Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O que os mestres andam aprontando (parte 2)

10 de abril de 2012 0

Depois de tratarmos dos novos projetos de alguns dos diretores responsáveis por parte dos grandes filmes da década de 1980, agora é a vez de falarmos dos cineastas dos anos 1990. Como são muitos os nomes de destaque, vamos dividir essa repassada em mais de uma parte. Começando pelos seguintes:

Tim Burton: um bom nome para começar a segunda parte desta lista. Indicado a um Oscar pelo filme de animação A Noiva Cadáver e vencedor de 11 prêmios na carreira. O diretor está finalizando dois filmes: Sombras da Noite e Frankenweenie. O primeiro, com previsão para ser lançado em junho, conta a história de um vampiro, Barnabas Collins, que consegue libertar-se após vários anos de reclusão e, ao voltar para casa, encontra os seus descendentes em apuros. No elenco, Johnny Depp como protagonista, Eva Green, Michelle Pfeiffer, Chlöe Grace Moretz, Helena Bonham Carter, Jonny Lee Miller, Christopher Lee, entre outros. O filme de animação Frankenweenie, que fala sobre um garoto que ressuscita o cãozinho de estimação depois que ele morre, tem previsão de estrear em novembro.

David Cronenberg: diretor vencedor de 63 prêmios, este canadense responsável por sucessos como A Mosca, Crash – Estranhos Prazeres, Marcas da Violência e Senhores do Crime está trabalhando na finalização de Cosmópolis. O filme, com previsão para estrear em agosto, conta a história de um bilionário de 28 anos que cruza Manhattan atrás de um determinado corte de cabelo. A tarefa, aparentemente simples, se transforma em uma odisseia devido às pessoas diferentes que ele vai encontrando pelo caminho – e modificando a sua realidade. O filme promete especialmente porque o protagonista é interpretado por Robert Pattinson, um dos novos queridinhos da América. Outros nomes poderosos fazem parte do elenco: Samantha Morton, Paul Giamatti, Juliette Binoche, Mathieu Amalric, Jay Baruchel, Sarah Gadon, entre outros.

Gus Van Sant: indicado a dois Oscar’s, o diretor vencedor de 32 prêmios na carreira e responsável pelos cultuados Garotos de Programa, Um Sonho sem Limites e Gênio Indomável, todos lançados na década de 1990, está trabalhando na pré-produção do drama Promised Land. O filme conta como um vendedor muda de vida após chegar a uma pequena cidade. No elenco, Matt Damon, John Krasinski, Frances McDormand, Rosemarie DeWitt, Hal Holbrock, entre outros.


James Cameron: depois de lançar este mês a versão 3D do clássico Titanic, o diretor responsável pelas duas maiores bilheterias da história preparou para a TV o documentário Titanic: Final Word with James Cameron. No filme, com duas horas de duração, o diretor reúne engenheiros, arquitetos e historiadores para que eles falem sobre as razões que fizeram o transatlântico afundar há um século. A base para as novas conclusões está fundada na tecnologia desenvolvida após o filme de 1997 de Cameron ter sido filmado. Os próximos projetos do diretor estão apenas anunciados, mas não começaram a ser rodados: Battle Angel, um filme de ação e ficção científica orçado em US$ 200 milhões e ambientado no século 26; e duas sequências para Avatar. Nenhum deles tem data de estreia ainda.

Jonathan Demme: diretor premiado com um Oscar pelo filme O Silêncio dos Inocentes, que marcou o início dos anos 1990 e recebeu, no total, cinco estatuetas, Demme está trabalhando na pós-produção do documentário Enzo Avitabile Crossing Borders, focado na história do saxofonista e compositor italiano. O filme deverá ser lançado ainda este ano. Depois, o diretor vai trabalhar nas produções Wally and Andre Shoot Ibsen, um drama sem nenhum grande astro confirmado no elenco e programado para estrear em 2013, e Zeitoun, uma produção interessante, de animação, ambientada na Nova Orleans pós-Katrina onde um empreiteiro sírio ajuda nos esforços de resgate enquanto figura como suspeito de terrorismo. Zeitoun tem estreia prevista para 2014. As duas produções estão em fase de pré-produção.



Baz Luhrmann: indicado a um Oscar como produtor do musical Moulin Rouge – Amor em Vermelho, o diretor volta a lançar um novo filme depois de quatro anos. Antes, entre Moulin Rouge e Austrália, ele chegou a ficar sete anos sem lançar um novo projeto. Agora, ele está trabalhando na pós-produção de The Great Gatsby, inspirado na obra clássica de F. Scott Fitzgerald. O filme é uma grande produção, que teria consumido cerca de US$ 127 milhões, e é estrelado por Leonardo DiCaprio, que interpreta a Jay Gatsby; Carey Mulligan, no papel de Daisy Buchanan; e Tobey Maguire como Nick Carraway. O roteiro é assinado por Luhrmann e Craig Pearce. A produção deve estrear este ano nos Estados Unidos e em janeiro de 2013 no Brasil.


Quentin Tarantino: o diretor mais marcante dos anos 1990 tem dois projetos no horizonte. Fenômeno de público e crítica, autor cultuado por Cães de Aluguel (de 1992), Pulp Fiction – Tempo de Violência (1994) e Jackie Brown (1997), para falar apenas dos filmes de duas décadas atrás ou com 15 anos de história, Tarantino está filmando Django Unchained, um drama western com um elenco fantástico. A história promete: um caçador de escravos, ajudado por seu mentor, tenta resgatar a esposa de um proprietário de terras conhecido pela brutalidade no Mississippi. Alguém tem alguma dúvida que haverá muita pancadaria, morte e sangue na telona? No elenco, Leonardo DiCaprio (outra vez ele), Samuel L. Jackson, Sacha Baron Cohen, Kurt Russell, Christoph Waltz, Jamie Foxx, Kerry Washington, Don Johnson, RZA, entre outros. Direção e roteiro de Tarantino. Depois, o diretor trabalharia em Kill Bill: Vol. 3, produção anunciada, mas ainda sem data de estreia ou elenco definidos.


Bookmark and Share

Envie seu Comentário