma das mais organizadas da região”, conta o atual presidente da entidade, Cleiton Dias.

Os resultados alcançados nas mais de duas décadas de união já estão superando as expectativas iniciais. “Nossa meta agora é a comercialização da produção dos associados, o que já estamos conseguindo por meio da merenda escolar e do PA”, completa Dias.

Visita ao Porto de Suape

25 de julho de 2010 0

Uma comitiva gaúcha, com representates da Secretaria de Infraestrutura e Logística (Seinfra), Porto do Rio Grande e Porto Alegre, Conselho de Autoridade Portuária do Rio Grande (CAP/RG), Sindicato dos Portuários e Prefeitura de Pelotas, estiveram na última sexta-feira no Porto de Suape (Pernambuco), onde fica o estaleiro Atlântico Sul.

A visita teve como objetivo conhecer a experiência do estaleiro, tendo em vista a implantação do polo naval em Rio Grande. Com previsão de investimentos públicos de R$ 768 milhões em 2010, o Porto de Suape pretende qualificar sua estrutura para até 2016 atingir uma movimentação anual de 48 milhões de toneladas. Considerado um porto-indústria, o porto pernambucano possui mais de 90 empreendimentos em operação (indústria, terminais portuários, empresas de serviços, etc) e outros 30 em fase de implantação, totalizando investimentos da ordem de US$ 18 bilhões, com geração de 21 mil empregos direto.

Após a visita ao porto, a comitiva foi recebida no estaleiro Atlântico Sul por seu presidente, Angelo Bellelis, pelo membro do Conselho Diretor, Paulo Haddad, e pelo diretor Geral da Quip, Miguelangelo Thome. A comitiva conheceu a planta do estaleiro, seu funcionamento e os projetos em andamento. Criado em 2005 o estaleiro Atlântico Sul tem como sócio os grupos Camargo Corrêa e Queiroz Galvão, a sul-coreana Samsung Heavy Industries (SHI) e a empresa PJMR, sendo considerada a maior e mais moderna empresa do setor de construção e separação naval e offshore do Hemisfério Sul.

Com investimentos de R$ 1,4 bilhão, o estaleiro possui capacidade instalada de processamento de ordem de 160 mil toneladas de aço por ano. A estrutura está instalada em um terreno de 1,6 milhão de metros quadrados, com área industrial coberta de 130 mil metros quadrados e um dique seco de 400 metros de extensão, 73 de largura e 12 metros de profundidade. O dique conta com dois pórticos de 1,5 ml toneladas. Ainda possui cais de 730 metros de extensão. O Atlântico Sul é focado na produção de navios cargueiros – tankers, conteineiros, graneleiros e de carga gerais, entre outros – além de plataformas offshore. Em sua carteira já constam 22 navios.