Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts do dia 2 setembro 2011

Das atitudes que toda a mulher deveria permitir ao homem pelo menos uma vez

02 de setembro de 2011 124

Foto: sxc.hu

A questão não está no verbo ter como uma imposição. Mas como uma necessidade. Esperamos sempre que a maioria das samba-cancioneiras que por aqui espiam nosso modo de ser são desencanadas, cabeça aberta, gostam de sexo e o praticam sem nenhum pudor ou medo de “o que vão falar se eu fizer isso…”. Pois a dica de hoje é: se falarem, pelo menos você curtiu demais o que estava proposta a fazer. E é o primeiro motivo para a fila andar. Se vocês tiverem sorte de se relacionar com um cara que quer o sexo completo, e não apenas a parte dele, abuse e use.

Vamos colocar uma pimentinha na relação? Abaixo estão algumas atitudes simples que vocês deveriam, pelo menos uma vez, deixar que os homens “saciem-se”. Em contrapartida, será a vez de você entender o quanto pode estar travada em algo que deve ser totalmente livre de atucanações. A listinha não tem nada de muito especial, mas atentem-se para o pedido lá no final do post. A ideia é todos, nós e vocês, compartilharmos experiências. Afinal, não somos os donos da verdade.

Mordidas: não somos o Drácula, mas gostamos de morder. Não se preocupe com manchas roxas nas pernas, nas coxas, nas costas… Elas irão sarar. E você ainda a chance de relembrar todo dia, seja no banho ou em frente ao espelho, aquele momento doido em que você, finalmente, se soltou entre as quatro paredes.

Puxões de cabelo: não interessa se você fez chapinha, escova progressiva, lavou e secou seu cabelo por mais de horas para ele ficar com o volume desejado. Nós queremos, e vamos, enrolar os longos fios em nossas mãos e iremos, sim, te puxar com força. Vai doer? Provavelmente uma dor leve, mas que vem seguida de um gemido longo, misturado com a respiração ofegante do momento. Lembre: o salão de beleza estará sempre no mesmo lugar. O gato que está na sua cama, quem sabe?

Dedos: é fácil imaginar que a mão forte do companheiro revezará entre coxas, bumbum e seios. Mas esqueça o lugar comum e deixe-se levar, pelo menos uma vez, até onde os dedos conseguem ir. Sem contar que eles, os dedos, podem ser — e serão — bons aliados para que o clima continue quente e o parceiro possa aguentar mais e mais o momento. É o que chamamos de parada estratégica.

Beijos após o sexo oral: se algumas mulheres sentem nojo de receber, beijar logo após, nem me fale. Não fique podando o parceiro — e a si mesma — quando ele quiser lhe dar um bom beijo após ótimos minutos de prazer. Mostrar desinteresse ou tabus nessa hora só atrapalha e é broxante. Nós perceberemos que você está desconfortável e não iremos tentar de novo. Pelo menos não nos próximos cinco minutos.

A lista pode ser grande e queremos que você nos ajude, samba-cancioneiro. É a sua vez de deixar mais recados para elas. Escreva nos comentários. Meninas, vocês podem — e devem — opinar também. Mas são dicas para vocês mesmas. O que vocês têm de deixar que nós façamos pelo menos uma vez. Como bons alunos, iremos captar tudo o que as professorinhas estiverem dispostas a ensinar…