Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Confira os trailers das estreias de cinema desta sexta-feira

11 de maio de 2012 1

A Vida em Um Dia

Um destaque da edição 2011 do Sundance, A Vida em Um Dia é um longa colaborativo do escocês Kevin McDonald _ diretor de diversos documentários e de Intrigas de Estado, produção de 2009 estrelada por Russell Crowe e Ben Affleck _ foi realizado via YouTube. O filme também está disponibilizado gratuitamente no portal de vídeos (www.youtube.com/user/lifeinaday) e, como diz o título, mostra a vida de pessoas comuns que se dispuseram a atender ao chamado de McDonald e enviar vídeos documentando o que fizeram no dia 24 de julho de 2010.

O realizador recebeu 4,5 mil horas de material, enviado por 80 mil pessoas. Pessoas de todo o mundo filmaram sua rotina e responderam a quatro perguntas: “como foi o seu dia em 24 de julho de 2010?”, “o que você carregava nos bolsos?”, “o que você amava?” e “do que tinha medo naquela data?”. Depois, o material foi postado no YouTube. Entre as várias histórias de A Vida em um Dia, chamam a atenção a de um garoto que leva um fora de sua grande paixão, a de uma mãe na luta contra o câncer e a do homem que pede a namorada em casamento.


Amor e Dor

Eleito pelo júri, o longa-metragem francês Amor e Dor, do diretor chinês Lou Ye, foi o grande vencedor do prêmio Coruja de Ouro 2012, na segunda edição do Cinerama.BC, realizado no mês passado em Balneário Camboriú.

Estudante estrangeira em Paris, a chinesa Hua (Corinne Yam) acaba de sair de um intenso relacionamento, em que foi deixada pelo antigo amante. Desolada, vaga pelas ruas da capital da França até que conhece Mathieu (Tahar Rahim). O primeiro encontro dos dois já deixa suas marcas, mas algo ainda mais sério viria com o tempo. Hua, amedrontada, pensa em voltar ao seu país de origem, mas não será fácil abandonar Mathieu.


Piratas Pirados!

Mais de uma década depois de codirigir A Fuga das Galinhas (2000), o inglês Peter Lord volta a meter a mão na massinha com Piratas Pirados! (2012). A divertida animação em stop-motion coloca a tripulação de um navio de corsários em contato com figuras históricas como a Rainha Victoria e Charles Darwin. O filme estreia hoje em cópias em 3D e convencionais, apenas em versões dubladas.

Baseado em uma coleção de livros do romancista britânico Gideon Defoe, Piratas Pirados! acompanha a tentativa do atrapalhado Capitão Pirata (voz de Hugh Grant na versão em inglês) de sair da maré de azar e derrotar os rivais Black Bellamy e Cutlass Liz na disputa pelo troféu de Pirata do Ano. Na versão original, o filme conta com as vozes de Jeremy Piven, Salma Hayek, David Tennant e Imelda Staunton.

Além dos caprichados detalhes dos cenários e dos personagens, o filme destaca-se pela graça do roteiro e pelas piadas com referências culturais e históricas, que divertem tanto os pequenos quanto os grandes da plateia _ como o espanto do Capitão diante da semelhança do pai da Teoria da Evolução com o esperto Bobo, símio que se comunica por meio de palavras em cartelas.


A Árvore do Amor

Com muito romance e uma pitada de política, A Árvore do Amor apresenta a história de Jing, uma jovem estudante enviada, em meio à Revolução Cultural, para se reeducar em uma remota aldeia. O filme é de Zhang Yimou, com Zhou Dongyu e Dou Shawn.

Mais popular cineasta chinês em atividade, Zhang Yimou pode não contar tanto com o prestígio autoral que contava nos anos 1980 e 1990, quando assinou filmes como Sorgo Vermelho, Lanternas Vermelhas e Nenhum a Menos.

Mas um filme seu é sempre um espetáculo, nem que seja apenas visual.

Em tom de melodrama romântico, o diretor apresenta a saga de um amor proibido aos moldes do clássico Romeu e Julieta. A Árvore do Amor é ambientado nos anos 1960 e 1970, em meio à Revolução Cultural promovida por Mao Tsé-Tung na China. Filha de intelectuais perseguidos e presos pelo partido, a jovem e pobre estudante Jing (vivida pela estreante Zhou Dongy) é enviada a um campo de reeducação para ser ” descontaminada” das aspirações burguesas. Do seu sucesso vai depender a reabilitação e o sustento seu e de toda a sua família.

Em meio a trabalhos e estudos numa região rural, a garota conhece Sun (Shawn Dou), abastado, para os padrões daquele realidade, filho de um militar. Entre eles, surge uma atração que vira paixão, e a relação tem como barreiras as diferenças sociais e ideológicas e o fato de a família de Sun ter planejado o casamento dele com outra moça. Os jovens alimentam seu amor proibido e secreto com encontros às escondidas que culminam em um grande drama.


O Corvo

Em O Corvo, de James McTeigue, o poeta Edgar Allan Poe (interpretado por John Cusack) persegue um serial killer que se inspira em suas obras para cometer assassinatos. O suspense, dirigido por James McTeigue _ de V de Vingança, Ninja Assassino _, fala sobre a caça a um serial killer.

O filme se passa em 1849. Poe se associa ao detetive Emmett Fields (Luke Evans) para encontrar o autor de uma série de assassinatos brutais. O trabalho do escritor serve de base ao homicida. O elenco é formado por Alice Eve (Sex and the City 2), Brendan Gleeson (In Bruges) e Oliver Jackson-Cohen (Faster). O roteiro é de Hannah Shakespeare (Obsessão,Ghost Whisperer) e Ben Livingston.


O Exótico Hotel Marigold

A história da comédia romântica O Exótico Hotel Marigold é curiosa: sete ingleses por volta dos 70 decidem “terceirizar” a terceira idade em rupias e embarcam com suas malinhas, passado e dor nos ossos para a Índia.

A nova vida no país asiático e seus percalços são a matéria-prima do filme. Dirigido por John Madden (de Shakespeare Apaixonado), o elenco é uma constelação liderada por Judi Dench, Tom Wilkinson e Maggie Smith. Dev Patel (de Quem Quer Ser Um Milionário?) faz o gerente do sonhado refúgio para “idosos e formosos”.

As definições de idade e maturidade se dissipam nas circunstâncias que os hóspedes do Marigold encontram e, ao encarar um possível recomeço, eles reagem como adolescentes.

No mais que exótico hotel indiano, cada personagem trata essa possibilidade remexendo na bagagem que juntou na vida e se livrando do que mais pesa nela. Evelyn (Judi Dench), que acabou de enviuvar e descobrir que o marido só lhe deixou dívidas, vai trabalhar pela primeira vez e também vira blogueira. A situação financeira da amargurada Muriel (Maggie Smith) só pode cobrir a cirurgia que ela precisa no país que, visto através da sua xenofobia, é o próprio inferno.

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Claire de Aquino diz: 11 de maio de 2012

    O filme estreia hoje em cópias em 3D e convencionais, APENAS EM VERSÕES DUBLADAS??????? É lamentável a acessibilidade para as pessoas surdas nesta cidade.

Envie seu Comentário