Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Vereador quer proibir nomes bizarros em candidatos

23 de outubro de 2014 0

Em correspondência ao TSE e ao Congresso, Fabio Dalonso quer lei proibindo candidatos de usar “nomes bizarros e “de animais ou apelidos pejorativos”. Para o vereador do PSDB de Joinville, a permissão para esses nomes acaba levando à ridicularização dos políticos.

Diocese de Joinville prepara mudança em paróquias

23 de outubro de 2014 0

A diocese de Joinville está preparando uma mexida em parte das paróquias das 18 cidades de cobertura na região. Haverá mudanças em 23 delas, com transferência e chegada de novos padres. Hoje, a diocese conta com 130 sacerdotes.

Ippuj planeja trecho de rua com todas as faixas de uso exclusivo para ônibus em Joinville

23 de outubro de 2014 0

O Ippuj está planejando uma solução praticamente inédita em Joinville: um trecho de rua com todas as faixas de uso exclusivo para ônibus. Hoje, o que chega mais perto disso é na Nove de Março, entre a Beira-rio e o terminal central de ônibus, onde há uma via segregada para o transporte coletivo.

O projeto em elaboração prevê deixar a Nove de Março, no trecho entre a Rio Branco e a JK, só para uso dos ônibus. Apenas moradores e quem usa garagens daquele trecho poderiam trafegar com seus veículos, por meio de autorização especial. O outro veículo permitido, este sem motor, seria a bicicleta, por meio de ciclovia.

O projeto em estudo também alargaria as calçadas. Também são previstos pontos de retorno para motos e carros nas imediações, como na Engenheiro Niemeyer. A alegação para a proposta, além de facilitar o transporte coletivo, é de que a Nove de Março já não tem muitos locais para estacionar.

O corredor

O projeto deve ser apresentado nas próximas semanas. Já havia previsão de corredor de ônibus na Nove de Março e na JK, mas a faixa para os demais veículos seria mantida nesse plano, criado para concentrar todo o trânsito do ônibus em uma só rua no miolo do Centro. Os ônibus não passariam mais pela travessa Bachmann e trechos centrais da Dona Francisca, Princesa Isabel, Quinze, entre outras. Mas o Ippuj só vai levar adiante a nova ideia se houver apoio dos lojistas.

Estaleiro CMO quer empregar duas mil pessoas em São Francisco do Sul

22 de outubro de 2014 0

Em fase de licenciamento, o Estaleiro CMO quer empregar duas mil pessoas na construção. Quando a unidade estiver produzindo plataformas de extração de petróleo em São Francisco, no Miranda, em área que já foi da Comfloresta, serão 2,5 mil trabalhadores, a maioria do setor metalmecânico.

Previsão de R$ 650 milhões
A previsão de investimento é de R$ 650 milhões e as obras iniciam-se assim que sair a licença. A área da CMO em São Francisco tem 9 milhões de metros quadrados, mas serão usados 5% para a instalação do estaleiro, um dos maiores investimentos privados na cidade nos últimos anos.

Horário dos médicos em Joinville vai estar online

22 de outubro de 2014 0

Ainda neste mês, a Secretaria de Saúde de Joinville coloca na internet a lista de médicos e dentistas da rede pública, com local de trabalho e horário da jornada. A medida, uma recomendação do Ministério Público Federal, já está sendo seguida nos postos e PAs, com exibição das informações em papel. As informações serão para a consulta da população.

Neste momento, está sendo licitada a compra de relógios biométricos para controle do ponto em todas as unidades da Prefeitura, inclusive nos serviços de saúde. Por pressão de promotores e do TCE, o ponto eletrônico foi adotado no Hospital Sã o José.

Projeto inicial do novo hospital é apresentado em Joinville

21 de outubro de 2014 3

16979281

 

Na posse da nova diretoria da Sociedade Joinvilense de Medicina (SJM) , foi apresentado o projeto inicial do novo hospital de Joinville, ainda sem local escolhido nem se terá gestão municipal, estadual ou por meio de fundação. Uma comissão de médicos quer mobilizar a cidade pela construção.

O plano é contar com 300 leitos, mais ou menos o que tem o Hospital São José. Estão previstas alas geriátrica e oncológica. O atendimento será eletivo, isto é, marcado com antecedência, sem urgência e emergência. Também está planejado o perfil universitário, com pesquisa e ensino. A SJM acredita que podem ser gastos entre 10 e 15 anos para início dos trabalhos.

Vereador reclama da posição do Ippuj contra corredor para motos

21 de outubro de 2014 1

Autor do projeto do corredor exclusivo para motos, Jaime Evaristo reclamou da posição do Ippuj contrária à proposta. O instituto também é contra o corredor para motos no meio das ruas de mão única e também contra o compartilhamento dos corredores de ônibus com motos. Jaime quer saber qual é a proposta do prefeito sobre as sugestões. Mais cedo ou mais tarde, Udo se manifesta.

Prefeitura de Joinville cria projeto para renegociar dívida

21 de outubro de 2014 0

O governo Udo repete as administrações anteriores e também vai ter programa de abatimento de juros e multas de dívidas municipais. O projeto foi enviado ontem à Câmara de Joinville e será aprovado nas próximas semanas pela base aliada. Em uma conta grosseira, se 5% dos créditos de um montante de R$ 300 milhões que podem ser enquadrados no programa forem recuperados, serão R$ 15 milhões em caixa.

Para dívidas de tributos municipais geradas até 31 de dezembro de 2009, a redução da multa e dos juros será de 95%. Para os débitos gerados entre 1º de janeiro de 2010 e 31 de dezembro de 2010, a redução da multa será de 100%. Nos dois casos, os abatimentos não excluem os juros da Selic. São aceitos todos os tipos de tributos, taxas e multas municipais, com exceção dos casos de retenção do ISS. Não haverá parcelamento dos débitos.

ITBI 50% menor

Uma novidade no projeto enviado ontem à Câmara de Joinville é a redução do cálculo do ITBI em 50% para imóveis negociados até 31 de dezembro de 2012. É uma chance para regularizar os contratos de gaveta – o desconto só vale se o comprador for pessoa física.

Adimplir é o nome

No governo Tebaldi, foram cinco versões de programa semelhante, chamado de Revigorar. Na administração anterior, de Luiz Henrique, também houve renegociação. No governo Carlito, o programa foi oferecido nos dois últimos anos – havia resistência a tais abatimentos, assim como no atual governo – com o nome de Recuperar. Agora, na gestão Udo, será chamado de Adimplir.

Projeto prevê que Prefeitura faça calçada e mande a conta para o dono do terreno em Joinville

20 de outubro de 2014 0

Enviado pela Prefeitura de Joinville há mais de dois anos (foi pelo governo Carlito e a administração Udo decidiu manter), o projeto que prevê o município fazer a calçada onde não tem e mandar a conta para o dono ainda não foi analisado. Claro que nem tem dinheiro para isso, mas ajudaria na pressão. >> Leia notícias sobre economia 

Sindicato dos Médicos entra com ação contra teto salarial em Joinville

20 de outubro de 2014 1

O Sindicato dos Médicos de Santa Catarina (Simesc) entrou com ação judicial na sexta contra a Prefeitura de Joinville por causa do teto salarial. Até maio, caso os vencimentos dos médicos com dois vínculos (dois contratos com o município) ultrapassassem o salário do prefeito, em torno de R$ 23 mil, o saldo era pago somente nos meses seguintes, quando caísse a produção dos profissionais.

Só que daquele momento em diante, a Secretaria de Saúde de Joinville passou a atender a recomendação do Ministério Público e limitou o pagamento do teto sem desembolso posterior de eventuais saldos. Naquele momento, os profissionais foram avisados da nova posição.

Menos de 20 médicos

A medida atingiu menos de 20 profissionais e, no entendimento do Simesc, configura redução de salários. Esta é a segunda ação contra o município neste ano: a primeira foi contra a contratação de instituto para serviços médicos – sindicato foi derrotado.

Começa nesta sexta a troca de lâmpadas da iluminação pública de Joinville. Saiba por onde

17 de outubro de 2014 2
Moradores protestaram pela falta de iluminação nesta quinta-feira

Moradores protestaram pela falta de iluminação nesta quinta

A Prefeitura de Joinville informou hoje por meio de nota que finalizou a contratação do consórcio que prestará serviços na iluminação pública de Joinville. A expectativa é de que os trabalhos de troca de lâmpadas comecem nesta sexta-feira, pela avenida Beira-rio, na região central. No sábado será a vez de repor a iluminação no entorno da Arena.

Nesta quinta-feira, houve protesto pela iluminação pública. 

:: Uma lâmpada a cada seis está apagada na iluminação pública de Joinville ::

:: Vídeo: Jovem protesta contra escuridão no Parque da Cidade em Joinville ::

Abaixo, o comunicado da Prefeitura:

“A Prefeitura de Joinville comunica que homologou nesta quinta-feira o resultado da licitação dos serviços de iluminação pública e assinou na manhã desta sexta-feira  o contrato e a ordem de serviço para iniciar, imediatamente, os trabalhos de manutenção e troca de lâmpadas.
A partir desta sexta-feira, o consórcio vencedor da licitação, formado pelas empresas Sadenco, Quantum e Engeco, inicia as ações no sistema de iluminação pública em todo o município.
Os trabalhos serão coordenados pela Secretaria de Infraestrutura, que vai seguir um cronograma de ação priorizando os locais que precisam da manutenção mais urgente.”

:: Sabe onde há algum problema de iluminação em Joinville? Conte para nós ::

Moradores cobram iluminação pública em protesto em Joinville

17 de outubro de 2014 3

Um grupo protestou na noite de quinta-feira contra as lâmpadas queimadas na iluminação pública em Joinville. O pessoal carregou velas na caminhada até a Prefeitura. Parte dos manifestantes tem ligação com o PSDB – nenhum vereador tucano esteve presente. Depois de pendenga judicial, a licitação para o serviço está em andamento.

 

00a68353

Trânsito já matou 99 neste ano em Joinville

17 de outubro de 2014 0

O trânsito voltou a matar mais em Joinville. Depois da queda registrada no ano passado, na comparação com 2012, as estatísticas mostram o aumento da violência. No ano passado, foram 90 vítimas fatais até setembro. Agora, já são 99 e o dado ainda pode crescer, pois eventuais outras mortes ocorridas dentro desse período ainda podem ser incluídas.

Os dados foram atualizados nesta semana pela Secretaria de Estado da Saúde. Mais uma vez, os motociclistas são as principais vítimas, com 35 mortos, seguidos de perto pelos ocupantes de carros (28).

Na soma de pedestres e ciclistas, 24 pessoas perderam a vida no trânsito de Joinville neste ano. Desde 2006, os motociclistas são as principais vítimas nos acidentes de trânsito em Joinville. As informações incluem as vítimas de acidentes no trechos de rodovias federais e estaduais que cruzam o município. A coleta da Saúde também traz dados sobre mortalidade após atendimento médico, não somente de quem morreu no momento do acidente.

Empréstimo pela Prefeitura de Joinville junto ao BID reabre discussão sobre endividamento

16 de outubro de 2014 0

O empréstimo de US$ 70 milhões em contratação pela Prefeitura de Joinville junto ao BID reabriu discussão na Câmara sobre o endividamento do município. Ainda tem folga: as prefeituras podem ficar devendo até 120% da sua receita anual. Pois Joinville deve R$ 546 milhões, abaixo de 50% do limite.

Essa é a dívida consolidada, de empréstimos de longo prazo, com décadas para pagar em parcelas mensais. Há repasse dos anos 90 que ainda está sendo pago. E os US$ 70 milhões do BID não entram no montante da dívida de uma só vez, só são contabilizados conforme vão entrando na conta da Prefeitura. O empréstimo foi aprovado pela Câmara e deve ser assinado com o banco até o final do ano.

Definida empresa que vai fazer viaduto na Santos Dumont

15 de outubro de 2014 0

A empresa Traçado Construções venceu a licitação para a construção do primeiro viaduto na Santos Dumont, no cruzamento com a Tuiuti. A obra em Joinville vai custar R$ 22,2 milhões. Outros R$ 4,5 milhões deverão ser gastos nas desapropriações. Falta uma licença para ser dada a autorização da obra.