Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Prefeitura de São Francisco do Sul lança campanha para adoção de cães

23 de janeiro de 2015 0

A Prefeitura de São Francisco do Sul lançou campanha para ajudar na adoção dos cães que estão no Centro de Bem-estar Animal da cidade. Há mais de cem animais no local, a maioria pronta para ganhar um lar. As redes sociais são a ferramenta de divulgação da campanha. Interessados em adotar podem fazer contato com o centro no (47) 3442-3418.

Por Roelton Maciel, interino

Hospital Infantil de Joinville atendeu 132,9 mil no ano

23 de janeiro de 2015 0

Levantamento do Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria em Joinville aponta 132,9 mil atendimentos realizados no ano passado. Mais da metade da procura (53%) se deu no pronto-socorro. Pelo menos 22% dos pacientes vieram de outras cidades, como Jaraguá do Sul e Araquari. Considerando apenas o quadro de Joinville, a cada dez atendimentos no pronto-socorro, em consultas ambulatoriais ou em internações, ao menos três foram voltados a crianças dos bairros Aventureiro, Vila Nova, Paranaguamirim, Jardim Paraíso e Costa e Silva.

Estas regiões lideram a procura nos três segmentos (exceto o Costa e Silva, que não aparece entre os cinco nas internações). O Aventureiro lidera todas as procuras, com patamares na casa de 8% (internações e consultas ambulatoriais) e de 6,92% (pronto-socorro). Apesar de haver um pronto-atendimento (PA) no bairro, que é o mais populoso da cidade, parte da demanda é absorvida pelo Infantil por dificuldades na escala de pediatria do PA.

Faltas
As faltas nas consultas ambulatoriais agendadas no Hospital Infantil em 2014 impressionam: 17,2% dos 59,7 mil agendamentos foram cancelados pela ausência do paciente. Como ocorrem nos dias úteis, dá uma média diária de 43 faltas. São atendimentos marcados, confirmados por telefone e que depois deixam a equipe médica à espera da criança, gerando transtornos e mais despesas.

Complexidade
Cirurgias de alta complexidade também são destaque no levantamento do Hospital Infantil, com 518 procedimentos realizados no ano passado. Só os procedimentos cardíacos ocorreram numa média de 20 vezes por mês.

Por Roelton Maciel, interino

Tânia Eberhardt deve ser anunciada com nova diretora do Hospital Regional

22 de janeiro de 2015 0

A ex-secretária estadual de Saúde Tânia Eberhardt deve ser anunciada na tarde desta quinta-feira como a nova diretora do Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, em Joinville. Como secretária estadual, em 2014, ela liderou uma série de obras na unidade.

Embora tenha decidido que “a área de saúde ficaria no passado”, Tânia deve conversar com a família e aceitar o desafio de concluir as obras do Regional. A definição de seu nome foi tomada numa reunião na noite de ontem, com lideranças da SDR e do Governo do Estado. Tânia tem a expectativa de entregar ate meados 2016, um “novo Hospital Regional” à população.

Entre as obras estão a Enfermaria, onde haverá 27 leitos novos, a construção do Centro de Esterilização do Hospital e de novas salas cirúrgicas e mais 20 leitos de UTI.

Por Leandro Junges, interino

 

Deputado de Joinville ataca presidente Dilma em vídeo no Facebook

22 de janeiro de 2015 0

Vídeo divulgado ontem pelo deputado federal Marco Tebaldi (PSDB) em sua página oficial no Facebook repercutiu com força nas redes. Tebaldi chamou de “estelionato eleitoral” a política da presidente Dilma Rousseff em relação a impostos e benefícios trabalhistas:

– Ela vem com um grande pacote de maldades, que até o diabo está preocupado, pois teme que ela possa tomar o seu lugar. Maldade, especialmente, contra a classe média brasileira – detonou.

* Por Roelton Maciel, interino

Guarda Municipal estreia incompleta em Joinville

22 de janeiro de 2015 0

A Guarda Municipal ainda não poderá cuidar da segurança das escolas em Joinville como estava previsto para o reinício das aulas, no próximo dia 5 de fevereiro. Parte das empresas que venceram o pregão eletrônico para a compra de equipamentos de proteção individual, vestuário e acessórios para os agentes não teve a documentação aprovada pelo Detrans.

>> Entenda como será a atuação da Guarda Municipal 

Assim, as segundas colocadas na concorrência foram chamadas e não será possível preparar o uniforme e o aparato dos guardas até o dia 5. Enquanto o material não fica pronto, diz o comandante Atanir Antunes, os 45 agentes serão mobilizados em trabalhos de pesquisas nas escolas. O que se pretende é constatar os principais problemas das unidades, como situações de violência entre alunos e locais de maior concentração de furtos e roubos, por exemplo.

A Secretaria da Educação repassará à Guarda Municipal uma lista com as escolas consideradas mais “vulneráveis”. Inicialmente, entre dez e 15 colégios serão atendidos.

* Por Roelton Maciel, interino

Comitê de segurança vai pedir mais policiais em Joinville

21 de janeiro de 2015 0

No próximo dia 27, o comitê de segurança formado por lideranças da polícia e outras instituições ligadas à segurança pública, além de entidades representativas, volta a se reunir na SDR Joinville. Há intenção de se agendar mais adiante um encontro com os titulares das pastas da Segurança Pública e Justiça e Cidadania ou com o próprio governador Raimundo Colombo.

Reivindicações

Maior efetivo para as polícias Civil e Militar, novo scanner corporal e novo equipamento bloqueador de sinal de celular para o Presídio Regional de Joinville são demandas na pauta de reivindicações. As tão esperadas câmeras de monitoramento também fazem parte da lista. Mas não há dúvidas de que o principal assunto será o possível fechamento de delegacias na cidade.

Por Roelton Maciel, interino.

Dois terços das casas têm carro em Joinville

21 de janeiro de 2015 0

A cada três casas, ao menos duas têm um carro na garagem em Joinville. É o que aponta a pesquisa de mobilidade urbana divulgada nesta semana pela Fecomércio. Segundo o estudo, 66,79% das residências na cidade têm automóvel.

Em 2000, somente 45,6% dos domicílios tinham carro no município. Apesar de ter a maior frota de veículos do Estado, o dado atual deixa Joinville no quarto lugar neste quesito em Santa Catarina: a liderança é de Jaraguá do Sul (72,37% das casas têm carro), seguida de Blumenau (71,82%) e Criciúma (67,11%). Na relação de automóveis para cada grupo de cem habitantes, Joinville ocupa apenas a 16ª colocação, com 34 carros para cada centena de pessoas. Florianópolis (41,8 para cada cem) e Blumenau (41,3 para cada cem) lideram o ranking.

O estudo também revela que 27,2% (pelo menos um em cada quatro) dos joinvilenses levam entre meia hora e uma hora para chegar ao trabalho todos os dias. A pesquisa ainda aponta que 23,2% dos joinvilenses trabalham em casa.

Por Roelton Maciel, interino.

Delegado-geral defende menos delegacias e mais investigação em Joinville

20 de janeiro de 2015 0

O novo delegado-geral da Polícia Civil em Santa Catarina, Artur Nitz, defenderá que Joinville tenha menos delegacias para tornar mais eficiente o trabalho dos agentes. Hoje, há sete delegacias de área em bairros da cidade, além das DPs da Mulher, de Trânsito, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) e dos prédios da Central de Polícia e da Delegacia Regional.

O plano do novo chefe da Polícia Civil é reduzir a estrutura para quatro delegacias principais (zonas Norte, Sul, Leste e Oeste) e manter as unidades especializadas (a DP de Trânsito também poderia ser incorporada por outra delegacia). O argumento principal é de que a atual distribuição limita a investigação e fica restrita ao registro dos BOs por falta de efetivo.

Se duas equipes de oito policiais forem unificadas, exemplifica o delegado-geral, ao menos metade do quadro poderá se dedicar à investigação, enquanto atualmente equipes inteiras fazem trabalho burocrático. A reestruturação planejada, diz ele, é mais racional.

– Há mais policiais cuidando de prédio do que efetivamente investigando – conclui.

Discussão

Nenhuma mudança, diz Artur Nitz, será colocada em prática se não houver a aprovação da comunidade (a repercussão ao se fechar uma unidade policial não é subestimada). O projeto será mais bem discutido nos próximos dias com o delegado regional Dirceu Silveira Júnior. A postura de Dirceu, por enquanto, é a de que cabe ao novo chefe comentar os planos da Delegacia-geral.

Fechamentos 

Na prática, os planos do novo delegado-geral implicariam o fechamento de três a quatro delegacias, além de afastar os projetos de uma futura delegacia no Centro e de DPs diferentes para casos de mulheres e menores. Criar novas delegacias, argumenta Artur Nitz, pioraria o quadro porque exigiria a retirada de policiais de outras DPs, que já atuam no limite.

 

Por Roelton Maciel, interino.

Empresários tentam negociar localização do novo terminal em Joinville

19 de janeiro de 2015 0

Empresários da zona Norte ainda vão tentar negociar com a Prefeitura a localização ideal do novo terminal de ônibus. A área prevista é a do trevo em frente à Univille. Os empresários querem na rodovia Edgar Nelson Meister, entre o trevo com a Dona Francisca e o trevo das universidades. Assim, atenderia melhor às universidades e às indústrias da região e não afogaria ainda mais o trânsito na Santos Dumont e na Tenente Antônio João.

Por Leandro S. Junges, interino

Três setores do São José ganharão prédio novo

19 de janeiro de 2015 0

Três setores do Hospital São José de Joinville – a farmácia hospitalar, o setor dos materiais médico-hospitalares e o serviço de nutrição dietética – ganharão um prédio novinho, que vai custar R$ 4.998.740. O contrato com a Caixa será assinado nesta segunda-feira. Os recursos são de emenda parlamentar do senador Luiz Henrique da Silveira.

Os três setores estão numa ala antiga do hospital, que já não atende mais à legislação. O prédio de apoio terá 2,1 mil metros quadrados de área construída. O local será apresentado hoje, durante a assinatura do contrato. É o segundo contrato assinado entre a Prefeitura e a Caixa só nos primeiros dias de 2015.

* Por Leandro Junges, interino

 

8º BPM vai fazer sete blitze diárias em Joinville

16 de janeiro de 2015 0

O 8º Batalhão da Polícia Militar em Joinville reforçará a fiscalização com sete blitze diárias nas ruas da cidade. As operações devem começar entre o fim deste mês e os primeiros dias de fevereiro, segundo apurou a repórter Schirlei Alves. O comandante do 8º BPM, tenente-coronel Nelson Coelho, levará a campo os 33 alunos em formação da PM.

Assim, o grupo colocará em prática ações de policiamento ostensivo a pé e montagem de barreiras, previstas no estágio operacional.

A aposta na intensificação das blitze não é à toa: levantamento das barreiras realizadas entre 19 de dezembro e 12 de janeiro, ainda sem o aparato planejado para o próximo mês, aponta 428 notificações (multas), 140 veículos apreendidos, 80 documentos de veículos e 11 CNHs recolhidas, quatro termos circunstanciados por porte de drogas e três prisões em flagrante. Foram abordadas 282 pessoas, 291 motos e 837 carros no período.

Briga na Arena Joinville caminha para a impunidade

14 de janeiro de 2015 0

A maioria dos torcedores denunciados por envolvimento na pancadaria durante a partida entre Atlético-PR e Vasco da Gama, na Arena Joinville, em 2013, terá a oportunidade de continuar com a ficha limpa e escapar de uma eventual condenação. Isto porque 22 deles poderão aceitar a chamada suspensão condicional do processo em audiência marcada para o próximo dia 4, na 1ª Vara Criminal de Joinville.

Trata-se de um dispositivo legal, previsto para crimes de penas leves, que garante a suspensão do processo por dois a quatro anos, desde que o acusado não seja processado em outra ação e não tenha condenação anterior. Na prática, significa que os torcedores não terão mais de responder ao processo caso não tenham outros problemas com a Justiça. A medida, no entanto, vale apenas para os acusados de dano e promoção de violência em evento esportivo, não se estendendo a quem foi denunciado por tentativa de homicídio.

Ressarcimento
Apenas um torcedor (dos que não se envolveram na barbárie) conseguiu o ressarcimento do dinheiro gasto no ingresso da partida, na última rodada do Brasileirão de 2013, quando o jogo chegou a ser interrompido por causa do conflito entre as torcidas na arquibancada. O valor a ser devolvido é de R$ 100.

 

00992c4a

 

 

* Roelton Maciel, interino

 

 

Prefeitura cede áreas para formação de canteiro de obras na ampliação do aeroporto de Joinville

12 de janeiro de 2015 0

Por meio de decreto, a Prefeitura cedeu cinco áreas para a formação de canteiro de obras na ampliação do Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola em Joinville.

Os terrenos somam 129,3 mil metros quadrados. Os campos de futebol do Aviação, Minerasil e da Associação Chaleira Preta serão preservados.

Andarilho reconhecido por foto continua nas ruas de Joinville

12 de janeiro de 2015 0

Reconhecido por familiares de Curitiba no ano passado, o morador de rua de Joinville identificado como José Antônio dos Santos continua pelas ruas da cidade. A família aguarda a realização de teste de DNA e autorização judicial para tomar conta dele. Ele ficou ainda mais conhecido após ser registrado pela fotógrafa Ana Paula Petronilho numa imagem vencedora de concurso.

10653848_10154670044400704_1619831254323673223_n

Escolas de samba de Joinville aguardam verba para alegorias

12 de janeiro de 2015 0

As escolas de samba de Joinville ainda aguardam a liberação da verba municipal para providenciar as alegorias do Carnaval. Serão repassados R$ 180 mil às entidades. Foram R$ 122,8 mil no ano passado e R$ 70 mil em 2013. Os blocos entram em cena no próximo dia 13 de fevereiro e as escolas, no dia 14. A apuração da campeã será no dia seguinte.