Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de setembro 2010

JN no Ar em Rio Grande

30 de setembro de 2010 0

A maratona aérea de Ernesto Paglia e equipe termina em Rio Grande. A cidade foi sorteada como a última parada do JN no Ar. O jato do Jornal Nacional chegou a Pelotas na madrugada de ontem. Hoje pela manhã a equipe vem a Rio Grande, prepara o material e retorna a Pelotas, de onde entra ao vivo no telejornal local.

35km de pavimento em Rio Grande

28 de setembro de 2010 0

Rio Grande dá o pontapé em um projeto para pavimentar 35 quilômetros de ruas. A prefeitura investe cerca de R$ 50 milhões e prevê beneficiar até 100 mil pessoas com as obras, espalhadas em áreas consideradas estratégicas: central, periferia e zona rural. O pavimento será em asfalto e bloco de concreto. Um movimento importante para uma cidade que recebe tantos investimentos federais e projeta dobrar população e economia nos próximos 10 anos.

>> Os trechos
Todas ruas sem pavimentação BGV – Total
Rua Alan Kardec Navegantes – entre Gaspar de Lemos e Vasco da Gama
Rua Bertoldo Klinger Lar Gaúcho – Total
Rua General Vitorino Centro – Total
Rua Andradas Centro – entre Vice Almirante Abreu e Salgado Filho
Rua Coronel Sampaio Centro entre General Câmara e General Vitorino
Rua Dr. Nascimento Centro – entre General Canabarro e Major Carlos Pinto
Rua General Canabarro Centro – entre Vice Almirante Abreu e Dr. Nascimento
Rua General Portinho Centro – entre Aquidaban e Perimetral
Rua João Alfredo Centro – entre General Neto e Andradas
Rua Trindade Centro – entre General Vitorino e Salgado Filho
Rua Viçe Almirante Abreu Centro – entre General Neto e Andradas
Av. Pelotas Cidade Nova, Municipal, COHAB I, SJ Operário e Rural – Total
Major Carlos Pinto – Sul Salgado Filho – entre Gaspar de Lemos e Rheingantz
Major Carlos Pinto – Norte Salgado Filho – entre Av. Portugal e Laguna dos Patos
Rua Padre Feijó Cidade Nova – entre Av. Portugal e Laguna dos Patos
Rua Teixeira Junior Cidade Nova – entre Av. Pelotas e Laguna dos Patos
Av. Buarque de Macedo Cidade Nova – entre Teixeira Jr. E XV de Novembro
Rua 1º.de Maio Cidade Nova, Municipal e Hidráulica – entre II de Novembro e Forte Santana
Rua Visconde do Rio Branco COHAB I, SJ Operário e Rural – entre Av. Argentina e Gonçalves Dias
Rua Visconde de Máua Municipal, COHAB I, SJ Operário e Rural – entre Coronel Pilar e Gonçalves Dias
Rua Pedro de Sá Freitas Vila Braz – entre Av. Bandeirantes e Henrique Pancada
Rua Raul Pilla Bernadete – Total
Av. Itália Vila Maria – entre Victor Sacavem e Paulo de Frontin
Rua Pedro Carneiro Pereira Vila Marluz Total
Rua Victor Sacavem Vila Maria Total
Rua Ângelo Trindade Vila do Trevo – entre Av. Itália e Alameda Uruguai
Rua Teixeira de Freitas São Miguel – entre Pandiá Calógeras e Canal do Norte
Rua Bernardo Taveira São Miguel e São João Total
Rua Manoel Gonzalez Lopez Profilurb I – Recreio – entre Pandiá Calógeras e Corredor do Bosque Silveira
Rua Barão de Santo Ângelo Profilurb I – entre Manoel Gonzalez Lopez e Rua S
Rua Lili Ferreira Vila Nossa Sra de Fátima Total
Rua Manoel Nunes Duarte Vila Nossa Sra de Fátima Total
Rua Irmão Isício Castelo Branco – entre Rua S e Roberto Socoowski
Rua João Paulo I Vila Santa Rosa Total
Av. Atlântica – Querência Cassino – entre Herval do Sul e Julio de Castilhos
Av. Atlântica – Barra Cassino – entre Luiz Leivas Otero e Marechal Floriano
Rua Arroio Grande Cassino – entre Av. Atlântica e São Leopoldo
Av. Beira Mar Cassino – entre Av. Rio Grande e Rio de Janeiro
Av. Rio Grande Cassino – entre Paulino Modernel e Fernando Freire
Rua Paulino Modernel Cassino – entre Av. Rio Grande e Rio de Janeiro
Rua Rio de Janeiro Cassino – entre Fernando Freire e Praia
Acesso as Ilhas Quinta – entre Usina de Asfalto e cruzamento Ilhas

Cristais: um novo olhar

28 de setembro de 2010 0

Estive semana passada conferindo o lançamento da exposição “Cristais” da artista pelotense Tânia Bellora. As diversas fotografias retratam cristais de uma forma única e para deixar a exposição ainda mais interativa e instigante, as peças usadas são também expostas, permitindo ao visitante tentar descobrir quais foram os cristais usados em cada retrato.

A artista apresentou trabalhos pela segunda vez na Galeria da UCPel. No ano passado a mostra “Luz e Movimento” atraiu um público eclético, instigado pela novidade sugerida pela artista. A Galeria de Arte da UCPel fica localizada no saguão do Campus I e recebe o público de segunda a sexta-feira das 8h às 22h, sem fechar ao meio-dia. A entrada é gratuita.

Serviço

Cristais - Exposição de fotografia de Tânia Araújo Bellora
Quando: de 21 de setembro a 15 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h
Onde: GARTE – Galeria de Arte da UCPel, rua Gonçalves Chaves, 373
Entrada franca

Mais um lote na BR-392

28 de setembro de 2010 0

Saiu o edital de licitação de mais uma parte da duplicação da BR-392 entre Rio Grande e Pelotas. O lote 1, no entorno de Pelotas, recebe as propostas das empreiteiras até 4 de novembro. O trecho tem 24 quilômetros, da ponte do Retiro, na BR-116, até a ponte do Canal São Gonçalo. Sem recursos, é possível que os contratos sejam assinados ainda em 2010.

O Dnit apresentou o projeto em Pelotas. O lote 1 será divido em duas partes: o 1A, da ponte do Retiro até a entrada da ponte da Barragem Santa Bárbara, e o 1B, até a ponte do Canal São Gonçalo. A obra está orçada em R$ 479 milhões (R$ 226 milhões no 1A e R$ 253 milhões no 1B).

Barbadas do Mercado XIX

25 de setembro de 2010 0

A segunda temporada das Barbadas do Mercado tem seu nono capítulo, o 19º da série completa. Neste sábado, 25 de setembro, a dica são os chapéus do Mercado Público de Rio Grande.

A banca Leão do Mercado tem ofertas para todos os gostos. Os preços são padronizados: R$ 10 a R$ 15. Depende do gosto e da chinfra do cliente.

Tem desde o chapéu preto, cartolinha, clássico, passando pelo de palha (aquele que a mãe toma sol na praia), até o de fazer safari. É escolher e proteger o coco.

Duplicação avança na BR-392

24 de setembro de 2010 1

Após oito meses com máquinas na rodovia, a duplicação da BR-392 abre uma nova etapa. No lote 2, a Ivaí Engenharia já espalha a primeira das duas camadas de brita que receberão o asfalto das novas pistas no sul do Estado.

A pavimentação começou na última semana, entre os km 51 e 52, na altura da praça de pedágio de Capão Seco. O aterro recebe duas camadas de brita, recobertas por três de asfalto. O serviço no trecho de 25 quilômetros arranca enquanto seguem os trabalhos de terraplenagem, drenagem e preparação de pontes, que vão até o lote 3, onde o piso será de concreto.

Ambos em Rio Grande, os lotes 2 e 3 correspondem a 52 dos 67 km da duplicação, orçada em R$ 350 milhões, oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Ao todo, 20 km de terraplanagem foram feitos – 11 no lote 2 e nove no 3. Já os lotes 1, no entorno de Pelotas, e 4, no porto marítimo, estão em fase de projeto. Os editais devem ser lançados ainda em 2010.

Os lotes da BR-392
O lote 1 começa em Pelotas. Vai da Ponte do Retiro, na BR-116, até a ponte do canal São Gonçalo, já na BR-392. O projeto foi concluído. A previsão é lançar a licitação até o próximo mês.

Com obra em andamento, o lote 2 começa no km 60, na ponte do Canal São Gonçalo, e se estende até o quilômetro 35, na localidade de Povo Novo, em Rio Grande. Com 11 quilômetros de terraplenagem prontos, começou a pavimentação há uma semana.

Com obra em andamento, o lote 3 vai do km 35 ao 8, na entrada do porto de Rio Grande, na Avenida Maximiano da Fonseca. São nove quilômetros de terraplenagem.

O lote quatro arranca na Avenida Maximiano da Fonseca e termina no quilômetro zero da BR-392, na Avenida Honório Bicalho, em Rio Grande.  O projeto está em fase de conclusão. A previsão é lançar a licitação até o final do ano.

É primavera na redação

23 de setembro de 2010 0

A redação da sucursal de Zero Hora e da RBS TV de Pelotas ganhou um colorido todo especial nos últimos dias adiantando a chegada da primavera. De um lado gérberas de várias cores e de outro belas flores do campo. O resultado é um ambiente com um aroma todo especial e mais alegre. Não teve quem não aprovou as aquisições.

Sobre Piera e Jason...

21 de setembro de 2010 0

Sancler Ebert

Levei tempo para escrever esse texto sobre Piera e Jason, tentei reunir palavras antes, mas acredito que agora estou pronto para falar sobre essa mãe e filho que comoveram o Estado.

Estive ao lado da jovem em dois momentos distintos: um de grande dor e outro de imensa felicidade. Quando vi Piera pela primeira vez o seu olhar me machucou mais do que tudo. Havia tanta dor nele, que encará-la era um desafio descomunal. Quando a mãe de Jason relatou sua história, sua solidão em Pelotas, percebi que a cada dia diminuía a esperança de Piera. Ela já não sabia mais a quem recorrer, não conhecia ninguém para pedir ajuda, ela só tinha o filho e ele só tinha ela.

Quando conseguimos fazer a reportagem sobre a história dela, Piera deixou que um pouco de esperança retornasse a sua face. Embora tenhamos fechado a matéria entre três repórteres, fui eu que estive em contato direto com aquela mãe tão jovem e tão batalhadora e seu pequenino filho, um guerreiro pela vida.

Perguntei naquele dia o que fazia ela não desistir. Com sua voz branda, a jovem natural de Faxinal do Soturno me disse: – Quando eu olho para ele, tão pequeno, lutando pela vida, penso “como eu não vou persistir”? Vou fazer de tudo por ele -.

No dia seguinte, recebi a informação de que Jason iria para Porto Alegre, como tanto sonhava Piera. Liguei para todos os locais possíveis para confirmar a informação e então liguei para ela. Tive a grande felicidade de ser a pessoa que deu a notícia a essa mãe que havia perdido suas esperanças. Na tarde daquele outro dia encontrei uma outra Piera. O olhar de dor havia dado lugar a uma esperança contagiante, um sorriso acolhedor de quem havia recebido um sopro de energia.

Ao me ver, Piera me abraçou e agradeceu. Era eu que queria agradecer a ela. Por ter me ensinado tanto, por me mostrar que quando se ama se encontra forças para continuar uma luta que todos acham já perdida. Me despedi de uma mãe feliz com a solidariedade de um estado em torno dela.

Semana passada fui acordado com a dolorosa notícia do óbito de Jason. Num primeiro momento fiquei atônito. Depois de muito tempo tive coragem de ligar para Piera. Precisava desejar força para ela, dizer para essa mãe que ela havia feito todo o possível pelo seu filho. O choro do outro lado da linha me lembrou a Piera que havia encontrado pela primeira vez.

Vi as imagens do velório em ZH.COM e no RBS Notícias. Devia ter evitado. Mesmo que a gente como jornalista tente se manter afastado, às vezes, não dá. Algumas histórias nos marcam profundamente. Guardarei com carinho minha história junto de Piera e Jason, com a esperança de um dia retornar a encontrar essa mãe que tanto lutou pelo seu filho.

“Um filho não é apenas uma combinação única dos genes dos pais, mas a soma de seus melhores desejos de continuidade” (Eliane Brum)

A integração no desfile

21 de setembro de 2010 0

Manifestante ficaram em frente ao palanque oficial. Foto: Guilherme Mazui            O desacordo com a integração do transporte urbano também deu as caras no Desfile Farroupilha. Enquanto cavalos e cavalarianos marchavam, na esquina da Duque de Caxias com a Marechal Floriano, cartazes e gritos de revolta apontavam para o palanque oficial. O alvo era o prefeito Fábio Branco.

Pilchado como manda a tradição, o prefeito escutou novas reclamações sobre o sistema. Os manifestantes parecem não desistir. No começo do mês houve o episódio dos ovos. Protestos são rotina nos últimos dois meses.

As mudanças anunciadas pela prefeitura na sexta-feira entram em vigor. Vamos ver se elas acalmam os ânimos e, principalmente, se melhoram o serviço.

Desfile Farroupilha em Rio Grande

20 de setembro de 2010 0

2,5 mil cavalarianos no desfile. Foto: Guilherme MazuiDos dois lados da calçada, milhares de rio-grandinos formaram a fila para saudar os cavalarianos. Pela Marechal Floriano começou o Desfile Farroupilha na cidade mais antiga do Estado.

O trote dos pingos se iniciou por volta das 11h. Ao todo, 40 piquetes, 2,5 mil cavalarianos participaram do festejo, que movimenta tertúlias pelos CTGs da cidade.

Berço da colonização portuguesa, Rio Grande teve papel importante na Revolução festejada a cada 20 de setembro. No entato, foi para o lado imperial. Os farrapos fracassaram ao tentar conquistar o porto, fundamental para a república que nascia.

Do mesmo, Rio Grande prestou seu tributo aos revolucionários. Há 101 anos, erigiu-se o monumento túmulo para o General Bento Gonçalves. É um orgulho para a cidade ter o general sepultado nestas terras.